1. Spirit Fanfics >
  2. Dragon Ball - Another Universe >
  3. Vou te comer!

História Dragon Ball - Another Universe - Capítulo 133


Escrita por:


Capítulo 133 - Vou te comer!


Fanfic / Fanfiction Dragon Ball - Another Universe - Capítulo 133 - Vou te comer!

Planeta Wagan.

A forma assumida pela fumaça rosa não era nada assustadora aos olhos de Veena. Ela começava a se perguntar se aquela criatura tão bizarra era mesmo o terrível demônio que devastou o futuro. Durante os anos de experiência de batalha em vários planetas, ela aprendeu a nunca subestimar um inimigo por causa de sua aparência, mas... Uma bola gorda rosa com "cara de bobo alegre"? Francamente, imaginava-o mais assustador. Por outro lado, aquela figura infantil e abobada assustava o Kaioshin do mesmo jeito que historinhas de "bicho papão" assustam as crianças.  

– Senhorita Veena, precisamos fugir! – a voz de Shin quase nem saía. – Não podemos vencer Majin Buu sem a ajuda do senhor Nietz. 

– Fugir? Fuja você, paspalho! – ela encarou-o, ofendida. – Uma sayajin orgulhosa como eu jamais foge de uma luta! 

– M-mas...

– Se começar a agir igual um covarde EU VOU TE ENCHER DE PORRADA! – ela engrossou a voz nas últimas palavras. – Se bem que, pensando bem, é melhor você sair daqui. Se ficar vai me atrapalhar.

– Eu não quero ofendê-la, senhorita Veena, mas você não pode vencê-lo. – insistiu o Kaioshin, olhando-a em pânico.

Majin Buu desceu lentamente dos céus e pousou em cima dos destroços da antiga nave de Babidi. Seu comportamento peculiar, e até mesmo cômico para alguns, intrigou ainda mais a sayajin. O demônio rosa começou a fazer uma espécie de dancinha com um dos pés e os braços abertos, cantarolando com a sua voz finíssima de personagem de desenho animado. Ele ia de um lado para o outro, virava "estrelinhas", saltava e cantarolava. Veena encarou ainda mais o Kaioshin e deu-lhe um cascudo na cabeça para que calasse a boca um minuto, pois detestava aquele pessimismo todo.

– CHEGA! – gritou, pegando-o pela gola de sua vestimenta. – JÁ ESTOU CHEIA DA SUA FALAÇÃO! VÁ EMBORA DAQUI, EU CUIDO DESSA GELATINA ROSA! 

– Não posso per... 

– EU VOU CONTAR ATÉ CINCO... UM...  – ela o encarou, seu olhos em chamas fizeram-no sentir um calafrio na espinha. 

– Eu lhe imploro, tenha um pouco de discernimento.

– CINCO! – ela pulou a contagem toda e deu um bofetão no Kaioshin, que caiu de bunda no chão com o rosto inchado. 

– O que aconteceu com o "dois", "três e "quatro"? – sentindo-se tapeado, ele a olhou em desaprovação.. 

– Desculpa, mas sayajins não sabem contar. O Nietz é exceção. – ela deu de ombros e respondeu em tom de deboche.  

– IIIIUUUUUUUU HUUUUUUUUU! – Buu anunciou a sua presença, acenando para os dois como uma criança. 

– Que voz irritante! – Veena afrontou-o, apontando o dedo indicador em riste. – Sua cara me irrita, seu corpo me irrita, sua voz me irrita... Eu vou te fazer em pedaços, inseto gordo! 

Igual a uma chaminé de trem, Majin Buu expeliu fumaça dos seus buracos na cabeça e nos braços. Entendeu metade das ofensas, mas o que mais lhe incomodou foi o "gordo". 

– Me chamou de gordo? – ele expeliu mais fumaça. 

– Eu disse "gordo"? Héh, eu quis dizer GORDÃO. 

– Você me ofendeu outra vez! – abriu levemente os seus olhinhos pequenos e puxados. – Eu vou te comer! 

– GORDUCHO ATREVIDO! – ela vociferou de volta. – EU SOU CASADA, ME RESPEITA! 

– EU VOU TE COMEEERRRR! VOU TE COMER, VOU TE COMER, VOU TE COMER... – percebendo que isso a irritava, ele começou a cantarolar. 

A super sayajin 2 perdeu a paciência e voou em alta velocidade na direção de Majin e o golpeou com uma cotovelada no rosto. Buu apenas cambaleou, se recompôs e sentiu a joelhada de Veena afundar o seu rosto para dentro de sua cabeça. Ela o socou dezenas de vezes e podia-se observar as maras de seus punhos pelo esquisito corpo de Buu, que continuava a receber os golpes sem reagir. Ela se abaixou e ergueu-se para que seu pé direito o golpeasse no queixo e o lançasse para cima, onde ela surgiu com sua velocidade e pegou na sua antena. Começou a girar para pegar impulso e o arremessou contra várias rochas. O estrondo isolou a voz de Veena, mas o Kaioshin entendeu a mensagem e se teletransportou de volta para o Planeta Supremo. 

