História Don't Run - Imagine Jihyo(Twice)(G!P) - Capítulo 4


Escrita por: , Yukine-, BishaM e Nora-_-

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, TWICE
Personagens Cl, Jihyo, Kim Jong-in (Kai), Kim Seokjin (Jin), Mina, Oh Se-hun (Sehun), Personagens Originais, Rosé
Tags Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Exo, Híbrido, Twice, Yaoi, Yuri
Visualizações 227
Palavras 952
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não revisei, então deve ter alguns erros mesmo hehe

Edit1: LEIAM AS NOTAS DOS CAPÍTULOS, pelo amor!

Capítulo 4 - Caixa de memórias


Fanfic / Fanfiction Don't Run - Imagine Jihyo(Twice)(G!P) - Capítulo 4 - Caixa de memórias

P.O.V Autor

S/N misturou determinadamente os ingredientes na tigela. Ela ia fazer uma torta de caramelo para o irmão. Lembrou-se dos momentos em que os dois estavam doentes, o pai os deixava amargos e servia quente para tratá-los. Ela sentiu as lágrimas ameaçar a derramar em suas bochechas ao se lembrar do pai. Ela entregou furiosamente os olhos. 

- Você está bem, S/N? - Perguntou Jihyo, preocupada.

- Sim, perfeitamente bem. - S/N respondeu teimosamente. Enquanto misturava os ingredientes em sua tigela, ela espiou o que Jihyo estava fazendo.

Ramen! Ela olhou com mais atenção. Ela pode fazer pratos tão complexos! Isso é tão legal! Enquanto observava Jihyo cortar o vegetal, o brilho da faca chamou sua atenção. Aquela faca acendeu muitas lembranças.

[MEMÓRIAS]

S/N se encolheu em um canto enquanto sua mãe acenava com a faca. A fúria estava dançando em seus olhos.

- QUANTAS VEZES EU DISSE PARA VOCÊ NÃO BRIGAR NA ESCOLA?! - Ela gritou. S/N se encolheu e se viu presa em um canto. Ela sentiu lágrimas escorrendo pelo seu rosto e suas orelhas tremiam de medo. A mãe sorriu e se ajoelhou em frente a ela antes de segurá-la com força. S/N gritou de dor e ela deslizou a faca pelo braço de S/N e abriu uma ferida.

- Mãe! Para! - Ela soluçou quando a faca pressionou profundamente em sua carne.

- Não até você fazer o que eu digo! - Ela gritou com S/N. Ela soluçou. Esse momento parecia durar anos.

_________x_________

S/N foi presa enquanto sua mãe pairava sobre ela. Faca pronta. S/N sabia que não havia sentindo em responder. Ela bloqueou tudo e só ouviu o que queria. Ela tremeu quando o hálito quente dela roçou seu rosto.

- Isso é o que você ganha por me desobedecer! - Ela pegou sua pequena orelha marrom e S/N gritou e tentou sair debaixo dela. - Porra, fique parada! - Ela gritou e pressionou o joelho no estômago de S/N. Ela ofegou e depois sentiu horror ao sentir a ponta da faca fazendo contato com sua orelha. - Isso foi você quem pediu. Se você continuar com isso, talvez eu precise aumentar o castigo. - S/N soluçava quando o sangue pingava lentamente de sua orelha e doía.

Muitas outras lembranças seguiram essas principais e nublou a mente de S/N.

[FIM DAS MEMÓRIAS]

S/N tremeu loucamente e começou a gritar. Ela estremeceu e tinha lágrimas escorrendo pelo rosto.

- S/N! O-O QUE FOI?! - Jihyo gritou, fazendo seu caminho para S/N. Ela segurou a garota nos braços, mas ela ainda tremia e chorava. Jihyo pode notar o olhar nos olhos de S/N. Ela estava em uma alucinação. Ela estava presa em sua mente. De repente, a porta de Seokjin se abriu e ela correu para a cozinha.

- O que aconteceu Jihyo? - Jin perguntou. Jihyo olhou preocupada enquanto segurava o tremor de S/N nos braços.

- Eu não sei o que aconteceu! Eu estava apenas cortando alguns legumes e então notei que ela estava chorando e perguntei se ela estava bem, disse que estava. Então ela olhou para mim e...ela apenas…- Jihyo estava extremamente nervosa.

- Dê ela aqui! - Jin instruiu. Jihyo passou S/N para Seokjin. Jin gentilmente acariciou as orelhas da garota e sussurrou para ela: - Sou eu...Seokjin. eu tenho você…- Ele disse gentilmente. S/N logo se estabeleceu. Seus olhos estavam vidrados e sua cabeça estava no ombro de seu irmão enquanto ela se recuperava do ataque de ansiedade. - Me desculpe. Pensei que talvez S/N tivesse superado isso, mas parece que ainda está lá no fundo de sua mente...sinto muito, mas você pode cozinhar? S/N precisa descansar. - Jihyo assentiu e observou Jin se sentar no sofá e posicionar a cabeça de S/N em seu colo esticando as pernas. Ele gentilmente acariciou as orelhas e sussurrou consoladoramente. O ataque de S/N passou e ela pôde ouvir a voz familiar de Jin. Embora sua voz estivesse abafada, ela ainda sabia que era Seokjin. Ela sentiu o cobertor cobri-la, olhou para cima e viu Jihyo sorrindo para ela. Seu rosto exibindo a preocupação que ela sentiu.

- D-d-desculpe. - S/N gaguejou quando mais lágrimas caíram pelo seu rosto. Jihyo sorriu. Seu sorriso dessa vez parecia mais feliz. 

- Não se preocupe, eu não me importo. Vou terminar sua torta para você. -  Jihyo disse e S/N sorriu ao sentir a mão gentil de Jin acariciá-la.

- Sim...isso é bom…- Ela se sentiu ficando sonolenta.

- Durma um pouco, maninha. - A voz de Jin desapareceu quando S/N caiu em um sono profundo.

[QUEBRA DE TEMPO]

S/N acordou com alguém cutucando-a. Ela abriu um olho e viu Seokjin olhando para ela com expectativa.

- Ah! Já  acordou. Está na hora de comer. - Jin puxou S/N e riu. - Sua esposa está esperando! - Ele riu e bagunçou os cabelos de S/N.

- Agh! Você está piorando! - S/N gritou empurrando a mão de Jin. Os dois foram até a mesa na sala de jantar. Jihyo estava de pé na cabeceira da mesa de avental.

- Como está se sentindo agora S/N? - Perguntou Jihyo.

- Ela está melhor agora! - Seokjin riu acariciando as orelhas de S/N.

- Para! - Ela golpeou a mão de Seokjin e começou a rir. Eles começaram a refeição de Ramen e torta de caramelo. Depois que terminaram, estavam lavando a louça, enquanto decidiram que iria dormir onde.

- Jin ainda está doente, ele dorme no quarto em que estava dormindo antes. Quanto a nós S/N, você pode dormir no sofá e eu durmo com um futon no chão. Certo? - Ambos assentiram. Jihyo estava nervosa demais para perguntar sobre o incidente, então decidiu deixá-la por enquanto.


Notas Finais


Arata ( @Yatoga )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...