1. Spirit Fanfics >
  2. Drarry : Escolhendo o Próprio Destino >
  3. Surpresa!

História Drarry : Escolhendo o Próprio Destino - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Eu aqui na madrugada postando um cap. Que terminei agora, ou seja .. não tá revisado! Espero que não esteja tão desastroso! Boa noite pra vocês! Amanhã tô de plantão!! Curtam bastante esse cap.

Capítulo 27 - Surpresa!


Fanfic / Fanfiction Drarry : Escolhendo o Próprio Destino - Capítulo 27 - Surpresa!

Com um movimento rápido, Blaise pegou sua varinha e sem se desfazer do beijo lançou dois feitiços seguidos.

-Que cheiro forte de morango é esse?? - Ron interrompia o beijo confuso.

######-----#######-------####-------#####

-Gente eu tô tão curiosa pra saber se eles se acertaram que eu tô quase usando o mapa pra ir atrás deles! - Pansy tentava segurar a curiosidade mas estava difícil.

-Olha eu se fosse você não faria isso - Fred sorria sorrateiro - Pelo pouco que eu vi, eles estão muito bem até!

-Fred! Você foi espiar os dois?? Que coisa horrível! - Hermione repreendia o amigo.

-Hermione tirando você, qualquer um de nós faríamos no mesmo se fossemos fantasmas! - Jorge gargalhava sendo acompanhado por todos os outros que concordavam com o que foi dito.

-Olha eu preciso elogiar vocês por esse plano maravilhoso! - Hanna que se encontrava no meio deles estava admirada - Graças a vocês todos os meus shipps estão se realizando!

- E eu preciso agradecer a você por ter me defendido - Draco brindava com a loira - É claro que eu teria amado ver sua amiguinha recebendo vários feitiços mas fazer o que né?

- Olha ela pode ser minha amiga mas eu não concordo com as péssimas decisões que ela toma, principalmente em relação a vocês dois! Eu já disse, Drarry é real e eu não quero ninguém estragando meus Shipps! Quem sabe um dia eu não consiga o cara que eu tô querendo também! - Ela olhava apaixonada para Neville que estava distraído conversando com Luna.

- Não que eu seja um bom observador mas acho que aquele beijo deu uma bela mexida com a cabeça do Neville - Harry dava esperanças a loira - Eu acho que por mais que ele tenha uma queda pela Luna, ele sabe que não vai rolar. A Luna não está interessada em ninguém, ela vive no próprio mundo dela do jeitinho dela, acredito que por mais que ele tente, nada vai rolar.

-E não se esqueçam que a nossa Di-Lua vive trocando cartas com uma tal de *bebexlovesanji*, eu acho que ela já está mais do que comprometida com alguém, ou seja minha cara, você tem muitas chances! Continue dando o seu melhor que logo logo nosso amiguinho vai estar de quatro por você - Jorge concluía brindando com a loira.

----#####----###------###-----#####-------##

-Você tem certeza que não tá te machucando?- Ron parava respirando fundo.

-RONALD WEASLEY EU JURO QUE SE VOCÊ PARAR NOVAMENTE EU VOU SAIR DAQUI PELADO E PULAR EM CIMA DO PRIMEIRO PAU QUE EU VER PELA FRENTE ENTENDEU? - Blaise fuzilava o ruivo com o olhar - Eu já te disse, estou esperando esse momento por meses, ou você me come por bem ou você me come por mal! - Blaise jogava Ron sentado em uma cadeira e subia em cima do ruivo.

Ron não teve nem tempo de reclamar da parte que Blaise sugeriu sair pelado, no momento em que o moreno subiu em cima de si e começou a "cavalga-lo" , o ruivo perdeu toda linha de raciocínio.

----######-------#######---------#####------

-GENTE TEM ALGUMA COISA ERRADA! - Simas aparecia correndo ao lado de Dino.

- O que foi ?? - Harry se assustava.

-A Gina… ela tá aqui… ela entrou correndo e toda estranha puxando a Luna, Neville tá procurando elas mas tem gente demais aqui! 

-Aquela ruiva água de salsicha! Eu vou deixar ela careca se ela tiver aprontando alguma coisa! - Antes que Pansy ou qualquer um conseguisse sair do lugar para procurar Gina, a música parou e a sala se tornou super clara.

