1. Spirit Fanfics >
  2. DoTae - (Impossible Love) >
  3. Cap. 117

História DoTae - (Impossible Love) - Capítulo 117


Escrita por:


Capítulo 117 - Cap. 117


Fanfic / Fanfiction DoTae - (Impossible Love) - Capítulo 117 - Cap. 117

Taeyong lá pelas nove da manhã acordou de seu coxilo e já começou a organizar a casa, começando pelo seu quarto. Uma viagem do Canadá até a Coréia era bastante cansativa e por entender isso, Taeyong preferiu deixar Mark descansando. Horas se passaram e já próximo das onze e meia teve que se apressar na arrumação, pois ainda tinha o almoço para fazer e na sequência ir na casa de cada um de seus amigos para fazer a entrega dos convites do casamento de seu irmão.

Mark acordou aquele início de tarde com uma carinha sonolenta, tinha seus cabelos todos pro alto por ter tomado banho aquela manhã e não tê-lo secado.

_ Tá sujo aqui, ô.. - Indagou passando o dedo indicador sobre a mesa onde Taeyong limpava com bastante atenção.

_ Aonde? - Ao olhar para o dedo de seu primo imaginou que realmente a mesa estava suja, mas como já era esperado do próprio Mark, era mentira. _ Sua bunda que tá suja.

_Tô com fome, Tae. - Indagou puxando uma cadeira para se sentar sobre a mesa.

_ O almoço tá quase pronto, meu bem. - Taeyong agora passava seu pano de limpeza nas portas dos armários da cozinha. _ Vamos almoçar rapidinho e sair pra entregar os convites dos meninos.

_ Vamos passar na casa do Hyuck? - Questionou com uma carinha não muito boa.

_ Vamos ter que passar. Porquê? - Questionou atento a limpeza no armário.

_ Nada, é só que eu não vou entrar. Vou te esperar do lado de fora.

_ O quê acontece entre vocês dois? - Taeyong olhou rapidamente para Mark se voltando rapidamente para o que fazia.

_ Ele me disse que era melhor sermos amigos porque estava confuso, que ele ainda amava o ex e mais um monte de coisas. - Taeyong parou com a limpeza para depositar mais atenção em seu primo. _ Eu fiquei chateado, né?! Vim do Canadá pra conhecer ele pessoalmente, a gente ficou, eu voltei pra casa. Agora vim morar aqui e ele derrepente vem com essas conversas erradas?! Eu estava gostando de ficar com ele, Tae. Eu imaginei que ele estivesse gostando de mim também.

_ Sabe o quê, que é?! - Taeyong puxou uma cadeira para seu sentar ao lado de seu primo. _ Vou sentar rapidinho porque tenho que terminar de limpar. Enfim. O Donghyuck e o Taeil tem uma história antiga. Naquele grupo que eu coloquei todo mundo junto, você não percebeu o quanto eles brigam entre si, o ciúmes e o climão que fica entre eles?! - Questionou recebendo o silêncio como resposta, apenas o acentir alheio. _ Não é nada com você, o Hyuck te acha perfeito é só que ele ainda não está aberto a conhecer outras pessoas pra tampar a falta que o Taeil faz nele.

_ Então porquê ele quis se envolver comigo? - Questionou Mark chateadl apontando para si mesmo.

_ Ele quis seguir em frente, quis conhecer novas pessoas, mas pelo visto o coração dele só quer amar o Taeil. Não fica triste por isso, você é lindo e vai achar alguém maravilhoso pra você. E algo me diz que esse alguém começa com a letra "J".

_ "J"? - Mark frangiu suas sobrancelhas, agora se via totalmente confuso. _ Ué?

_ Vamos comer.. - Com um sorrisinho descarado sobre seu rosto, Taeyong se levantou da cadeira e andou em direção ao fogão.

_ Taeyong, você tá sabendo de alguma coisa que eu não sei? - O canadense tinha quase certeza que seu primo escondia algo.

_ Eu?! - Taeyong apontou para si mesmo. _ Eu não, tá doido?! - Se voltou para o fogão. _ Pega dois pratos no armário, por favor.

Mark o olhava com desconfiança, mas ainda sim foi, afinal estava com muita fome aquele começo de tarde.

_ Eu vou ficar de olho em você, galalau. - Indagou entregando os pratos nas mãos de Taeyong.

_ Só não olha muito porque meu namorado é ciumento. - Debochou Taeyong colocando comida no prato para Mark, o mesmo por sua vez deu um tadinha nas costas do mais velho. Odiava ser debochado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...