História Dream - Capítulo 89


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Elizabeth Gillies, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Elizabeth "Liz" Gillies, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Lauren G!p, Lauren Jauregui
Visualizações 1.108
Palavras 2.480
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, voltei com um capítulo especial, espero que gostem. O capítulo iria ser maior mas não daria tempo de terminar hoje e como ele já tava pronto desde ontem resolvi postar. Boa leitura ❤

Capítulo 89 - Capitulo especial part 1


    Pov Lorena 

O final de semana finalmente chegou e eu estou tão feliz, hoje vai ser o dia no qual vou deixar de ser virgem, vou ter a minha primeira vez com alguém que eu realmente gosto, eu não posso estar mais feliz do que agora. Vamos fazer na casa dela mesmo, as mães dela não vão estar em casa no final de semana todo, ou seja, vamos ter a casa toda pra nós duas. 

Tomei um banho demorado, me depilei nos países baixos, desliguei o chuveiro e sai do mesmo, me enxuguei com a toalha, depois de estar bem seca me troquei colocando a roupa na qual vou sair um estilo bem rockeiro. Sai do banheiro e fui para o meu quarto, passei perfume, como eu não lavei o cabelo só penteei e deixei ele solto mesmo, coloquei a minha luva com dedos de fora, minha mama me deu de presente de aniversário, junto com uma jaqueta de couro preta na qual estou usando agora, eu fiquei muito feliz quando ganhei esse presente e gostei muito também. Minha mama disse que eu tenho o mesmo estilo da minha papa quando ela era adolescente. Me olhei no espelho e vi que estava tudo ok, fui até o criado mudo peguei as camisinhas que minha papa me deu e eu coloquei no bolso, peguei uma mochila com roupas, sai do quarto e quando passei pela sala vi que minha família estava ali 

- Nossa - disse Lizzy - pra onde você vai cheirando desse jeito? 

- eu to fedendo? 

- não boba, você está cheirosa 

- E ai, filha - disse minha papa - vai colocar o brinquedo pra brincar - minha papa deu um tapa no braço dela - Ai! 

- é pra doer mesmo, não é pra falar esse tipo de coisas, e ainda mais pra ela que não sabe dessas coisas que você fala e não entende nada. Pra onde você vai? 

- vou pra casa da Bella

- Vai tão cheirosa assim é? - perguntou Lizzy - por que você vai ir tão cheirosa assim? - ela acabou de me colocar em um beco mas ele tem saida 

- eu vou pra casa dela mas não vamos ficar lá, vamos sair com alguns amigos e depois eu vou dormir na casa dela 

- mas tem que dormir lá? - minha mama perguntou 

- sim, vou dormir lá, ela disse que tem medo de dormir sozinha em casa porque as mães dela só vai chegar na segunda. Por isso a mochila - apontei para a mochila - vou passar o final de semana lá 

- o meu bebê vai ficar dois dias fora de casa? ela não pode dormir sozinha não? 

- mama, ela é minha amiga, ela me pediu e eu não posso negar - tive que mentir porque só eu sei o tamanho do ciúmes da minha mama, se ela descobrir o que eu realmente vou fazer na casa da Bella, é capaz dela me trancar no quarto e não me deixar sair, e também não me deixar ver a Bella 

- tudo bem, vem aqui - ela se levantou e eu fui até ela, minha mama me deu um beijo na bochecha, colocou as mãos no meu rosto - se comporta, não vai assistir filmes pra maiores de 18, se for sair leva o celular, se acontecer qualquer coisa você me liga ou liga pra sua papa. Não de bola para aquelas garotas das ruas que ficam se jogando pra cima de você, e por favor me liga quando chegar, e amanhã me liga também pra falar se ta bem. Se precisar de qualquer coisa vou estar aqui 

- Ok, mama. Eu entendi - ela beijou minha testa - agora eu tenho que ir 

Pedi o carro pra minha papa e ela me deu, mas antes falou um monte de coisas nas quais eu não podia fazer com o carro. Depois de alguns minutos dirigindo parei em frente a casa de Bella, respirei fundo e me olhei no retrovisor para ver como eu estava. Sai do carro e fui para frente da casa dela, apertei a campainha e não demorou muito pra ela abriu a porta 