-EU NÃO CONSIGO ACREDITAR QUE VOCÊS ESTÃO MESMO DANDO UMA FESTA NA MINHA AUSÊNCIA! - o grito de Minerva ecoou por todo o castelo. Até os professores que a acompanhavam se assustaram.

-É… foi bom conhecer vocês!!! - Jorge tinha certeza que todos ali se juntariam a Fred, pois com certeza eles seriam assassinados pela diretora.

-----#####-------#####-----####------####---

Os gemidos de ambos soavam tão alto que se não fosse o castelo praticamente vazio, a festa rolando e o fato de não ter nenhum monitor nos corredores, com certeza Ron e Blaise estariam encrencados. Eles já estavam chegando em seus limites e por mais que Ron tentasse não ser muito bruto, a forma como Blaise o apertava, mordia, arranhava e chamava seu nome, faziam o ruivo perder a cabeça. Naquele momento a única coisa que Blaise conseguia pensar é que ele estava a ponto de ter o maior orgasmo da sua vida enquanto era pressionado na parede pelo ruivo que tanto virava sua cabeça. Ele iria garantir que ninguém estragasse aquilo que eles estavam começando, nem que pra isso ele tivesse que "matar" alguém!

-MAIS FORTE!!! MAIS FORTE!! - Blaise gritava enquanto mordia o pescoço do ruivo.

----#####-----------######----------####------

-FRED WEASLEY! - Minerva chamava atenção do ruivo - NEM PENSE EM TENTAR FUGIR POR ENTRE AS PAREDES! EU SEI QUE VOCÊ É UM DOS IDEALIZADORES DESSA FARRA! 

-É… Agora fudeu de vez… - Dino concluía já se preparando para a expulsão.

-VOCÊS SABEM O QUANTO ESTOU DECEPCIONADA COM TODOS VOCÊS?? - A voz de Minerva estava tão alta que os alunos estavam quase ficando surdos - BEM QUE EU DEVERIA TER DESCONFIADO QUANDO TODOS OS ALUNOS DOS ÚLTIMOS ANOS RESOLVERAM NÃO IR PARA HOGSMEADE COM A DESCULPA DE QUE APROVEITARIAM ESSE TEMPO PRA ESTUDAR. ESTAVA TUDO PERFEITO ATÉ EU RECEBER UM PATRONO COM UM BELO RECADO AVISANDO QUE ESTAVA ROLANDO UMA FESTA NA MINHA AUSÊNCIA! 

-A senhora tem toda razão diretora, isso é um absurdo! Eu estava estudando aqui na sala precisa e quando eu dei por mim, já estava no meio de uma festa! Isso é uma coisa imperdoáve! Concordo totalmente com a senhora, Não deixe de ser bem rigorosa com todos eles! - Jorge já se encaminhava para a saída.

-Senhor Jorge Weasley, por acaso o senhor bebeu tanto assim pra começar a mentir tão mal quanto o Senhor Potter?? - Ela puxava Jorge colarinho.  - Eu soube que o senhor é um dos responsáveis por toda essa barbaridade! Saibam que todos os responsáveis serão expulsos! Eu não tenho como deixar esse tipo de coisa passar! Vocês estão dando uma festa na minha ausência, sem a minha autorização, bebendo várias bebidas trouxas e pra piorar, estão deixando alunos de menores fazerem parte de toda essa algazarra?? Onde vocês estão com a cabeça?? - O esporro continuava e ninguém tinha coragem de dizer uma só palavra.

-Diretora Minerva! - Gina aparecia no meio da multidão chamando a atenção de todos.

-Eu juro pra vocês que assim que eu sair dessa sala eu vou deixar essa ruiva sebosa careca! - Pansy estava tão enfurecida que só não pulava em cima da ruiva por que Hermione a segurava.

-Diretora! - Gina se aproximava ignorando todo o olhar de raiva que vinha de todos - Estamos fazendo uma festa sim mas não tem nenhuma criança! 

-É claro que tem! - "Xô" Chang aparecia na entrada da sala - Diretora elas estavam aqui o tempo todo! A festa é em homenagem aquelas cobrinhas que vivem me atormentando! Eu vi todas enquanto estive aqui! - ela olhava ao redor tentando encontrar os pestinhas.

