História Don't fuck with my mind - jimin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Originais
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Chanbaek, Romance
Visualizações 8
Palavras 968
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Meus pais


Fanfic / Fanfiction Don't fuck with my mind - jimin - Capítulo 1 - Meus pais

*ester on*

- CORÉIA DO SUL? PORQUE AGORA?

gritei com meus pais sem querer

- sim querida, você sabe que nós sempre quisemos isso e desde que nos casamos a 2 anos estavamos nos organizando pra ir, por favor não se recuse, sabe que não poderiamos viver sem você - disse chanyeol um dos meus pais adotivos

respirei fundo querendo me acalmar pois não queria desrespeitar eles sem nenhum motivo, então pensei em algo

- eu vou, mas com uma condição - olhei para baekhyun meu outro pai, pois ele que normalmente tomava as decisões sobre o que eu fazia

- o que você quiser - disse o mesmo

- eu quero pintar meu cabelo, hoje mesmo, sem reclamações

- isso não, você já pediu mil vezes e eu já disse mil vezes que... - baek falava até que chanyeol tapou sua boca

- nunca tive nada contra isso, vamos agora mesmo comprar as coisas - ele sorriu pra mim, mas baek bufava

*quebra de tempo*

pintei meu cabelo de uma cor meio que vermelha com as pontas mais claras e estava arrumando minhas malas cantarolando

vocês não devem estar entendendo nada, bom eu sou Ester, tenho 16 anos e sou brasileira, mas meus pais não, fui adotada com 6 anos por um casal gay coreano, esses são meus pais, baekhyun e chanyeol, eu amo muito eles, e graças a eles eu aprendi coreano e ensinei eles um pouco mais do português, eu estudava numa escola particular e sofria  bullyng por ter dois pais, porém era elogiada por ser relativamente bonita, meu corpo é meio que médio e meu cabelo era castanho até agora, tenho só um amigo aqui no brasil que é o jonny, apelido para jonathan, mesmo sendo só ele a ideia de ir pra coréia e deixar ele aqui meio que me assusta, tambem ouvi falar que lá o preconceito é maior e não quero ver meus pais sofrendo. eu descobri meio que cedo demais sobre o que era sexo, ouvi gemidos uma vez e fui ver de onde vinham esses barulhos e vi meus pais fazendo isso, eu tinha só 9 anos e devo admitir que foi uma visão meio...pertubadora para uma criança, talvez seja por isso que nunca tive nenhum desejo "erotico" por alguem.

agora estou arrumando minha mala pois vamos pegar o avião amanhã cedo, mesmo eu não querendo ir eles fizeram o que eu pedi e eu vou pra coréia

terminei de arrumar minha mala e mandei uma mensagem para jonny falando que eu queria me encontrar com ele, 5 minutos depois ele me ligou 

- alô - ouvi uma musica alta no fundo 

- ALÔ, ESTER - ele gritou e percebi uma coisa...ESQUECI DA FESTA

- JONNY, ESQUECI DO SEU ANIVERSARIO, MEU DEUS, OLHA, TO INDO AGORA, VOU ME ARRUMAR

- SUA DESNATURADA, VEM LOGO

desliguei e corri para o banheiro tomar banho, acho que foi o banho mais rapido da minha vida, sai e coloquei uma blusa branca com uma saia xadrez, tambem uma meia calça bem fina preta, um casaco que ultrapassava a saia tambem preta, e um sapato da mesma cor, prendi meu cabelo em um rabo de cavalo alto e peguei minha bolsa marrom (foto nas notas finais) coloquei meu celular, minha carteira onde tinha meu cartão, que fiz quando comecei a trabalhar, meu rg afinal estamos no brasil ainda e algumas notas, desci as escadas correndo e só avisei meus pais

- vou sair, aniversário do jonny, atrasada, beijos

meus pais que já estavam acostumados com a minha loucura riram, deu um beijo na bochecha de cada um e sai de casa, chamei um taxi e dei o endereço da casa dele que era suficientemente grande pra festa que ele queria dar, cheguei lá e, como eu imaginava, adolescentes bebados por todos os lados, e no meio de uma roda de meninas estava jonny, que era bonito e assim popular, andei até ele mas antes de eu chegar até ele, ele me viu e veio correndo me abraçar, o que fez varias meninas me encararem com a maior cara de bunda do universo

- espero que você só esteja atrasada por ter pintado o cabelo, porque ficou ainda mais linda

- obrigado, mas não foi por isso, estava arrumando as malas

- por que, vai mudar de casa - abaixei a cabeça e meu sorriso sumiu e eu mexi a cabeça que não - cidade? - mexi de novo que não e levantei um pouco a cabeça, ele já tinha algumas lagrimas nos olhos

- jonny, eu vou pra coréia

ele me abraçou muito forte chorando e ninguem estava entendendo nada

- bom - afastei ele - agora não é hora de chorar, vamos fazer dessa noite inesquecivel, e nada na coréia vai superar ela

ele limpou as lagrimas

-sim, vamos

eu me diverti muito a noite toda, jonny já estava bebado no final então levei ele pra cama e ajudei sua mãe, que já era praticamente minha mãe, a arrumar a casa, rimos, disse pra ela que ia pra coréia e ela chorou muito, me despedi dela e de seu marido, deixei uma carta ao lado da cama de jonny que falava que eu ia sentir sua falta e que iriamos continuar melhores amigos e que sempre conversariamos e voltei pra casa, já era 5 da manhã e baekhyun estava levando as malas até a sala enquanto chanyeol ajudava os homens com as coisas mais pesadas

é eu vou sentir falta daqui, é hora de ir e eu realmente vou querer voltar, então vamos lá

entrei no taxi e logo chegamos no aeroporto, fizemos todos os procedimentos e logo entramos no avião, fiquei pensando um pouco e meus pais já estavam dormindo, se passaram 5 horas, pareceu tão rápido, no final acabei dormindo tambem...

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...