História Doutor Blood - Imagine Suho (EXO) - Capítulo 69


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Huang Zitao (Tao), Kim Jong-dae (Chen), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Lu Han (Luhan), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Personagens Originais, Wu Yifan (Kris Wu), Zhang Yixing (Lay)
Visualizações 764
Palavras 3.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite anjinhos 😍😍

Boa leitura ❤❤

Capítulo 69 - Pesadelo sombrio


Fanfic / Fanfiction Doutor Blood - Imagine Suho (EXO) - Capítulo 69 - Pesadelo sombrio

DIAS DEPOIS

Eu estava chegando ao hospital quando vi o Kai conversando com a Horrana no estacionamento, eu não podia acreditar que a Horrana traia o Baek com o Kai, fui até eles...

- Oi Horrana, bom dia!

- Bom dia S/N...

- Não sabia que você e o Kai fossem tão próximos! Falei séria

- Nós não somos... Kai falou

- Ah não? Pelo o papo que vocês dois estavam parecem que são sim!

- Eu vi o Kai e estava perguntando onde é a sala do Baek... Horrana falou

- Você poderia perguntar na recepção... Falei

- Tem toda razão, mas o Kai já me disse onde é, vou lá falar com ele...

- Vai sim, afinal ele que é seu namorado!

Ela sorriu e saiu...

- S/N o que foi isso?

- Isso o que? Você não tem vergonha Kai?

- Vergonha? De que?

- Eu sei que seu negócio é ficar com uma e com outra mas você poderia respeitar a namorada do Baek não acha?

Ele fez uma carinha engraçada...

- Você acha que eu fico com a Horrana? Eu nem a conheço...

- Para de ser mentiroso, eu sei que você tem uma relação com ela, eu te ouvi conversando no celular com ela há algum tempo...

- Você entendeu errado...

- Eu também vi vocês dois conversando aqui há tempos atrás e você ainda entrou no carro dela e saiu...

Ele passou as mãos no rosto...

- Não é nada disso que você está pensando...

- Só não trai o Baek tá, ele não merece isso!

Saí de lá, entrei para dentro e fui tomar café, enquanto isso a Horrana conversava com o Baek em sua sala...

- A S/N gosta muito de você Baek...

- Porque você fala isso?

- Ela me viu conversando com o Kai e praticamente me expulsou de perto dele...

Baek sorriu...

- E depois ela fez questão de me lembrar que meu namorado é você... Ela sorriu

- Aigoo, ela é tão linda, minha filha é tão linda...

- Ela deve achar que eu tenho um caso com o Kai...

Os dois sorriram...

- Eu também pensaria, o Kai não perdoa ninguém... Baek sorriu

- Isso me preocupa tanto, quando ele vai tomar jeito na vida?

- Ele ainda está machucado por ter sido traído...

- Baek isso já faz anos...

- Mas cada um supera a dor de um jeito, ele é um bom menino para de pegar no pé dele...

- Você passa muito a mão na cabeça dele não acha?

- Não acho, só gosto dele como um filho..

- Você tem muitos filhos postiços não acha?

- Tenho?

- Suho, S/N e Kai...

- Tenho carinho especial por eles, os três são meus filhos do coração, cada um por um motivo diferente...

- Você fica tão sexy falando assim senhor diretor...

- Fico é?

- Muito...

- E minha boca também fica sexy?

- Tenho que ver mais de perto para ter certeza...

Baek a puxou pelo braço e a fez deitar no sofá, os dois começaram a se beijar...

(...)

Terminei de tomar café e fui em direção a sala do Baek, encontrei com o Suho no caminho...

- Bom dia meu carinho...

- Bom dia amor... Ele me beijou

- O que você acha se eu dançar para você amanhã?

- Amanhã está tão longe, dança pra mim hoje... Ele segurou minha cintura

- Mas amanhã é melhor que é sexta...

- Ah entendi, você quer fazer amor com seu namorado a noite toda né, e sábado não trabalhamos...

- Exato... O abracei

- Vai ser na sua casa ou na minha?