-Então a senhorita também estava participando da festa?? - Minerva se virara para a japa chata. 

-Não tem nenhuma criança diretora, é só a senhora olhar ao redor! - Gina apontava em todas as direções, por que a senhora não pede para o Filch ir ao dormitório da sonserina conferir se eles estão ou não lá? 

Nesse momento todos entenderam que na verdade "Chata" Xang tinha sido a pessoa que ferrou com tudo. Agora eles estranhavam o por que de Gina estar ali e estar mentindo a favor deles. Os amigos olhavam ao redor discretamente tentando encontrar os pestinhas mas nenhum deles era avistado. Onde eles teriam se enfiado afinal de contas?

-Senhorita Chang - Minerva voltava ao verificar que não tinha nenhuma criança no cômodo - Eu realmente estou decepcionada com sua atitude! Denunciar uma festa ao qual a senhorita estava participando como se nunca tivesse pisado aqui e ainda por cima mentir sobre menores sobre a influência de álcool?? Pode ter certeza que seu nome está na lista de quem irá para casa! Senhorita Weasley - Ela se virava pra ruiva - pode  me explicar o por que de estar aqui com roupas de dormir?? 

-É… eu .. é… - Ela tentava procurar uma explicação mas não conseguia pensar em nada.

-Festa do pijama! - Hermione se pronunciava - Mentimos pra Gina dizendo que seria uma festa do pijama e por isso ela está vestida assim! - todos concordavam para a surpresa da ruiva - Foi a forma não violenta de fazermos ela pagar por antes - Hermione usava seu sorriso mais singelo ( falso) convencendo a diretora.

-Eu já sei quem estava por trás de toda essa baderna e como eu disse, serão todos expulsos! - Minerva andava no meio de todos - Mas agora eu quero que os responsáveis assumam sua culpa para ao menos saírem do castelo com as cabeças erguidas! GRAÇAS A MERLIN NÃO SÃO TANTOS ALUNOS, SE NÃO SERIA IMPOSSÍVEL UMA EXPULSÃO!  Então por favor - ela voltava para a frente de todos - Os responsáveis por essa festa não autorizada, levantem a mão nesse exato momento. 

Antes mesmo que os verdadeiros responsáveis fizessem qualquer movimento, todos os alunos na sala estavam com as duas mãos levantadas, a única que não fazia o mesmo era Cho que estava tão puta com tudo que parecia que explodiria a qualquer momento, até Gina levantou os braços mesmo sem nem ter participado de verdade da festa.

-Então todos tomarão a responsabilidade não é? - Minerva esboçava um leve sorriso de meio segundo - Já que não será possível expulsar todo mundo, os responsáveis de todos serão chamados para comparecer em uma reunião amanhã, me acompanhem até o salão principal pois será lá onde vocês finalizarão a noite! Professores se espalhem, quero ter certeza que nenhum aluno conseguira escapar! - os professores faziam um círculo em voolta dos alunos enquanto Minerva se encaminhava para a porta.

-FINALMENTE NOS ACERTAMOS! VAMOS BEBER ATE CA… - Ron entrava na sala de mãos dadas com Blaise, ele deu de cara com Minerva. - Desculpa, sala errada! - Ele sorria enquanto tentava se afastar com o moreno mas a estratégia não funcionou.

-Fico feliz pelos senhores, agora aproveitem para "caírem" no salão principal. Eu adoraria saber onde os dois estavam enfiados esse tempo todo mas eu imagino que a resposta só me fará querer trancar todos os cantos desse castelo! Vocês dois do meu lado agora e sem nenhum pio!  - Minerva seguia para o salão principal sendo acompanhada por todos.

-----######------#######------#####---------

-Agora todos podem entrar! - Minerva abria novamente as portas do grande salão - todos os alunos entreguem as varinhas para os professores nesse exato momento!

Enquanto entravam os alunos deixavam as varinhas com os professores. Todos tomaram um grande susto quando eles finalmente entenderam o que estava acontecendo.

-Diretora Minerva isso é sério? - Hermione arregalava os olhos - Vamos morrer aqui dentro sem nossas varinhas ou nenhum tipo de poção! 

