História Dramione e Gitt - O jogo do prazer - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Gina Weasley, Hermione Granger, Luna Lovegood, Theodore Nott
Tags Bluna, Dramione, Gitt
Visualizações 72
Palavras 3.735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Vestidos


Pov Hermione :

Senti a claridade em meu rosto e gemi em frustração e tentei me virar, quando senti uma mão em valto de minha cintura, arregalei os olhos assim que reconheci de quem era. Tentei tirar a mão do garoto de minha cintura cautesolamente, sentindo ele me apertar mais. Bufei pelo nariz e o empurrei com força, fazendo o mesmo cair da cama.

— Oh meu Merlin, draco - eu disse espiando pela brecha da cama.

— Droga, Granger - ele disse deitado no chão - Oque deu em você?

— Você não me soltava! - bufei irritada

— Duvido - ele disse se sentando na cama - Aposto que você só estava fazendo isso porquê queria me agarrar, e eu por acaso me mexi.

— Não diga asneiras malfoy, - eu disse revirando os olhos - aposto que seja você que queira ficar perto de mim. - sorri maliciosa pela primeira vez para um garoto, céus.

— A-agora, você que está dizendo asneiras. 

— Tem certeza Malfoy? - eu perguntei abaixando a alça da minha camisola lentamente, enquanto os olhos do loiro vibravam em mim - você estava falando asneiras?

— Eu estava, estava sim - ele disse olhando para a alça da camisola que descia.

— Você é um idiota - eu disse arrumando minha camisola e me levantando para sair do quarto - A propoisto, muito obrigado por ontem. 

— Não tem de quê - ele disse depois de se recompor - Alias, a porta do meu quarto estará sempre aberta para você. - ele disse malicioso e eu revirei os olhos.

Voltei para meu quarto e fui até a comoda pegando meu uniforme e o deixando separado em cima da cama, fui para o banheiro, precisava de um banho relaxante e quentinho. Abri o chuveiro deixando a água quentinha cair sobre meu corpo, deixando meus musculos relaxarem e todo peso ir embora pelo ralo. Apos sair do chuveiro, fiz minha higiene pessoal e sai do banheiro, encontrando Ginny sentanda em minha cama.

— Ginny. - disse sorrindo para minha ruiva. - Já está sentindo minha falta não é?

— Sempre - ela gargalhou - Temos que ir a Hogsmeade, escolher nossos vestidos.

— Vestidos? - perguntei sem entender, pegando minha roupa e indo em direção ao banheiro, vestido a mesma rapidamente e voltando para o quarto.

— O baile mione - ela disse fazendo-me bater a mão em minha testa - Oque houve ?

— Ainda não tenho par...- eu disse corando.

— Não por falta de pretendes. - ela disse e eu fiz uma cara de interrogação - Fiquei sabendo que McLaggen está tentando lhe convidar a dias. - Sorri mentalmente e corei, Afianal McLaggen era um dos garotos que eu achava mais bonitos.

— Você deve está se enganando...- eu disse sem jeito.

— Acho que não, ele até veio me pedir conselhos de como lhe convidar - ela disse e eu sorri - Nunca vi McLaggen tão nervoso, até parece que ia lhe pedir em casamento. 

— Então...- sorri tentando mudar de assunto - Quem foram seus pretentes?

— Harry me chamou para ir ao baile...- ela disse e eu arregalei os olhos, por mais que ele seja meu amigo, ele havia se tornado um completo idiota. 

— Você não aceit...- a ruiva me interrompeu de pressa.

— Não, preferia ir com a lula gigante. - ela disse revirando os olhos.

— Bem, com quem você vai então? - perguntei vendo um sorriso em seus labios.

— Nott... - ela disse e eu ergui uma das sombrancelhas - Merlin sabe oque quanto as Nottranhas estão atacadas comigo. 

— Nottranhas? - perguntei confusa e rindo.

— O nome que eu dei para as seguidoras de Nott - ela disse e eu gargalhei - Estão me odiando até agora.

