História Dollhouse- Finn Wolfhard - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Kali "Eight" (Oito), Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Sam Owens, Steve Harrington, Will Byers
Tags Caleb Mclaughlin, Finn Wolfhard, Gaten Matarazzo, Jack Dylan, Jack Grazer, Jaeden Lieberher, Millie Bobby Brown, Nicolas Hamilton, Noah Schnapp, Sadie Sink, Sophia Lilis, Wyatt Oleff
Visualizações 36
Palavras 831
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


LEIAM AS NOTAS FINAIS❤

Capítulo 2 - MY DAMN LIFE


Fanfic / Fanfiction Dollhouse- Finn Wolfhard - Capítulo 2 - MY DAMN LIFE

ALISSA POV

Acordei com a aeromoça avisando que o avião iria pousar. Depois, fui pegar minhas malas, sair, etc. Entro em um dos muitos táxis que se encontravam lá na frente esperando por passageiros.  Dou um papel com um endereço pra ele, e ele vai até o lugar. Retiro minha única mala, e paro em frente à grande porta de madeira. Eu a encaro, respiro uma vez, e bato duas vezes na porta, deslisando minha mão. Uma mulher de uns 40 anos atende. Ela tinha longos cabelo pretos presos em um perfeito rabo de cavalo que cobria suas orelhas, tinha também olhos de um verde acinzentado. Reconheci-a, era minha mãe,  Ana.

- Oi, filha.- Disse a mulher- Você cresceu!- Fala empolgada.

- Oi, mãe...- Digo- Pois é, né...

- Ah! Claro! Entra!- Ela fala e me dá passagem.

A casa tinha uma cozinha, uma sala de estar com TV, dois escritórios e um lavabo, no primeiro andar. No segundo tinham 4 suítes, mais um banheiro e uma sala de estudos. Ana me disse para escolher um dos dois quartos restantes, já que os outros estavam ocupados por meus pais, e minha irmã, Lindsey. Um dos quartos, tinha uma decoração rosa clarinho, com uma cama queen size, e armários espelhados. O banheiro também tinha o mesmo tema. O outro quarto, tinha um tema mais rock, e tinha uma passagem pro teto. Escolhi o segundo. Nem arrumei as coisas, e decidi sair. Avisei minha mãe, e saí. No caminho, pude ver um garoto. Ele tinha cabelos negros e cacheados, assim como os meus. Tinha olhos castanhos, mais profundos do que qualquer azul. Minha vó dizia que eu tinha um dom, um poder, que era saber o que as pessoas sentiam somente olhando para elas. Então usei meus poderes com o jovem. Eu paro meu skate, e olho pro garoto. Ele tinha uma expressão neutra, que transmitia felicidade. Mas eu sabia que ele não estava feliz. Ele só não deixava essa tristeza, essa falta de alguma coisa que nem ele sabia o que era, transparecer. Como consigo saber o que ele, e qualquer outra pessoa sentem? Porque eu já senti. Acreditem. Eu já fui feliz. Eu já amei. Eu sei o que é se machucar. Sei o que é sentir vontade de desistir de tudo. Eu sei o que é ser triste... Bom, ainda sou. Eu sei o que é perder alguém. Eu sei. E, sei lá... Só penso em mim mesma. Me vejo nas pessoas, assim sabendo o que elas sentem. Percebo que o mesmo me encarava. Ele acena, e dá um sorriso de lado. Eu repito o gesto, analisando cada traço seu. Abaixo o olhar e volto a andar.

FINN POV

Eu estava sentado em um banco, ouvindo música com meus fones. Até que vi uma garota. Ela tinha cabelos negros e cacheados, assim como os meus. Tinha olhos turquesas hipnotizantes. Ela tinha uma expressão neutra, que transmitia felicidade. Mas eu sabia que ela não estava feliz. Ela só não deixava essa tristeza, essa falta de alguma coisa que nem ela sabia o que era, transparecer. Percebo que a mesma me encarava. Eu aceno, e dou um sorriso de lado. Ela repete o gesto. Abaixa o olhar e volta a andar. Algumas pessoas diriam que tenho a vida perfeita, um ator famoso, que tem uma banda que está começando a ser reconhecida, e tals. Mas não me sinto assim. É como se algo faltasse. Não que eu seja depressivo, só, carente de alguém que me entenda.

ALISSA POV

Eu já tinha almoçado, fiquei a tarde inteira vendo séries eescrevendo minhas músicas, até que 7:30 p.m. minha mãe me chama para jantar. Eu como, e vou pro meu quarto. 8 p.m. mando uma mensagem no grupo:

GRUPO: AS MINA E O MATHEUS// ON

- E aí cambada! A rainha 
da porra toda chegou!!!

SURFISTINHA- OIE!!!
SURFISTINHA- Td bom aí?

- Oi! Td sim...
- Minha casa é muito top,
E meu quarto então!

COBRA- Pelo menos isso!
COBRA- Mas e aí? Já falou com a tua irmã?

- Mano, minha irmã só falou comigo pra dizer "Bem vinda maninha!", mas foi obrigada pela minha mãe, pq dava pra ver que era um "Bem vinda" mt falso!

SURFISTINHA- Kkk! Mt a cara dela isso! Kkk, to só imaginando o sorrisinho falso que ela deu depois de falar isso!
COBRA- DR
GAZELA- RT do RT
- Finalmente a Gabi apareceu! Tava aonde, Gazela?
GAZELA- 1)Vai à merda! 2)Eu tava dormindo.
COBRA- Ela parecia um tatu bolinha dormindo, tava toda torta, daí eu tive que tirar uma foto né!
- Manda a foto, Mi!!!
SURFISTINHA- MANDA!
COBRA- Tá pera aí!
GAZELA- Se tu fizer isso...
COBRA- 
            (FOTO)                                                    
- KKKKKKKKK!!! MAS EU TÔ MORRENDO!!!! AI MEU RIM, VEY!!!
SURFISTINHA- MANO! 6 sabem que eu to num jantar de família vey! Tá geral me olhando pq eu to rindo que nem um idiota, porra!!!
GAZELA- SE EU FOSSE TU EU CORRIA MANA!!!
- KKK! Gente sorry, mas amanhã vou ir me matricular na escola, e tenho que acordar cedo, então, bye❤
GAZELA- Xau.
COBRA- Tchau, miga💚
SURFISTINHA- Bye, bolíneo de arroz💟
- Kkk, tchau❤

Desligo o celular, e fico pensando como vai ser essa nova vida...




CONTINUA...

     


Notas Finais


Só passando pra avisar que eu to planejando chegar pelo menos, até a terceira temporada, ou seja, vocês vão sofrer e muito, Kkk

2BJU, meus Bolíneos de arroz!!!
(Eu sou um bolinho de arroz, meus bracinhos vieram bem depois, minhas perninhas ainda estão por vir, e não tenho boquinha pra sorrir...🎶)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...