-Olha se a maioria aqui conseguiu sobreviver  a Guerra contra Lorde Voldemort, pode ter certeza que sobreviverão uma noite de ressaca! 

-Espera aí! - Fred aparecia na frente de ambas- Já que eu morri na guerra quer dizer que eu posso ir embora não é? - Fred conseguia arrancar risadas de todos em qualquer situação.

-O senhor parece mais vivo do que quando estava vivo ! Então por isso especialmente pela sua condição eu lancei um feitiço aqui no salão que irá te prender aqui dentro, aproveite a noite senhor Weasley! Senhorita Granger - ela ignorava o fantasma e se voltava para Hermione - Já que todos estavam tão animados se embebedando com bebidas trouxas, vocês podem usar aqueles medicamentos trouxas para curarem suas ressacas ou o que mais vocês tiverem! Do lado esquerdo vocês tem 8  portas que levam a vasos sanitários onde todos poderão vomitar a noite inteira com bastante privacidade, do lado direito vocês tem bastante água gelada - Ela apontava enquanto todos prestavam atenção - Estejam felizes por que ao invés de dormir no chão duro eu fui generosa deixando um colchonete pra cada um acompanhado de um travesseiro e um lençol.

-Mas e como vamos tomar banho? - Blaise que estava bastante "suado" torcia por uma banho bem gelado.

-Banho? Ah vocês não precisam disso agora! Amanhã depois que vocês encontrarem com seus responsáveis, aí sim terão autorização para tomar banho! Afinal de contas se eu não tivesse voltado provavelmente todos aqui passariam a madrugada inteira na festa não é?- Ela lançava um sorriso debochado para o rapaz.

-Diretora aqui estão eles! - Filch entrava no salão com os pestinhas. - Eles estavam todos nos dormitórios repousando.

-O que tá acontecendo diretora? Fizemos algo de errado? - Philip coçava o olho fingindo estar com sono.

-Vocês só podem estar brincando comigo! Tá na cara que eles estão mentindo diretora! - Cho aparecia ao lado de Minerva.

-Estamos em guerra novamente? - Outro pestinha fingia estar confuso por estar com sono.

Após uma verificação por magia, a diretora concluiu que nenhum daqueles alunos tinha ingerido bebidas alcoólicas, nem trouxas e nem bruxas. A única coisa que ela detectou foi cerveja amanteigada mas ela não deu muita importância, principalmente depois de Philip informar que eles experimentaram antes de dormir mas que tinha sido a única coisa que fizeram antes de dormirem. Depois de mais algumas broncas os professores se retiraram junto com Minerva selando as portas do salão para ter certeza que ninguém sairia. Quando Fred tentou passar pelas paredes ele foi jogado longe e seu espírito tremeu como se tivesse tomado uma descarga elétrica.

Era mais do que óbvio que nenhum deles conseguiria escapar, o pior é que já eram 2:00 da manhã e a maioria dos alunos tentavam se recuperar da bebedeira para que no outro dia eles não fossem assassinados pelos seus responsáveis. Depois de mais de duas horas entre bêbados, vômitos, lágrimas e muita ressaca, finalmente todos tinham se deitado. O silêncio até reinaria no ambiente se não fosse o ronco de Ron que ecoava na sala fazendo as paredes tremer. Se não fosse a bebedeira com certeza ninguém conseguiria dormir.

Luna dormia no mesmo colchonete de Gina, as duas tinham conseguido esconder as crianças debaixo de uma mesa e assim que jogaram a capa da invisibilidade na frente, a diretora chegou. Gina tinha ouvido os planos de vingança de Cho e correu o mais rápido que pôde para ajudar. A única pessoa que ela sabia que acreditaria em si era Luna e foi justamente a loira que ela encontrou assim que entrou na sala precisa, a loira ajudou a juntar todos os pequenos tendo certeza que eles ficariam invisíveis debaixo daquela móvel.

Fred "dormia no ar" próximo a entrada do salão.

Hermione dormia sozinha, ela pegou no sono depois de passar meia hora acordada encarando Pansy que fingia estar dormindo em um colchonete a sua frente. Hermione queria conversar com a amiga pois sentia que tinha algo estranho no ar desde a festa mas Pansy fingiu não estar se sentindo bem e foi dormir.

