1. Spirit Fanfics >
  2. Dragão do vento sul >
  3. Colega de quarto.

História Dragão do vento sul - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


A imagem eu só fiquei com vontade de colocar ela.
So um aviso, esse final de semana não vai ter cap, só segunda feira.
obrigado pelos favoritos e desculpe os erros de ortografia.

Capítulo 10 - Colega de quarto.


Fanfic / Fanfiction Dragão do vento sul - Capítulo 10 - Colega de quarto.

NARRADOR (4 dias depois)

 

            Izuku estava no pátio fazendo flexões, até que uma empregada chega.

            (empregada): senhor Izuku, a senhorita Igris está lhe chamando.

(Izuku): certo, já estou a caminho.

Com uma toalha para limpar o suor ele vai até a sala onde Igris estava sentada com um envelope em mãos.

(Igris): isso aqui é para você.

Ela entrega o envelope para Izuku, ele fica confuso e abre o envelope onde tinha uma espécie de botão, ele sabia que era um projeto holográfico, mas não sabia como ligá-lo, até que Igris toma da mão dele e coloca em cima da mesa e aparece um homem com roupas folgadas com bandagens no pescoço formando uma espécie de cachecol, ele tinha uma cara de quem não dormia a alguns dias.

(Aizawa): eu me chamo Shota Aizawa, estou aqui apenas para falar que você no teste teórico fechou a prova, e no teste pratico fez 55 pontos de vilões e 60 pontos de resgate que era dado pelos professores, você fez 115 pontos no total, e ficou em terceiro lugar, parabéns por passar, estarei te esperando na turma 1.A.

No final tinha algumas informações a mais para responde algumas dúvidas e pedindo por mais informações sobre Izuku. Bem normalmente qualquer pessoa ficaria muito feliz ao receber essa notícia, mas o tom do professor foi tão deprimente que eles nem sentiram vontade de comemorar.

(Igris): bem, parabéns pirralho por passar, mas também tenho que falar que você está ferrado.

(Izuku): eu sei que esse professor parece ser deprimente, mas não acho que precisa exagerar.

(Igris): não é disso que estou falando, se eu estiver certa de quem ele é você vai ter uma vida escolar bem agitada.

(Izuku): como assim, se bem me lembro todos os professores da U.A, são heróis profissionais, mas por algum motivo eu sinto que já ouvi falar desse nome.

(Igris): bem é porque ele é um herói do submundo.

(Izuku): espere ele é o ...

(Igris): sim ele é o herói apagador Eraser Head.

(Izuku): certo, mas porque você disse que eu estava ferrado?

(Igris): é bem provável que no primeiro dia de aula alguém seja expulso.

(Izuku): você está brincado, né? Um professor pode mesmo expulsar um aluno de lá?

(Igris): bem, ele ano passado jugou que a turma não tinha potencial e expulsou todos eles, então só terá 1A e 3A.

(Izuku): se seu objetivo for me assustar devo dizer, você conseguiu.

(Igris): estou falando sério, só uma coisa para lidar com ele, não use nenhum sinônimo da palavra diversão durante a aula, principalmente em suas atividades, mas devo falar vai valer a pena, ele é um dos melhores quando o assunto é ensinar e leva muito a sério o trabalho de herói, e foi por isso que ele se tornou um dos melhores heróis do submundo.

(Izuku): tudo bem, se for apenas isso estarei bem, desde o ocorrido com meu pai ficou cravado bem fundo que esse trabalho não é diversão.

(Igris): você ficara bem pirralho.

 

P.D.V: Izuku (1 semana depois)

 

Aqui estou eu na frente da U.A, é aqui que irei passar os próximos 3 anos, já estou andando a um bom tempo, mas ainda não achei minha sala, depois de procurar um pouco me deparo com uma porta enorme escrito 1A, isso não é muito exagerado não? Bem as pessoas lá dentro serão meus colegas até o fim desses 3 anos, e quando abro a porta já vejo duas pessoas brigando.

<esse será um longo ano pelo visto>

(???): você, tire os pés da cadeira, você não tem respeito com os alunos que sentaram aí ou as pessoas que fez ela?

Eu reconheço ele é o mesmo do dia do teste.

(???): pouco me importo com eles, de qual fundamental você veio seu extra.

Falou um loiro de cabelo espetado e olhos vermelhos, pelo visto terei que evitá-lo.

(???): eu me chamo Tenya Lida, eu vim da Academia Privada Somei.

(???): Somei? Você é da maldita elite, vai ser divertido esmagando você.

(Lida): me esmagar? Você está mesmo querendo se tornar um he...

(Jiro): Shimada-kun!!

Quando viro para trás eu via Jiro, depois daquele dia nós conversamos algumas vezes.

(Izuku): é muito bom te ver aqui Jiro-san.

(Lida): é um prazer conhecê-los, eu so...

(Izuku): Lida, eu ouvi.

(Lida): eu gostaria de me desculpar pelo ocorrido no auditório naquele dia.

(Izuku): sério, sem problema.

