1. Spirit Fanfics >
  2. Dramione - Lembranças do passado >
  3. Capítulo 6

História Dramione - Lembranças do passado - Capítulo 6


Escrita por: Aline_Lupin

Capítulo 6 - Capítulo 6


Os três se aproximaram da mesa. Hermione lembrou que Louis odiava Draco. Aquilo seria interessante de ver. Mas não queria que seu amigo ficasse irritado, mas tudo era culpa de Harry, por querer socializar com o inimigo.

- Draco - diz Gina, o abraçando.

“Quê?”, pensou Hermione abismada. Louis lançou dardos venenosos com seu olhar em direção a Mione. Ela tentou dizer que aquilo não era sua culpa. Mas não podia, apenas o olhou em súplica. Ele suspirou, terminando sua bebida.

- Não acredito que você veio, eu havia deixado o convite pensando que não viria - Gina diz para Draco.

Hermione a fulminou com o olhar. Como sua amiga pode ter armado isso? Draco, Hermione e Harry se sentaram à mesa. Harry conversava com Louis, que parecia responder no automático. Draco com Gina e Hermione ficou observando tudo, em silêncio. Sentiu a perna de Draco encostar na sua e a mão dele encostar na sua de leve, por baixo da mesa. Ela queria morrer agora. Como iria racionar desse jeito? Ele a olhava de lado, algumas vezes, querendo ver a reação dela. Sabia que ela ainda sentia algo por ele. Queria atiçar seus sentimentos mais profundos, desejava-a para si.

- Então, Draco, como está sua esposa? - pergunta Louis, em tom irônico.

Hermione olha para Louis, implorando que ele pare com o que pensa em fazer. Ele a ignora. Quer espezinhar Malfoy.

- Ela não é mais minha esposa, Louis - Draco responde, seco - E você deve saber, pois vive falando com ela. E afinal, são primos.

- Quem quer tequila? - Gina pergunta, com falsa animação, tentando aliviar a tensão - Eu vou pedir agora uma rodada.

Harry olha eles, sem entender nada. Fita Hermione, tentando saber o que está acontecendo. Ela dá de ombros.

- Eu aceito, Gina. Muito obrigado - Draco diz, gentil.

Gina tenta chamar um garçom para que eles sejam atendidos.

- É claro que falo com ela todos os dias, você a abandonou - Louis diz, não esquecendo da conversa - Gina, pede para mim duas doses.

- Ah...ok... - a ruiva responde, desconcertada.

O garçom se aproxima e ela faz o pedido. Hermione, que está ao lado de Louis, aproxima seu rosto do ouvido dele.

- Pare de provoca-lo. Por Merlin - ela sussurra.

Ele a olha, com sarcasmo.

- Não mesmo, Hermione - ele retruca.

Hermione suspira, irritada.

- Eu não a abandonei - responde Draco, com arrogância - Ela parece contar coisas para você demais e não diz a verdade. Foi ela quem me abandonou. E se gosta tanto dela, por que não se casam?

Harry tosse, sentindo-se abismado. Gina solta uma gargalhada forçada.

- Aí, como você é engraçado, Draco - ela diz.

Ele a fita, sério.

- Não é uma piada - ele diz, seco.

Gina emudece. As bebidas chegam e ela tenta forçar um brinde.

- A nossa felicidade - ela diz.

- Só se for a de Draco, pois agora ele está livre para galinhar por aí - Louis provoca e toma sua tequila de uma vez.

Draco se levanta. Hermione sente sua energia tensa e perigosa. Ele encara Louis, com raiva.

- Repete o que você disse - vociferou.

Louis, sem se abalar, dá de ombros.

- Eu só disse a verdade - ele diz, encarando-o em desafio.

Draco o agarra pela camisa, fazendo o ficar de pé. Ele olha Louis, com desprezo.

- Se você quer uma briga, é o que vai ter.

Louis gargalha, está bêbado por tanta bebida ingerida.

- Seu soco é horrível, Malfoy. Nem vale a tentativa.

Draco respira fundo, tentando se controlar.

- É um covarde - Louis provoca.

- Louis para com isso - Hermione fala.

- É Louis, já chega - Gina diz.

Harry se levanta e toca no ombro de Draco.

- Relaxa, Malfoy. Ele só está bêbado.

Draco assente e se vira para sair. Irá embora para não causar nenhum dano e não envergonhar Hermione.

- Eu disse que era um fraco - Louis insiste em provoca-lo.

O primeiro soco veio sem que Draco percebesse. Louis caiu para trás e se apoiou na mesa ao lado. Ele se recompõem e parte para cima do loiro com um chuto, acertando o estomago de Draco. Ele sente a falta de ar pelo impactado, mas logo se recupera. Os dois se acertam e desviam. Hermione começa a gritar para que parem. A briga começa a ficar intensa e Louis saca sua varinha. Sangue escorre da sua boca e nariz. O mesmo acontece com Draco. Ele usa um estupefaça para jogar Draco longe. Ele voa até o palco e bate a cabeça, ficando desacordado. Harry segura Louis pelo braço, dando uma chave de força nele e retirando sua varinha. Os guardas do lugar aparecem e os expulsam. Hermione corre até Draco, que está tentando se levantar. Ela acaricia seu rosto, preocupada.

- Você está bem? - ela pergunta.

- Estou bem melhor agora - ele diz, sentido dor ao falar. Parece que um trem passou por cima dele.

- Sério? Mas você perdeu feio - ela brincou.

Ele riu, sentindo as costelas doerem.

- Eu estou bem porque estou vendo um anjo, Hermione. Você é meu anjo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...