Neville tinha juntado seu colchonete ao de Hanna, a loira tinha dito que sentia muito frio e por isso ele se ofereceu para que eles usassem os dois lençóis juntos. No momento ela estava apagada deitada no peito de Neville que mesmo estando apagado, abraçava a loira com força.

Cho Chang estava deitada sozinha longe de todos, assim que a diretora saiu todos resolveram ignorar a presença da garota que fingia não ligar mas que no fundo estava muito puta.

Dino e Simas estavam em um sono tão profundo que ambos estavam dormindo no chão bem longe dos colchonetes. A toda hora eles rolavam mais um pouco pelo salão.

Ron dormia tão profundamente que chegava a babar. Blaise até tentou dormir do seu lado mas o ronco do ruivo era tão alto que aquilo era impossível. Blaise colocou o colchonete ao lado do de Jorge, ele tinha certeza que assim que acordasse Ron teria um troço mas no momento ele só estava querendo dormir. O ruivo mais velho estava com as pernas jogadas em cima do moreno. Ele estava tão zonzo que no dia seguinte nem se lembraria de como as pernas foram parar lá.

Harry e Draco tinham juntado seus colchões, eles eram os únicos deitados próximo a Ron e aquilo era algo surpreendente visto que o ruivo tinha espantado todos a sua volta. O loiro que tinha sugerido deles ficarem ali e Harry só descobriu as verdadeiras intenções de Draco quando todos já tinham pego no sono.

-Tá vendo como dormir proximo ao Ron não é uma ideia tão ruim?? Seus gemidos podem sair bem altos e mesmo assim ninguém irá escutar - Draco aumentava os movimentos enquanto lambia a orelha de Harry.

No início o moreno achou absurdo aquela ideia de fazerem sexo ali no meio de todo mundo mas Draco tinha uma lábia que convenceria até mesmo um troll a tomar chá usando um vestido de bolinhas.

Novamente Harry se via perdido no meio de tantas sensações prazeirosas, por mais que no início tenha sido mais dolorido por falta do feitiço de lubrificação, no momento ele sentia um prazer tão grande que ele tinha certeza que se não fosse Ron ser tão barulhento ao dormir, a diretora já teria voltado e expulsado os dois do colégio de vez.

Draco continuava se deliciando com o corpo de Harry. Aquelas sensações eram tão intensas que ele não sentia a mínima vontade de sair de dentro do moreno. A cada gemido que Harry soltava, Draco se aprofundava mais naquele corpo, ele tentava se controlar mas era impossível. Quando Harry começou a acompanhar seus movimentos rebolando em torno do seu membro, o loiro não resistiu e aumentou mais ainda a velocidade que usava para dominar todo aquele corpo delicioso que estava em seus braços. Harry tinha certeza que acordaria com vários chupões no pescoço mas por sorte a camisa que ele usava era de gola alta, já Draco sentia seus braços em chamas por causa dos arranhões que ele recebia.

Quando o prazer finalmente atingiu os dois Harry teve que morder a mão de Draco pois se não, ele com certeza teria acordado alguém devido ao urro tão prazeiroso que ele soltou, nem o ronco do amigo seria o suficiente para abafar aquele som. O moreno estava totalmente"desfalecido" e por isso Draco foi quem teve que vesti-lo depois de se livrar dos preservativos que usaram. Ambos estavam tão cansados que assim que Draco se deitou ao lado de Harry, eles apagaram automaticamente. Agora era só aguardar as surpresas do dia seguinte.

-----#######-------#######------#####--------

Assim que os primeiros raios de sol surgiram, Minerva já estava no salão acordando todos os alunos para tomarem café, ela já tinha colocado tudo no lugar novamente para que todos se alimentassem mas eles ainda não poderiam sair do local pois eles participariam da reunião com seus responsáveis que seria ali mesmo.

Após o café, alguns responsáveis já estavam no salão  e o que mais se ouvia era gritos de repreensão vindos de toda a parte. Enquanto todos os alunos ouviam calados seus responsáveis surtando por causa daquela festa, Jorge, Ron, Gina, Hermione, Draco e Harry estavam suando frio pois eles sabiam que quando seus responsáveis chegassem ( no momento eram o Senhor e a Senhora Weasley pra maioria) eles seriam assassinados ali mesmo.