Olho em para a sala e avisto a Lena e o Lúcio, quando começo a ir na direção deles, eu sinto uma presença desconhecida, e sem perde tempo invoco meu arco e flecha e miro de onde senti e estava pronto para disparar, todos se surpreende com minha ação e olham para onde estava mirando.

(Izuku): uma lagarta amarela gigante?

(???): impressionante, você sentiu minha presença, agora todos em seus cantos.

Depois disso todos se sentam, eu estava perto de Lúcio e da Lena. Eu observo uma pessoa sair do que parecia ser um saco de dormi e logo reconheço que era Aizawa.

(Aizawa): prazer em conhecê-los eu me chamo Shota Aizawa e serei o professor de vocês, sei que é repentino, mas peguem essas roupas de educação física e me encontrem no pátio.

Depois de falar e deixar as roupas em cima da mesa ele sai, então eu pego a minha roupa e me troco no vestiário e estou no pátio esperando os outros, por que estou com um mal pressentimento?

(Aizawa): nós iremos fazer um teste de quirks.

(todos): o que?

(???): mas e a orientações e a cerimônia?

Perguntou uma menina de cabelos castanhos e com a cara redonda, eu reconheço que era a menina que eu e Lúcio salvamos do robô gigante.

(Aizawa): eu tenho o curto prazo de 3 anos para transformá-los em heróis, então não temos tempo para esses luxos, você -apontou para o loiro- você ficou em segundo no teste, qual é seu recorde em softboll? (acho que era isso)

(???): 72 metros.

(Aizawa): eu quero que você faça a mesma coisa usando sua quirk, mas não saia do círculo.

Ele anda até o centro da roda e arremessa a bola com uma explosão.

(???): MORRA!!!!

<Morra? Sério isso? Mas por que eu sinto que ele faria isso?>

(Aizawa): para poderem melhorar, primeiro devem saber seu limite.

Ele vira o celular para a turma e mostra o número 702,3 metros.

(???): nossa!

Essa era a reação padrão da sala, mas teve um comentário que me fez gelar o sangue, ele veio de uma menina rosa com dois chifres na cabeça.

(???): isso parecer divertido.

Eu olhei para o professor rezando para que ele não tenha ouvido, mas para minha infelicidade ele ouviu.

(Aizawa): divertido? Isso parece brincadeira para vocês? Então vamos deixar mais divertido -ele estava com um sorriso maligno, lá vem- quem ficar em último na tabela vai ser expulso.

Com essa fala todos ficam em choque menos algumas pessoas que estavam confiantes de suas habilidades, uma delas estava do meu lado era uma garota com um corpo bem desenvolvido de cabelos pretos.

(Izuku): você está bem confiante de suas habilidades.

(???): estou calma por outro motivo, prazer seu Momo Yaoyorozu.

(Izuku): e qual seria esse motivo, eu sou Izuku Shimada.

(Momo): o professor está blefando, ele não pode e nem vai expulsar alguém.

Eu fiquei com vontade de rir dessa afirmação dela.

(Izuku): espere e veja.

Depois de vario testes(eu pulei porque não tem o que mostrar) , que por sinal eu não me destaquei em nenhum já que minha quirk não servia nelas, mas dava para ficar na média, posso não me compara a algumas quirks aqui, mas eu tinha confiança de ficar em uma boa colocação, nesse momento estamos de volta no arremesso de softboll, era vez da garota que ajudei a salva no teste, e a bola foi subindo e subindo e subindo, mais que diabos isso não vai parar não?

O professor mostra o celular para a turma.

(Todos): infinito?!!

(Aizawa): Shimada, é sua vez, e eu espero muito de você nesse teste, já que você desde o início não usou sua quirk.

Escuto alguns múrmuros, a maioria era falando que eu era muito arrogante em não usar ela nos testes.

(Izuku): você fez isso de propósito, não foi?

Ele joga a bola para mim.

(Aizawa): vamos logo, terceiro lugar.

Certo, depois dessa ficou obvio que ele está pegando no meu pé, alguns não entenderam o que ele quis dizer, já outro sim.

(Lena): eu não sabia que você era forte o suficiente para ficar em terceiro no teste de entrada.

Jiro por ser a única que sabia qual era minha quirk estava chocada com essa afirmação.

 

NARRADOR

 

(???): se ele ficou em terceiro lugar, a quirk dele deve ser incrível -falou uma menina loira que tinha um desenho de raio preto no cabelo-

(???): já que é tão incrível porque não usou até agora? -falou um menino com bolas roxas na cabeça-

Izuku então invoca seu arco, a maioria estava admirando o arco.

(???): será que o arco tem algo de especial? –Kero! -indagou uma menina sapo-

(Izuku): não, isso é apenas um arco um pouco mais forte que o normal assim como a flecha é mais resistente que as normais, essa é a quirk do meu clã, ela nos possibilita invocar armas.

Falou calmamente para a turma, uma parte deles tinha um pensamento, ‘como ele ficou em terceiro com apenas um arco?’. Até que começa a escutar uma risada, o deboche no tom era nítido.

(???): é por isso que nunca ouvi falar de nenhum herói com esse sobrenome, com uma quirk merda dessa só deve ter heróis inúteis.

