História Don't Touch Me (Imagine Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bts, Drama, Hot, Imagine, Jungkook, Noona, Romance
Visualizações 137
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!
Achei que todas as minhas fics péssimas.. Então dei um tempo na criatividade! 🍭

Capítulo 2 - Nova mãe


Fanfic / Fanfiction Don't Touch Me (Imagine Jungkook) - Capítulo 2 - Nova mãe

{Jungkook on}

Ela parecia que não ia me dar trabalho. Mesmo a observando pelos corredores a fora, com motivos para caminhar madura. 

Deixei um sorriso escapar, próximo ao seu corpo que caminhava em frente a recepção. 

- Eu não posso deixar que vocês permaneçam com esse garoto NOVO trabalhando aqui! - _______, diz me deixando curioso até onde isso iria dar?

-Minha senhora!...- Elliot um dos recepcionista diz se aproximando dela. -Ele trabalha aqui porque quer!... Além disso se ele não trabalhar aqui ele não vai nem mesmo ter dinheiro para comer!- Ele diz direto por ter que dizer isso para milhares de milhares que ficaram indignadas com a minha idade. 

-C-oomo assim? -Ela pergunta um tanto nervosa.

-Ele não tem pais!...O pobre menino morra em um mini apartamento a alguns quarteirões daqui!- ele diz mostrando pena. Eu sento é orgulho de mim!

-Ele tem que ir para a adoção! - ela diz me fazendo gargalhar!

-Ele, minha senhora!... Não seria adotado, é mesmo assim Jungkook nem tem mais idade para isso!...- _____vira para o me encarando profundamente. Parecia pensar em algo. Talvez uma solução. 

-Ele vai morrar comigo! - ela diz firme e forte me fazendo arregalar os olhos.

Essa mulher é louca?

-Senhora.....- ela interrompe Elliot. 

-Sem mais e nem menos!...-Ela diz seria agora olhando diretamente para os olhos em claro do homem! - Ele não era para trabalhar com stripper! Ele é um menino, mesmo não tendo dinheiro e passando por coisas complicadas, ele não deixa de ser um menino! EU NÃO ADIMITO QUE ELE TRABALHE AQUI!!!... - Se ele não tem nada nem mesmo dinheiro para comer!... Cuidarei dele, até arrumar um jeito de ajudá-lo, nem que eu tenha que comprar uma casa! - as palavras saiam tão claras da boca dela. 

-Você deve ter bastante dinheiro... afinal... está querendo dar uma casa para um stripper qualquer!.. Você nem mesmo o conhece, como vão morar juntos? - ele indaga a moça confiante.

-Não vai me impedir!...Se não chamo a polícia, é todos vão saber por que aqui é a melhor puteiro da Cidade!...- ela diz batendo na mesa e se retirando enquanto vinha em minha direção. -Ah! - ____ diz virando novamente para Elliot. - Você nem mesmo liga para ele, sei bem o que você quer, é também em quem seu dinheiro se baseia. -Vejo meu braço ser puxado enquanto estava em uma série de transe. Nem mesmo eu sabia o que estava acontecendo. 

Horas depois....

{ ____ on}

Eu nem mesmo o que eu fiz. Mas sei lá, eu vi em Jungkook algo que vi em mim anos atrás quando tive que largar tudo no Brasil para vir trabalhar. 

O jovem desceu as escadas do apartamento aonde se abrigava. 

-Esta tudo aí? - perguntei tentando ser amigável e direta. 

Ele apenas acenti com a cabeça. Me fazendo perceber que ele nem mesmo queria estar alí.

- Hey Jung....- Digo tentando tomar coragem para dizer que estava arrependida. 

Rodei meus olhos voltando atrás. Eu tudo o que havia falado. Como um garoto que é stripper vai para minha casa. Mas por minha causa ele não tem mais emprego e vai ficar sem casa. Não posso colocar aquele lugar abaixo sem Jungkook nas minhas mãos. Tenho que assumir ele como meu 'filho'... Depois darei um jeito de arrumar um trabalho e uma casa para ele. 

Isso ainda é uma loucura ______

Jungkook começou a vomitar desesperadamente o que me fez dar toda a atenção para o menor enquanto gritava horrores. O jovem estava vermelho e parecia ser ar. 

-Jungkook por favor!!!!- Digo me tremendo enquanto aproximava dele é levava minhas mãos até suas costas fazendo ele se acalmar. 

Vejo o menino se sentar no chão no muito distante de seu despejo de vômito.

