História Dragon Ball High school - Capítulo 20


Escrita por: e Arielo

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Bardock, Bulma, Chichi, Gine, Gohan, Goku, Personagens Originais, Vegeta
Tags Bardock, Bra, Bulma, Chichi, Gine, Goku, Pan, Trunks, Universo Alternativo, Vegeta
Visualizações 71
Palavras 3.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E eu odeio ter te decepcionado
E me sinto tão mal com isso
Eu acho que o carma vai voltar
Porque agora eu sou a única que está sofrendo, é
E eu odeio ter feito você pensar
Que a confiança que tivemos foi quebrada
Então não me diga que você não pode me perdoar
Porque ninguém é perfeito
Não, não, não, não, não, não, não, ninguém é perfeito, não!

jessie j nobody

Capítulo 20 - Olhe em meus olhos


Fanfic / Fanfiction Dragon Ball High school - Capítulo 20 - Olhe em meus olhos

O pai de goku e raditz não tarda a chegar ao hospital junto com a mãe deles.

-o que houve com seu irmão? – o pai pergunta irritado e preocupado

-eu ainda não sei – goku fala – ainda não deram nenhuma noticia

Ele olha a sala e ve tights, ele a conhecia. Sabia que seu filho namorava com a filha dos Briefs e nunca foi contra tal relação.

-Você estava com ele? O que houve? - o pai pergunta a tights

Então tights começa a falar o que tinha acontecido da hora que ela o encontrou até aquele momento.

Goku já havia fornecido todos os dados do irmão na central e já tinham o prontuário dele.

Após longas horas um médico apareceu

- Vocês são os familiares do raditz? – o médico questiona

-Sim isso mesmo – o pai fala todos olhavam para o médico agora.

-Ele teve uma overdose bem forte. Estamos tentando estabilizar o quadro dele que está bem complicado nesse momento. ele está entubado pois não respira sem ajuda e estamos tentando controlar o ritmo cardíaco. Ele já teve uma parada cardiorrespiratória e quase não conseguimos traze-lo novamente. Foi feita uma lavagem no estomago para remover os conteúdo ingerido, mais o  efeito da droga inalada está bem latente. No mais temos que aguardar o quadro dele sofrer alguma mudança seja pra melhor ou pra pior, infelizmente temos que estar preparados para isso aconteça.- o médico fala pesaroso.

Tights não conseguia conter as lagrimas, goku estava desabado sentado no chão próximo a tights com as mãos na cabeça. A mãe e o pai se abraçaram por um tempo. O pai de raditz se sentia culpado por isso. Desde que foi informado pela escola do uso corriqueiro do filho a drogas simples como baseado ele não tomou nem uma atitude mais enérgica. Ele apenas o cobrou mais, colocou mais pressão em algo que já estava carregado demais. Nunca havia se preocupado com o que o filho pensava ou precisava. Tudo era sempre o que ele queria e sentia-se imensamente culpado. Não se perdoaria se o filho partisse daquela maneira.

Tights não estava preparada para aquilo. ela já estava a um longo período sem se alimentar e misturado a emoção que estava passando acaba por desmaiar nos braços de goku. Ele a pega e a coloca em uma maca traga por um dos enfermeiros do hospital. Ela é levada e goku a acompanha. logo que goku faz a ficha dela o histórico é puxado. Então ele estava com ela que estava agora no soro. O medico entra para examina-la com um tablet contendo o histórico de tights.

-boa noite, vamos ver essa mocinha – ele começa a ler o histórico hospitalar- você é o pai do bebe? -  o médico pergunta fazendo goku cair para trás

Como assim bebe? Tights estava gravida? E ela sabia e não contou nada para ninguém? Ele precisava ter certeza se realmente seria do seu irmão pelo tempo que eles estavam separados

-sou sim – mente goku – tem alguma notícia do bebe?

