História Dote.- VKook- Taekook- - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Taekook vkook- jungkook Top!
Visualizações 173
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes! Gostaria de compartilhar meu desenho com você.
Hehehe, eu queria viver do desenho.
Foda...
E vocês? O que querem?

Capítulo 19 - Cap 17


Fanfic / Fanfiction Dote.- VKook- Taekook- - Capítulo 19 - Cap 17

Eu não gosto de pasta de amendoim, com certeza até o cheiro me deixava enjoado, mas, Jungkook era um bom apreciador dela. Isso me fazia pensar, éramos bem diferentes um do outro, mas ao mesmo tempo bem iguais, era engraçado e questionador, como podíamos ser as vezes água e óleo em uma mistura heterogênea ou muitas fezes nós tornavamos um, com gostos tão idênticos que podíamos ser mais compatível do que laços sanguíneo. Não acreditava na lenda da fita vermelha, eu não conseguia imaginar nós dois amarrados um ao outro pelo o dedo mindinho, mas, eu acreditava em almas destinadas, Jungkook e eu estávamos destinados a cruzar o caminho um do outro. Talvez em outras vidas não fosse um casal como agora, porém eu acreditava em uma estima que podíamos compartilhar um com o outro por todo o infinito. 

Era surpreendete, eu o amava, no começo eu tinha ódio dele no qual se transformou em um medo terrível, mas, Jeon nunca se mostrou ser o mostro que eu havia construído em minha mente, ele era gentil de mais para um alfa, e isso era bom. Ele me fazia me sentir normal e  amado e talvez foi suas simples ações que me fizeram cair de Amores por ele.  meu sono não estava tão pesado, eu tinha pela consciência dos dedos de Jungkook na pele das minhas costas. Durante a noite ele me acordou com beijos no pescoço e seus dedos já estava deslizando para dentro de mim e então fizemos sexo no meio da noite até perto do amanhecer. Eu nunca havia ouvido falar de sexo durante o cio, mas, eu não estava reclamando de nada que fizemos, não sabia por quanto tempo havíamos dormido, mas, eu ainda sentia que estava cansado. Entreabrir os olhos achando meu marido compartilhando o mesmo Travisseiro que o meu, os cantos da sua boca se levantaram e eu me movi para ficar mais perto dele. Eu era como um gatinho que queria a atenção do dono. Seus lábios estalaram na minha testa. 


" Desculpe ter sido tão bruto." 


" Eu estou bem." Susurrei. 


" Sua marca está irritada, eu realmente não queria ter perdido o controle assim" ele Suspirou


" Me desculpe." Suas sobrancelhas juntaram " eu não sabia que eu perderia o controle assim, foi o meu primeiro cio acompanhado." 


Sorrir deixando um carinho em sua bochecha e me movi beijando o seu queixo. 


" Eu não vou fazer isso da próxima vez " 


" Está tudo bem." 


Ele havia sido bruto, e mesmo que eu estivesse dolorido e cansado, estava tudo bem. 

Jungkook buscou minha mão, entrelaçando os nosso dedo, nossas alianças se tocaram e aquele era um momento em que eu nunca havia parado para apreciar ela em nossos dedos. Aquilo era lindo. Meu coração parecia trasbordar de alegria. Ele levou nossos dedos até seus lábios deixando beijinhos nas costas da minha mão. 


" Existe coisas que eu preciso lhe contar." Ele Suspirou, seus olhos fritava nossas mãos juntas. 


" Hoseok me falou sobre o noivado." Jungkook fechou os olhos quase lamentando. 


" Não era algo que eu queria que soubesse." 


" Eu entendi o motivo do ódio dela " estalando a língua ele olhou para mim.


" Ela é como um irmã mais nova. Eu não tinha muitas espectativas de encontrar alguém para mim, quando o rei me ofereceu eu achei que era a minha oportunidade." 


" Você estaria casando sem amor." 


" Não foi exatamente o que eu fiz?" Seus olhos ficaram triste. 


" Eu pensei muito sobre isso. Eu não fiz muito diferente. Você foi obrigado a se casar comigo." 


" Isso é diferente." Tentei ser  compreensível com ele. 


" Eu queria que você me amasse, mas, eu fui apressado, quando eu lhe vi com Jimin eu achei que iria lhe perder, mas, eu nem lhe tinha. Entende?" 


