1. Spirit Fanfics >
  2. Don't Touch Me! - Yoonnin >
  3. Jimin era como uma bomba

História Don't Touch Me! - Yoonnin - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


por favor não desistam dessa fic, eu prometo que ela vai ser boa 😔👉👈

comentem e deixe o coraçãozinho de voces para eu saber que estão gostando, me sinto um lixinho pq vcs n falam nadakkk

boa leitura! 💜

Capítulo 4 - Jimin era como uma bomba


Fanfic / Fanfiction Don't Touch Me! - Yoonnin - Capítulo 4 - Jimin era como uma bomba

 

 

 

 

 

Estavam os três sentados de frente para Jimin, os dois alfas ainda mantinham um olhar sério e inexpressivo enquanto SeokJin mantia um semblante neutro querendo tranquilizar o mais novo ali, sabia que a conversa seria longa e temia que o rapaz acabasse saindo do controle, o que não seria difícil.
 

— Boa noite Jimin, me chamo Min Yoongi, mas se quiser me chame apenas de Yoongi. — disse o lúpus com o tom de voz rouco e baixo fazendo os pelos do ômega se arrepiarem. Inferno, que porcaria era aquela? Balançou a cabeça tentando afastar os pensamentos que seu lado ômega tentava implantar em sua cabeça. Revirou os olhos e cruzou os braços encarando o chão amadeirado fingindo estar desinteressado no homem em sua frente junto de sua conversa, sua cabeça doía e só queria voltar para casa e passar a noite inteira chorando contra o travesseiro — Gosto de enquanto eu falo mantenha o olhar em mim. 

 

"respire fundo Jimin, você pode se controlar."  Pensou assim que fechou os olhos com força e soltou um suspiro alto.

 

— Vá se foder. — disse e arrancou uma risada alta vindo do alfa de cabelos coloridos e com covinhas adoráveis nas bochechas. Yoongi massageou as têmporas sentindo suas veias saltarem por conta da raiva. Sempre foi bastante paciente mas Jimin havia um dom de mandar toda sua calmaria para a puta que pariu.
 

— Você não tem modos não? — viu o ômega revirar os olhos mais uma vez e esperou o alfa falar algo realmente útil — Eu vou ser o mais direto o possível com você, aliás por conta do seu pai que você está aqui, mesmo contra a vontade. Você deve saber que seu pai realmente foi um cara esperto mas não tanto quanto o pessoal que ele acabou se metendo. Algumas de suas atitudes realmente me deixavam imprecionado e querendo ou não ele havia virado alguém especial para mim.
 

— Então você fodia com meu pai? —  uma expressão desgostosa apareceu em seu rosto enquanto encarava o alfa de forma intensa. E como aquele homem sem vida havia conseguido fisgar o coração de Yoongi, que parecia alguém que sempre suspeitava de todos e mantia o pé atrás antes de entrar em algum tipo de relacionamento. 
 

— De certa forma sim, mas não é disso que eu quero falar e nem pretendo daqui futuramente. Você tem noção das coisas que seu pai se envolvia?
 

— Não realmente... — fez uma pausa se lembrando dos dias que via alguns comprimidos coloridos espalhados pela casa  e pequenos pacotes com um conteúdo branco, sabia muito bem o que era mas preferia pensar que era coisa de sua cabeça — Sempre tive noção mas não me envolvi porque não queria me meter em suas merdas e acabar saindo no final como um puto miserável que pensa apenas em si. Oh, era por isso que você acabou se "apaixonando"?
 

— Eu não estava apaixonado por ele, mas fiquei interessado em sua inteligência e corpo. — deu de ombros já começando a se sentir desconfortável com aquele assunto, não gostava de saber que aquele ômega específico havia sido quase melhor que si.  — Bem, seu pai conhecia umas pessoas que tinham muito poder na mão, eles controlam a Coréia inteira sabe? E ele era orgulhoso demais, pensava que poderia enganar o chefe de tudo. Você sabe o que acontece com gente ganaciosa desse tipinho?

— Não...