-eu vou examina-lo agora – o medico fala puxando um aparelho com um monitor para próximo de tights e deixando a barriga dela a mostra,, goku pode notar a saliência da mesma. Seu coração batia acelerado

O medico coloca o gel no ventre de tights e liga o monitor pressionando o aparelho contra a barriga dela. as imagens surgem e goku podia ver claramente um bebe formado.

-Quanto tempo tem esse bebe? – goku pergunta

O medico nem se acometeu da pergunta respondendo automaticamente

-pouco mais de quatro Meses, já quase em cinco – afirma o medico

Goku agora respirava pesadamente. Definitivamente era filho de raditz não tinha dúvidas. E agora se perguntava porque tights escondeu isso?

É o bebe tá super bem, to vendo aqui que ela tá indo regularmente as consultas. Acho que foi apenas uma fraqueza ou um mal-estar. De qualquer forma vou receitar umas vitaminas. - concluiu o médico saindo do box que ela estava.

Goku agora estava inquieto andando de um lado para o outro passando as mãos repetidas vezes pelos cabelos nervoso com a recém descoberta. Ele não sabia o que pensar, o que falar...ele sabia o quanto o irmão gostava de tights,  que havia comprado uma aliança já. Mas frente a face de poder perder o irmão aquilo tinha que ser compartilhado com a família. mas primeiro tinha que saber por que tights escondeu isso. aquela seria uma maldita longa madrugada.

Pela manhã tights acorda goku estava ao lado da cama dormindo encostado a cabeça em sua cama. Ela se senta. Percebendo que estava no soro, estava tão cansada que apagou. Então lembrou-se de raditz e acordou goku. Que levantou com os olhos inchados pelo choro, tights viu aquilo e não pode deixar de sentir as lagrimas rolando em sua face.

-tem notícias do rad ?—pergunta com uma voz tremula

-ele teve mais uma parada na madrugada. E saturação dele caiu um pouco. Ele agora está sendo tratado com outras medicações ainda está entubado. – Goku fala triste e irritado ao mesmo tempo. – Precisamos conversar – ele fala encarando tights

-o que houve? Aconteceu mais alguma coisa? – pergunta nervosa

-na verdade eu espera que você me dissesse tights, porque escondeu que estava gravida? – goku pergunta firme a  encarando

-como...como..

-como eu sei? Porque  você passou mal e desmaiou o medico teve que te examinar. E eu sei que essa criança é do raditz  pelo tempo dela – goku fala convicto

-eu não queria esconder, eu só queria que ele fosse o primeiro a saber, mas seu irmão começou a ficar desse jeito e eu tive medo tá bom. Eu me senti insegura, então ele começou a melhorar, pelo menos foi isso que achávamos, eu fui procura-lo ,mas ele nem ao menos me ouviu, ele não atendia minhas ligações e não falava comigo. Ele me disse que não queria mais nada comigo goku. Eu não quis atrapalhar a vida dele, achei que ele estava bem até que isso aconteceu e provou como estávamos todos enganados. Que só estávamos vendo o problema superficialmente.

-Você tem que falar para os meus pais- goku sentenciou

-Eu não posso fazer isso agora – tights argumenta

-você faz ou eu faço, o que você acha que vai acontecer se o raditz morrer?- goku agora era frio

Tights engole em seco. Era uma situação delicada e complicada. Sem dúvidas pela perda do filho o pai de raditz lutaria com todas as suas forças para conseguir a custodia da criança. Ele era esse tipo de homem.

-me dá um tempo por favor? -tights suplica

-te dou até o final do dia, é o tempo que teremos pra saber se ele vai conseguir estabilizar ou não. – Goku falava a encarando nos olhos sério.

Ele sai deixando tights ali. Depois de um tempo ela come algo e recebe a alta. As notícias sobre raditz não estavam animadoras.

Tights liga para Bulma a avisando sobre o ocorrido e onde estava, para não deixar a irmã preocupada pela ausência dela. bardock a liga perguntando se ela sabia de raditz e ela conta o ocorrido pegando bardock de surpresa pois ele achava que o amigo estava bem, nunca passou pela sua cabeça nada disso. E tê-lo visto com a garota o fez pensar que ele finalmente estava seguindo em frente.