- Em nenhuma das duas, vai ser no seu apartamento...

- Ah, no nosso apartamento você quer dizer... Ele me beijou... Vou pegar a chave e te entregar...

- Você já fez isso carinho...

- Quando?

- Antes de você me pedir em namoro...

- Verdade, tinha me esquecido, vou ter que falar para a minha amante que ela tem que parar de ir lá... Ele falou brincando

- Acho bom mesmo, se ele pegar ela lá arranco os cabelos dela...

Ele sorriu e me deu um selinho...

- Também estou indo ver o Baek... Ele falou

- Então vamos...

Ele passou a mão no meu ombro e saímos...

(...)

Suho abriu a porta e nós entramos, a Horrana estava arrumando sua blusa e o Baek abotoando sua calça, coloquei a mão na boca evitando sorrir...

- Oi gente... Baek falou sem graça

- Oi... Suho falou

- Vejo você depois amor, tchau pessoal... Horrana deu um selinho no Baek e saiu

- Quem diria que o grande Baekhyun gosta de fazer uma sacanagem no sofá...

- Olha o respeito Suho...

Abaixei a cabeça e comecei a sorrir...

- Desculpa Baek... Falei sorrindo

- Vamos trabalhar né? S/N me entrega essas duas pastas em cima da mesa por favor...

- Claro...

Quando fui entregar o Suho segurou meu braço...

- Até parece, vai lavar essas mãos primeiro Baekhyun... Ele falou

Baek o olhou feio e foi lavar as mãos...

- Oh carinho para, ele vai ficar com vergonha...

- Não me importo, em você que ele não toca antes de levar as mãos...

Baek voltou e fingimos que nada tinha acontecido, Chen entrou na sala...

- Que decepção S/N...

- Aigoo, o que eu fiz Chen?

- Nunca mais atendeu comigo, parece que não gosta mais de mim... Ele fez bico

- Aish, eu que sou o namorado dela não reclamo por ela só ficar com esse cara... Suho apontou para o Baek

- Ah Suho você está ai? Nem vi... Chen falou com ironia

Suho mostrou as presas para ele...

- Vem atender comigo hoje? Vamos?

Chen fez uma carinha tão fofa...

- Kim Jongdae, que interesse é esse em ficar com minha namorada?

- Calma Suho, não precisa me chamar pelo o meu nome, fiquei de consultar algumas crianças e quero que ela venha já que a S/N quer ser pediatra...

Olhei para o Baek, ele deu sinal para eu ir com o Chen...

- Vejo vocês depois... Saí com o Chen

- S/N como você aguenta o Suho?

- Chen ele é tão maravilhoso, tão lindo, tão incrível... Suspirei

- Aigoo...

A Hyojoo vinha em nossa direção, Chen me puxou para o lado para ela não passar perto de mim...

- Vadia! Ela falou e continuou andando

- Você que é! Chen falou

- O contrato da Luizy ainda não encerrou e a Hyojoo já está trabalhando aqui? Perguntei

- O Baek me contou que o Jin pediu para ele deixar ela voltar a trabalhar, Nossa felicidade durou pouco...

Nós dois sorrimos...

(...)

Terminei meu expediente e saí, D.O estava na frente do hospital...

- Oi Soo...

- Oi S/N, eu estou com raiva da Yoojin...

- O que ela fez?

- Ela deixou o Chanyeol mal, disse que estava gostando dele e depois foi atrás do Lay, fala sério, pra quê fazer isso?

- Achei que o Chanyeol não ligava muito para o amor...

- Ele só tem altura S/N, o Chanyeol não passa de um chorão...

Fiquei em silêncio...

- E outra coisa, não quero nem saber de você ficar andando por aí a noite, e principalmente sozinha...

- Porque?

- O Kris anda rondando sua casa...

Senti um aperto no peito...

- Não fica com medo, não vou deixar ele te fazer nada...

Peguei sua mão...

- Obrigada Soo...

- Não precisa agradecer, quer que eu te deixe em casa?

- Se não for te incomodar...

- Que nada, vamos lá...

