1. Spirit Fanfics >
  2. Dokuritsu no hajimari! >
  3. Uma nova esperança!

História Dokuritsu no hajimari! - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Opa! KathZetri aqui para alegrar sua segunda! Um novo episódio de Dokuritsu no Hajimari está aqui! Dessa vez, explicando muito sobre a história! Espero que gostem! Boa leitura!

Capítulo 10 - Uma nova esperança!


Dokuritsu no Hajimari! Uma nova esperança! Ep 10

 

-Kalel POV-

Minha Cabeça dói... Que barulheira... Mas tá tudo tão.... Abafado ao mesmo tempo... Tenho que... Enxergar...

*Kalel tenta abrir os olhos... Sua visão está totalmente embaçada... Ele consegue ver muita correria e pessoas no chão, parece que Mary junto com os que já levantaram estão tentando ajudar todos... Sua visão fecha novamente.

Aquele... Homem... Como... Tanto poder... Aquele olhar...

*Kalel se lembra dos olhos negros de DarkButcher olhando diretamente para seus olhos mais uma vez... Ele tenta novamente abrir os olhos. Ainda está tudo muito embaçado, mas ele consegue ver que Seth está na frente dele.

Seth: Ele tá vivo! Tá acordando! Vamo lá amigão... Fica comigo!

*Kalel mal consegue ouvir o que Seth está dizendo... Ele fecha os olhos mais uma vez sem forças, por um bom tempo dessa vez... Quando ele abre seus olhos novamente, Kalel está sendo carregado no ombro de Seth... Ele ainda está muito atordoado para dizer algo claramente...

Kalel: S-Seth...?

Seth: Isso! Aguente firme...! Estamos quase lá...

*Kalel novamente fecha os olhos... Mas ele acorda em um lugar totalmente diferente... Ele parece estar flutuando no espaço... Tentando se levantar mas não conseguindo.

  Kalel: Hum...? Onde que eu...?

*Quando Kalel olha pra frente... Ele vê aquela figura feminina de novo... Ela está agachada na frente dele... A figura suavemente levanta o rosto de Kalel.

Figura feminina: Meu doce Kalel... O caminho vai ser duro... Com certeza irão sofrer muito... Mas não deixe eles desistirem, minha pequena luzinha... Você deve fazê-los permanecer unidos e seguir seus ideais!

*A figura diz com uma voz incrivelmente doce e calorosa, a mesma olha para trás... Um homem com uma aura negra aterrorizante ao seu redor está a esperando... Porém ele não parece estar agressivo ou irado... Mas sim, deprimido...

Figura feminina: Meu tempo está acabando meu doce... Lembre-se disso nos seus piores momentos... Quando você quiser desistir... Quando não aguentar mais lutar... Lembre-se de onde veio... Lembre-se de continuar! Você é especial Kalel... Um dia você entenderá isso...

*A figura feminina brilhosa abaixa a cabeça e sorri... Logo ela se levanta e vai de encontro a figura masculina negra, que estende sua mão para ela... Quando eles se tocam, Kalel sente um grande choque...

-Narrador POV-

Kalel: GAH!

*Kalel se levanta ofegante e nervoso. Seus olhos se energizam, mas poucos segundos depois ele sente uma gigantesca dor de cabeça, o fazendo desativar o poder instantaneamente. Ele vê Mary em sua frente, Cod e Ignitus em seus lados segurando seus pulsos... Pelo visto ele tomou outro choque térmico. Quando ele acorda, os irmãos colocam as mãos em seus ombros. Eles estão com bandagens nos braços.

Ignitus: Opa opa! Calma amigão...

Cod: Tá tudo bem... Não se mexa muito...

*Kalel olha para os lados, muitos estão olhando para ele preocupados... Parece que só ele não tinha acordado. Seth que está atrás de Cod olha pra ele virando seu rosto.

Seth: Iai? Agora vai acordar pra valer?

Mary: Consegue olhar pra cá? E aqui? Mexendo a cabeça...?

*Mary começa a mexer as mãos apontando para vários lugares, checando o estado de Kalel.