— Gina? - Perguntei sentando na cama - Está gostando de Nott?

— Oque? Não! - ela disse rapidamente rindo - Já lhe disse, somos apenas amigos.

— Tudo bem... - respondi sorrindo de seu nervosismo.

— Gosta do Draco? - ela perguntou e eu arregalei os olhos.

— Ora Gina...não pergunte asneiras.- eu disse sem jeito - Vamos, ainda temos aula e a reunião hoje a tarde.

Eu disse a puxando e tentando mudar de assunto, espero que Malfoy tenha morrido enquanto dormia, porquê não aguentaria suas brincadeirinhas se ele tivesse escutado oque ginny falava.

— Céus, Merlin me dê paciência para aturar mais uma reunião com vocês discutindo e discordando de tudo. - ela disse revirando os olhos e eu gargalhei a puxando do salão.

Autora Narrando :

A tarde ensolarada na escola, fazendo os alunos ficarem em volta do terreno da escola, ou na grama. O silêncio abtava ao redor de Hogwarts criando um clima calmo e gostoso. Exceto em uma sala, onde seis alunos discutiam alto e provavelmente qualquer pessoa que passase por ali iria escutar os gritos.

— Já chega - Hermione bateu as mãos na mesa, fazendo todos a olharem - Vamos seguir a ideia de Zabini e fazer a festa na praia.

— Eu disse que minha ideia era a melhor - O moreno disse convecido, fazendo Gina que estava sentado em sua frente revirar os olhos.

— Não se acha não, gatão.

— Ta vendo - ele disse sorrindo - Vocês até admitiram que eu sou gato. - o moreno disse lançando um olhar malicioso para Gina.

— Ja chega desse papinho, estamos fugindo do foco. - Pansy disse, os interrompendo Gina que ia abrir a boca para falar.

— Eu achei otima a ideia de Blas - começou Nott com um sorriso malicioso começando em seus labios - Afinal, eu adoraria ver as garotas usando aquele biquínis. 

— Você só está falando besteiras hoje Theodore! - Gina revirou os olhos bufando pelo nariz. - Voltando ao assunto, eu pensei em alugarmos uma casa na praia e fazer as três festas lá.

— Eu ja disse que você é brilhante Gina? - Pansy disse animada olhando para a nova amiga - Está decidido, vamos fazer a primeira festa na praia.

— Mais eu não concordei com nada ainda! - Draco disse, fazendo todos revirarem os olhos.

— Então, nos diga qual sua ideia draco? - Hermione perguntou tentando ser paciente com o loiro em sua frente.

— Eu gostei da idea de vocês, só não queria terminar a nossa "reunião" sem falar nada. - Ele disse e todos reviraram os olhos - Que foi?

— Nada Malfoy - respondeu Pansy pegando seus material - Tenho que ir, tenho muita coisa importante para fazer hoje.

— Tipo se encontrar as escondidas com o Longbottom Pan? - Draco susurrou no ouvido da morena, fazendo ela arregalar os olhos.

— Não sei dê que está falando Malfoy - Ela disse se levantando - Até mais pessoal.

— Oque deu nela? - Blas perguntou ao ver a amiga sair quase correndo da sala.

— Coisas de garotas blas - Draco disse batendo no ombro do amigo, e blas o olhou confuso.

— Pessoal, eu e Ginny temos que sair. vejo vocês aqui amanhã! - Hermione disse mandona saindo da sala puxando Gina, antes que Nott e Draco abrisse a boca para perguntar qualquer coisa.

— Então...- Draco começou - Só sobrou a gente né? - Disse Draco sorrindo.

— Nott, Draco...- ele começou sem jeito - tem essa garota sabe, e eu, bem...

— Oque tem a  Di-lua Blas? - Theo perguntou fazendo o moreno arregalar os olhos.

— Espera, como você sabe?

— Está escrito em sua testa - Draco riu pelo nariz - Gosta dela?

