1. Spirit Fanfics >
  2. Dramione- Tempestade de verão >
  3. Medo

História Dramione- Tempestade de verão - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, gente sou uma fã de HP e leio muitas fics maravilhosas, então decidi escrever uma história com umas ideias que tive, não sei se vai agradar, mas de qualquer forma farei o meu melhor, aceito ideias e criticas constitutivas, como é a minha primeira fic tenham paciência...

Apesar de ser uma história minha, os personagens são da nossa querida JK Rowling, e todos os direitos sobre os personagens são dela.

Capítulo 1 - Medo


Fanfic / Fanfiction Dramione- Tempestade de verão - Capítulo 1 - Medo

Pov. Hermione

Me deixei lavar pela água  quente do chuveiro, naquele breve momento esperava que lavassem minha alva e meu desespero, aquela angústia  insistia em permanecer ali, me atormentando. Eram 4 horas da manhã, eu não  tinha sono,  fome, nem ânimo  algum, fiquei naquele banho quente pelo o que pareceram horas, as lágrimas saiam sem pedir permissão, o banho quente sempre me ajudava a colocar a cabeça  em ordem, acalmar o coração  e o estresse, mas não  hoje.

Ao sair do banho vi que precisava  me distrair, peguei um livro qualquer e fui para sala,  me aninhei no sofá,  com uma coberta quentinha e ali fiquei, até  que o sol aparecesse no horizonte. Meu apartamento era pequeno, e eu ainda o dividia com Gina,  nossos pais moravam  no outro lado do país,  mas quando  ganhamos a bolsa de estudos para a melhor escola do país,  não  pensaran duas vezes em nos emancipar e nos acomodar próximo  a escola. A vista na nossa sacada era incrível,  dava para um bosque ao fundo onde podiamos ver o sol cintilar por entre as folhas. Foi sem dúvida  uma boa escolha, nos sentiamos seguras ali, Gina com seus 15 anos e eu com meus  16 anos, éramos responsáveis,  mas ainda sim muito novas, tinhamos a necessidade de nos sentir seguras. Todo final de semana Ronald, irmão  de Gina, vinha passar conosco,  ele era divertido e brincalhão,  tinha minha idade e era apaixonado por mim a anos, mas eu não  correspondia.

Já  fazia 3 meses que estavamos na capital,  era uma cidade grande, com muitos bosques e areas de lazer, e para nós  duas meninas do interior, sentiamos que tinhamos conquistado o mundo, a bolsa que ganhamos era uma dádiva,  poderíamos  ser aceitas em universidades  do mundo  inteiro só  por estudar naquela escola. No primeiro dia de aula, Gina foi em direção  a sua sala, devidamente uniformizada, saia acima dos joelhos, meias longas, sapato fechado, blusa social, com exessão da blusa branca, todo o resto era cinza escuro, com a opção de usar uma gravata vermelha, ao contrario de Gina que amou o lugar, e fez amigos no primeiro instante, eu me sentia deslocada, todos me olhavam e cochichavam, era ridículo,  mas ainda sim, segui para minha sala  e sentei na frente, sem olhar ou falar  com qualquer  um, e com sorte sobreviveria  um dia de cada vez. No entanto para a minha infelicidade,  na segunda aula, tivemos um trabalho em dupla, me senti mortificada quando  ninguém  veio até  mim, até  que um menino chegou atrasado  e foi informado  do trabalho pelo professor,  ele  sem pensar duas vezes veio na minha direção e se apresentou.

- Olá,  sou Harry.- Por Deus ele era lindo, moreno de olhos verdes.

-Hermione, prazer. 

- Você  se importa de eu me juntar a você  nesse trabalho? Olha, sei que é  nova mas todos tem seus pares, prometo não  importunar.

- Sem problemas.

Fizemos o trabalho, ele  não  era um nerd, mas ajudou muito com o trabalho e assim que terminamos fomos para o intervalo, ele sentou comigo e conversou sobre a escola, seus planos, ele era bem animado. 