Tights fica sentada na sala ao lado de goku os pais de raditz estavam mais afastados sentados juntos. Eles tomavam mais um copo de café. não haviam dormido. Cada vez que saia algo sobre o quadro dele parecia mais desanimadoras as notícias. Tights precisava vê-lo nem que fosse uma ultima vez ainda vivo. Não suportaria vê-lo morto. Só de pensar  seu coração se comprimia e doía forte. então conversa com goku e vão falar com o responsável.  Mesmo receoso permitem a entrada da garota e do irmão. Os pais de raditz não queriam vê-lo naquele estado.

Tights entra e o vê coberto de fios e ligados a vários monitores. Ele estava entubado e ela pode ver os batimentos ainda muito altos. O corpo dele parecia se tremem agitado como se ainda estivesse a convulsionar, mas de forma mais fraca. Era possível ver o quanto o corpo estava sofrendo. Definitivamente era o pior jeito de morrer, partiria em agonia. tights começa a chorar sem controle com aquilo. goku também não aguenta vê o irmão naquele estado. Era forte demais. Ele fica se recordando de tudo que já havia passado ao lado dele e aquilo se tornava ainda mais insuportável. O tempo todo tinha alguém ao lado dele monitorando constantemente como se estivesse ali para evitar que ele partisse sozinho.

Ele pega o celular do irmão que estava em um saquinho lacrado, bem como algumas das drogas que estava no bolso dele quando deu entrada.  Ele desbloqueia o celular e se põe a olhar o que o irmão fazia naqueles últimos dias. Ele vê a longa troca de mensagens entre ele e Sanka, aquilo não era promissor. Era visível. Seu irmão só estava a conversar com pessoas que ele não conhecia e pelo visto o único assunto em comum eram as drogas e festas. Ele olha as marcações e ve a entrega da pasta para Stanford, ele não sabia que o irmão queria ir parra outro lugar, pelo visto ele se dedicou muito. Seu pai não iria ficar feliz ele pensou até se recordar que talvez o  irmão não estaria ali mais... não valia mais a pena as brigas ou as discussões em família.

Tights se aproxima e segura na mão de raditz estava tremula com espasmos musculares, ele ainda estava quente, mas não tanto quando antes. Ela aperta a mão dele. Toca no rosto dele. O medico se aproxima e torna a olhar os parâmetros os olhos dele são abertos. A pupila ainda estava dilatada e agitada. Tights pode ver. Mas o medico notou uma significativa melhora já que gradualmente as pupilas estavam retornando. Os antipsicóticos finalmente estavam fazendo efeito. E a taxa de oxigenação deu uma leve subida.

-Talvez mais algumas horas ele normalize- o médico fala – os índices deram uma leve melhora.. temos que aguardar. – Ele sai novamente

 

Na escola Ribrianne estava só o veneno. Ela descobriu facilmente quem foi a responsável por sua vergonha alheia, mas só havia um jeito de atingir a loira, e era através de Gohan. ela prepara minuciosamente sua revanche

Chichi fica preocupada pela ausência de goku.

-cadê seu amigo?- chichi pergunta a kurinrin

-sinceramente não sei, to tão preocupado quanto você

-o que aconteceu? -chichi pergunta seria

-ele recebeu uma ligação no meio da noite e saiu correndo do quarto e não voltou mais...

-eu vou tentar ligar..- chichi fala

-Tenta, eu liguei diversas vezes mais ele não atende. Deve tá no silencioso – kuririn fala

Chichi tenta ligar mais sem sucesso também.

 

Gine percebe a aflição de bardock logo no primeiro tempo e o chama no canto para conversar.