Quando as portas do salão se abriram de forma rude todos ficaram em silêncio. Molly Weasley estava com cara de poucos amigos, Arthur seguia atrás com olhos arregalados pelo fato da esposa ter aberto aquelas portas no chute.

-EU VOU ARRANCAR A PELE DE TODOS VOCÊS PRA FAZER SUÉTERES PARA O NATAL! - Enquanto Molly se aproximava das "crianças" ninguém ousava nem respirar - EU VOU USAR OS OSSOS DE VOCÊS PRA CONSTRUIR CASAS PARA OS DESABRIGADOS!! - quanto mais ela se aproximava, mais eles sentiam a morte - EU NÃO ESTOU ACREDITANDO QUE FUI CHAMADA NOVAMENTE NO COLÉGIO EM MENOS DE UM ANO POR QUE ALGUM DOS MEUS FILHOS APRONTOU! E ISSO SERVE TANTO PARA VOCÊ HERMIONE QUANTO PRA VOCÊ DRACO - ela parava em frente ao grupo apontando o dedo pra ambos - EU ESTOU AQUI REPRESENTANDO OS RESPONSÁVEIS DE CADA UM DE VOCÊS ENTENDERAM?

-SIM SENHORA! - os dois responderam juntos automaticamente.

-VOCÊS POR ACASO TEM NOÇÃO DO QUE É SER ACORDADA DE MADRUGADA COM UMA CORUJA NA JANELA DEIXANDO UM RECADO PARA QUE VIESSEMOS AO COLÉGIO POIS NOSSOS FILHOS TINHAM DADO UMA FESTA ILEGAL NA AUSÊNCIA DA DIRETORA?? - ela continuava berrando - JORGE WEASLEY FOI VOCÊ QUEM TROUXE BEBIDAS PRA CÁ NÃO FOI?? - ela apontava para o mais velho que não conseguia responder - DA PRÓXIMA VEZ QUE EU SOUBER QUE VOCÊ CHEGOU PERTO DE ALGUMA BEBIDA ALCOÓLICA, SEJA ELA BRUXA OU TROUXA, VOCÊ PODE TER CERTEZA QUE EU VOU TE FAZER ENGOLIR A GARRAFA ESTÁ ME ENTENDENDO?

-SIM SENHORA! - Os olhos dele estavam tão arregalados que eles pareciam que iam sair do lugar.

-RONALD WEASLEY! ENTÃO QUER DIZER QUE DEPOIS DE ROUBAR O CARRO DO SEU PAI, VOCÊ RESOLVEU FORMAR UMA GANGUE É ISSO MESMO? - ela parava em frente a Ron - DA PRÓXIMA VEZ QUE VOCÊ SE METER EM UMA ENCRENCA, PODE TER CERTEZA QUE EU MESMA TE MANDAREI PARA ASKABAN, VOCÊ ME ENTENDEU DIREITO??

-SI.. SIMM SEN… SENHORA.. - O medo era tão grande que Ron chegava a gaguejar.

- Então aquele era o namorado que você queria me apresentar filho?? Eu acho que você acaba de ficar viúvo - O pai de Blaise falava baixinho próximo ao ouvido do moreno que concordava com a cabeça.

-GINEVRAAAAAA - Ela se aproximava da ruiva- PRIMEIRO UMA BRIGA E AGORA UMA FESTA?? E AINDA POR CIMA VOCÊ ESTÁ DE PIJAMA??? ESSA É A ÚLTIMA QUE A SENHORITA APRONTA, DA PRÓXIMA VEZ EU TE MANDO DIRETO PRA ROMÊNIA DE PIJAMA MESMO ENTENDIDO??

-SIM SENHORA!! - Assim como todos, ela estava assustada com a aura mortal que sua mãe exalava.

-Hermione querida - Molly parava em frente a ela e por mais que ela tivesse mudado totalmente o tom de voz, Molly ainda soava assustadora - eu não sou sua mãe mas no momento estou aqui como sua responsável tudo bem?? - Molly sorria mas assim que Hermione concordou ela voltou ao modo demoníaco - COMO A PESSOA MAIS SENSATA DESSE MUNDO PODE FAZER PARTE DE UMA COISA DESSAS?? EU SÓ ESPERO QUE NUNCA MAIS VOCÊ PARTICIPE DESSE TIPO DE COISA, AFINAL ESSAS ATITUDES PODEM TE PREJUDICAR QUANDO VOCÊ FOR SEGUIR SEU SONHO DE SER MINISTRA DA MAGIA… - E pronto Hermione estava tão pálida que parecia que seu espírito tinha ido dar uma volta no parquinho. Como o trabalho estava feito, Molly se encaminhou sorrindo para Draco.