Ryuzak: Pelo visto seus poderes também não estão legais...

*Ryuzak diz observando Kalel, ele está de pé com seus braços cruzados e uma expressão séria mas também, triste em seu rosto.

Mary: É... Até ele conseguir usar novamente ele vai precisar de uma boa noite de sono...

*Kalel tenta se mexer, mas sente uma gigantesca dor no corpo e principalmente em sua nuca. Seus esforços cessam e Mary ajuda ele a sentar de novo. Sua cabeça começa a sangrar novamente... Ele coloca a mão na nuca e percebe um tipo de bandagem, além de bastante sangue.

Mary: Não se mexa muito! Pelo visto ainda não parou de sangrar... Isso deve dar pra pelo menos aliviar a dor e parar o sangramento...

*Mary fala enquanto passa a mão pela nuca de Kalel e começa a usar seu poder. Ele continua olhando para suas duas mãos.

Kalel: O que... Aconteceu?

*Um silêncio mútuo toma todo o lugar por um instante... Todos abaixam a cabeça.

Ether: Nós perdemos... E perdemos feio...

*Ether diz se aproximando lentamente e mancando. Ela parece estar em péssimo estado.

Elise: A pancada que aquele homem te deu... Quase te matou...

*Elise fala encostada em uma parede em tonalidade baixa. Ela está com uma bandagem na cabeça que passa pelo seu olho direito. Ela parece angustiada e preocupada.

Apllace: Acho que no final... Todos demos muita sorte...

*Apllace fala sem nenhum ferimento físico... Mas seu psicológico não está nada bem...

Nick: Somos... Fracos...

*Nick fala com um tipo de bandagem no pescoço... Ele parece ter o deslocado mais do que devia... Mas não é só seu corpo que está ferido, seu emocional também...

Seth: Fracos demais...

*Seth fala com um tom de raiva, mas acima disso, uma tristeza profunda. Jhin não fala nada, só continua de cabeça baixa engolindo o choro e cerrando o pulso. Katrina está sentada em um canto um pouco afastada de todos, ela tenta manter sua postura forte, mas lágrimas podem ser vistas caindo de seus olhos, sua mente carrega a culpa por todo o plano ter sido um fracasso... Seth começa a se levantar com um pouco de dificuldade... Mesmo com sua regeneração e corpo imortal, parece que nada disso adianta... Ele está mais fraco do que nunca.

Seth: Eu sei que... não podemos ficar nos lamentando para sempre mas... Isso foi um fracasso total... Eu fui um fracasso total...

*Lágrimas podem ser vistas saindo dos olhos de Seth... Ryuzak abaixa a cabeça e cerra os punhos. Ele começa a morder os próprios lábios.

Ryuzak: Não se culpe Seth... Eu não pude liderá-los para a vitória... Eu... Eu não consegui cumprir a promessa que fiz para os caídos... Eu vi todos caindo e não pude fazer nada... Eu não... Eu...

*Ryuzak morde os lábios tão forte que eles começam a sangrar... Um enorme silêncio surge na sala de novo... Até que...

Kalel: Ei... Onde... Onde está a confiança de vocês...?

*Kalel fala com muita dificuldade... Seus olhos estão tampados pelos seus cabelos.

Kalel: Onde... Onde estão suas determinações...? Os seus sonhos...? Seus propósitos...? Seus ideias...?!

*Kalel fala enquanto levanta lentamente se apoiando em Mary... Ele começa a dar pequenos passos. Todos começam a olhar para o garoto de olhos cor-de-mel.

Kalel: Não eram... Vocês que tinham esse... Sonho? Não eram vocês que... Falavam que era... Possível?

*Ele fala tirando o cabelo de um de seus olhos e olhando para todos com bastante determinação.

Kalel: Eu conheci um monte de malucos... Que falavam que... Iriam desafiar a potência mundial com uma dúzia e pouco de gente... Que falavam que eu era um tal messias e que nós iríamos vencer a todos... Onde estão essas pessoas...? Agora estou vendo só um bando de fracotes se lamentando e desistindo de propósito por apenas uma derrota...