(...)

D.O me levou para casa, não tinha ninguém, fui para o meu quarto tomar banho...

Demorei um pouco mais como de costume, a água estava muito boa, quentinha do jeito que eu gostava, me enrolei na toalha e saí do banheiro, quando olhei para minha cama o Kris estava deitado nela, ele me olhou e sorriu...

- Você não deveria ficar sozinha, assim fica muito fácil para mim...

- Kris vai embora!

- Eu vou embora, depois que eu te foder...

Corri até a porta e tentei abrir mas estava trancada...

- Não adianta fugir, você hoje vai ser minha...

Comecei a chorar...

- Por favor não me machuca...

Ele veio em minha direção...

- Eu não vou te machucar, vou te fazer gozar...

Tentei me trancar dentro do banheiro mas ele me segurou pelos cabelos e me jogou na cama, arrancou minha toalha e a jogou no chão, ele tentou me beijar mas eu virei o rosto, seu corpo em cima do meu me deixava imóvel, ele segurou meu rosto...

- Você é tão bravinha, gosto tanto disso...

- Nojento!

Kris encostou seus lábios nos meus e eu o mordi, senti o gosto do seu sangue em minha língua...

- Tão vadia como a mamãe, e gostosa do mesmo jeito dela...

Ele abocanhou meu seio e começou a suga-lo, eu me debatia e tentava tira-lo de cima de mim mas era inútil, eu não tinha forças...

- CARINHO ME AJUDA! Gritei chorando

- Seu carinho não vai te ajudar, ninguém vai te ajudar...

Ele tirou sua calça e sua box abriu minhas pernas e me penetrou...

- PARA KRIS, CARINHOOOO, CARINHOOO! Gritei

Ele colocou a mão em minha boca abafando meus gritos e continuou me estocando com força...

- Amor, amor, acorda...

Eu estava tendo um pesadelo, Suho me balançava tentando me acordar, acordei desesperada, o abracei e comecei a chorar...

- Carinho, carinho...

Eu chorava, minha respiração estava totalmente descontrolada, me levantei da sentindo falta de ar, segurei em minha garganta, não me lembrava nem de como se respirava, comecei a sufocar, Suho segurou em meu rosto...

- Olha para mim, olha para mim, respira...

Eu respirava...

- Inspira...

Eu inspirava..

- Respira...

Respirei...

- Inspira...

Inspirei...

Ele conseguiu me acalmar e me fez sentar na cama...

- Vou pegar um pouco de água para você... Ele falou

Segurei em seu braço...

- Não, não, não, fica aqui, fica aqui...

Ele me abraçou e passou as mãos em meus cabelos, eu o abracei e coloquei minha cabeça em seu peito, fiiquei abraçada ele por um bom tempo...

- Amor o que aconteceu?

- Ah carinho eu tive um pesadelo horrível, o Kris estava me estuprado... Falei chorando, o abracei novamente, ele também me abraçou... Eu estava sozinha, ele entrou no meu quarto e começou a me violentar...

- Foi só um pesadelo, você não estava sozinha, está todo mundo aqui...

- Está?

- Está, eu saí mais cedo do hospital e quando o D.O te trouxe em casa eu já estava aqui, você disse que ia tomar banho e subiu...

- Estou me lembrando, quando eu cheguei em casa você estava aqui com a minha mãe...

- Isso...

- Eu acabei pegando no sono assim que saí do banheiro... Falei

- Eu te ouvi me gritando e quando entrei aqui você estava dormindo e tremendo...

- Foi só um pesadelo mesmo? Ele nunca esteve aqui? Perguntei

- Foi só um pesadelo, ele nunca esteve aqui...

Olhei para a janela e estava trancada...

- A janela está trancada amor...

A minha boca também não tinha gosto de sangue, foi só um pesadelo horroroso...

- Vamos jantar?

- Vamos, só vou me vestir...

Me vesti e desci com ele...

- Filha eu ouvi você gritando, o que foi?

- Eu não estava gritando mãe, foi impressão sua...

