História Drarry : Escolhendo o Próprio Destino - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Blásio Zabini, Draco Malfoy, Fred Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lílian L. Potter, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Pedro Pettigrew, Ronald Weasley, Severo Snape, Sirius Black
Tags Draco Malfoy, Drarry, Harry Potter, Hermione, Lucius Malfoy, Severus Snape
Visualizações 110
Palavras 1.431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nossa muito obrigada a todos que favoritaram e comentaram, essa fanfic está me fazendo tão bem que por mim viraria uma série rsrs.... Não poderei postar os capítulos todos os dias mas farei o máximo para ela sempre estar atualizada.... Bom, hora de preparar o coração para fortes emoções.

Capítulo 2 - Revelações


Fanfic / Fanfiction Drarry : Escolhendo o Próprio Destino - Capítulo 2 - Revelações

Narrado por Harry Potter

Tanta coisa tinha acontecido em tão pouco tempo: O diadema de Rowena  Ravenclaw havia sido destruído pelas chamas do fogomaldito  lançado por Crabble que foi morto pelo próprio feitiço, lutamos contras várias criaturas enquanto eu seguia junto com Rony e Hermione atrás da visão que eu tive sobre Voldemort, chegamos até o local onde ele se encontrou com o Severus Snape e o atacou. Nesse momento enquanto corríamos para dentro do castelo para chegarmos até a sala do Diretor Dumbledore eu só conseguia pensar em tudo aquilo que tinha acontecido: Uma Horcrux a menos e duas vidas a menos... Até onde essa guerra iria? Quando isso tudo chegaria ao fim? Será que realmente estamos lutando, perdendo pessoas queridas, perdendo nossas vidas para no final não conseguirmos vencer essa guerra ?

"Você tem os olhos da sua mãe"

Aquelas foram as últimas palavras de Severus Snape para mim... Os olhos da minha mãe.... Quando ele me disse isso eu senti uma dor profunda vindo de dentro dele, é verdade que uma vez consegui ler sua mente por alguns segundos, mas apenas o que ele permitiu e até hoje não ficou claro o que seria aquilo que vi, então por que acho que tem coisas do meu passado as quais eu nunca saberei de verdade?

Suas lágrimas .. eu as carregava em meu bolso, por mais que uma guerra estivesse acontecendo a única coisa ao qual eu desejava no momento era chegar logo naquela penseira e descobrir o que tanto Snape queria me mostrar. Afinal, por que ele gostaria de me mostrar algo?

E como se fosse um passe de mágica, estávamos lá na antiga sala de Dumbledore, era como se ele nunca tivesse saído dali realmente. Por mais que tudo fosse nostálgico eu tinha um objetivo e por isso fui direto para a penseira.

— Harry a porta está trancada mas iremos ficar aqui atrás de vigia enquanto você utiliza a penseira - Hermione dizia de costas para mim.

Alguns segundos se passaram e eu estava ali, parado... Congelado... Sem consegui reagir.

— Harry, Harry! Cara você está bem? - Rony me chamava enquanto balançava meus ombros. - O que aconteceu?

— Eu... Eu... Eu não consigo fazer isso sozinho! - revelei já demostrando sinais de Pânico - Eu preciso que vocês vejam comigo! Por favor... Eu não sei o que tem nessas lembranças, eu não sei se conseguirei ver sem alguém pra compartilhar depois.

Eu não precisei dizer mais nada e eles nem precisaram me responder, os dois já estavam do meu lado posicionados em frente a penseira. Peguei o frasco e finalmente tive coragem para deixar aquelas lágrimas caírem e as lembranças preencherem nossas mentes...

Imagens e diálogos vistos pelo trio:

Primeira lembrança: época da primeira ascensão de Lord Voldemort :

— Então Snape me diga, o que você tem para me oferecer em troca da proteção dos potters?— Dumbledore perguntava olhando diretamente para Snape que parecia surpreso com a pergunta.

Segunda lembrança: época da primeira ascensão de Lord Voldemort:

— Lilian, eu farei de tudo para protege-la, eu ainda te amo - Severus Snape conversava com Lílian em algum lugar escondido enquanto segurava suas mãos.

— Severus, se conseguirmos sobreviver a essa guerra e você me aceitar com meu filho, estou pronta para retribuir seus sentimentos. - Lilian Potter respondia com um sorriso delicado e realmente feliz. Um som foi ouvido, os dois se assustaram e soltaram as mãos.

Terceira lembrança : época da primeira ascensão de Lord Voldemort:

— Lilian não!!!!! - Severus entrava no quarto e se agarrava ao corpo de Lilian que estava morta ao chão - Eu te amo, não me deixe por favor... Lilian... LILIAN - Severus chorava enquanto abraçava seu único amor.

Quarta Lembrança: Tempos mais recentes

— Lucius! - Severus agarrava o braço de Lucius antes que ele saísse - Eu sei o que você fez naquela época! Eu sei que naquele dia foi você quem salvou o menino Longbottom antes que a Bellatrix chegasse com aqueles dois comensais para torturar os pais dele!