- Mas e você? O que está  achando?

Sorri. - ah é  diferente,  as pessoas aqui são... 

-Esnobes, eu sei..

- Desculpe, só  não  me acostumei ainda.  - Não  queria ofender o único  amigo que eu tinha até  o momento. 

- Relaxa,  logo o pessoal aceita você  melhor, eles  só  são  fechados.

Então  continuamos conversando sobre minha mudança,  a bolsa, e as aulas, quando uma garota  se aproximou, e o beijou, sorrindo p mim com desdém.

-Cho, essa é  Hermione, ela é  nova.

-Oi.. - Falei tímida. Ela era asiática,  cabelos longos  e pretos.

- Oi, querida  é  um prazer, soube que é  a bolsista né?

Engoli em seco, não  por vergonha mas por raiva, não  merecia ser desprezada. - Sim, por mérito,  tenho notas excelentes.

- Claro, imagino. Harry vamos sentar conosco, o pessoal está  chamando você. 

- Hermione vamos? - Estendeu a mão  para mim, convidando.

- ah tudo bem Harry, preciso ir a biblioteca,  fica  para outro dia, foi bom conhecer vocês,  até. 

Saí  de lá  a passos largos. Esbarrando em alguém  e quase caindo no chão, mas ele me segurou pelo braço. 

- Garota,  cuidado! Vai aonde com tanta pressa?

Ele era loiro, cabelos bagunçados,  olhos cinzas e penetrantes.

- Lamento, se me soltar posso continuar meu caminho.

- Claro, Draco e você é...?

- Hermione.

Me olhou com nojo e se afastou. - A bolsista. Isso é  um erro, vão  sujar a imagem desse colégio. - Falou com desdém  e saiu, corri pra a biblioteca,  sentei  no fundo dela e chorei sozinha, nunca fui tão  humilhada, em um único  dia 2 pessoas a rebaixaram, sem motivo algum.

Quando  voltei para sala percebi que ambos, Cho e Draco, eram da minha sala, e riram quando entrei com o rosto vermelho de chorar. Harry no entanto veio garantir se ela estava bem, ele era um bom amigo, sentou ao meu lado,  fez algumas piadas e esquecei dos outros,  trocamos números  e selamos nossa amizade com risadas entre as aulas seguintes. Me senti  a vontade novamente.

*******

Nos dias seguintes, Harry e eu nos aproximamos  muito, apresentei ele a Gina, ela caiu pra trás  com a beleza dele, e logo estava encantada,  arrisco dizer apaixonada.  E ele parecia bem atento aos movimentos  dela também. 

- Mione, quem é  aquele que vive com  a Gina?

- O moreno?- Ele assentiu- Dino, eles estudam juntos, ele a convidou pro cinema sábado. 

- Ele o que? Mione ela não  pode sair com ele, ela é  demais pra ele...

-  Harry, está  com ciumes? Sabe ele é  bem legal, e a trata muito bem, e até  agora não  apareceu nenhum outro garoto livre, interessado nela... assim como você  e Cho, ela merece ser feliz, não  acha?

Ele ficou  estático,  as vezes esquecia da Cho, e não  se deu conta de que sua atração  por Gina estava tão  na cara. Hermione não  foi nada sutil em sua fala. 

- Você  tem razão- ele saiu cabisbaixo,  sendo abordado pela Cho no caminho, de longe vi o olhar triste de Gina, que beijou  Dino na frente de toda a escola, e ele retribuiu. Harry tinha  soltado a Cho e os encarava com a boca aberta,  virou e saiu quase correndo do refeitório, sendo seguido por Draco.

Eles precisavam de tempo para se darem conta do que sentiam e se acertarem, eu não  tinha o direito  de interferir.

Indo para a sala fui abordada por Draco, furioso, me pegou pelo braço  e me arrastou até  o banheiro masculino nos trancando  lá,  fiquei apavorada. 

