1. Spirit Fanfics >
  2. Don't Start Now >
  3. Único; Louco

História Don't Start Now - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Apreciem essa ligeira pornografia.txt desse puta crackshipp delicioso talqei

Capítulo 1 - Único; Louco


Don’t Start Now – SasuHina

“Definitivamente não estou onde
você me deixou, então, se não
quiser me ver dançando com alguém,
se quiser acreditar que qualquer
coisa pode me parar...
Não apareça, não saia de casa;
Não comece a se importar comigo agora”

As palavras de Hinata ficaram cravadas em sua mente, como se aquela mulher tivesse o marcado com ferro e fogo – Sasuke era o único a jogar perigosamente em um relacionamento que começara inocentemente, perdendo-se em seu próprio jogo ao se ver necessitado e enciumado demais do corpo perfeitamente esculpido da Hyuuga.

Ele era um homem temperamental, sabia que era friamente amargo e dono de uma personalidade invariavelmente forte – a pequena diaba de cabelos azulados já havia destacado isto muito bem. No entanto, ela ironicamente o tornava docemente quente; ela o fazia ferver. No mais obsceno e indecoroso sentido do ato.

E a situação se fazia ainda mais clara enquanto a ouvia gemer; o som do show que rolava do lado de fora daquele banheiro era abafado pelas paredes grossas, restando unicamente a voz angelical que contrastava sensualmente com a personalidade arisca e sensual daquela mulher, dona de seu ser e essência.

A garota, detentora dos olhos perolados mais lindos que já tivera a graça de ver, puxava seus cabelos com força – obrigava-o a subir o olhar até o rosto delicado e extasiado no mais puro prazer; obrigava-o a encarar aqueles orbes que tinham o brilho imerso na luxúria do mais delicioso pecado carnal enquanto ele a fodia e a fazia gritar por mais.

Sasuke segurou-a com força, apertando a bunda macia e afundando os dedos na carne gostosa – tão quanto atolava seu pau na intimidade molhada, melando mais seus sexos ferventes. Haviam semanas, dias, horas, minutos e segundos que não a tocava; e estava certo de que viveria normalmente bem sem ela – mas vê-la dançando na batida da música junto do melhor amigo na pista de dança aguçara todos os seus sentidos. E não era somente por ciúme; Hinata era gostosa pra caralho e de repente ele sentira uma falta absurda dos toques ferventes da garota – foda-se todo o seu orgulho de merda, sacrificaria sua personalidade arrogante para a tocar outra vez; ela não era sua propriedade e o moreno nunca fora ninguém para querer a controlar.

E agora ele entendia que acontecia totalmente ao contrário; ela o enfeitiçava.

Hinata o beijava com fúria enquanto apertava sua cintura com aquelas pernas torneadas, minando do amante o último pingo de seu juízo – metia nela com força, sem se importar com as marcas e o inchaço que causaria no corpo pecaminoso; ela merecia isso por o deixar em um estado deplorável de abstinência.

Embora ele parecesse no controle da situação, o Uchiha foi o único a vê-la abaixar a barra do curto vestido preto e sair daquele banheiro depois de gozar aos montes em seu pau, satisfazendo-se e o esquecendo ao léu sem seu sagrado orgasmo.

“Nós não estamos juntos, Uchiha.”

Ela havia dito com aquela voz incisiva, mordendo os lábios deliciosos enquanto escondia os hematomas em seu pescoço com os longos cabelos azulados – e ele teve vontade de puxá-los com força.

“Você precisa me conquistar de novo, já tive transas melhores.”

A mulher também havia completado, com a puta cara de pau de o deixar de pau duro sem dar a mínima. O único problema – ou talvez benefício – era que Sasuke sabia que a garota estava blefando, mas isso o ensandecia.

Puto, saiu daquele cubículo e encarou a multidão suada que pulava e dançava entre si, pegando o primeiro copo de bebida pela frente.

Sorriu, de orelha a orelha.

Sasuke Uchiha estava louco por Hinata Hyuuga.


Notas Finais


talvez eventualmente possa vir a se tornar uma long, mas só talvez 👍🏻
Obg por ler ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...