— Não, claro que não - ele respondeu rapido - Apenas queria leva-la ao baile.

— Hm...- ele disse meio desconfiado - Okey, vamos treinar.

— É serio isso? - o Nott perguntou rindo vendo Draco sério. - Está falando serio mesmo?

— Estou, precisamos ajudar o idiota do zabini. - Ele disse se virando para o moreno - Finja que eu sou a Di-Lua. - Disse Draco, fazendo Nott gargalhar alto

— Vai ser meio dificil, Luna não é feia assim. - Theo disse dando risada.

— Fala serio Theodore! - ele revirou os olhos e se virou novamente para Zabini - Vamos, convide-me para o baile.

— Luna, eu queria saber se você...- ele disse pensando na loira - se você...bem..se você quer me acompanhar ao baile?

— Claro que sim Zabini, quem resistiria ao charme do negão - disse draco e em seguida gargalhando - Vamos deixar de ser idiotas, e você? - o loiro disse apontando para o moreno - Vá convidar a Luna antes que thomas da corvinal a convide-a. 

Ele disse e o moreno se levantou em um pulo indo em direção a porta.

— Não gagueje tanto blas - gritou Nott e viu o amigo levantar o braço lhe mostrando o dedo do meio. - Assim você fere meu coração Blasizinho. - ele fez biquinho assim que o moreno revirou os olhos e fechou a porta e sumiu, a procurando da loira do mundo da lua.

...oOo....

Gina e Hermione animadas a procura de pansy pelos corredores, afinal, iriam a Hogsmeade escolher os vestidos. As garotas tagarelavam enquanto os garotos passavam a observando, eles não podiam negar, elas ficaram as mais bonitas do colégio. Continuaram andando até encontrar Pansy sentada em um dos banquinhos no corredor, correram até a morena que sorria bobamente para a parede, como se estivesse vendo uma constelação de estrelas.

— Pan, até que enfim te encontramos. - Gina disse se sentando ao seu lado junto com Hermione - Onde estava?

— No céu. - ela respondeu sorrindo, ainda olhando para parede. fazendo Hermione e Gina se entreoljarem confusas.

— Oh, e como é a sensação de chegar lá? - Gina perguntou erguendo uma das sombrancelhas.

— Prazerosa - ela respondeu suspirando - Muito prazeroz...- a garota parou assim que percebeu oque estava dizendo - Mais que diabos, Oque estão fazendo aqui?

— Estavamos te procurando para irmos a Hogsmeade, mas vemos que você estava muito ocupada alcançando o céu. - a ruiva riu do rosto vermelho da morena em sua frente.

— E com quem você estava no céu Pansy ? - perguntou Hermione entrando no joguinho da ruiva.

— De que vocês estão fal....- ela foi interrompida por uma voz grave e rouca em sua frente.

— Hermione? - Era cormaco  McLaggen que estava em sua frente, e parecia bem nervoso.

— Sim? - respondeu a morena simpática.

— Eu...bem...- ele começou sem jeito - E-u que-queria saber se você....se você.....- ele fechou os olhos respirando fundo - Se você quer ir ao baile amanhã comigo. - o garoto disparou nervoso, as meninas deram risadinhas baixa do nervosismo do garoto. Qualquer um que precensiasse essa cena diaria que não era o verdadeiro Comarco  McLaggen, por conta do nervosismo.

— Bem...- ela disse apreensiva vendo o nervosismo do garoto aumentar - Claro, porquê não? - ela sorriu simpatica para o garoto, que pegou sua mão e depositou um leve beijo e saiu quase pulando.

— Me diga oque diabos aconteceu aqui? - perguntou pansy ainda olhando o garoto que caminhava alegremente pelo corredor.

— Parecia que ele ia desmaiar a qualquer momento - Gina deu risada fazendo Hermione revirar os olhos.

— Bobagem - Hermione disse as puxando para fora do castelo, para irem ao seus destinos.