*Ele para de falar e olha para Seth.

Kalel: Seth... Não era você que dizia que... Se ficarmos olhando para o passado... Não viveremos o presente nem o futuro...? Então... Aquilo já é passado... Nós estamos vivos... E ainda podemos mudar o nosso futuro...

*Algo parece reacender em Seth... Uma chama de determinação.

Seth: Ha... Não use minhas palavras contra mim baixinho...!

*Ele diz com um pequeno, porém sincero sorriso. Kalel olha para Apllace em seguida.

Kalel: Apllace... Não era você que diz que não há sorte? Que tudo são cálculos perfeitos no espaço tempo? E se não for sorte Apllace...? E se for nosso futuro...? Dê uma olhada Apllace... Eu sei que, em alguma linha, nós podemos... Nós vamos vencer!

*Apllace abaixa sua cabeça por alguns segundos, e depois a levanta com um sorriso de canto.

Apllace: É... Nós vamos vencer...!

*Apllace não usa seu poder dessa vez... Ele apenas diz o que acredita com confiança e determinação. Kalel vira seu olhar para Katrina.

Kalel: Mas se formos depender de sorte... Sei que podemos contar com você Katrina...

*Katrina levanta a cabeça em silêncio para olhar em direção a Kalel.

Kalel: Eu analisei o que você pegou... Você não errou Katrina... Estava tudo conforme os planos mas... Mas tivemos azar... Igual todos os seres vivos tem. Porém... Analisei mais algumas coisas nas entrelinhas e... O mapa não revelava só material do primeiro demônio... Mostrava algo de pelo menos dois demônios! E graças ao ataque da Megatrópole que aquele cara falou... As defesas diminuíram... Temos outra chance! A nossa falha não é culpa sua Katrina... A única culpa que você tem... Vai ser da queda deles! A sorte te sorri de novo Katrina! Ou seriam suas habilidades?

*Kalel diz sorrindo para Katrina. Os olhos dela brilham por alguns segundos. Ela se levanta prontamente, enxugando as suas lágrimas e mostrando um sorriso sincero.

Katrina: He... Obrigada Kalel... A sorte nos sorrirá outra vez!

*Kalel olha para Jhin, John, Cod e Ignitus.

Kalel: Jhin, John, onde estão seus sorrisos? Suas piadas? Suas risadas? Vocês dão a alegria pro time... E permanecem a união! Um time sem união não é nada!

*Jhin levanta a cabeça e da um enorme sorriso enxugando os olhos.

Jhin: É verdade! Ainda vamos esmagar esses caras!

*John, que estava sentado ao lado de Jhin, se levanta e abre um gigantesco sorriso.

John: Tá certo! Nós vamos mesmo!

Kalel: E falando em união, quem é melhor para nos ensinar sobre isso do que os dois irmãos Lizards? Ignitus e Cod, mesmo diferentes, suas ligações são fortíssimas! Não só como irmãos... Como um time! Continuem nos ensinando!

*Ignitus se levanta com um grande sorriso.

Ignitus: HA! PODE CRÊ!

*Cod se levanta logo em seguida e se encosta em seu irmão, com um sorriso convencido.

Cod: Continuaremos...!

Elise: He... Até que o maldito fala bem...

*Kalel olha para Elise sorrindo, a deixando meio sem jeito.

Kalel: Ha... E claro... Já estava com saudades de seus sermões Elise! São motivadores para eu continuar sempre melhorando... Eu juro!

*Elise cruza os braços e desvia o olhar sorrindo de canto.

Elise: É... Eu sei que são.

*Kalel olha para Ether e Ryuzak, que estão ainda muito tristes e decepcionados consigo mesmo. Kalel sente algo estranho no peito... Um amor de anos atrás mas... Não era nem possível já que se conheceram a tão pouco tempo... Mesmo assim, ele vai em direção dos dois, que estavam sentados, e coloca as mãos sobre seus ombros.

