1. Spirit Fanfics >
  2. Draco e Hermione - a história que deveria ser contada >
  3. Fiscalização

História Draco e Hermione - a história que deveria ser contada - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Amoreees, mais um capitulo pra vocês hein
Favoritem, comentem e aproveitem a leitura. Bejoos : )

Capítulo 18 - Fiscalização


Fanfic / Fanfiction Draco e Hermione - a história que deveria ser contada - Capítulo 18 - Fiscalização

“Ministros fazem acordo com Lúcio Malfoy para retornar a Azkaban em um prazo de 5 horas. Assim como dito, foi feito. Ele retornou a Azkaban uma hora antes do previsto. Lúcio Malfoy estará mudado ? Será libertado na próxima assembleia ? Isso saberemos dia dois de Novembro.”

Era apenas isso que todos falavam no café da manhã no dia seguinte, Lúcio Malfoy por livre e espontânea vontade havia retornado a Azkaban. E essa era a frase que estava estampada na capa do jornal.

 

DIA ANTERIOR

- Draco, finalmente você chegou. Como foi ?

- Onde o Potter está ?

- Foi embora a uma hora atrás.

- Foi ótimo Hermione. Meu pai realmente parece ter mudado. Ele voltou para Azkaban por causa de uma negociação que fizeram, conversamos sobre várias coisas diferentes e ele inclusive descobriu sobre nós dois e não viu problema algum, disse na verdade que se arrepende de tudo que fez com você... minha mãe também apareceu, mas não tive muito tempo com ela, ela foi embora a três meses pois está procurando testemunhas para a assembleia do meu pai. Eles disseram que se meu pai for libertado, vamos ser uma família. Meu pai aceitou até mesmo a pirralha Hermione.

- Isso é ótimo meu amor – disse Hermione pulando no abraço do namorado e depois disso passaram horas conversando sobre.

 

AGORA

- Senhorita Granger, Senhor Malfoy... uma palavrinha por favor.

- Como podemos ajudar Diretora ? – disse Hermione.

- Este ano por esquecimento meu não passei a vocês a tarefa de monitorarem os corredores após o toque de recolher e após ficar sabendo de algumas coisas, decidi convoca-los. A partir de hoje vocês deverão olhar os corredores, todas as noites. Tudo bem por vocês ?

- Sim Diretora McGonagall – respondi

 

­                           ___________________________________________

 

- Hermione, ande logo. Mal saí e já quero voltar !

- Já vou garoto, espera.

Eles saíram e se dividiram. Por questão de segurança Draco ficou com Sonserina e Corvinal e Hermione com Grifinória e Lufa-Lufa.

 

Draco estava andando devagar e calmamente quando ouviu um barulho vindo de uma sala ao lado do Salão da Sonserina. Eram... gemidos ? “Meu Deus, tenho mesmo que interromper isso?” ele pensou. Ele bateu na porta e os gemidos sessaram imediatamente.

- Aqui é o monitor, vocês tem que sair e irem para seus aposentos - eu não pude segurar o riso quando abri a porta e vi Blas com a doidinha da Luna Lovegood.

- Sério Malfoy ?

- Desculpe, é meu trabalho – disse ainda rindo baixo - façam isso no quarto por favor.

- Eu já vou, te vejo amanhã Blas – disse Luna, dando um beijo nele e saindo.

- Você e a Lovegood ? Que história é essa ?

- Ela é bonita e muito legal, se quer saber.

- Você está de brincadeira ! Você está afim dela ? Você está gostando da Luna Lovegood ?

- Fala baixo Malfoy ! Sim, talvez, eu sei lá

- Vai pro dormitório e amanhã eu te encho o saco – eu disse enquanto saia rindo.

Não muito longe dali, Hermione passava por uma situação bem parecida, mas com uma pessoa que ela realmente não esperava.

- Olha, eu sou a monitora, é melhor vocês saírem e irem dormir antes que eu tenha que manda-los para a Diretora. – ela levou um susto quando viu Rony e Astoria

- Hermione... eu... nós...

- Sem explicações por favor Rony. Os dois para suas salas comunais. Agora. – Astoria saiu quase que correndo enquanto Rony olhava Hermione com pesar.

- Sinto muito Hermione, por tudo que eu fiz com você e pelas minhas atitudes infantis. É só ciúme idiota.

- Eu vou te desculpar apenas quando eu ver que suas atitudes realmente mudaram. – ele abriu um pequeno sorriso e saiu apressado.

 

- Como foi sua ronda ?

- Achei Blas dando uns amassos na Lovegood

- Sério ? Blas e Luna ?

- Tive a mesma reação que a sua. E você ?

- Achei Rony com Astoria

- Astoria ? Esse mundo girou, pra quem tinha tanto nojo de sonserinos.

- Tive a mesma reação que você. – Hermione disse rindo.

Foram para seu dormitório e deitaram, exaustos. Tinham preguiça apenas de pensar que seria toda essa ronda de novo amanhã. Durante a noite, Hermione sonhara com Voldemort indo atrás dos seus pais e os matando, nunca tivera tanto medo. Acordou toda suada e vermelha, tremendo.

- DRACO. – ela começou a gritar, mas nada – DRACO !

- Hermione, o que foi ? O que houve ? – ele chegou correndo no quarto.

- Eu tive um pesadelo, fica aqui comigo, por favor...

- O que sonhou linda ? – ele dizia enquanto sentava-se ao seu lado na cama e a deitava em seu peito.

- Sonhei que Voldemort matava meus pais e eu não conseguia fazer nada...

- Ah pequena – o garoto a abraçou fortemente – seus pais estão a salvo, Voldemort nunca mais será um problema. Para ninguém.

Ali juntinhos, Hermione relaxou e voltou a dormir, sem nenhum pesadelo. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...