História Dramione e Gitt - O jogo do prazer - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Hermione Granger, Luna Lovegood, Theodore Nott
Tags Bluna, Dramione, Gitt
Visualizações 74
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Em uma semana ou talvez em um mês.


Está ficando tarde para me livrar de você. Eu tomei um gole, do copo do demônio. devagar, vai tomando conta de mim (Toxic — Yaël Naïm)

Pov Hermione :

Depois que professora Mcgonagall saiu do salão, eu subi em direção ao meu novo quarto e bati a porta. Céus, ficar no mesmo local que Malfoy não seria nada facil. Ainda mais agora que ele deu para fazee joguinhos de sedução, e minha mente não ajuda muito o imaginando.

— Granger? - Malfoy me chamou atrás de mim.

— Você não sabe bat...- as palavras sumiram de minha boca assim que me virei e encontrei Malfoy apenas com uma toalha em sua cintura, e uma em sua mão que estava secando seu cabelo. Deixei meu olhar cair sobre seu corpo masculo, os anos de quadribol o fez muito bom...Céus Hermione, oque merda está pensando? Encontrei o olhar do loiro que estava sorriso sacana para mim, corei violentamente ao ser pega olhando para o mesmo. - Oque quer Malfoy?

Ele não me respondeu, apenas foi no banheiro e voltou trazendo consigo um lencinho na mão, e me entegrou, frazi a testa de imediato e olhei para ele de forma interrogativa.

— É pra você limpar a baba, que está descendo. - ele deu risada e eu fiquei vermelha - Sei que sou gostoso Granger, não precisa ficar me lembrando me olhando assim.

— Você é um nojo Malfoy! - eu joguei o travesseiro que estava em minha cama em sua cara.

— E verdade Granger? - ele disse se aproximando de mim com um sorriso malicioso, eu fui me afastando até chegar em uma parede, porquê sempre as paredes estão contra mim? - Não me lembro de você dizendo isso naquela noite no banheiro - ele disse indo em direção ao meu pescoço - Lembro-me perfeitamente de você me apertando, suspirando...é o mais engraçado, gemendo baixinho em meu ouvido.

— Não é verdade! - menti na cara dura tentando empurrá-lo.

— É verdade sim Granger, - ele disse mordiscando meu pescoço e em seguida levantando minha perna até sua cintura, mordi meu lábio com tanta força que eu ja podia sentir o gosto de sangue em minha boca. - E quando eu te fizer gemer, você vai saber que é verdade.

E me beijou, não sei oque diabos estava dando em mim porquê eu correspondi na mesma hora. Coloquei minha mão em seu cabelo loiro puxando para mais perto de mim, enquanto ele me apertava mais na parede, fazendo-me gemer em sua boca. Senti sua mão gelada entrando por baixo de minha blusa subindo em direção aos meus seios, foi na hora que voltei a realidade do que eu estava fazendo novamente e o empurrei.

— Não...- eu respondi por um fio o empurrando devagarinho.

— Tudo bem Granger, - ele sorriu e eu estranhei - mas dentro de uma semana, talvez um mês, você vai estar em minha cama, ofegante e a beira de um orgasmo.

O loiro piscou para mim sorrindo e saiu do meu quarto indo para o seu. Me sentei em minha cama, passando as mãos pelos meus cabelos, oque eu estava fazendo?! Era a segunda vez que eu estava de pegação com Malfoy.

Meu coração começou a bater enlouquecidamente, ele estava tentando seduzi-la e estava concluído a tarefa com exito. Tudo oque meu corpo implorava era que ele me tocasse, porem, minha cabeça gritava desesperadamente para que eu me controlasse.

Pov Gina :

Minha cabeça martelava, porquê diabos Harry Potter estava ao meu lado perguntando se eu queria acompanha-lo ao baile? Estava tentando brincar comigo de novo? tentar fazer toda aquela palhaçada do ano passado de novo?! Olhei para o garoto ao meu lado que sorria para mim esperando uma resposta.

— Então Gina, você quer me acompanhar ao baile ? - ele perguntou novamente, e quando eu estava prestes a responder, alguém me interrompeu.

— Sinto muito em lhe informar - Theo disse se sentando ao meu lado, e me puxando pela cintura para perto dele. - Que Gina ja têm par para o baile.

— Quem séria? - Harry perguntou debochado, ele ainda me via como aquela garota do ano passado?!

— Eu mesmo - ele disse sorrindo e me dando um beijo em minha testa.

— Mas...- Harry olhava para nós chocado - o baile é para ir com alguém que goste, então ela deveria ir comigo.

— Mas quem disse que eu gosto de você Potter? - eu perguntei debochada - Está vivendo no passado?

Ele nada respondeu, apenas se levantou da mesa. Pude ver seu rosto vermelho de raiva saindo do salão principal e comecei a dar risada com Nott que me acompanhava.