-o que houve? – ela pergunta seria

- o raditz, ele teve uma overdose e a tights tá lá com ele

-Sério? Mas ele não estava bem? - Gine fala surpresa

-Também achei – Bardock fala tristemente –

-Mas tem alguma notícia? – Gine pergunta

-ainda não, ela me ligou ontem a noite

-Talvez a falta de noticia seja uma boa noticia – Gine tenta confortar o namorado

-é talvez.

O telefone dele toca era tights

-oi e ai? - bardock pergunta ansioso

Tights chorava compulsivamente do outro lado da linha

-Ele teve uma fraca melhora. Mais ainda está em estado grave. – Tights fala em meio as lagrimas.

-Vamos esperar pelo melhor – Bardock

Então conversam pelo telefone mais um tempo até encerra a ligação.

 

As aulas se seguem e os murmúrios se espalham até que chichi finalmente descobre o que houve indo conversar diretamente com bardock que lhe conta detalhadamente e ela manda uma mensagem de conforto para goku. Estava preocupada com o garoto.

 

Já era 14hrs quando finalmente raditz consegue ficar totalmente estabilizado para alivio da família. ele agora já conseguia respirar sozinho. E a arritmia tinha diminuído consideravelmente. o corpo ainda estava se recuperando pelo súbito extremo que passou, claro que isso afeta os órgãos internos, era muita pressão sobre os mesmos. Principalmente coração.

Goku abraçava tights. Ambos aliviados. Os pais dele conversavam com o médico. As notícias se mantinham promissoras.

-vamos internar seu irmão – o pai de goku fala

-já decidiram tudo? – goku pergunta serio

-já, conversamos com o medico e liguei para um amigo que é um excelente profissional. Ele me recomendou um local ideal para isso. Não é seguro deixa-lo dessa forma novamente. E eu descobri que não foi a primeira vez que ele deu entrada pelo mesmo motivo

-Não? Quer dizer... ele já teve isso antes? -goku pergunta surpreso

-sim, não foi tão grave, porque era bem menor a quantidade, e foi bem no começo. 

-cara...- goku passa a mão pelos cabelos – o que estava acontecendo com ele? Ele deveria ter conversado com alguém...eu deveria ter insistido...-goku lamenta-se

-vamos tratar agora de ajuda-lo, a hora de achar culpados já passou.- o pai fala.

um tempo depois Raditz finalmente abriu os olhos. Ele estava com uma máscara para ajudar com a respiração. a primeira coisa que ele viu foi o par de olhos negros e lacrimejantes de tights o olhando. Onde estava e o que tinha acontecido eram as únicas perguntas que ecoavam em sua mente. Ele leva a mão na mascara puxando para o lado.

-oi – ele fala fracamente

Mas tights apenas o abraçou chorando

A família viu que ele finalmente havia acordado

-como você tá garoto? – o pai de raditz pergunta tocando no ombro do garoto

-Acho que to bem ... não sei dizer – raditz fala ainda desnorteado. – o que aconteceu?

-você teve uma overdose e quase não volta – o pai fala a Raditz – você pode nos dar licença? – ele fala com tights

Ela consente com a cabeça

-Eu quero que ela fique – raditz pede

-isso é uma conversa de família filho, não acho que ela deva estar

-tudo bem, eu tenho que voltar pra escola mesmo -tights fala sem jeito

-na verdade ela tem que estar aqui sim – goku fala firme encarando tights que começa a fazer um sinal sutil com a cabeça em negativa para o garoto

Goku a  puxa pela mão.

-tights faz parte da vida do raditz diretamente – goku fala serio

Raditz encarava tights e ele sem intender

-goku não...- tights começa

-O que foi? O que está acontecendo? – o pai do garoto pergunta

Goku a olha sério, tights respira fundo tomando coragem

-Eu estou gravida – tights fala olhando para raditz

Todos ficam em silencio a olhando. Raditz fecha os olhos por alguns segundos e sente as lagrimas descerem na face. Tights se aproxima dele e toca sua face secando as lagrimas.

-Me desculpa não ter te contado, mas quando te procurei você não queria mais nada comigo...