-Draco querido - e novamente ela usava aquela voz "serena" - Seus pais me pediram para ser sua responsável já que eles não podem vir aqui ainda. Quando eu soube que você estava envolvido nisso tudo eu pensei: será que ele está bem? E fico feliz que você esteja ! - Molly passou a mão na cabeça do loiro encerrando assim sua seção de esporro.

-Mais alguma coisa senhora Weasley? - Draco se levantava e pegava na mão de Molly.

-Não querido… só isso - ela sorria e seguia na direção de Arthur.

O que ninguém tinha entendido é que o fato de Draco não ter sido incluído na seção de esporro o deixava muito puto, ele ficava imaginando mil coisas pra tentar descobrir o por que daquele tratamento especial. Ele não queria ser especial! Ele queria tomar um baita de um esporro assim como todos. Molly sabia daquilo e esse foi o castigo do loiro, não ser repreendido.

-Espera aí! - Fred surgia de debaixo da mesa - Vai ser só isso mesmo pro Draco? Que injustiça é essa com seus filhos mulher! - ele flutuava em frente a Molly.

-FREEEE… - e antes de terminar, ela desmaiou.

-É sério Fred??? Agora??Depois de todo o esporro que levamos só agora você resolve aparecer??? - Jorge fuzilava o irmão com o olhar enquanto ajudava seu pai a acordar Molly.

E mais uma vez o choque de ver Fred fantasma foi enorme. Por mais que vários pais tenham se surpreendido, ninguém conseguia dar um pio para não atrapalhar os momentos que se seguiram. Depois de muitas lágrimas vindas de Molly e outras de  Arthur, Fred Finalmente contava toda sua história e consolava sua mãe com um "abraço" fantasma… por mais que não houvesse contato físico, só de sentir o espírito de Fred em si, Molly se sentia a mãe mais feliz do mundo. Arthur pensava da mesma forma e depois de mais meia hora de sermão ele finalmente conseguia falar algo. O problema é que ao invés de repreender todos, ele simplesmente se sentou junto com eles para saber os detalhes de tudo que eles andavam aprontando. Arthur e Molly eram totalmente diferentes um do outro no quesito "educação dos filhos" mas se tinha duas coisas que todos tinham certeza eram: Eles foram feitos um para o outro, estava pra nascer casal mais completo e apaixonado que eles dois e a outra coisa, era que Molly Weasley definitivamente era a melhor e mais guerreira mãe do mundo! Até depois do baque de descobrir sobre Fred, ela ainda deu um grande sermão no filho fantasma que só ouviu tudo de cabeça baixa e no final assim como todos, concordou com o *Sim Senhora*.

-Será que alguém se ligou que ela esqueceu de você Harry?? - Jorge perguntava baixinho pro amigo.

-Fica quieto pelo amor de Merlin! Eu já me sinto parte da família, eu senti a dor de todos vocês durante aquele sermão! - Ele puxava Jorge pra mais perto - TE DOU 5 GALEÕES SE VOCÊ NÃO FALAR NADA! - Harry implorava ao amigo.

-FECHADO! - ele apertava a mão de Harry enquanto se afastava.


###----####-------####------#####-----####

Depois de tantas emoções, Minerva finalmente tomava a palavra para começar aquela reunião que teria uma notícia chocante para todos.



Notas Finais


E chegamos ao fim de mais um cap. Super corrido! Finalmente temos nossos dois casais oficiais : Drarry e Blon! Agora temos Pansmione pra resolver e Claro que não esquecerei da nossa querida e amada super figurante Hanna! Ela vai ter o momento dela.

Obs. " Bebexlovesanji" essa foi a ideia que tive com seu último comentário rsrs, Luna pode ser toda sua!! Obrigada a todos que curtem, comentam e favoritam. Vocês que fazem isso tudo valer a pena!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...