Kalel: Mas juntando isso tudo... Fé... União... E motivação... Só temos duas pessoas que podem nos dar tudo isso de uma maneira perfeita e ainda cuidando de todos nós... Não eram vocês que tinham mais esperança que poderíamos vencer isso...? Tenham fé vocês dois... Todos confiamos em vocês e sabemos que vocês nos levarão ao final dessa jornada com um sorriso no rosto e nossa liberdade em mãos!

*Kalel diz isso e abre um sorriso para os dois... Isso os lembra de algo... Lágrimas começam a cair dos olhos de ambos. Ryuzak e Ether se abraçam junto de Kalel, que acha meio estranho, mas logo sorri e os abraça de volta. Depois de alguns segundos, ele se solta dos dois e vai para o meio de todos.

Kalel: Uma coisa que aprendi nas ruas de Broke-Line e das cidades fantasmas em que eu estive, é que se ficarmos lamentando o passado... Chorando por aquilo que já está perdido e não olharmos para frente, não sobreviveremos um dia se quer... Por isso, mesmo com uma vida complicada com o mercado negro... Tendo que matar inocentes, ser mal tratado e intitulado de monstro... Eu sempre olhava para frente... Sempre pensava em me libertar daquilo e viver algo novo... Busquei inspiração em mim mesmo e assim, trabalhando duro, eu saí de lá! Eu vejo potencial em todos vocês... Todos tem um sonho em comum... A liberdade! Não acredito que vocês são fracos de forma alguma...

*Kalel fala sorrindo para Nick, que sorri de volta para ele enxugando as lágrimas.

Kalel: E se forem, quem liga? Vamos treinar até ficarmos fortes! E assim, nossa liberdade com certeza chegará!

*Kalel fala isso levantando sua mão com determinação. Seth vai para o lado de Kalel e também levanta a sua mão sorrindo.

Seth: Isso aí! Vamos continuar lutando por nossos propósitos!

*Ether e Ryuzak se aproximam fazendo a mesma coisa.

Ether: Nossos esforços nunca foram e nunca serão em vão!

Ryuzak: Teremos nossa liberdade, não importa qual o sacrifício!

*Kalel olha para eles sorrindo.

Kalel: Ether, a espada por favor...

*Kalel fala referindo-se a espada de sua mãe. Ether acena com a cabeça e entrega a katana para ele. Kalel olha para a lâmina e seu reflexo aparece nela... Ele o olha e sorri... Uma figura feminina também aparece, mas some na mesma hora. Logo em seguida, ele levanta a lâmina para cima.

Kalel: Nós lutaremos muito! Treinaremos muito! Faremos poeira virar ouro e ao contrário se precisar! Vamos suar sangue e podemos até nos afogar no próprio suor, mas com esforço, nós chegaremos em nossa liberdade! Não importa o sacrifício... Não suportaremos mais injustiças e sermos excluídos da sociedade, além de sermos tratados como monstros!

*Os olhos de Kalel começam a brilhar intensamente junto de sua lâmina... É como próprio o sol ou o brilho intenso do luar..

NÃO VAMOS MAIS NOS ESCONDER!

Quando Kalel diz essas palavras, Ether e Ryuzak conseguem ouvir uma voz feminina vindo dele junto com sua voz original... É a voz de Helen Lohan... A mãe de Kalel e mestra dos dois líderes... Todos do lugar ficaram animados, não ligavam mais para a derrota, iriam tentar e tentar de novo, estavam dispostos a lutar por suas liberdades! Bem... Quase todos... Mont ainda está em seu canto... Ele abre um pequeno sorriso mas... Mesmo assim ele parece sério e pensativo. Aquilo que o temível homem de olhos negros disse em seus ouvidos ainda percorre sua mente. Nick e Ignitus se aproximam dele.

Nick: Aí... Tá tudo bem?

Mont: O-Oh! Sim! Tá tudo bem sim...

*Quando percebe os dois, Mont muda totalmente sua expressão e esboça um pequeno sorriso para os dois.

Ignitus: Bom... Se você diz... Não fique assim ok? Logo teremos nossa liberdade!

