História Dragões não amam! - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sem muito a declarar ksks...

Capítulo 4 - Então...parte 2


Então...

Hunter

Separei-me de seus lábios encantado com a diferença entre a menina que me deixou a mulher a minha frente, posso ver que sua essência não mudou apenas se aperfeiçoou assim com a minha, um fogo se espalhava dentro de mim diferente de tudo e não pensei duas vezes em mostrar para minha bruxinha novos truques. Tracei mais algumas linhas em seu pescoço com minha língua e então soube que estávamos protegidos de que ouvissem quando um gemido suave saiu de seus lábios, desci meus beijos até o colo de seus seios puxando bruscamente a blusa que afastava meus lábios de seu corpo suave, como sempre ela não usava sutiã com pijama e agradeci mentalmente por isso. Desci até seu seio direito e comecei a beija-lo enquanto acariciava o esquerdo e senti seu corpo responder aos meus toques como a um chamado, ela fechou os olhos como que para aumentar as sensações então eu continuei descendo até aquele short pequeno de seu pijama e o retirei com a calcinha então ela abriu seus olhos e o desejo ardendo profundo naquelas chamas vermelhas me deram mais coragem ainda para seguir o caminho, toquei sua intimidade com meus lábios e a senti se retrair.

- O qu...que voc...você?  - ela tentou me perguntar com a voz entrecortada, tão consumida de desejo que quase não pode aguentar.

- Confia em mim bruxinha, só confia – eu disse e sussurros e senti seu corpo relaxar novamente deitei entre suas pernas e tracei novos caminhos com a minha língua em sua intimidade, ela prendeu suas mãos em meus cabelos me fazendo acelerar e aperta-la contra minha boca chupando e lambendo cada centímetro dela, então me afastei e comecei uma massagem com minhas mãos fiquei observando seu corpo se contorcer no meu ritmo,  uma sincronia perfeita, quando ela estava perto de seu ápice parei de subi para um beijo e foi sua vez de me surpreender, ela me virou de lado com força rasgando minhas rupas enquanto mordia minha orelha e deixava chupões em meu pescoço e num ato de quem não suporta mais a espera ela sentou em mim e eu gemi forte com meu membro dentro de seu corpo quente enquanto ela me espremia e rebolava me enlouquecendo, mas logo tomei o controle sem nunca sair dela eu deitei em cima de seu corpo e ditei o ritmo de nossos corpos enquanto chupava e acariciava seus seios enlouquecido com os gemidos que ela dava e seu corpo se movimentando junto ao meu sempre mais rápido e mais forte até ambos alcançarmos o ápice juntos e meu corpo cair mole sobre o seu, ela nos cobriu e adormeci ali com a cabeça apoiada em seus seios.

***

Aira

Pela manhã algo me surpreendeu, acordei com o sol suave em meu rosto e sem ninguém junto a mim apenas um bilhete
                           
                         "Obrigado pela noite minha bruxinha, guardarei cada momento em meu coração!
                                                                        Com amor, seu Selvagem"
 
O restante da manhã passei no quarto, refletindo sobre que rumo tomar, agora mais do que nunca eu ficaria no meu lar e lutaria por ele, desfaria essa distopia doentia que os corruptos do conselho criaram e Carlos ira cair e pagar por todos o seus crimes contra sua família, seu povo e os povos aliados. Carlos tem de aprender seu lugar!
 
 
 
 

 


Notas Finais


Muitooooo curto sim mas vai melhorar ksksks prometo!!
beijinhos Belle!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...