- O QUE VOCÊ  FEZ? O QUE FALOU PARA HARRY?

- Eu.. na.. não..

-PARA DE GAGUEJAR E ME FALA,  SUA POBRETONA IMUNDA! VOCÊ  ESTA FAZENDO  A CABEÇA  DELE CONTRA NÓS,  POR SUA CAUSA CHO ESTÁ SOFRENDO, HARRY ESTÁ  CONFUSO E EU ESTOU PUTO!

Ele segurou meu braços  e me sacudiu com muita força  que perdi o equilibrio quando ele me soltou e cai no chão,  chorando, me levantei  e ele me prendeu na parede.

-ESCUTE  BEM, EU NÃO  VOU FALAR DE NOVO, SAIA DA MINHA ESCOLA, SE AFASTE DE HARRY. E ACEITE QUE ELE NUNCA VAI FICAR COM NINGUÉM  DA RALÉ.  E SE VOCÊ  NÃO  SE AFASTAR VAI SE ARREPENDER.

Eu estava em prantos , quandi ele destrancou a porta e saiu. Eu estava na escola a 14 dias e estava vivendo o inferno. Não  sabia se aguentaria 3 anos.

****** 

No segundo mês  foi pior, Harry evitava falar comigo fora da sala de aula, Gina se afastou dele também,  mas ainda sim continuavam me perseguindo, Cho me dizia coisas absurdas  quando  harry não vestava perto,  as irmãs  Greengrass me perseguiam na rua, chegaram a me bater uma vez, eu não queria revidar, queria que me esquecessem. Mas teve um dia que tudo passou do limite. 

Eu estava  na biblioteca e já  passavam das 8 da noite, precisava voltar pra casa. Estava andando por uma rua mal iluminada, quando alguém  me puxou e tampou minha boca,  não  consegui ver quem era, mas vi o uniforme  da minha escola, mas ele me prendeu  na parede, ele era muito mais forte, e antes que eu pudesse dar conta do que estava acontecendo, ele estava tentando me violentar , e uma dor lancinante me atingiu, e ele saiu dali correndo, me deixando  sozinha caida no chão, me senti humilhada,  suja, o pior ser humano na face da terra, me senti vazia.  Foi tudo  muito rápido,  e quando vi Harry estava na minha frente me levantando.

- Ha..Har..Harry po..po.por favor-  Falei chorando. 

- Calma, mione, Draco está com o carro aqui perto, vamos.

Eles me  levaram para um hospital, onde cuidaram de mim, chamaram  a policia, mas eu não  conseguia lembrar do agressor. Harry foi para meu apartamento  buscar Gina, e Draco ficou comigo, ele cuidava de mim, das minhas necessidades, de uma maneira que não  esperava. 

Quando Harry e Gina chegaram fomos liberados e fomos para o apartamento. Todos lá  me olhando e me senti obrigada a falar  o que eu tinha passado.

- Gina não  se preocupe, passou, não  consegui ver quem  era, mas era da escola.

- Eu sei que ameacei você,  mas eu jamais  compactuaria com isso..

Draco falou, eu não  acreditei inicialmente,  afinal ele era bem violento comigo, mas de alguma forma ele estava preocupado.

- Tudo bem Malfoy, não  estou te acusando.

- Mione.. 

- Harry estou cansada, não  quero mais falar nisso,  quero um banho e esquecer  dessa noite.

Assentiram e logo  depois sairam deixando eu e Gina a sós. 

********

Fazia 1 mês  que eu me sentia um nada, sem fome, sono, ficava  isolada. Não quero ser mal interpretada, eu amava a oportunidade de estudar numa boa escola, ter amigos, viver tudo aquilo, mas aquela  noite foi demais para mim, me destruiu por dentro. E eu sentia medo de todos naquela escola. Mesmo que após  o ocorrido Draco tenha obrigado a todos me deixarem em paz,  e por vezes ele até  vinha conversar amigavelmente comigo, ele era gentil em certos momentos. 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...