Todos ficam em silencio encarado o loiro de olhos vermelhos, até o professor estava encarando ele, antes de qualquer pessoa falar algo todos sentem uma pressão sobres, e o responsável era Izuku, ele tinha aumentado sua presença e todos que tinha um espirito mais fraco que o dele não podiam se mexer, esse era um dos benefícios de ‘nutrir o espirito’.

(Aizawa): Shimada, já chega, e você também Katsuki Bakugo, se você ousar falar algo parecido novamente para qualquer um, pode se considerar expulso.

O loiro apenas estala a língua e se cala, e Izuku que já tinha removido sua presença de todos, mas ele estava irritado com aquelas palavras, então ele usou boa parte de sua energia espiritual e fortaleceu o arco, ele não fazia isso pois se torna mais difícil puxar a corda do arco.

Nesse momento Izuku joga a bola para cima e fica preparado para disparar, ninguém nota a marca dele brilhando e quando a bola chega a 6 metros do chão ele disparar, ele acerta a bola em cheio a fazendo voar com a flecha, eles ficam surpresos com a pontaria do esverdeado, a bola tinha apenas 10 centímetros de diâmetro e ela estava a pelo menos 20 metros de Izuku e ele acertou como se fosse fácil.

(Aizawa): Izuku, como é sua pontaria?

Todos se concentram nele esperando a resposta.

(Izuku): qualquer coisa num raio de 100 metros.

Nesse momento o celular de Aizawa apita sinalizando a distância que a bola percorreu e quando mostra para turma ele mostra 630 metros.

(Aizawa): se eu fosse vocês não o subestimariam, deve ter no máximo dois de vocês que tem a capacidade de derrota ele, e poucos que consegue fazer uma luta decente, em termo de técnica ninguém aqui pode vencê-lo.

Isso chocou a todos, se isso fosse dito por ele ninguém levaria a sério, mas vindo de um professor que também era um herói profissional isso tinha muito peso.

(Aizawa): e Bakugo, o clã Shimada pode ter poucos heróis, mas toda missão que eles participam é quase garantido o sucessor dela.

Passados alguns minutos Izuku estava conversando com Jiro, Lena e Lúcio.

(Aizawa): atenção, eu irei mostrar a tabela geral logo, então prestem atenção.

Ele aperta um botão e em uma tela aparece uma tabela com a colocação de todos.

1º Hana Song

2º Momo Yaoyorozu

3º Lena Oxton

...

...

8º Izuku Shimada

...

...

22º Minoru Mineta

 

(Mineta): NÃO!! Eu nem tive tempo de conhecer nenhuma garota gostosa.

No início tinha alguns alunos com pena do baixinho, mas com os comentários que ele estava fazendo as garotas estavam internamente aliviadas com ele sendo expulso, Izuku estava ao lado de Momo.

(Aizawa): eu quero que todos se troquem e me esperem na sala, menos você Mineta, depois você vai para a sala do diretor.

Todos assentem e vão andado, Izuku é abordado por Momo.

(Momo): Shimada-san, como você sabia que ele realmente seria expulso, eu pensei que era apenas uma motivação para damos tudo de si.

(Izuku): simples, eu soube que na turma A nós só temos os senpais do terceiro ano, isso porque ano passado o Aizawa-sensei considero que a turma não tinha potencial e expulso todo eles.

Momo estava surpresa com isso, agora ela sabia que estava numa escola de elite.

Todos estava na sala até que Aizawa entra.

(Aizawa): quero que todos peguem suas coisas e me sigam.

Agora todos os alunos estavam em um prédio separado.

(Aizawa): esse aqui é o dormitório de vocês, o térreo é a sala comunal e a cozinha, o primeiro andar é o quarto dos garotos e o terceiro o das garotas e o último andar é onde está meu quarto, só que tem um problema.

(Momo): é em relação no número de quartos?

(Aizawa): sim, temos apenas 10 quartos em cada andar e vocês são 21, então como não faço questão de ter muito espaço, um dos garotos irá ser meu colega de quarto.

Um garoto com cotovelos grandes pergunta.

(???): então como será decidido.

(Aizawa): como é o meu quarto, eu pude escolher quem vai ser.

(Izuku): se você falou ‘pude’ então quer dizer que já escolheu quem vai dividir o quarto com você?

(Aizawa): sim eu já escolhi, ele foi...

 Nenhum dos garotos queria ser escolhido, quem gostaria de dividir o quarto com o professor?

(Aizawa): Izuku, você tem algum problema em fica lá?

(Izuku): não me importo.

Os garotos suspiraram aliviados.

(Aizawa): suas coisas já estão lá e o quarto já está todo arrumado, devo falar que suas coisas são bem exóticas, tem mesmo a sua cara, principalmente com a quantidade de caixas, e depois irei discutir as regras com você.

(Izuku): como assim? Eu não tenho muitas coisas e elas não estavam em caixas, posso ir lá ver?

Aizawa afirma com a cabeça e vai embora deixando os alunos sozinhos para se acostumarem com o novo ambiente.


Notas Finais


leiam as notas iniciais.
obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...