Jungkook parecia se aprofundar em um grande desespero quando ele me contava aquelas coisas, era como se ele jogasse na mesa todas as frustrações que ele estava sentindo. 


" Eu usei da oportunidade para ter você, mas, eu nunca perguntei se você queria está comigo " 


" Onde você está querendo chegar? " 


Perguntei sem entender, talvez ele estivesse tentando me falar algo, mas, eu era tapado de mais para compreender. 


" Eu quero ser amado por você Taehy." Jungkook Suspirou em derrota. 


Juntei as sobrancelhas. 


" Mas eu te amo." 


" Não, eu não quero que me ame por eu ser seu marido." 


" Eu não estou lhe entendendo." 


Jungkook se levantou se sentando na cama, ele parecia frustado, seus músculos do braço tencionaram e eu me sentei junto a ele. 


" Eu quero lhe cortejar da maneira certa, quando estivemos longe um do outro eu pensei que eu queria ter feito certo com você." 


Ele segurou as minhas mãos, se sentando sobre os jeolhos, Jungkook bufou alto. 


" Eu queria ter lhe dado o pedido de casamento de uma forma linda que você guardasse na memória para sempre. Eu duvido que a forma que nos casamos é uma memória boa para você " 


Encolhi os meus ombros, eu estava entendendo o que ele queria dizer. 


" Eu quero lhe dar boas memória Taehy. Você entende isso?" 


Os cantos dos meus lábios se levantaram e eu segurei o seu rosto vendo a angústia em seus olhos. 


" Jungkook, eu não poderia ser menos grato a você." 


Falei tão simples vendo a surpresa em seus olhos. 


" Você me deu tudo, não se preocupe com os pequenos detalhes, eles não são importantes para mim. Você foi tão incrível que eu me senti acolhido e amado." 


" Me ensinou muito, e eu realmente amo você desse jeitinho aí, não queria mudar nada, eu gosto assim." 


Jungkook se moveu me abraçando fazendo com que eu caísse, ele apertou a minha cintura e eu sentia as pontadas doloridas. Seu rosto estava enterrado em seu pescoço e ele Suspirou agradecendo incontáveis vezes. Deixei um carinho nele beijando o alto da sua cabeça, porque convenhamos Jungkook merecia beijos. 

Ele se apoiou sobre os braços olhando para mim em um sorriso animado, seus olhos estavam lacrimejando e se ele chorasse eu faria o mesmo 


" Obrigada." 


" Não agradeça." 


" Vamos caminhar no jardim, ou podemos ir a cidade." 


Segurei as suas bochechas lhe dando uma bitoquinha, vendo ele sorrir quase fechando os olhos. 


" Vamos ficar na cama mais um pouquinho." 


Jungkook sorriu colocando o seu corpo contra o meu, ele beijou a minha bochecha, ele deitou a cabeça em meu peito, e supirou alto, quase em alívio, deixei minhas mãos fazerem um carinho em seus cabelos, eu estava praticamente o ninando. 


" Quando eu lhe vi no dia do nosso casamento, eu estava nervoso." Ele cortou o silêncio " eu queria que você gostasse de mim " 


" Eu fiquei agradecido por você não ter feito nada na primeira noite." 


Ele se ergeu um pouco


" Eu nunca faria nada para lhe machucar." 


" Se eu lhe obedecer." Falei brincando relembrando as suas palavras, ele Suspirou. 


" Eu não queria que fugisse, então lhe marquei. Foi egoísmo meu. " 


" Eu não iria fugir de qualquer forma " 


" Eu amo você Taehy. Amo de mais ." 


Notas Finais


Quantos comentário no último capítulo, minha nossa 😍😍 estou tão fru fru para vocês. O capítulo de hoje foi meiguice pós sexo hahaha, comentem bem muito.
Gente! A propósito sobre os Sonetos citado nós capítulos são de Willian Shakespeare, ele é meu autor favorito de verdade leiam ele. Adoro 😍, as palavras são difíceis mais está tudo bem por quê até eu consigo ler ele hahaha
( deslexia é foda)
Recentemente eu fiz um teste para isto e tirei 78,98 % hehehe não é tão ruim não foi 100%  o cara me mandou procurar um especialista( ou seja um pedagogo) o problema é que eu faço pedagogia
🤦🤦🤦
Choremos, mas está tudo bem eu posso viver fazendo arte na praia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...