"Espero que esse inútil encontre uma maneira de trazer o Nietz de volta. Espero que você esteja bem, meu amor.", ela pensou distraidamente. A explosão provocada pelo ki de Majin Buu a trouxe de volta para a realidade. Em meio ao poeirão, Buu tornou a dançar e cantar a sua musiquinha, irritando-a ainda mais. Ela estendeu os braços e disparou centenas de esferas de energias, que atingiram e explodiram em cima de Buu como se fossem mísseis. 

– Coma isso aqui então, verme! – ela cessou os disparos e observou o corpo dele se recuperar novamente dos danos recebidos. – Que merda... Regeneração... É até melhor do que a daquele mitra. 

– Você é uma mulher fraquinha. – Buu sorriu tranquilamente, dando tchauzinho para ela. – Eu vou te matar. 

Num piscar de olhos, ele surgiu na frente de Veena, aumentou o tamanho da sua mão direita e a golpeou com violência. No último instante ela conseguiu se defender com os braços na frente do corpo, porém, o impacto a lançou vários metros longe no ar e a deixou levemente atordoada. Majin Buu disparou uma imensa bola de energia - semelhante aquela usada em Gohan no DBZ - e a sayajin imediatamente criou a SPHERE CRUSHER ao redor do seu corpo, mas a defesa não impediu o ataque e houve uma explosão. 

___________

Pequena, delicada e inteligente. Três palavras que descrevem perfeitamente a filha do casal Nietz e Veena. A criança correu desesperadamente até a areia do lado de fora da "Casa do Kame", onde Yohan e Vietz brincavam de lutinha, e chutou o seu irmão mais novo (1 segundo mais novo) fazendo-o cair no mar. Bom, talvez ela não fosse tão delicada com Vietz, mas as vezes ele merecia esse tratamento energético. 

– EEEEIIIII!! FICOU MALUCA, NEENA? – reclamou o menino, saindo d'água. 

– Senhor Yohan, eu preciso da sua ajuda. Não consigo sentir o ki do meu papai e o ki da mamãe está sofrendo abalos. – ela disse com os olhos lacrimejando enquanto segurava na perna do rapaz. 

– Consegue sentir o ki deles daqui? Uau! – impressionou-se. 

– Quê? O ki do papai sumiu? – Vietz correu para perto dela. 

– Me ajuda, por favor. – ela pediu novamente, olhando-o profundamente. 

– Eu quero ajudar, Neena, mas não sei onde eles estão, não tenho nave e não posso me teletransportar como o seu pai... – sentia-se envergonhado por não conseguir fazer nada. 

– Eu posso. – afirmou a menina com segurança. – Se eu te levar lá, você ajuda a mamãe? – ela estava cada vez mais preocupada. 

– Claro! Eu devo tudo o que tenho hoje a mestra Veena! Me leve até eles, vamos solucionar o problema seja lá qual for! 

– Eu também vou! – Vietz tocou o ombro da irmã. – Vou destruir qualquer um que ameace a minha família! 

– Silêncio, Vietz, eu preciso me concentrar...

"Incrível! Essa garotinha consegue se teletransportar, isso é fascinante! Mestre Nietz, a sua filha é uma gênia igual você!", Yohan elogiava a menina mentalmente. "E o Vietz... Cara, é uma cópia da mãe, ha ha ha! Fico pensando se a mestra era assim quando criança." .

___________

– AAAAAAAAAAAAAAAAHHhHH! 

A sayajin caiu de costas no chão. Majin Buu arrancou um pedaço da sua barriga, esticou-o e o lançou contra Veena. Magicamente, este pedaço do seu corpo se transformou em uma "mão gigante" e segurou a sayajin, apertando-a cada vez mais. Ele desceu numa velocidade surpreendente e caiu propositalmente em cima de Veena, fazendo-a cuspir sangue. Buu bateu no peito algumas vezes, fazendo gritos de vitória, e começou a socar repetidamente o rosto da sayajin sem nenhuma piedade. As pancadas fortes na cabeça deixava a visão de Veena turva, estava ficando zonza, no entanto, não seria derrotada daquela maneira. 

"Droga... Ainda está incompleta, mas vou ter que usar isso..", ela pensou e o seu ki explodiu de uma só vez, provocando a destruição daquela parte do corpo de Buu que a prendia e de bônus lançou-o para longe. A sayajin se levantou com muito sangue escorrendo pelo seu rosto, vindo de sua testa. Ela fitou Buu de maneira ainda mais agressiva, enquanto fechava os punhos e se concentrava para executar a sua nova transformação. 

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHH..... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH....

O Planeta Wagan tremia. Terremotos, maremotos e furacões eram provocados pela imensidão do poder liberado por Veena. Não só o seu ki, mas o seu cabelo dourado também começava a crescer.... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...