Raditz abraça a cintura de tights.

-Eu sou um merda mesmo...eu não pensei em nada, eu ...nem sei o dizer – Raditz fala melancólico – como isso aconteceu? -ele pergunta confuso

-durante a troca de remédio, lembra que te reclamei do antigo e fomos juntos comprar um novo?

-Lembro- ele falou a olhando, os pais ainda estavam surpresos – você já está com quanto tempo?

- 4 meses, um pouco mais talvez. – Tights fala pegando na barriga. Raditz acompanha o movimento com os olhos e agora reparando mais atentamente era possível ver a barriga começando a ficar mais evidente.

Eles se olhavam nos olhos como se conversassem em meio ao silencio.

-meu pedido ainda está de pé – raditz fala sério a olhando – bom se você ainda me quiser mesmo depois de tudo, porque tudo que eu mais quero no mundo é você tights Briefs.

-claro que eu quero seu idiota – tights fala em meio as lagrimas

O pai de raditz estava agora sério e pensativo. Não importa o que fosse ele teria que aceitar a decisão do filho, pois embora negasse, ele praticamente já era de maior e agora tinha o direito de finalmente escolher, mesmo que ele odiasse todas as decisões dele.

Eles então se juntam ao casal para conversar e por aas coisas em pratos limpos.

-Você será transferido para uma clínica. Bom pelo menos por um primeiro momento para avaliação e depois veremos o pode ser feito – começa o pai dos garotos

Então todos se põe  a conversar para tomar aas medidas

 

 

Já era noite quando goku e tights voltaram para internado juntos. Só veriam raditz novamente no final de semana já que ele ficaria um tempo em recuperação. Goku foi conversar com bardock e tights foi para o seu quarto

-oi  tig e ai? Como ele está?

-agora está bem...Bulma temos que conversar  -- tights fala sentando-se na cama

Sendo acompanhada por Bulma. Então se põe a contar a novidade para a irmã.

Bulma fica surpresa com a revelação da irmã, não podia crer que ela tinha lhe escondido sua gravidez todo aquele tempo, ficou chateada, mas a perdoou e depois a abraçou. 

- Vou te ajudar a cuidar do meu sobrinho - Declarou faceira. 

- Vou adorar irmã! 

- Quando vai contar para os nossos pais? - Bulma pediu pensativa. 

- Amanhã... você vem comigo? Não quero revelar essa notícia sozinha. 

- Pode contar comigo! 

- Obrigada! 

Enquanto isso, um pouco longe dali, em outro prédio, 17 e Pan conversavam abraçados, a respeito do vídeo hilário de Ribrianne. 

- Eu não sabia que sua irmã fosse capaz de uma coisa maligna dessas - Comentou a morena. 

- Pois é, nem eu imaginei, apesar que uma mulher com ciúmes é capaz de tudo, sentimento que nunca 
vi na minha irmã, ela sempre foi fria e calma - Falou o moreno. 

- E você com ciúmes como seria? 

- Não me tente Pan, sou pior do que minha irmã se for traído ou se algum urubu 
arrastar a asinha para você. A pessoa conhecerá o inferno na terra - Revelou 17 puxando a garota 
para um beijo longo. 

- Adoro todo esse perigo, mas vamos mudar de assunto agora! Que tal namorarmos um pouco - Sussurrou Pan ficando no colo do rapaz e retirando sua blusa, ficando somente de sutiã. 

- Belos atrativos mocinha - Sorriu sacana, antes de começar a beijar o pescoço da moça, que gemeu, ao sentir s dedos deles invadindo sua calcinha e depois sua intimidade. 

- Seu tarado... 

- Eu sei que você gosta - Sussurrou antes de desabotoar sua calça. 

E assim, o casal se entregou a mais um momento de diversão e de muito amor. Apesar de 17 ser frio por fora, por dentro era um vulcão, sabia muito bem para quem entregar seu coração e não era qualquer um que ele mostrava isso. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...