História Don't call me your - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook
Visualizações 19
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A fanfic se passa na visão do jk e quando for o jimin estará escrito ''Jimin p.o.v''
Eles já se conhecem.

Capítulo 1 - Babe


Fanfic / Fanfiction Don't call me your - Capítulo 1 - Babe


Estava numa floresta proxima a minha casa, de frente para um rio, as águas cristalinas estavam estranhamente calmas, mas não me importo com isso, afinal, estava ocupado demais limpando a minha pistola, que estava suja com o sangue de um lixo humano.
Flashback on.
O sinal da faculdade acabou de tocar, indicando o final das aulas, guardo meu estojo e caderno na minha mochila preta, sem qualquer cerimônia, pego-a e saio andando igual o resto das pessoas.
-Jungkook-oppa você não quer ir para a minha casa hoje? -Pergunta uma menina que não faço questão de lembrar o nome.
-Não vou a casa de vadias, e eu não sou seu oppa. -Saio na maior calma deixando a menina e as amigas dela chocadas com a boca aberta.
Estava quase chegando em casa, até um homem me parar na maior cara de pau.
-Ei ''garotinha'' -já sinto meu rosto queimar de raiva e minha postura endurecer. -Não sabe que é perigoso andar sozinha na rua? -Disse com um sorriso horrivel mostrando seus dentes amarelados.
-Primeiramente, eu não sou uma garota, seu velho nojento, segundamente -Coloco a mão no bolso do meu moletom-Deveria tomar mais cuidado com quem tenta estuprar não acha? -Dou meu sorriso de coelho para ele e tiro do bolso a minha desert eagle dourada.-te vejo no inferno. -Digo antes de atirar nele.Encaro por alguns segundos o seu corpo morto no chão, até ouvir passos proximos de mim, já preparo minha pistola para quem quer que seja.
-Jeon, deveria tomar mais cuidado não acha? -Diz Jimin com seu sorriso zombeteiro de sempre.
-Deveria tomar mais conta da sua vida do que da minha mão acha? -Respondo abaixando a arma.
-Tks, eu nem deveria apagar as filmagens da câmera de segurança depois dessa, mas como a boa pessoa que eu sou, irei te fazer esse favor. -Se aproxima por trás logo cheirando meu pescoço e deixando uma mordida.
-Sem marcas Jimin, e você faria isso de qualquer forma. -Ele ignora totalmente o que eu disse sobre sem marcas deixando um chupão.
-Iria? -Se separou do meu pescoço apenas para falar isso.
-Porra Jimin, eu disse sem marcas. -Me viro para ele, me abaixo rapidamente tirando uma faca do coturno que eu usava.-Me ouviu? -Digo pondo a faca contra seu pescoço o fazendo dar um sorriso sacana.
-Já entendi babe. -Sussura.
-Ótimo. -Guardo a faca no coturno e saio rumo a minha casa.
Flashback off.
Termino de limpar minha arma e a guardo no moletom, logo recebo uma mensagem no celular.
Mensagem on.
JM-Já apaguei a filmagem da câmera, estou esperando um obrigado.
Eu-Morre Jimin.
JM-Eu sou seu hyung me respeite.
Eu-Claro "hyung" isso é porque não é você que está com um chupão que mais parece um hematoma.
JM-Não seja por isso, pode me chupar a hora que quiser(moonface)
Eu-Você é nojento, tchau.
JM-Tchau babe.
Mensagem off.
Ainda não entendi toda essa obsessão por mim, fala sério.
Eu sei que sou maravilhoso e tals, mas menos Jimin, logo meu celular apita novamente.
Passo os olhos por cima, falando no diabo.
Mensagem on.
JM-Falta 1.
Eu-??
JM-Uma pessoa.
Eu-Seja específico caralho.
JM-Uma pessoa para matar por ter tocado no que é meu.
Eu-O caralho Jimin, para com essas paranoia de que eu sou seu, eu não sou de ninguém.
JM-Não por muito tempo babe.
Eu-Cala a boca.
-Vem calar. -Diz uma voz em meu ouvido e me viro rapidamente pegando uma faca.
-Porra Jimin. -Abaixo a faca e coloco a mão no coração.-Está a quanto tempo ai?
-Tempo suficiente pra te ver corar quando eu te chamei de babe.
-Impressão sua, seu louco -Digo negando rapidamente.
-Sério? não é o que esse video diz. -Da um sorriso gigantesco e me mostra um video meu conversando com ele, puta merda eu realmente corei por causa desse babaca?
-Como caralhos você me filmou Jimin?! -Logo ele se aproxima de mim e coloca sua boca perto de meu ouvido.
-Eu sempre estou te filmando babe, só você não percebeu. -Dá uma mordida em meu maxilar.
-Me solta seu louco, eu não sou um bebê e muito menos seu. -O empurro para longe.
 


Notas Finais


YEP!
eu não gosto de fanfics q sempre são iguais as outras por isso eu sempre tento diferenciar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...