Assim as garotas fizeram suas compras, depois de horas discutindo e provando vestidos elas conseguiram achar um perfeito, já pansy...estava pra explodir de raiva, não encontrava nenhum vestido que lhe agradava. Então no meio de muitos ela achou um verde com detalhes, aberto nas costas. A garota sorriu sastifeita, ela ainda mataria Neville do coração.

...oOo...

Pov Gina :

Andei em passos apressados pelo corredor, segurando a sacola onde se encontrava meu vestido, não pude deixar de sorrir, eu estava feliz. Mas meu sorriso sumiu do rosto assim que virei o corredor e dei de cara com Potter mais a frente, revirei os olhos e passei por ele em passos apressados, quase me fundido com a parede ao meu lado.

— Eu não mordo viu Ginevra. - ele disse ainda encostado no lado direito da parede - Só se você quiser.

— Vá se fuder Potter. - falei sem pensar, eu não era uma garota que falava palavrões, mas Harry me tirava do sério.

— Só se for com você! - ouvi ele responder atrás de mim debochado, revirei os olhos e continuei andando.

Entrei no salão comunal dos monitores, encontrando Nott e draco jogando conversa fora, coloquei meu vestido no canto do sofá e sentei ao lado de Nott, colocando minhas pernas em cima do mesmo.

— Onde estava? - ele perguntou curioso.

— Fui fazer compras com as meninas, o baile já é amanhã Theo. - respondi olhando o mesmo - espero que sua roupa ja esteja dentro do seu armário.

— Ginny - ele me chamou depositando sua mão em meu joelho - Eu sou Theodore Nott, fiz isso muito antes de você.

— Okey, senhor Nott - revirei os olhos e me virei para draco - Já te par Malfoy?

— Tive que escolher. - ele respondeu convecido - A fileira de garotas que tinha em minha frente, olha...tenho que dizer que foi difícil.

— Quem foi a sortuda? - perguntei debochada.

— Daphne Greengrass. - ele respondeu sorrindo torto

— Credo Malfoy - fiz cara de nojo - A loira mais tagarela da escola.

— Ela não vai falar muito. - ele disse sorrindo malicioso - a boca dela vai estar ocupada, fazendo outras coisas.

— Você é um nojo. - eu disse rindo e jogando a almofada ao meu lado nele.

— Hermione diz isso toda hora - ele disse revirando os olhos. espera...desde de quando ele a chama pelo nome? - não precisa ficar me lembrando.

— Falando na mione...- eu disse e o loiro voltou seu olhar para mim - Vocês não sabem quem a chamou para o baile.

— Quem? - perguntaram os dois juntos.

— Comarco McLaggen - respondi vendo draco fechar o sorriso que estava em seu rosto, oque não passou despercebido por Nott.

— Oque? - ele perguntou incredulo - Oque McLaggen quer com a Granger?!

— Provavelmente dar uns amassos nela. - Nott respondeu com um sorriso provocativo.

— Então é por isso que Potter vive atrás da Weasley fêmea? - o loiro revidou, e o lindo sorriso de Nott sumiu de seu rosto.

— Ei, oque está acontecendo aqui garotos? - perguntei a eles, e os dois voltaram seu olhar para mim, notando que eu ainda estava aqui.

— Estamos apenas...- draco começou procurando as palavras certas.

— Descontraindo. - Nott terminou com um sorriso falso em seu rosto.

— Que tal mudar de assunto? - perguntei.

— Verdade - disse draco me encarando com um sorriso em seus labios - não pude deixar que Potter tem tentado se reeproximar de você...ele anda falando algo com você?

Ele perguntou olhando para Nott, que o olhava sério.

— Aquele testa rachada não perde a oportunidade de tirar uma com minha cara - eu respondi bufando pelo nariz - quando eu estava vindo para cá, mandei o mesmo se foder e sabem oque ele me respondeu? Que só iria se fosse comigo. - cruzei os braços irritada, enquanto o loiro em minha frente gargalhava, e Theo continuava calado.

