1. Spirit Fanfics >
  2. Don't you forget about me >
  3. Encontro com Tae

História Don't you forget about me - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - Encontro com Tae


Fanfic / Fanfiction Don't you forget about me - Capítulo 17 - Encontro com Tae

Chegamos no parque, Tae estaciona o carro. Como sempre ele abre a porta do carro pra mim, saindo do carro, ele abre o porta malas. Ajudo ele a tirar as coisas de dentro, a cesta e a toalha, Tae tira as bebidas de dentro, sucos naturais. Estendo a toalha no gramado, a cesta com a comida e as frutas deixei no chão. Assim que estendo a toalha, Tae coloca a cesta sobre ela e as bebidas também. Eu e Tae começamos a desfrutar do piquenique. Ele dá uvas em minha boca, eu fico um pouco sem jeito com a atitude dele. Após aproveitar o piquenique, Tae deita em meu colo, eu aliso os cabelos sedosos dele. Estamos em baixo de uma árvore, aproveitando a sombra que ela oferece.


— Isso é muito bom.


— Seu cabelo é macio, apesar de ser tingido.


— Obrigado. Cuido muito bem dele. Aonde Yoongi te levou na quarta-feira?


Não escondo nada de Taehyung. Não gostaria que ele soubesse por outras pessoas que saí com o Yoongi. Só não tinha dito para ele onde fui com o Yoongi.


— Ele me levou no café revista, e me deu o mangá que ele havia jogado na piscina. Pagou o café pra mim e tudo. Parece que ele realmente está arrependido. 


— Foi só isso? 


— Ele me pediu um beijo, mas calma, foi no rosto.


— Você deu o beijo?


— Dei. Sei que você tem ciúmes dele, meu ruivinho, mas ele parece mais gentil. Não se preocupe, não estou confiando tanto assim nele.


— Pelo menos não foi nos lábios. 


— Só você pode beijar esses lábios.


— Acho bom.


Dou risadas com a resposta do Tae. Gostaria de poder estar apaixonada por ele. Ele é tão carinhoso comigo, tão gentil. Mas o coração não escolhe por quem se apaixona, e estou percebendo que se Yoongi continuar agir comigo assim, não vai demorar muito para a paixão que eu sentia por ele antes voltar.


— Mudando de assunto... Por que você tem esse nome?


— Minha mãe gosta da história da Alice no país das maravilhas.  Meu nome não tem nada haver com minha personalidade. Era isso que estava pensando?


— Sim. Você é diferente. Eu gosto disso. 


— Eu sei... Não sou nada fofa. 


— Me fala um pouco sobre sua infância.


— Bem, eu era um pouco brigona, mas não por nada. Defendia quem achava que tinha que defender. Foi assim que conheci minha amiga Jihyo, desde meus sete anos somos amigas. 


— Você nunca me falou dela. São amigas muito tempo?


— Sim. Umas meninas estavam implicando com a Jihyo, ela sempre foi bonita desde criança, além de ser bonita ela sempre foi gentil. Um dos meninos era muito amigo dela, mas dava pra notar que o menino gostava dela. E essas meninas que implicaram com ela, gostavam desse mesmo minino. Elas eram três, quando vi, me irritei, e parti pra cima delas. Yoongi viu, e foi me ajudar a defender a Jihyo. Conseguimos assustar as meninas, mas eu e o Yoongi ganhamos suspensão de três dias. 


— Sua mãe deve ter ficado furiosa.


— Sim, ela ficou, pois eu agredi as meninas, o Yoongi não agrediu, mas falou algumas coisas para as meninas que elas não gostaram muito. Desde esse dia, eu e Jihyo ficamos muito amigas. As meninas não mexiam mais com ela, por ela estar sempre comigo e com o Yoongi. Nessa época, eu e o Yoongi éramos grudados, fazíamos tudo juntos. Minha mãe disse que sempre tentava me aproximar do Yoongi quando criança, mas ele sempre se afastava, ficamos próximos desde nossos quatro anos. Eu nem me lembro, minha mãe é que sempre conta essa história.


— Sua mãe sabe que você não falava mais com o Yoongi?


— Sim. Não escondo nada da minha mãe,  pedi que não contasse nada a senhora Min, ela ia ficar chateada e iria querer saber porque o Yoongi não falava mais comigo. Mas e você?


— Não tenho nada a dizer. Só que me tornei amigo do Kookie quando criança, nos conhecemos no parque, brincamos juntos e desde então somos amigos. Sempre fui gentil e amigável.


— Você tem cara que sempre foi assim.


Dei um beijo na testa dele. Tae se senta, e me encara, alisa meu rosto, segura o mesmo, e me beija. Cada beijo dele me faz suspirar, se fosse outra garota sentiria vergonha de ser beijada em público. Mas como disse não sou como as outras garotas.


(...)


Após passar o dia inteiro com o Tae, fizemos piquenique, almoçamos num restaurante, á tarde Tae terminou de me pintar, e a noite jantei na casa dele. Os pais dele não estavam, então eu aceitei. Tae queria me levar no cinema, mas o horário do filme não batia com o horário que queríamos. Afinal tínhamos que terminar o trabalho pra apresentar ainda essa semana.  Entro na mansão após me despedir de Tae, vejo Yoongi esparramado no sofá, vendo um programa de variedades.


— Boa noite Alice.— Diz ele se sentando no sofá.


— Boa noite.


— Como foi o encontro?


— Por que quer saber?


— Só curiosidade.


Me sento ao lado dele, bem próxima, quase encosto minha perna na dele.


— Foi bem legal, falei um pouco do meu passado, como conheci a Jihyo.


— Isso me inclui na sua história. Nunca mais falei com a Jihyo, a próxima vez que falar com ela, quero estar junto, pode ser?


— Claro. Vou dormir.


— Fica aí, assiste comigo.


Resolvi ficar um pouco com o Yoongi antes de tomar um banho e ir dormir.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...