História Don't Call Me Angel - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Ariana Grande, Bangtan Boys (BTS), Bangtan Sonyeondan, Cadela Park, Dirty Talk, Jikook, Jimin Quicando, Jimin!bottom, Jungkook Pauzudo, Jungkook!top, Lana Del Rey, Miley Cyrus, Passivamin, Power Bottom
Visualizações 1.149
Palavras 369
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabs, Ecchi, LGBT, Musical (Songfic), Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Surtei com o feat da melhor Trindade que podia existir, quem diria que da união entre Ariana Grande, Lana Del Rey e Miley Cyrus sairia uma música tão boa?
Sem mais delongas, perdoem os erros e boa leitura.
Ps: Essa oneshot não significa que eu sai do hiatus ok?

Capítulo 1 - Eu não sou um anjo, Jungkook.


— Oh! Isso! Rebola, meu anjo! 

Sua voz embargada de tesão, naquele tom exausto e ofegante eram a combinação perfeita para me fazer sentar nesse seu pau gostoso até que ele cutucasse meu estômago. 

Mas em contra partida, você tinha falado aquilo de novo. 

Não que eu não gostasse, mas esse apelido "anjo" deveria ser usado unicamente em momentos românticos como quando você beija minha testa e me abraça para que a gente ande agarradinhos e eu não morra de frio por causa do inverno rigoroso. Ou então, quando você chega do trabalho e vai diretamente para cozinha, onde eu estou preparando nossa janta e você me abraça por trás e sussurra "cheguei, meu anjo".

Mas nós não estamos num momento romântico, Jungkook. Muito pelo contrário. 

Você já meteu essa língua habilidosa no meu cuzinho sedento. Eu já te mamei até minha boca ficar dormente e mesmo quando eu estava com a bunda sobre sua cara, chupando sua rola bem gostoso, você insistia em gemer vários "Porra anjo, assim você vai me fazer gozar rápido! "

Então eu tive que apelar. 

Pus minha bunda para trabalhar, sentando e quicando tão forte, esmagando suas bolas cheinhas de porra, lhe fazendo esquecer seu próprio nome, pois eu sabia do poder que tinha sobre você. Era gratificante para mim ver sua boquinha linda entreaberta, gemendo cada vez mais alto e pedindo por mais. 

Mais e mais. 

Para que eu pule mais. 

Rebole mais. 

Me foda mais, até sentir meu ânus bem relaxado, para que assim, depois, você faça o que tanto adora: enfiar essa mão enorme dentro dele. 

O que me irrita é que mesmo assim, mesmo me arrombando com seu pulso, você não para de me chamar de anjo. 

O que mais eu tenho que fazer para você parar de me chamar de anjo na hora do sexo e passar a me chamar de cachorro? Vadia? 

Por que vamos combinar, que de certa forma, ouvir um "rebola na pica do teu homem, meu anjo" é meio broxante. Pelo menos para mim. 

Entenda Jungkook, eu não quero que você me trate como um anjo enquanto me come de quatro, deixe para fazer isso quando estivermos tomando sorvete enquanto assistimos um bom filme, ok? 


Notas Finais


Não sei se muita gente leu, mas eu quero agradecer a todos que me mandaram mensagens de apoio no MP e pelas atividades, isso me fez um bem danado, de verdade... ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...