— Apenas o ignore - ele disse se levantando e indo em direção a porta - talvez uma hora ele pare...ou não. - ele deu risada e saiu batendo a porta, olhei para o garoto ao meu lado que continuava calado com a cara feia.

— Oque aconteceu? - eu perguntei e ele continuou quieto, olhando para frente - Estou falando com você Theodore!

Mas ele ainda não me respondeu, e continuou olhando para frente, como se eu não estivesse ali. Fiquei o observando confusa, não sabia oque ele tinha, uma hora estava rindo e agora estava emburrado?! Vai entender. meus olhos escorregaram para seu corpo, sua camisa estava entreaberta e sua gravata verde frouxa e seus cabelos bagunçados, o deixando mais sexy que o normal. Mordi o labio inferior ao lembrar daqueles labios nos meus, ora me mordendo, ora me beijando. 

— Theo...- o chamei novamente e nada, revirei os olhos e tirei minha gravata, em seguida comecei a desabotoar minha blusa a abrindo em seguida. Me pus a sua frente e sentei em seu colo, o garoto me olhou confuso.

— Oque está fazendo Gina? - ele perguntou mas dessa vez foi eu que não respondi, simplesmente eu enlacei minha gravada com as mãos e passei em volta de seu pescoço o puxando para mim e colando meus labios aos seus. Comecei o beijar ferozamente, e o desejo que em segundos atrás estava começando quando eu apenas o observava, aumentou em questão se segundos. Meu quadril tomou vida propia começando um ritmo lento no colo do garoto em minha frente. Senti as duas mãos
do garoto descer até minhas nádegas apertando com força, comprimiu mais ainda a ereção já completamente no auge contra meu sexo. Gemi em sua boca e senti o garoto me apertar cada vez mais.

Nott desceu seus beijos para meu pescoço dando mordinhas no mesmo, levei minhas mãos ao seu cabelo puxando e em seguida arfando. Senti falta dos toques do garoto sobre meu corpo, de sua boca contra minha, de seu corpo no meu me fazendo alcançar o céu. Sorri ao sentir ele me deitar com tudo no sofá e ficar por cima de mim tirando sua blusa.

Tremi quando senti ele chupar meu pescoço com avidez.

— Theo...

Gemi ao sentir as mãos dele mergulhando por baixo da minha blusa e alcançando a minha pele quente, em seguida ele tirou minha blusa e parou uns segundos observando meus seios sobre o sutiã azul de renda. Ele foi descendo os labios por meu pescoço até chegar ao meu sutiã, sua mão foi para trás de minhas costas o abrindo e seguida o jogando em um canto qualquer da sala, gemi ao sentir sua boca sugando meu seio, enquanto sua mão massageava o outro. Nott desceu os beijos para minha barriga chegando até a minha saia.

Senti ele descer minha saia e com precisão levou as duas mãos à minha fina calcinha que ainda me cobria e rasgou-a sem dificuldades. O olhei com repressão, Nott e suas manias de rasgar minhas calcinhas.

— Nott, essa é a terceir...- não consegui terminar a frase e gemi, assim que senti a lingua quente de Nott em minha intimidade, fechei meus olhos e ergui meu corpo tomada pelo desejo. Nott sorriu contra meu ventre - Nott…vou matar você. - eu disse firme, e em seguida senti o garoto sugar meu clitoris - Mas…só quando acabar… - Reconsiderei.

Ele continou fazendo movimentos circulares me fazendo gemer mais alto, minha mão estava pusada em seu cabelo castanhos, puxando cada vez mais forte.

— Oh...Theo...- Gemi mais uma vez sentido meu corpo contrair de baixo dele - Nott...eu vou...- o chamei em suplica, fazendo o mesmo parar e voltar sua atenção para meu pescoço modiscando.

— Você é deliciosa Ginny - arfei, não sei se foi por sua frase ou pelo trabalho que ele fazia em meu pescoço.

O garoto se movimentou em cima de mim e eu pude sentir perfeitamente seu membro ereto roçar em minha intimidade.