— Ótimo, agora você vai ser obrigado a ir ao baile comigo. - respondi revirando os olhos

— Não será nenhuma obrigação Gina - ele disse mordendo sua maçã - Vamos fazer isso direito.

Nott se levantou e saiu do salão principal me deixando sozinha sentada, olhei para o garoto que de forma interrogativa e voltei a atenção para meu bolinho, ainda tentando entender oque diabos Nott estava fazendo.

— Ginny, estou aqui porquê... - era Nott que tinha retornado e se sentado do meu lado novamente - Gostaria de saber...se você quer me aconpanhar ao baile? - ele sorriu de lado me fazendo dar risada, céus, Nott era muito perfeito para ser verdade.

— Sera uma honra lhe acompanhar ao baile. - respondi sorrindo e entrando em sua brincadeira.

— Otimo - ele disse sorrindo e pegando novamente sua maçã - Escolha um vestido bem bonito, sei que qualquer um vai lhe deixar explendida de todo jeito. - ele disse antes de se levantar e me dar um beijo em minha bochecha e sair andando para fora do salão novamente.

Sorri bobamente e voltei a comer meu bolinho, por um momento eu não me arrependi de ter conhecido Harry ou de ter sido machucada por ele. Pois se não tivesse sido machucada por ele, eu não estaria chorando na torre de astronomia e nem conhecido o melhor lado de Theodore Nott naquela noite, que me mostrou a vida de um jeito diferente.

Pov Draco :

Eu estava sentado nas arquibancadas no campo de quadribol ao lado de Nott, que estava tomando seu suco e fazendo um barulho irritante com o canudo. Meus pensamentos de repente foram para a castanha que se encotrava ao lado do meu quarto, não vou mentir, Hermione estava me deixando louco esses último dias, não sabia oque estava acontecendo comigo, mas eu só sossegaria depois que a mesma estivesse em minha cama. Aliás, ninguém resiste ao Malfoy mesmo.

— Qual é a sua com a Granger? - Nott perguntou de repente me fazendo o encara-lo

— Como assim ? - me fiz de desentendido

— Só um idiota não teria percebido que aconteceu algo entre os dois - ele disse tomando mais um gole de seu suco - Percebi sua reação quando eu falei do chupão, eu te conheço, aposto que se blas estivesse na hora perceberia também.

— Gina não percebeu. - ele disse sorrindo

— Ei, não estanos falando da Gina! - ele disse me encarando - agora me diga qual é a sua com a Hermione.

— Escute oque eu estou lhe dizendo, até o final do mês Hermione vai estar em minha cama até o final do mês, aliás todo mundo sabe que todas se jogam aos pés do Malfoy - eu disse convicto

— Devo lhe lembrar que Hermione não é todas. - ele respondeu voltando a tomar seu suco.

— E qual é a sua com Gina ? - perguntei fazendo o mesmo se engasgar e derrubar o suco de abóbora em sua camisa branca.

— Oque? - ele disse se recompondo - De que diabos você está falando?

— De você e a Gina...- eu sorri para a cara de espanto do garoto.

— Ela é minha melhor amiga, apenas isso - ele disse voltando sua atenção para o campo vazio.

— Tem certeza? Oque eu vi esses dias foi muito comprometedor. - joguei um verde.

— Malfoy, você não pode contar para ninguém! - ele respondeu e eu arregalei os olhos. depois de alguns minutos o garoto se tocou do meu joguinho e fechou os olhos se amaldiçoando baixinho.

— Você está dizendo que transou com a Gina? - eu perguntei me virando para ele - responde Nott.

— Sim, okey? Transamos - ele respondeu suspirando - Eu fui o primeiro dela.

— Você oque Theodore? - arregalei os olhos - Você está apaixonado por ela?

— Oque? Não - ele respondeu rapido e sorrindo - somos apenas amigos.

— Amigos que transam - eu disse eu sorri, pela primeira vez eu vi Theodore Nott sem jeito. - Tudo bem, esse assunto não sai daqui.

— Ótimo...- ele disse - e eu falo sério quando digo que somos apenas amigos, nunca vai passar disso.

— Se você diz. - Respondi ficando queito.

Voltei minha atenção para o campo vazio, e de longe vi uma garota saindo do banheiro masculino onde tomavamos banho depois do treino, ela olhava ao redor arrumando seus cabelos e sua saia. Reconheci quem era na hora que a garota voltou a andar indo em direção ao castelo, reconheceria o andar dela de longe. Mas uma coisa que me deixou curioso e chocado, era Neville Longbottom que saiu logo atrás abotoado sua camisa.

— Cara aquela era a pan e o Longbottom?! - Nott perguntou incredulo, depois que Neville saiu.

Oque diabos pansy estava fazendo em um banheiro sozinha com Longbottom?

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...