-Esta tudo bem? - Perguntei enquanto acariciava seus cabelos de forma carinhosa igual minha mãe fazia em mim. 

-O que é isso? - ele pergunta negando meu ato, retirando minhas mãos de seus cabelos sedosos. 

-Me desculpe! - Me separo e logo me curvo em questão de respeito. 

-Isso é loucura! - ele murmurou saindo de seu lugar e logo se levantando. Vejo o mesmo entrar dentro do carro, o que me sobrou foi apenas colocar sua mala no porta malas do veículo do taxista. 

(....)


Já chegando em casa totalmente cansado e apenas querendo a minha cama, mas devo terminar os meus trabalhos para amanhã ficar livre o suficiente para ver essa nova questão. 

Escuto o som de uma notificação sendo entrada em algum celular..Bom não era o meu, aposto que é o de Jungkook!....O mesmo tomava banho, graças as minhas ordens, não poderia deixar ele ir dormir  sem tirar essas impurezas de stripper.

Abro a mala do pequeno na sala mesmo, logo vendo a visão de seu celular de última geração, Um iPhone 10 para ser exata. O jovem juntou bastante para conseguir esse dinheiro todo.

Logo vejo a notificação de uma jovem, era um jovem chamada Evee. Abro celular que nem mesmo tinha senha logo vendo a conversa por inteiro.

{Conversa on}

Evee Lee 

aonde você foi?

Evee Lee 

eu não irei hoje para a boate, meu pai não deixou! 

23:26 P.M

Evee Lee 

Me desculpa KooK! Por te trair com o Jimin! Você sabe o quanto eu gosto dele não sabe?

02:34 P.M

Evee Lee

Te encontro em frente ao seu apartamento amanhã às 23:00 tenho algo que você tem que vê! QUE TAL VOCÊ ME FODER EM??  ^...^


{Conversa off}

O celular cai da minha mão ao escutar o som da sua voz gritando por mim quando me viu revirando a conversa dele e da Evee.

Vejo a tela do aparelho simplesmente quebrar em mil pedaços. 

Jungkook grita ao vê o momento. 

-Que caralho você fez sua filha da puta? -Ele me pergunta revoltado. Enquanto examinava o telefone com uma cara tão triste e amarga. 

Já começou errando ______

-Eu irei comprar outro KooK! - Digo pegando o celular da sua mão totalmente arrependida. 

-Não me chama assim sua puta de merda! - ele joga o telefone longe de uma forma tão violenta. Me fazem gelar. 

Foi isso que eu trouxe para casa?

Ele se retira subindo as escadas e indo até seu quarto acompanhado de sua grande mala. O mesmo já conhecia a casa graças a mim. 

(...)

Estava me sentindo culpada como de costume. Resolvi depois de trabalhar um tempo no meu computador. Subir para falar com Jungkook. Se ele ainda estiver acordado.

Depois de subir a longa escada dei de cara com a porta dele aberta. Que medroso!!

Vejo sem ao menos entrar no quarto o jovem dormindo que nem um anjo. Que pena que eu trouxe um capeta para casa. 

Rodei a minha cabeça indo em direção ao meu quarto domir, não consigo nem pensar. 

Fui pelos corredores berrando as paredes com a cabeça totalmente a mil. Até que cheguei a minha cama macia e confortável e logo me joguei pagando. 

(...)

Acordei com gritos e gemidos de Jungkook, sentir o pavor em sua voz então corro o mais rápido o possível até seu quarto logo vendo o jovem de joelhos chorando enquanto gritava o nome de Evee. O que tem essa garota?...O que está acontecendo?

Pego Jungkook pelos braços logo o abraçando, o mesmo parou em questão de segundos. Se acalmou em meus braços. 

Levo ele para sua cama. Ajeito o mesmo nas cobertas e dou um leve carinho em sua cabeça. Logo indo embora mas escuto ele chamar por mim. 

-______, Fica! - Ele diz puxando a minha mão e me fazendo voltar com o corpo para ele. - Por favor!!!- ele diz abrindo os olhos, foi a primeira vez que eu consegui o encarar e ver também com clareza o seu lindo sorriso branquinho com seus dentinhos de coelho (foto de capa)

Resolvi obedecer então me deitei ao seu lado, comecei a destribuir carinhos em sua cabeça, logo dormindo ao seu lado. 

Jungkook precisa de carinho! 












Notas Finais


Fui.....🥀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...