1. Spirit Fanfics >
  2. Dragon Flower (interativa) >
  3. Teaser dois; as bochechas rosadas de Minami Nanami

História Dragon Flower (interativa) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Então, não to me aguentando de vontade e escrevi mais um teaser -qq (explicação nas notas finais)

Aquele breve lembrete de quem é quem para ninguém ficar perdido:
- Etsuo Iwamoto é um dos gentlemans da Dragon Flower e aparece no prólogo provocando Mitsuha;
- Minami Nanami é uma personagem enviada, ela é responsável por dar aulas de boas maneiras para os gentlemans na Dragon Flower;

Personagens que foram apenas citados:
- Katsuo é dono da casa Dragon Flower (oc enviado e mais para frente irei falar mais sobre ele);
- Noroi e Kuroi são gêmeos e gentlemans da Dragon Flower, conhecidos por seu comportamento pervertido (também um oc enviado que iremos falar melhor nos próximos teasers ou capítulos)







...

Capítulo 3 - Teaser dois; as bochechas rosadas de Minami Nanami


Nanami respirou fundo. Muito fundo.

 

Era uma jovem mulher de 21 anos, educada, responsável e de boa família. Dominava a arte da dança, das palavras, da cultura e da boa educação. Dotada de uma personalidade agradável e gentil, um jeito único e capaz de cativar qualquer fera indomável — ou melhor, capaz de cativar o mundo inteiro se assim desejasse.

 

Minami Nanami era uma jovem incrível, que não tinha motivos para se envergonhar de nada, mas ainda assim era a moça mais corada de toda Yoshiwara. Um breve comentário sexual, um olhar mais demorado sob seu corpo ou um simples risinho malicioso faziam o coração da jovem bombear sangue desenfreado pelo corpo inteiro, anunciando todo o seu constrangimento como um letreiro luminoso em forma de duas bolas vermelhas nas bochechas.

 

E por esse motivo precisou respirar muito fundo antes de entrar naquela sala para mais uma aula com o gentleman Etsuo Iwamoto, completamente a sós.

 

"Não fique envergonhada, não fique envergonhada", repetiu para si mesma.

 

— Ohayo, Pinku-chan. — Etsuo abriu um enorme sorriso quando Nanami entrou na sala.

 

O rapaz estava deitado de bruços, preguiçosamente no piso de madeira, os pés balançando no ar como uma criança travessa.

 

— Iwamoto-san — ela respondeu formal. — Katsuo pediu que eu lhe aplicasse uma aula extra de boas maneiras devido seu comportamento inapropriado perante Mitsuha-chan e outras clientes.

 

Sentou-se no chão sob os próprios calcanhares, a postura perfeitamente alinhada e imponente, um completo contraste ao companheiro. Concentrada em manter o máximo possível a pose de mulher séria e evitar qualquer assédio por parte do rapaz.

 

— Não entendo por que Katsuo-kun é tão severo comigo — ele falou choroso. — Você me acha uma garoto malvado, Pinku-chan?

 

Nanami poderia começar explicando que o simples fato de a chamar por um apelido tão embaraçoso, uma menção direta a suas constantes bochechas rosadas de vergonha, já era uma maldade. Mas Etsuo, em particular, era conhecido por seu extenso vocabulário sujo e pervertido, perdendo apenas para o gêmeos Noroi e Kuroi, então apesar de sua aparência inocente, ela sabia muito bem o potencial perigoso escondido naquele sorrisinho.

 

— Mas… veja pelo lado positivo, todos sempre temos algo novo para aprender. Quem sabe você não se surpreende e descobre algo realmente empolgante em nossa aula?

 

— Eu concordo — o gentleman deu um pulo animado para se sentar no chão — por que não fazemos uma troca então? Você me ensina boas maneiras e, em retorno, eu também lhe ensino algo. O que me diz?

 

A professora via claramente as garras de lobo aparecendo por baixo do disfarce de cordeirinho.

Na-na-não. Hoje não, Etsuo Iwamoto.

 

— Fico muito feliz com a sua empolgação, Iwamoto-kun, mas é meu dever ensinar boas maneiras e outras línguas aos rapazes da Dragon Flower, não preciso de nada mais em retorno — além de uma boa quantia em dinheiro todo final de mês. — Mas agradeço sua afabilidade. — sorriu com gentileza.