Nick: E celebraremos isso!

*Nick e Ignitus falam abrindo um grande sorriso.

Mont: É... Vocês estão certos... Obrigado!

*Mont fala sorrindo. Ether vai pro meio e fala para todos.

Ether: Bom... Hoje nós perdemos a batalha, mas a guerra está apenas começando. Somos fracos, como o próprio...

*Ela parece um pouco relutante em falar o nome do homem que acabou de trazer a mais amarga das derrotas para eles.

Ether: DarkButcher disse... Provavelmente conseguiríamos derrotar o primeiro demônio, porém, ele era absurdamente mais poderoso do que todos nós, e os últimos demônios estarão em níveis parecidos com o dele no mínimo...

*Ela fala com muita seriedade se referindo ao homem de olhos negros.

Ether: Por isso devemos treinar! Todos aqui possuem suas próprias experiências em combate... sabemos de algumas de nossas capacidades mas... e dos nossos limites? Nosso real potencial?! Vamos descobri-los e assim superá-los, todos juntos!

*Ela fala com um tom sério de liderança, porém, com animação e determinação junto.

Ether: Iremos nos conhecer mais! Aprenderemos o que podemos e não fazer, juntos e individualmente. Nós precisamos agir como um, a 50° e a 47° unidade serão como uma! Vamos todos nos esforçar ao máximo e ficar mais poderosos juntos!

*Ether fala levantando a mão e sorrindo com muita determinação. Todos gritam animados e determinados. Ryuzak se aproxima de Ether.

Ryuzak: Vamos dormir por hoje União, mas logo de manhã, começaremos a treinar e ralar duro! Vamos ganhar isso!

*Ryuzak fala na mesma intensidade de Ether. Kalel chega na frente deles.

Kalel: Eu sendo ou não o tal do escolhido...

*Kalel diz olhando para Timery.

Kalel: Vou estar com vocês...! Agora eu entendo pelo que vocês lutam... E vou ajudar com tudo que tenho!

*Kalel levanta a espada de novo.

Kalel: Pela nossa liberdade!

*Timery olha de volta para Kalel. Ela da um sorriso e fala numa empolgação que ela jamais antes teve.

Timery: Pela nossa... Liberdade!

*Seth chega por trás de Kalel, o dando um mata leão junto com um cascudo amigável.

Seth: HAHA! ISSO AI! PELA NOSSA LIBERDADE!

*Nick chega por trás de Seth e sobe em seus ombros. Logo após ele grita puxando toda união:

Nick: PELA NOSSA LIBERDADE!

União: PELA NOSSA LIBERDADE!

*Todos falam levantando as mãos. Ryuzak olha para Ether sorrindo.

Ryuzak: He... E a semente começou a desabrochar...

*Ether olha para ele com um sorriso sincero.

Ether: É... Isso é ótimo!

*Ela diz enquanto descansa a cabeça em seu ombro. Ryuzak fica um pouco envergonhado de primeira mas... Logo relaxa um pouco e passa seu braço sobre o ombro da garota.

Ryuzak: Ér... Com certeza!

*Eles dizem olhando para todos da união se alegrando junto a Kalel... Logo esses dois guiaram todos para a liberdade...!

...

*Quase todos já foram dormir... Geralmente, todos da união dormem juntos em alguns quartos, geralmente divididos por gênero. Porém Kalel prefere dormir sozinho em outro cômodo da sala... Mesmo sendo menos aconchegante. Ryuzak aparece no cômodo de Kalel e senta ao seu lado. Kalel já estava quase dormindo.

Ryuzak: Opa... Desculpa interromper seu sono...

Kalel: Ah... Ryuzak... Posso ajudar?

Ryuzak: É... Mais ou menos... Você realmente prefere dormir aqui?

*Ryuzak diz enquanto olha aos arredores.

Kalel: É... Evita acidentes de Matéria Escura e entre outros e... Bem, eu só tô acostumado em dormir sozinho... Conforto também nunca foi o meu estilo então... Eu me sinto melhor assim.