Ela não questionou, nos sentamos todos à mesa e jantamos...

(...)

Depois do jantar ficamos conversando na sala, bem mais tarde eu subi com o Suho para o quarto, parei na porta e olhei em volta dele...

- Carinho eu estou com medo.. Comecei a chorar e ele me abraçou

- Amor está tudo bem, foi só um pesadelo...

Eu chorava abraçada com ele...

- Você quer dormir lá em casa? Ele perguntou

Consenti com a cabeça, ele pegou meu uniforme colocou em minha bolsa e fomos para a casa dele...

(...)

Quando chegamos a Horrana também estava lá...

- Boa noite... Suho falou

- Boa noite... Todos falaram juntos

Eu não desgrudava do braço do Suho...

- Estamos jogando xadrez vocês querem jogar?

- Agradecemos Sehun, mas a S/N está cansada, nós vamos dormir...

- Então boa noite...

Subimos, eu me deitei e ele se deitou do meu lado, passei minhas mãos em volta dele e o olhei...

- Dorme... Suho falou com uma voz doce

(...)

NARRAÇÃO SUHO

A S/N dormiu segurando minha camisa com força, Baek bateu na porta, entrou e se sentou na cama...

- O que aconteceu? A S/N entrou calada com os batimentos acelerados e ela estava segurando seu braço com força...

- Você notou tudo isso em menos de 1 minuto que ficamos na sala?

- Eu a conheço bem, o que foi que aconteceu?

Sehun também entrou no quarto...

- Também quero saber...

- Ela teve um pesadelo e ficou assustada...

- Que pesadelo? Baek perguntou

- No pesadelo o Kris entrou no quarto dela e a violentou..

- AISH! Sehun falou

- Shhhh ela está dormido... Falei

- Desculpa...

- Tem alguma possibilidade dele entrar no quarto dela?

- Não, o JoonJae instalou sistema de segurança por toda a casa, a janela do quarto dela tem grade e eu sempre deixo trancada, não tem como ele entrar sem ser notado...

- Tem como abrir a janela do quarto dela pelo lado de fora? Baek perguntou

- Não...

Ela começou a respirar ofegante eu a abracei ela se acalmou...

- Aish que raiva daquele desgraçado... Baek falou

- Imagina como estou aqui, que vontade de matar aquele cara...

- Se precisar de ajuda é só me achar... Sehun falou

- Vou te deixar dormir, vamos Sehun...

Os dois saíram, fiquei passando a mão no rosto dela até pegar no sono...

(...)

NARRAÇÃO S/N

DIA SEGUINTE

Quando acordei o Suho não estava mais na cama, fui tomar banho, quando saí ele estava sentado me esperando...

- Bom dia meu amor...

- Bom dia meu carinho...

- Está melhor?

Consenti com a cabeça...

- Então senta aqui... Ele deu uns tapinhas em suas pernas

Me sentei em seu colo...

- Vou te fazer uma promessa... Ele segurou meu rosto... Aconteça o que acontecer eu jamais vou deixar aquele maldito encostar em você, jamais S/N...

Dei um beijo em seu rosto...

- Obrigada...

- Mereço um abraço?

- Até dois...

O abracei, ficamos assim por alguns minutos, me vesti e descemos para tomar café...

(...)

Chegamos ao hospital, entrei com o Chen, eu ficaria com ele novamente, Suho ficou conversando com o Baek...

- Vou sair mais cedo hoje...

- Porque? Baek perguntou

- Tenho que fazer algo para a S/N...

Baek o olhou feio...

- Aish Baekhyun, você só pensa besteira é?

- As vezes eu ouço suas conversas com ela, e você é muito safado...

- Nunca pensei que você ficasse ouvindo conversa alheia!

- Como se você não fizesse o mesmo...

- Só faço isso quando você está cochichando com ela...

- E eu também...

Baek saiu andando na frente...

- Pode parar de ficar ouvindo o que não te interessa! Suho falou alto

Baek deu de ombros e entrou...

(...)

O horario de ir para casa chegou, Suho já tinha ido embora então fui para casa com o Kai...