 

— Se você diz…

 

Nanami suspirou aliviada, tudo parecia estar indo bem, sob controle. 

 

— Então vamos começar a aula, por que você não começa me contando que comentário inapropriado aborreceu Katsuo?

 

— Eu apenas falei pra bobinha da Mitsuha que as mulheres vem para cá para trepar, mas não tem nenhum segredo nisso, afinal estamos no Red Light District, certo? — ele falou com naturalidade — ah, também expliquei que jovens moças gostam de pintos e que enquanto ela não tiver um, nenhuma cliente vai dar a mínima pro que ela fala, você não concorda?

 

TU-TUM. O coração o primeiro solavanco. 

 

"Respire fundo, não tem nada de mais em falar sobre órgãos sexuais, essa é a profissão deles".

 

— Nem todas as mulheres estão em busca de… — tentou, mas a palavra não saia de sua boca — pi… — achou melhor tentar outra. — pê… — ainda assim não conseguia — cara… — não, essa definitivamente não. — companhia masculina — suspirou aliviada ao finalmente conseguir encerrar a frase.

 

— Isso é verdade, Pinku-chan, você até que parece saber sobre companhia masculina, ou será que você prefere a feminina? Quem você gostaria que aquecesse sua cama durante a noite? Um homem ou uma mulher?

 

TU-TUM. TU-TUM.

 

— E… Eu…

 

— Já sei! Por que a sensei não me ensina como agradar uma mulher durante a noite? Com certeza seria bem mais útil que uma aula de boas maneiras, por que você sabe, né? As boas maneiras a gente tira junto com o kimono antes de ir para a cama — ele sorriu malicioso. 

 

— N-não! E-eu...

 

— Ou a sensei prefere fazer de kimono mesmo? Talvez em um lugar público como uma sala de aula? Kami-sama, não esperava algo tão depravado vindo de você, devo me preocupar com o fato de estarmos sozinhos? Na verdade, acho que estou até empolgado, por que a sensei não me ensina a...

 

TU-TUM. TU-TUM. TU-TUM. TU-TUM.

 

AAAAAAA!

 

Era difícil dizer se Etsuo interrompeu o falatório pelo tamborilar alto do coração da jovem, ou se por seu gritinho envergonhado.

 

Nanami cobriu as bochechas em ebulição com a palma fria e balançou a cabeça de um lado para o outro como se pudesse afastar toda a vergonha com aquele ato. Neste meio tempo, o gentleman literalmente rolava no chão de tanto rir.

 

— Foi tão fácil que quase não teve graça. Mentira, na verdade teve muita graça sim — continuou a rir.

 

A jovem lhe lançou um olhar feio e então, se permitiu um único ato deselegante, um chute no abdômen do rapaz mais como uma advertência do que de fato para machucá-lo. 

 

— Ai! — Ele colocou as mãos dramaticamente sobre a barriga fingindo dor, mas ainda continuava a rir.

 

— Fique sabendo que irei incluir isso na sua avaliação semanal para Katsuo, tenho certeza que vão te mandar para mais aula como castigo e te cortar privilégios — Nanami declarou emburrada enquanto voltava a se ajeitar no chão.

 

Etsuo parou de rir e voltou a se sentar, agora a uma distância e posição decentes perante a professora.

 

— Justo, eu acho que mereço — ergueu os ombros em um ato de rendição. — Mas você sabe que você é uma gracinha e eu apenas vou me deleitar em passar mais tardes com você, sensei.






 


Notas Finais


YEEEY.

Como eu estou morrendo de vontade de escrever e já tem umas fichas com personagens maravilhosos, eu vou lançar aleatoriamente durante a semana alguns teasers com alguns personagens já enviados, okay?

A primeira escolhida foi a Minami Nanani feita pela @ChoerryMotion. O que rolou nesse teaser não influencia na história, não significa que ela vai fazer par com o Etsuo, esses teasers são só para já ir introduzindo os personagens aos poucos e assim, não precisar colocar todos de uma vez no primeiro capítulo.

É isso, espero que gostem e to muito feliz com quem ta apoiando o retorno de dragão flor e me reenviando esses fichas lindas, muito obrigada <3



obs: eu ia dizer um "eu juro que quando tiver tempo faço os edits para as capas", mas a verdade é que eu estou com muita preguiça e duvido que vá rolar, então me desculpem pela ausência de capas :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...