Ryuzak: Entendo...

*Ryuzak olha para cima.

Ryuzak: Eu não sabia que você falava bem daquele jeito...

Kalel: Ah... Aquilo? Eu também não sabia... Geralmente eu não sou assim... Nunca nem trabalhei em grupo haha... É só que... Quando acordei... Algo me empurrou para isso... Deu uma vontade imensa de falar todas aquelas coisas e... Eu só falei... É como se algo ou alguém tivesse me dominado... Estranho né?

*Ryuzak parece perplexo mas logo sorri.

Ryuzak: É... Estranho...

*Um silêncio permanece por alguns segundos.

Kalel: Como ela... Era Ryuzak?

*Quando Ryuzak ouve isso, ele olha meio assustado pra Kalel, que já está sentado ao invés de deitado e olhando para ele.

Ryuzak: Ela...?

Kalel: Minha mãe...

Ryuzak: Ah...

*Ryuzak volta a olhar para os céus.

Ryuzak: Ela era incrível... Seus olhos eram tão brilhantes quanto os seus... Seus cabelos eram grandes da cor dos seus Kalel... Seu sorriso... Acendia o fogo no coração de qualquer um... Ao mesmo tempo que tínhamos o sentimento de querer protege-la... Ela dava um sentimento de proteção para toda a União dos P-Humans... Ela tinha empatia total por todos os Meta-Humanos... Infelizmente foi por isso que ela caiu...

*Ryuzak abaixa o olhar por um tempo... Mas logo volta a sorrir.

Ryuzak: Mas mesmo nos deixando... Ela não parou de atuar... Ela continua nos dando motivação como sempre dava... Ela acreditava que com a fé poderíamos vencer... Mas ao mesmo tempo acreditava que todos mereciam perdão... Ela era incrível... Tanto na fala quanto na batalha... Ela tinha poder suficiente para destruir um exército... Mas mesmo assim ela sempre preferia falar com eles antes...

Kalel: E eles ouviam?

Ryuzak: Ha.... Surpreendentemente sim... Teve uma vez que um exército inteiro da AMHC veio para nosso lado... Nesse dia, ela sozinha derrotou um dos líderes... O Gen-no, por eles conhecido... Ela era incrível... Nos dava esperança mesmo quando tudo parecia perdido... Como você mesmo fez hoje!

*Ryuzak diz isso olhando e sorrindo para Kalel. Kalel sorri de volta, mas logo fala sério novamente.

Kalel: Helen... Não é? O nome dela era Helen?

Ryuzak: É... Helen Lohan... O pavor dos demônios... Como soube?

Kalel: A espada... Tem várias escrituras que... Com o olhar de antimatéria... Ou como vocês conhecem... De energia clara, consigo decifrar... A primeira que consegui foi esse nome...

Ryuzak: Ha... Helen... Cheia de surpresas...

Kalel: E... Como ela morreu?

*O sorriso de Ryuzak parece desaparecer na mesma hora. Kalel parece ficar preocupado.

Kalel: M-Me desculpe eu não...

Ryuzak: Tudo bem... Você merece saber afinal... Sorte que você não perguntou para Ether...

*Ryuzak abaixa sua cabeça.

Ryuzak: Como eu disse... Ela tinha muita compaixão por todos... Acreditava que todos mereciam uma segunda chance... Com isso ela já foi traída muitas vezes e... Sobrava para nós resolvermos haha... Mas nunca ligávamos afinal... Se estávamos vivos era por causa dela. Mas... Uma vez... Ninguém conseguiu fazer nada...

*Ryuzak cerra os punhos.

Ryuzak: Ela se apaixonou por um dos líderes da AMHC... Um dos mais fortes generais... Não sei quem é... Nem o nome dele... Só sei que... Pelo visto ele também se apaixonou por ela... Bem era isso que ela acreditava... Um tempo se passou e... Em uma das lutas... Eu tinha apenas 7 anos naquela época... Descobrimos que ela estava grávida... Foi um choque para todos nós... Era você Kalel.

