História Drag Queen - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Gay, Hoseok, Jeongukk!top, Jikook, Jimin, Jimin!bottom, Jin, Jjk, Jk!top, Jm!bottom, Jungkook, Jungkook!top, Kookmin, Kpop, Namjin, Namjoon, Pjm, Suga, Tae, Taegi, Taehyung, Yaio, Yoongi
Visualizações 24
Palavras 1.747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


— Saí de perto da minha filha! — Afastou Joy da mulher que tanto odiava.

— Nossa filha! — A mulher corrigiu.

— Minha filha, porque foi eu que crie, cuidei e dei educação, a única coisa que você fez foi leva ela ao mundo. — Antes de falar tampo os ouvidos da filha. — Jimin, por favor levar ela pro carro.

— Vem, Joy! — Jimin pegou a na mão da menina, e a levou até o carro, a colocando na cadeirinha e dando o seu celular para ela jogar.

— Nunca mais chega perto da minha filha.

— Eu tenho direito de ter ela por perto, até porque ela ainda é minha filha.

— Já sumiu por sete anos da vida da sua filha, agora não vai ser difícil sumir pelo resto também. — Jungkook não queria que Joy tive nem uma relação com a mãe.

— Eu fui uma idiota por isso, mas eu quero recompensa esse tempo perdido com você e ela. — Se aproximou de Jungkook, que se afastou logo em seguida.

— Eu vou conversar com a Joy, e se ela quiser dois dias na semana ela passa o dia com você. — Olho em direção do carro vendo Jimin e Joy rindo de alguma e sorriu por conta disso. — Terça e quinta você fica com ela, ela passa o dia com você e no dia seguinte eu venho e pego ela na escola.

— Eu também quero sair com ela no final de semana.

— Tá bom, mais vai ser só um passeio, ela não vai passar o dia com você. — Deixou Lee JiEun passar um tempo com Joy, pois sabia de sua grande influência na justiça e com um estalar de dedos conseguia tirar a guarda de sua filha.

— Aqui o meu número, ligar se ela aceitar. — Entregou um cartão, e saiu em direção ao seu carro.

Jungkook dirigiu até sua casa, mais não falou nada o caminho todo. Assim que chegaram Jeon subiu para o quarto e não saiu mais, então Jimin se responsabiliza de dá comida pra Joy, e colocou algo para a menina assistiu e subiu para a o quarto de Jungkook.

— Jungkook, posso entrar? — Abriu a porta e colocou só a cabeça dentro, o mais velho estava com uma cueca box preto com um roby da mesma que a cueca, o roby estava aberto deixando boa parte de seu corpo exposto.

— Claro. — Estava sentado na cama, encostado na cabeceira da cama, e Jimin se sentou ao seu lado do mesmo jeito.

— Porque não ficou lá embaixo com a gente? — Encostou a cabeça no ombro de Jungkook, e começou a desenhar na coxa nu do mesmo, com suas grandes unhas postiças brancas.

— Com a volta da mãe da Joy, eu comecei a fazer várias perguntas, como o porque dela ter deixado a gente, porque não apareceu antes e se eu ainda a amo. — percebeu que Jimin parou de desenha em sua perna e tirou sua cabeça de seu ombro, deixando rígida a sua postura.

— E chegou a conclusão quê? — Jimin fez perna de índio e começou a desenha na própria perna.

— Que a pessoa que eu gosto tá do meu lado. — Puxou Jimin pelo queixo para um beijo. Não tinha respondido que ama Jimin, porque não tinha certeza do que cente, mais sabia que que alguma coisa sentia por Jimin e que essa coisa é bem forte.

— Eu tô pensando em fazer outra tatuagem. — Encostou novamente a cabeça no ombro de Jungkook

— Aonde?

— No começo da bunda novamente.

— Mais não já tem um coração. — Começou a afagar os cabelos de Jimin.

— O coração é do lado direito, eu quero fazer um J no lado esquerdo. —
Jimin tinha várias tatuagens pequena espalhadas pelo corpo.

— Vai ficar lindo! — Jimin colocou cada perna ao lado do quadril de Jungkook, se sentou no colo do mesmo.

— Tem uma uma música que eu estou muito viciada, tenha uma parte da letra que eu adoro, é assim... — Começou a passar seu dedos pelo abdômen definido de Jungkook. — Toda boa menina beija muito bem, mas, toda garota má, faz strip como ninguém.

E você é a garota boa ou a má? —  Jimin arranhava levemente por cima do abdômen do mesmo que já tinha algumas marcas.

— Isso você vai ter que descobri sozinho. — Puxou Jungkook para um beijo, mais foram atrapalhados pela campainha.

— É melhor eu atender. — Jimin saiu de seu colo e foi até a porta.

— Você se veste, que eu vou vê quem é. — Desceu as escadas, tendo a visão de Joy que continuava a assistir seus desenhos, e foi em direção a porta a abrindo — Oi...

— Lee JiEun, mãe da Joy, e você é...

— Jimin, Park Jimin, Jungkook é meu empresário e as vezes eu venho aqui fazer companhia ao dois. — Estendeu sua mão em direção a mulher que simplesmente encarou sua mão e não fez nada.