— Nott...- gemi em seu ouvido, sentindo o corpo do garoto se arrepiar em cima de mim - Não me faça esperar mais! - pedi fechando minhas pernas com mais força em volta dele

— Não vou ruiva. - ele garantiu tirando sua o resto da suas vestes com o ego masculina inflado.

A partir dai foi tudo muito rápido, em um momento gemidos baixos e investidas lentas e no outro, gemidos altos e investidas rápidas...frenéticas.

— Olhe para mim Gina. - ele pediu, eubestava chegando no limite.

Fiz com grande esforço e então lhe veio o orgasmo como um raio, em uma onda de prazer, fazendo meu corpo se desintegrar e eu gritar, apoiando minhas mãos em seus ombros.

Nott gemeu sentindo a minha feminilidade  se contrair ao redor do seu membro, e sem deixar de olhar para mim. Ele me penetrou mais algumas vezes, e então, caiu em queda livre, sentindo a explosão em resposta por todo o seu corpo.
O silencio ficou preenchido apenas por nossas respirações ofegantes, que em nenhum momento...

Haviamos deixado de se olhar.

Pov Draco :

Voltei para o salão dos monitores que eu compartilhava com Hermione, minha cabeça martelava ainda o fato dela ir com McLaggen ao baile, eu não sabia porquê, mais me incomodava cada vez que eu pensava. Falei a senha passando pelo quadro e deslizando meu olhar pela grande sala que havia ali, nada da castanha, fui até a cozinha que por incrível que pareça ela não estava lá. Subi em direção ao seu quarto abrindo o mesmo, a encontrando apenas de saia e sutiã. Meus olhos foram direto para seus seios sobre o sutiã vermelho que ela usava.

— Oque está fazendo aqui? - ela gritou - Você não sabe bater?

— Fiquei sabendo que ia ao baile com McLaggen - comentei me aproximando da morena - é verdade?

— Sim. - ela respondeu normalmente escondendo seus lindos seios com as mãos - Porquê não seria?

— Vai beija-lo? - perguntei irgnorando sua pergunta novamente.

— Não sei, talvez. - ela disse calmamente e eu me aproximei dela a encostando na parede.

— Quero que lembre Hermione....- eu sussurei em seu ouvido e modiscando o nobulo da orelha dela - quero que pense - levantei uma de suas coxas com a mão a lentando até minha cintura.

— E-m que? - ela perguntou em um sussuro gaguejando e eu sorri.

Voltei meu olhar para castanha a encarando eu a beijei. A beijei ferozmente enquanto sentia uma de suas mãos proteoras sairem de seus seios e irem para meu pescoço, puxando minha nuca para si. Levei minha mão até sua bunda apertando com força, fazendo a garota arfar.

— Quando pensar em beijar ele.... -
Eu a beijou fervorosamente e escorreguei as mãos pelo corpo desenhado dela. - Quero que lembre como te toquei.

Subi minhas mãos a uns de seus seios o apertando, fazendo a garota gemer e eu sorrir. - Quero que se lembre, de como eu te fiz gemer. - Ela tinha tudo no tamanho perfeito, no molde incrível. E aquele sutiã vermelho deixava seu tom de pele mais vibrante, me excitou.

— Draco...- ela gemeu baixinho, e eu tive vontade de morrer ao ve-la tão entregue a meus braços.

— Quero que se lembre do meu beijo...- a beijei suavemente, sentindo novamente o gosto de morango de seus lábios -  Você vai me procurar...vai pedir para ir mais fundo, e cada vez que você chegar ao ápice e nós fizemos novamente. - eu disse lhe dando um selinho - Vou te fazer sentir, como se fosse a primeira vez. Novamente.

Sorri a beijando pela ultima vez, antes de sair do quarto, deixando a castanha ainda em transe na parede. Eu tinha que admitir, a garota estava frequentemente em meus pensamentos, e eu não estava gostando disso. 

Até porquê, eu não sabia porquê pensava tanto nela...

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...