*Kalel abaixa a cabeça.

Kalel: Mas... Segundo vocês... Eu sou filho de um Natural e um Meta.... Minha mãe é um Meta então... Ele era um Natural?! Mas o governo e os humanos não repudiam e tem medo deles?!

Ryuzak: É... Eles tem mas... Eles não sabem das principais forças... O Governo continua afirmando que é só conspiração mas... Sim, ainda há demônios naturais na terra... Os 7 demônios não são só chamados assim por nós por serem humanos poderosos e perigosos... E sim por serem reais "demônios espaciais", ou naturais como eles se chamam... O governo tem algum tipo de trato com eles e não querem que os humanos saibam... Provavelmente para não causar medo e rebeliões entre os humanos... Você não achou estranho aquele homem dos olhos escuros não estar do nosso lado? E sermos atacados por Meta-Humanos direto?

Kalel: É... Então meu pai é...

Ryuzak: Um dos 7 demônios? Nah... Ele é bem mais forte que eles... Acreditamos que ele é um dos mais fortes naturais e um dos 3 primeiros originais... Só o Governo e a AMHC que sabem dos demônios no governo...

Kalel: Entendo... Pode continuar.

Ryuzak: Bem... Sem nossa capitã, fomos obrigados a recuar e ficarmos de defesa em um dos postos... Porém... Uma noite... Aconteceu um ataque... Nós fomos pegos de surpresa... Não era pra eles saberem nossa localização... Porém... Entendemos depois... O ataque foi guiado pelo general que se dizia apaixonado por ela... Eles mataram vários de nós... Eu e Ether conseguimos sobreviver pelo fato de sermos crianças... Tiveram certa pena da gente por algum motivo... Mas eles levaram a mestr- digo, sua mãe... Eu nunca mais a vi novamente...

*Ryuzak levanta a cabeça com olhos cheios de água. Kalel parece confuso.

Kalel: M-mas como eu estou aqui então...? Como eu...

Ryuzak: Pelo visto queriam manipular sua mente... Te fazer um novo general... Afinal... Você é o filho da líder mais poderosa da revolução e de um dos generais mais poderosos da AMHC... Porém pelo visto sua mãe conseguiu fugir ou algo assim... Mas... Não demorou muito para a pegarem... Ela foi morta em praça pública por quem ela amava e dizia sentir o mesmo... Foi isso que eu ouvi...

*Os olhos de Kalel se enchem de água... Coisa não muito comum para ele. Algumas imagens da mãe dele começam a rodar por seus pensamentos.

Kalel: M-me desculpe... Eu... Sou um erro não sou...?

*Ryuzak olha preocupado para Kalel, mas sorrindo ao mesmo tempo.

Ryuzak: Não...! Você não é um erro Kalel... Você é a nossa salvação... É a promessa dela... Ela pode não estar aqui... Mas seu sangue está... Confiamos em você Kalel... Eu confio em você!

*Kalel parece se surpreender e logo depois enxuga as lágrimas...

Kalel: Obrigado... Mas muitas coisas ainda não estão claras pra mim...

Ryuzak: É... Nem pra mim mas... Já está tarde... Amanhã temos um dia e tanto...!

*Ryuzak fala levantando e indo em direção de seu quarto.

Ryuzak: Boa noite, Kalel!

Kalel: Boa noite...

*Ryuzak sai do cômodo de Kalel... Ele parece ficar pensativo... Principalmente no sonho que ele teve... Algo não está esclarecido... Mas amanhã ele tem um longo dia... Amanhã começará um novo ciclo! Eles irão treinar muito! Estarão mais próximos para conseguir derrotar a AMHC e ganhar suas liberdades!

 


 Arco I: O começo! Terminado!


Notas Finais


He... Um fim de um arco... Uma evolução! Os treinamentos da União estarão vindo com tudo! Episódios frescos já estão prontos para serem enviados! Um arco de lutas entre revolucionários e treinamentos exaustivos está por vir! Não percam os próximos episódios de Dokuritsu no Hajimari: Treinamento Intensivo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...