— A você é aquele cantor que se veste de mulher. — Jimin percebeu o nojo disfarçado na voz da mulher.

— Sou sim.

— O que você tá fazendo aqui? — Jungkook apareceu na porta e ficou atrás de Jimin.

— Eu queria saber se você não queria sair comigo para jantar. — Jimin percebeu que foi excluído da conversa e foi em direção ao sofá, mas Jungkook lhe puxou pelo pulso e o fez ficar ao seu lado.

— Não obrigado, eu já vou sair com a Joy e o Jimin hoje, quem sabe outro dia, tchau. — Acenou para a mulher antes de bater a porta em sua cara.

— A gente vai sair mesmo ou era só...

— A gente vai sair sim. — Foi em direção a sala. — Se arrumem nós vamos sair para jantar. Joy vai se arrumar que eu vou deixa o Jimin na casa dele, 'pra ele se arrumar. — Saiu de casa junto de Jimin e foram para o carro.

— Obrigado pela carona! — Depois que chegaram, Jimin desceu do carro e foi até a janela de Jungkook.

— Daqui a pouco eu volto 'pra te buscar. — Deu um selinho rápido em Jimin, e se despediu.

Jimin depois de pronto, está com uma peruca verde que batia em seu ombro, uma maquiagem da mesma cor, um cropped preto, um short curto azul escuro, um casaco branco, azul e vermelho. Joy estava com um macacão azul bebê com estampa de doces. Jungkook estava com uma blusa branca, e uma calca jeans preta, com um casa preto com estampa de respingos de tinta branca.

Dez minutos depois que estava pronto, Jungkook estava na frente de sua casa, e buzinou para chamar sua atenção, assim que todos estavam no carro foram em direção ao restaurante, logo entrando.

— Tá chamando atenção, Jimin, muita atenção. — Jimin tinha quase todos os olhares do restaurante para si.

— Querido, se não é 'pra chamar atenção, eu nem saiu de casa. — O garçom levou eles até a mesa.

— Pai, será que é posso ir 'pra escola que nem o Jimin?

— Eu acho que a sua diretora não vai gosta muito dessa ideia. — Entregou seu celular para Joy, para que ficasse jogando.

— E então, o que vamos comer? — Jimin folheava o cardápio, passando o olho por cima.

Escolheram seus pratos e disseram ao garçom, que logo levou seus pedidos para a cozinha. Jimin gravava storys para o seu Instagram, deixando seus fãs bem informados do que fazia. Sempre postava storys de Jungkook ou com Jungkook, então estava rolando vários boatos e fofocas sobre ele e Jimin, e Joy sempre dava um jeito de aparecer também e em poucas semanas a menina já tinha milhares de seguidores no seu Instagram, e Jungkook estava da mesma forma.

— Sorria, Jeon! — Jungkook olho 'pra si e sorriu, logo percebendo que estava sendo filmado.

Jimin deixou o celular de lado, e entrelaçou sua mão com a de Jeon que acariciava com o dedão a adaga que tinha tatuado em sua mão esquerda. Na mesa ao lado tinha uma garota que estava gravando e tirando fotos dos dois para posta em seu blog ou vender 'pra algum revista de fofoca, tirou fotos deles de mão junta, com Jimin com a cabeça no ombro de Jungkook, com Jeon dando um beijo na cabeça de Park, entre outras fotos.

Joy jogava Sand Balls no celular so pai, que dava carinhos simples e sutis em Jimin, que respondia algumas mensagens de fã e da família. A comida logo chegou fazendo Joy para de jogar e Jimin e Jungkook se separarem para comer.

— Estava delicioso! — Joy limpava a  boca suja de molho.

— Verdade, aqui é muito bom! — Jimin fazia a mesma coisa que Joy.

— Eu vou no banheiro retocar meu gloss. — Joy se levantou e Jimin também.

— Eu vou com ela. — Jimin s Joy foram até o banheiro unissex. — Me emprestar teu gloss? — Joy assim que terminou de passa entregou para Jimin, que passou em seus lábios grossos.

— São vocês, Park Jimin e Jeon Joy? — Uma garota de mais ou menos 16 anos se aproximou dos dois.

— Sim.

— Será que eu posso tira um selfie com vocês? — Assim que afirmaram com a cabeça a menina pegou o celular e tirou a selfie, e logo os meninas da mesma faixa etária apareceram, Jimin assinou e tirou foto com todas e algumas tiram foto com a Joy e pediram seu autógrafo.

— Demoraram! — Jimin e Joy se sentaram em seus cantos  na mesa.

— Um grupo de adolescentes resolveram tirar fotos com a gente e até pediram autógrafos. — Pegou o celular já vendo as fotos que as meninas tiraram e lhe marcaram, curtiu todas.

— Papai eu tô famosa!

— Parabéns! — Jungkook guardava sua carteira e celular no bolso. — Eu já paguei a conta, vamos?

Foram em direção ao carro, entrando em seguida, Jungkook dirigiu primeiro até a casa de Jimin, se despediu do mesmo com um selinho já que Joy dormia no banco de trás na cadeirinha.

Assim que chegaram Jungkook pegou Joy no colo e a levou até o seu quarto a colocando na cama e a cobrindo com um lençol.

— Boa noite, filha!


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...