Lucius demostrou uma enorme surpresa com a revelação mas antes que dissesse algo a lembrança já tinha ido embora.

Quinta lembrança : Tempos mais recentes

— Precisamos que vocês três tomem essa poção e caso vocês encontrem alguns outros aliados eles também precisarão beber. Ela é mais poderosa do que o feitiço Fidelius, no passado tivemos a traição daquele rato do Pedro Pettigrew e por isso desenvolvemos essa poção anti traição mesmo que você esteja sendo torturado por qualquer tipo de maldição ou sejam interrogados com veritaserum— Snape explicava enquanto entregava pequenos frascos para Lucius, Draco e Narcisa. Os três estavam na sala de Dumbledore.

— Eu preciso dizer a vocês três que fico muito feliz em saber que vocês estão dispostos a nos ajudar. — Dumbledore iniciava sua fala -  É muito bom ver que o arrependimento fez com que atitudes boas sejam realizados daqui para frente, estou muito agradecido por ter a chance de ter vocês ao nosso lado nessa guerra que está prestes a começar mas que com certeza tomará um rumo diferente. Eu sei que vocês sabem o quanto é arriscado isso tudo e o quanto é crucial que nem Harry Potter e nem um de seus amigos saibam que vocês estão trabalhando conosco e é por isso que com uma dor enorme no coração eu peço que vocês continuem atuando nos seus devidos papéis de partidários do Lorde das trevas.  Eu sei que no final, todos nós estaremos nos redimindo por erros cometidos no passado— Dumbledore dizia essa frase olhando diretamente para Snape que o encarava com um olhar triste e raivoso ao mesmo tempo.

Sexta lembrança : Tempos recentes

— Lucius vamos levá-los agora!!! - Snape gritava para Lucious que aparatava no mesmo momento que ele, levando consigo 3 pessoas assustadas.

Sétima lembrança : Tempos recentes

— Seus incompetentes! Como vocês deixaram aqueles 3 sumirem assim??— Lorde Voldmort gritava com dois comensais da morte na frente de todos - AVADRA KEDRAVA! - ele os matou e saiu daquela sala escura sendo seguido por todos, Lucius e Snape se entreolharam por alguns milésimos de segundo e seguiram o caminho.

 Oitava lembrança: Tempos recentes

— Acho que deveríamos brindar, Levantem suas poções amigos!! - Draco levantava uma cerveja amanteigada enquanto Pansy, Zabini, Adriano e Terêncio levantavam as poções que Draco havia distribuído. - Aos 5 traidores! - ele disse e todos repetiram em seguida, brindando e virando o conteúdo do frasco de uma só vez.

Nona lembrança: Tempo recente

— Me prometa Severus - Narcisa Segurava a mão de Severus.

— Eu te prometo Narcisa -  ele respondeu e assim uma luz saiu de suas mãos selando o voto perpétuo.

Décima lembrança: Tempos recentes

— Terá que ser você Severus, por mais que "ele" queira que seja o menino Malfoy, nós dois sabemos que isso não pode acontecer! Eu estou morrendo, eu te autorizo a fazer. - Dumbleodore conversava a sós com Severus - Eu sei que no passado eu fui um monstro com você mas dessa vez, eu não deixarei nada acontecer com alguém que você ama. - Dumbledore dizia com arrependimento.

— Dessa vez eu mesmo protegerei alguém que eu amo! - Ele disse friamente - Eu farei isso Dumbleodore, eu te matarei! E não só por causa do voto perpétuo com Narcisa mas sim por que amo meu afilhado e não deixarei nada acontecer com ele. Eu posso não ter salvado Lilian mas salvarei seu filho e meu afilhado!

Final das lembranças de Severus Snape

Eu caí sentado no chão... Eu estava sem ar... Eu estava totalmente perdido naquilo tudo... As lágrimas desciam dos meus olhos sem ao menos eu notar, eu simplesmente tinha visto as lembranças de uma pessoa que eu sempre pensei que estava contra mim mas que pelo visto estava mais do meu lado do que eu poderia imaginar.

Enquanto eu continuava ali tentando respirar, Hermione estava sentada ao meu lado sem conseguir conter as lágrimas, ela também sentia que tinha vivido muitos anos em uma realidade totalmente diferente do que era a verdade. Ron estava sentado aí lado dela, sem saber como reagir.

Naquele momento durante uma guerra onde não sabíamos nem se sairíamos vivos ou não, estávamos pensando em todos os momentos em que poderíamos ter notado toda aquela "farsa" para um bem maior. Aqueles que tanto julgamos na verdade estavam mais do nosso lado do que muitos que nos apoiavam mas não saiam dos seus esconderijos para tentar ajudar. Naquele momento vimos que tudo o que sempre passou pela nossa mente era na verdade peças em um jogo onde a vida, a liberdade e a paz eram os prêmios principais.

  ##


Notas Finais


E aí.... Como foi pra vocês descobrirem certas coisas???? Até o próximo capítulo amores!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...