História Dores e Amores e Zoera - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Inojin Yamanaka, Kawaki, Menma Uzumaki, Mitsuki, Personagens Originais, Sari
Visualizações 7
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


nessa história o itachi se casou com o kisame e o minato junto com a kushina e o jiraya estão vivos eles voltaram com o edo tensei p.s. a naoko e lesbica assumida só que pros pais pq na Vila ela nunca namorou ninguém mais fora dela ela já namorou várias veses o boruto e gay bom vejamos o que vai dar

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Dores e Amores e Zoera - Capítulo 1 - Capítulo 1

p.o.v.s. Naoko acordo com o barulho do dispertador e desço após fazer minha ijieni matinal mas quando desço as escadas eu paro alguns degraus antes da cozinha e ouço a voz DO  ser insuportável que chamo de irmã   -  cadê aquela aberraçao mutante que se cama de naoko em ? ta dormindo ainda credo priguisoza  assim nunca vai arrumar alguém se bem que pra aguentar ela nem a reencarnação de um cego surdo e com  retardamento mental  kkkkkkkk disse aquele cosplay de puta - nao fale assim de sua irmã sarada não sabe o que ela passa e já passou  pra dizer isso disse meu pai Naruto quase que em um grito  eu vou até a geladeira  rapidamente pego um Danone  e abro me encosto na bancada da pia  -  então maninha continue não deixe que eu atrapalhe a conversa . digo irônica ela me encarans  ela fica pálida quando eu sorrio de canto  é   vou em direção  ha sua cadeira todos me olham  e eu seguro nas pontas de madeira que a cadeira tem e me aproximo de seu ouvido e digo bem baixinho somente pra ela ouvir -  fala pelas minhas costas mais quando e pra me encarar nos olhos tem medo igual al resto dessa vila   só vou dizer uma coisa cuidado pq eu to sem paciençua pra gente scrota hj  então sugiro que aproveite seu tempo porque  seria uma grande pena  uma Serta konoichi de cabelos Rosas    acabasse morta sabe como e nao e mesmo assixentes acontecem digo saindo e ela arregala os olhos    saio de casa e vou andar pela Vila coloco as mãos no bolço e caminho por ai entao vejo um treme e  me teletranporto pra cima dele aonde me pego pensando um dia vc e uma criança feliz e no outro olha o que se torna fria calculista cruel e perversamente  isana se a  criança  que eu fui podese ver o que eu me tornei ela choraria al ver o monstro que eu virei    fico tão perdida em meus pensamentos  até que vejo que samiri esta com alguns garotos  que a arrastam pra um beco  -  NAO POR FAVOR ME DEIXE EM PAZ EU IMPLORO ,disse ela gritando mas a rua está deserta Socorro vejo ela olhar pra ca e seus olhos estavam cheios de lágrimas  sinto meu sangue ferver eu então me teletranportei pra onde eles estavam so que na frente de sumiri que se assustou eu asserte um soco no da direita  e os outros vieram encima de mim entao eu usei o meu sharingan asertei um deles no estomag e o último eu joguei ele  na parede -  SAI DAQUI SUA ABERRAÇAO OU ELA VAI MORRER,disse  o primeiro cara com um canivete na barriga de sumiri  -  afs vc e muito  dramático digo me teletransportado  para traz dele e o pego pelo pescoço não antes de vira-lo pra mim entao os outros dois caras  vejo que  um ta com um pedaço de pau com   um prego e o outro com um cano qualquer -  sumiri feche os olhos e vire pra trás e só abra quando eu tocar em seu ombro digo e ela assenta  e se vira para o lado oposto al meu  então uso uma das minhas  katanas  brutalmente pra  acabamos  logo  com isso com um golpe arranco suas cabeças  e antes que sangracem ou  caisem no chao  eu mandei as chamas do inferno ( amaterazu) nelas quando me viro  vejo sumiri me encarando com os olhos arregalados  e cheios d'água  e vem em minha direção corendo chorando  desesperadamente -  OBRIGADO OBRIGADO MIL VESES OBRIGADO ,disse ela me apertando e eu a abraço   sinto ela molhar minha blusa   depois de uns minutos eu  me desfiz do abraço a encarando seus olhos roxos lindos enchados me partido o coração   -  ught  ob-briga-d-do disse ela soluçando  - shhhhhhh tudo bem ja acabou eu estou aqui digo a abraçando e fazendo um breve cafuné ne seus cabelos ( naoko pensamento : CARALHO PORRA QUE MERDA EU TÔ FANDO EU TÔ  DANDO UMA DE BABÁ E QUE DISGRAÇA   EU VIREI SENTIMENTOS  AGORA  QUE TA ACONTECENDO CMG CRLH) -  vem vamos sair daqui digo beijando a testa dela que ficou vermelha quando íamos saindo   -  que bonitinho o casalzinho ai o que será que as pessoas iriam achar do seu showzinho de boua samaritana em maninha  





-  menma digo em um susurro


ágora fudeu caralho 


Notas Finais


comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...