— Elas levam um tiro no meio da testa achando que eram espertas o suficiente para derrubar alguém tão bom, e foi isso que aconteceu com seu pai. Antes dele ser morto naquela cena violenta. — fingiu que tinha um pouco de empatia enquanto lançava um olhar triste para Jimin que se mantia sério e calado desde o começo da conversa. Sentia que tinha alguma coisa mal contada naquilo, e quem era esse cara tão "podereso e inteligente" que havia deixado o Park mais velho entrar em sua vida assim tão facilmente? Jimim iria descobrir se eles não contassem.
 

— Você está me enrolando, não pedi  tantos detalhes, fala a merda que você quer de mim e me deixe em paz longe daqui.
 

— O que Yoongi quer dizer é que por conta de uma dívida que seu pai devia para um certo cara, ele fez algumas propostas um tanto quanto.... Estúpidas, caso ele não conseguisse pagar, você seria vendido como o pagamento da dívida. Eu sei que isso é ultrapassado e- — Jimin soltou uma risada tão alta e espontânea que havia pegado todos ali presentes de surpresa com o pequeno susto, alguns empregados e seguranças até ameaçaram tirar suas armas escondidas em seus corpos, mas foram impedidos pelo olhar tranquilo que seu chefe passava. 
 

— Ai, isso foi hilário! — secou algumas lagrimas que haviam no canto de seus olhos e arrumou sua postura, voltando com a expressão séria que havia antes — Pensam que eu sou o que? A porra de um palhaço para acreditar nisso? Pelo amor! Eu não sou idiota, acha que EU irei cair nesse papo estúpido que "oh vejam só! um ômega puro, perfeito para usarmos como um bonequinho sexual! Mas antes temos que arranjar uma desculpa para ele poder cair em nossas garras." Vocês estão me subestimando mais do que deveriam

— Jimin não é isso, você entendeu errado... — SeokJin se levantou e tentou se aproximar do ômega que se levantou bruscamente e se afastou do outro. Por conta do nervosismo acabou deixando seus feromônios mais fortes, fazendo que a maioria dos alfas e ômegas dali se sentissem atraídos ou desconfortáveis — Se acalme meu bem, vamos conversar com calma ok?

— Vocês querem que eu fique calmo em uma situação dessas?! Porra, já ao menos pararam para se por em meu lugar?! 

— Jimim, eu entendo o motivo para você se sentir assim, não irei tirar esse direito de você mas precisamos que se acalme e pare de lançar seus feromônios para não afetar nossos empregados, por favor. — NamJoon falou de maneira calma, dando um sorriso leve para o ômega que estava prestes a explodir e temiam pelo o que poderia acontecer, não conheciam o garoto e sua personalidade era totamente diferente da de seu pai.

— Vão para o inferno! Irei denunciar vocês por sequestro e a porra de um assassinato que eu sei que cometeram com meu pai! — correu até a porta da enorme sala e abriu a mesma com dificuldades antes de sair pela mesma tropeçando em seus próprios pés. Yoongi respirou fundo e se levantou com toda sua calma, ajustou o blaser que vestia enquanto sorria para si mesmo 

— Continuem fazendo o que vocês estavam fazendo antes, eu cuido daquela miniatura de bomba.

— Mas Yoongi-

— Não irei machuca-lo SeokJin, nunca faria uma coisa dessas com quem não fez nada. Entendo o porque ele está assim. — saiu pela porta e em menos de cinco minutos retornou com Jimin por cima de seus ombros gritando com todo o ódio que estava sentindo. Tentava se soltar do alfa mas o mesmo era mais forte que si.

— Me solte seu filho da puta maníaco! Eu vou matar você porra, me solte! 

— Você precisa esfriar sua cabeça, amanhã quando estiver melhor podemos conversar de homem para homem. — entrou no quarto que havia hospedado Jimin e deitou o pequeno na cama, saindo em seguida escutando os palavrões sujos e ameaças que soltava de raiva. Encostou a cabeça na parede e respirou fundo. Jimin daria mais trabalho do que havia pensado. 

 





 

 


Notas Finais


vocês sabiam que eu faço o jimin com a personalidade do bakugou? então tenham paciência com ele hahaha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...