História Dramione e Gitt - O jogo do prazer - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Hermione Granger, Luna Lovegood, Theodore Nott
Tags Bluna, Dramione, Gitt
Visualizações 292
Palavras 1.235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Essa noite


Fanfic / Fanfiction Dramione e Gitt - O jogo do prazer - Capítulo 10 - Essa noite

Não, eu não posso ficar longe
Agora estou te implorando para ficar.

(Fire breather - Laurel)

Draco carregava Hermione em direção ao seu quarto no salão comunal dos monitores, ele ainda podia sentir o desespero correndo em suas veias enquanto a garota se aninhava em seu peito. Assim que entrou no quarto ele colocou a menina de pé para fechar a grande porta de madeira de seu quarto, ele ainda sentia a raiva e o medo em seu corpo, a dor e o desespero o corroendo cada vez mais, o fazendo andar de um lado para o outro.

— Draco...- Hermione tentou chegar mais perto do garoto que se afastou.

— Você tem noção oque poderia ter acontecido ali Hermione?! - ele perguntou fechando os olhos, sentindo a raiva o consumindo novamente - Você tem noção oque ele poderia ter feito com você?!

— Draco, eu estou bem - ela tentou se aproximar novamente - Draco eu estou aqui.

— Mas e se não estivesse?! - ele gritou - Me responde Hermione? Você tem noção de como eu ficaria se algo acontecesse com você? - ele perguntou passando a mão em seus cabelos nervosamente. - Céus, eu ia mata-lo se algo acontecesse com você. - ele disse para si mesmo fazendo Hermione se aproximar dele - Eu vou mata-lo ainda.


— Draco...- Hermione disse segurando seu rosto carinhosamemte, fazendo o garoto a encarar finalmente. - Eu estou aqui, graças a você eu estou aqui. - ela disse vendo os olhos negros do garoto voltar a ficar cinzas. - eu estou aqui com você Draco.

Draco voltou ao seu corpo novamente, Então seus olhos se cruzaram, foram lentamente se aproximando, até que numa dose de doce paixão seus lábios se encontraram, foi como se os corpos não obedecesse mais, não resistia aquele encontro de desejos. A força do amor era mais forte que eles, o céu parecia ter descido sobre eles. Hermione não podia conter a alegria de beijar o homem que a ela mais queria beijar essa noite.

Ela sorriu e ele a beijou com pressa e gemeu enquanto sentia os seios dela roçarem em seu peito, afastando os cabelos da castanha ele fez a trilha de beijos de seu pescoço até seu ombro, fazendo a castanha gemer baixinho e puxar os cabelos loiros do garoto. Draco então prensou Hermione de costas na parede a beijando e modiscando seu pescoço com vontade, fazendo a menina arfar cada vez mais. Draco desceu as mãos para a lateral do vestido onde encontrouno ziper, o descendo devagar e esperando algum protesto da castanha, que não veio. 

Hermione então afastou-se do garoto, e o desespero surgiu novamente ao corpo de Draco que pensava que havia algo errado, ele levantou a cabeça pronto para se desculpar com Hermione quando surpreendeu-se com oque viu. Hermione pousou a sobre o vestido apenas para desce-lo, dando a visão de seu corpo apenas de langerie preta, fazendo os olhos do garoto se iluminar com tal visão. 

Draco puxou Hermione e a beijou com fervura, Hermione acariciava os cabelos loiros dele, enquanto Draco a acariciava na cintura. Seus corações batiam acelerados, pois estavam muito felizes em sentirem, novamente, o gosto de suas bocas, suas línguas se massageavam de forma sensual, deixando o beijo mais intenso.

Quase sem fôlego, Draco apartou suas bocas e baixou os beijos para o pescoço de Hermione, despertando nela aquela excitação que sempre sentia ao sentir os beijos dele. Ainda beijando seu pescoço, ele deslizou as mãos da cintura dela para o bumbum, apertando-o por cima da langerie. de vez em quando, mordia o pescoço dela, fazendo-a soltar leves risadinhas misturadas com gemidos. Lentamente, abaixou a as alças do sutiã, beijando-lhe o ombro e destapando seus seios. Ele parou de beijá-la e ficou admirando aqueles seios redondos, fartos e belos. Levou as duas mãos neles e acariciou-os carinhosamente, olhando para Hermione, que soltou um gemido jogando a cabeça para trás. Sorriu ao ver aquela cena e ficou brincando com os mamilos.