(...)

Chegamos em casa...

- Humm que cheiro agradável, sua mãe deve está fazendo biscoitos... Kai falou assim que entramos

- Também acho... Sorri

Fomos até a cozinha, minha mãe estava retirando os biscoitos do forno...

- Oi mãe...

- Oi amor, filha meu genro é tão maravilhoso...

- Que exagero... Kai falou

- O que ele fez? Perguntei

- Vai lá no seu quarto ver...

Subi, abri a porta do quarto e entrei, estava completamente diferente, o porcelanato era outro com desenhos de rosas a coisa mais linda, o papel de parede era outro também, os móveis do quarto tinham mudado de posição, aquele quarto parecia ser outro...

- Você gostou? Suho perguntou

- Não, eu amei...

- Não quero que você tenha medo de ficar no seu próprio quarto...

- Oh meu carinho você é tão lindo...

- Aquele quarto do seu pesadelo não existe mais... Ele sorriu e beijou meu rosto

- O que é isso na sua mão? Perguntei

- Um quadro nosso...

Ele pendurou na parede, a foto do quadro era uma que tínhamos tirando no dia do réveillon, eu estava na frente e ele atrás de mim me abraçando, os fogos de artifício dava todo um efeito na foto...

- Ficou muito lindo... Falei

- Eu também gostei...

- Foi você quem fez tudo isso? Perguntei

- Não, paguei para fazer, eu não sei fazer esse tipo de coisa... Ele sorriu

Sorri...

- Mas fui eu quem escolhi tudo...

- E eu amei tudo... Dei um beijo nele... Agora vou me arrumar que daqui a pouco a gente se ver no seu apartamento... Falei

Ele franziu as sobrancelhas...

- Tá, no nosso apartamento...

- Isso mesmo, no nosso tudo que é meu é seu... Ele falou

- Eu amo esse meu pau gostoso... Apertei seu membro

Ele sorriu e me abraçou...

- Vamos juntos para nosso AP... Ele falou

- Claro que não, assim não vai ter graça, te lá espero as 21:00 horas...

- Faltam três horas ainda... Ele reclamou

- Vai passar rápido...

- Então até daqui a pouco... Ele me beijou e saiu...

(...)

NARRAÇÃO SUHO

Eu estava em casa terminando de me arrumar louco para me encontrar com a S/N, peguei as chaves do carro e desci, todos estavam na sala menos o Baek...

- Oi gente, tchau gente... Falei

- Vai onde?

- Você é muito curioso Sehun...

- Sou mesmo, você vai onde?

- Aigoo, vou me encontrar com a S/N...

- Hum, posso ir também?

- Eu vou fingir que nem ouvi isso...

- Eu também queria vê-la... Ele falou triste

- Você precisa é de uma namorada Sehun, Xiumin apresenta alguma garota para ele... Falei

- Eu apresento, mas o Sehun não quer namorar com ninguém...

Olhei para o Lay que estava deitado no sofá com os olhos fechados...

- Você também deveria apresentar algumas garotas para aquele ali... Apontei para o Lay

- Aquele ali não quer nem sair de casa... Xiumin falou

Olhei no relógio era 20:50...

- Vejo vocês depois...

Quando eu ia saindo, o Baek chegava carregando o Kai que estava bêbado...

- O que aconteceu com ele? Sehun perguntou

- Bebeu além da conta... Baek falou

- Junmyeon sabia que eu amo a S/N? Kai mal conseguia falar

Ele veio em minha direção, tive que segura-lo para ele não cair...

- Eu amo a S/N, deixa eu ficar com ela? Deixa eu ficar com ela?

Kai terminou de falar e vomitou em mim, me sujando completamente, meu sangue ferveu de ódio...

- Baek tira esse cara da minha frente ou eu vou arrancar a cabeça dele!

O empurrei e ele caiu nos braços do Baek...


Notas Finais


Pessoal a S/N teve um pesadelo viu, o Kris não fez nada com ela.

Kai quer morrer, não é possível 😂😂😂😂😂😂😂😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...