1. Spirit Fanfics >
  2. Don't Break My Heart >
  3. PRÓLOGO - parte 1

História Don't Break My Heart - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi, galera, tudo bom? Essa é minha primeira fic! Criei ela pensando naquilo que gostaria de encontrar em outras fanfictions. Com certeza não é nada profissional ou digno de um verdadeiro livro, mas espero realmente que gostem!

Ah, e aviso importante! Eu gosto de criar os capítulos escutando algumas músicas. Por isso, em cada capítulo, deixarei ao final, nas notas do autor, um link para que escutem a música que me deu inspiração para fazer cada um desses capítulos. Recomendo que escutem as músicas antes de começarem os capítulos.

Beijos de luz e boa leitura!

Capítulo 1 - PRÓLOGO - parte 1


Fanfic / Fanfiction Don't Break My Heart - Capítulo 1 - PRÓLOGO - parte 1

Marinette

Depois daquele dia em que eu e meus amigos tomamos sorvete no Rio Sena eu me sinto tão... diferente. André, o sorveteiro, estava lá, e todos sabem que aqueles que dividem o sorvete dele terminam com uma história de amor. Isso é tão romântico! É só que é uma pena eu não ter dividido com o Adrien.

Adrien... Pela primeira vez na vida eu consegui conversar com ele sem gaguejar, isso é ótimo! Somos finalmente amigos, mas... só amigos. Agora parece que ele e a Kyoko têm algo a mais. Ultimamente ele só tem falado dela, de como tem pensado nela de um jeito diferente, e eu vi o jeito que ele a olhava enquanto dividiam o sorvete.

Eu penso que talvez eu não devesse estar assim, eu não deveria estar sentindo ciúmes. Quero dizer, olha só o que está acontecendo à minha volta: enquanto o Adrien tem a Kyoko, eu tenho o Luka. Ele é extremamente gentil, sempre sabe o que eu sinto e nem precisa de palavras para entender isso. Ele se importa comigo e está sempre disposto a me colocar pra cima, mesmo quando o assunto é o Adrien.

Ah, o Adrien... Eu deveria estar feliz por ele, afinal de contas eu sei que o relacionamento dele com a Kyoko é com certeza aprovado pelo Gabriel, o pai dele. Quero dizer, ele e a Tomoe, mãe da Kyoko, estão sempre juntos, assinando contratos e viajando juntos. Além disso o Adrien tem permissão para sair com a Kyoko, já que ela é a oponente do Adrien na esgrima. O Adrien é realmente bom em tudo!

Mas pensando bem, talvez eu devesse dar uma chance ao Luka. Talvez ele goste de mim. Pensando bem, acho que ele me fez uma declaração de amor. E que declaração linda! Eu acho que eu preciso seguir em frente, tirar o Adrien da minha cabeça. Ele está em outra agora, e o Luka está aqui comigo sempre que eu preciso. Acho que eu seria feliz com ele. Só que... eu não sei, essa ideia me parece tão errada...

Eu sempre admirei e amei o Adrien, e seria muito errado da minha parte largá-lo só porque ele não me nota. Tudo bem que eu tento fazer com que ele me note há um tempão, mas parece também que eu estou dando uma chance pro Luka como se isso fosse substituir o que eu sinto pelo Adrien. Estou agindo como se o Luka fosse um objeto e eu o estivesse usando porque não tenho mais opções! Ai, Marinette, fala sério! - Marinette. Isso é tão errado! Ou será que isso é só paranóia da minha cabeça? - Marinette. Eu não estou o tratando como objeto, eu estou dando uma chance para que...

- Marinette! - Tikki me chamou pela terceira vez, mas dessa vez mais alto, o que me arrancou dos meus pensamentos.

- Hã, Tikki? Tá tudo bem? Desculpa, eu não ouvi você me chamar antes.

- Marinette, o que está acontecendo? Você não fala comigo e tá fazendo essas caras estranhas desde que chegou em casa.

- Ai, Tikki, me desculpa. É só que eu não consigo parar de pensar no Adrien e no Luka.

- No Luka? Quero dizer, eu até entendo você pensar no Adrien, afinal você faz isso o tempo todo, mas por que no Luka? O que está te incomodando?

- Eu não sei, eu amo o Adrien, mas... O Luka sempre esteve lá por mim, e ele não me faz triste como o Adrien faz. Tudo bem que não é culpa dele, mas eu fico pensando se eu devo dar uma chance pro Luka.

- Marinette, isso é um avanço! Pra você parar de pensar SÓ no Adrien, quer dizer que o Luka mexeu com você. Mas, sinceramente, eu não sei o que dizer. Como você disse, você sempre amou o Adrien, mas ele nunca te deu uma chance. Eu não entendo muito desses relacionamentos humanos, talvez você devesse pedir um conselho à Alya.

- Não, Tikki, eu não posso falar isso pra ela. Eu não tenho coragem nem de admitir essa ideia pra mim mesma, e por mais que a Alya seja uma grande amiga, eu sei o quão empolgada ela é com novidades e ela falaria um monte, sem parar, e isso iria me deixar mais confusa ainda. Acho que eu preciso pensar sozinha. Já sei! Vou sair, vou refrescar a cabeça.

- Mas Marinette, está de noite! Seus pais já estão dormindo e não gostariam de vê-la na rua a essa hora.

- Tá tudo bem, Tikki. Não é como se eu fosse totalmente indefesa. Quero dizer, eu vou ter você comigo. A Ladybug está sempre preparada para o inesperado. Além disso, eu realmente preciso desse momento só meu. Preciso de um pouco de ar fresco. Vem, Tikki, entra na bolsa.

Tikki sorriu pra mim e fez como eu pedi e entrou na minha bolsa. Eu desci as escadas de fininho, não queria que meus pais acordassem e ficassem preocupados comigo, ou pior, que não me deixassem sair de casa. Eu estava na porta da padaria, mas para onde eu iria? 


Notas Finais


E aí, meus amadinhos? Bem típico da Marinette, não é mesmo? Sei que foi um capítulo sem sal nem açúcar, mas ele é extremamente necessário para o desenrolar da história. Espero que continuem acompanhando essa jornada comigo e que gostem da fic! Vejo vocês nos próximos capítulos!

Beijos de luz! 😚

LINK PARA MÚSICA DO CAPÍTULO: https://youtu.be/PaKr9gWqwl4
*lembrando que como eu dividi o prólogo em duas partes, a música é a mesma para os dois capítulos*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...