Hermione, excitada e envergonhada, pôs as mãos em cima das dele, fazendo-o apoderar-se de seus seios. Excitado com aquele gesto, soltou um gemido oprimido. Draco sorriu e uniu seus lábios. Hermione apartou o beijo e tirou a camiseta dele, começando a beijar-lhe o pescoço e descendo cada vez mais, tirou-lhe as calças, deixando-o apenas de cueca. Ele puxou-a para um beijo repleto de desejo e tesão, onde lhe apertou o seio direto e o bumbum, fazendo-a morder seu lábio inferior.

Hermione deslizou as mãos pelas costas dele, arranhando-a, Draco sorriu, pois amava o atrevimento vergonhoso dela, pois não era vulgar. Hermione já começara a sentir a ereção dele roçar em sua barriga, o que a deixou corada e excitada. Draco a pegou no colo a levando até sua cama, onde a admirou o corpo da castanha, fazendo a mesma corar violentamente.

— Você é perfeita...- ele sussurou deslizando sua boca pelo corpo dela, passando a língua por cada parte. Ao chegar na calcinha, olhou para cima e encontrou Hermione de olhos fechados estasiada pelos seus toques, Sorriu com a visão. Mordeu a calcinha e começou a tirá-la, com ajuda das mãos que deslizavam a mesma por trás. 
Hermione não conseguia mais raciocinar e seus sentidos estavam mais aguçados do que nunca. Draco beijou-lhe o interior das pernas, tirando-a do sério. Levantou-se lentamente, passando a língua pelo corpo dela e, ao estar em pé, introduziu dois dedos na intimidade de Hermione, arrancando dela um gemido oprimido.

Ele brincava com o clitóris dela, fazendo movimentos de cima para baixo e de um lado o outro. Os gemidos que Hermione soltava, logo foram abafados por um beijo de Draco. Ele, ainda beijando-na, pressionou mais ainda seus dedos naquela parte, fazendo-a soltar um gemido rasgado que nem o beijo não pode abafar. Ali ele ficou brincando até que ela gemeu e derreteu em sua mão. Abriu os olhos e viu-a respirando ofegantemente. Hermione sentiu suas pernas bambas e, se ela não estivesse na cama teria se deixado cair no chão.

Draco tirou o restate de suas vestes e em seguida subiu novamente para cima de Hermione. Beijando-a carinhosamente ele olhou em seus olhos a viu assenti na cabeça para ele continuar. Draco depositou um beijo em sua cabeça antes de pegar sua mão e se posicionar na entrada de Hermione, impulsionando para frente. Ele era grande, rijo, e ela estremeceu antes de gritar de dor, fazendo draco parar e encara-la.

— Continue...- ela sussurou de olhos fechado, fazendo ele começar movimentos lentos, e Hermione começar a gemer baixinho em seu ouvido. Draco já estava perdendo o controle com a castanha apertada em baixo de si.

Com a respiração acelerada ela entreabriu os olhos enquanto gemia baixinho e logo ele foi aumentando o ritmo dos movimentos e ela jogava a cabeça para trás sentindo as caricias que ele fazia em seus seios.

— Draco...mais - ela pediu com a voz falha, enquanto Draco começava a dar estocadas mais fortes. 

Ambos os dois beijavam o pescoço e gemiam no ouvido um do outro. Sentindo o ápice do prazer dominar seus corpos, Hermione mordeu o ombro de Draco e gemeu alto, cerrando os olhos e segurando os cabelos dele, deixando-se derreter no corpo do Sonserino. Percebendo que ela atingira o orgasmo, Draco foi atrás do seu, que chegou após mais dois movimentos.

Os dois tinham o coração acelerado, a respiração agitada e o corpo coberto de suor. Eles ficaram quietos, se acariciando, esperando que seus corpos, que ainda estavam anestesiados, voltassem ao normal e adormecerem abraçados.

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...