- Oi - ela sorriu e vi seus olhos brilharem - Entra - logo entrei e ela fechou a porta demais um rápido abraço e depois eu dei um beijo na sua bochecha - tudo bem? - ela perguntou, eu estava tão nervosa 

- tu... tudo e você 

- também estou bem, vem vamos nos sentar - fomos para o sofá e nos sentamos - você demorou, pensei que não iria vir 

- por que eu não iria vir? - perguntei curiosa 

- porque eu pensei que você tinha desistido 

- combinamos isso, eu dei a minha palavra, eu sempre disse pra você que iria ser verdadeira. Eu sempre irei te falar a verdade - peguei sua mão e beijei - o que eu prometo eu cumpro. Você está tão linda - falei e ela sorriu - está linda mesmo, você realmente é linda - Me aproximei dela - Linda de mais - me aproximei mais e nossos lábios se tocaram, começei a beijar bem lentamente sem usar a língua, pedi passagem para colocar a minha lingua e ela deu, gememos quando as nossas línguas se tocaram, virei meu rosto e ela virou o dela, começamos a nos beijar um pouco mais rápido, virei meu rosto outra vez e explorei a sua boca, paramos para respirar mais ainda com as bocas juntas, quando tomei o ar novamente voltei a beijar ela só que agora mais lento, fiz uma massagem na sua nuca onde eu estava com a mão. Terminamos o beijo com um selinho demorado 

- UAL - ela disse e limpou os cantos da boca - você beija tão bem 

- não melhor que você 

- você está com fome? 

- na verdade não - Pensei em falar que a minha fome agora é de comer ela, mas não disse isso, tenho que ser romântica, eu preciso ser, ela merece - eu jantei antes de vir pra cá, a minha mama fez lasanha e não deu pra resistir 

- claro, ela faz uma lasanha incrível, é até premiada 

- sim, a minha mama é boa no que faz, tenho orgulho de ser filha dela. Mas e você? não está com fome? 

- eu já comi um sanduíche antes de você chegar - o telefone tocou - só um segundo - ela esticou a mão para pegar o telefone - alô - ela disse quando atendeu - Oi, mama. Sim, eu estou bem. Eu já comi. A Lorena vai dormir aqui hoje, vamos fazer fazer algumas coisas... assistir filmes... e depois dormir, talvez assistir séries também... ok, eu aviso, ta bom mama, eu já entendi, não vou abrir a porta pra ninguém... Ok, eu abri a porta pra Lorena, mas eu à conheço - era Veronica que estava falando com ela - e você disse que não era para abrir pra estranhos... Mama, o porteiro é estranho... eu sei quem ele é, mas eu não o conheço... tudo bem mama, eu já entendi de verdade. Vou desligar agora, Eu também te amo - depois disso ela desligou o telefone e deixou de lado - Ela é sempre super protetora, sabe de quem eu to falando né? 

- Sim, da Veronica. Comigo a minha mama é assim, super protetora. Mas você mentiu pra ela, você não contou a verdade 

- você queria que eu falasse a verdade? que iriamos transar? ela iria sair de nova York vir pra cá só pra arrancar seu pau fora - começamos a rir 

- eu to rindo mas estou com muito medo 

- não tenha medo da minha mama, ela não pária nada com voce, pelo menos eu acho 

- viu, você nem tem certeza. Mas eu quero que você tenha certeza de uma coisa 

- de que? 

- de que você quer transar comigo, eu quero que você tenha certeza absoluta disso 

- Sim, eu tenho certeza, você é perfeita e vai fazer ser perfeito - ela se levantou e estendeu a mão pra mim - vamos para o meu quarto, vamos assistir um filme - Dei a mão pra ela e me levantei no sofá, eu estava atrás dela e antes de chegarmos no quarto coloquei as mãos na sua cintura e puxei ela pra mim 

- Eu te desejo como um louco - ela estava com um coquei deixando livre o seu pescoço no qual passei a beijar e dar leves lambidas e ela está estava arrepiada - Eu quero tanto você - falei perto do seu ouvido e ela gemeu baixinho 

- Eu também te quero, você já está animada 

- sentiu? - precionei mais um pouco 

- parece ser grande 

- é sim, e ele ainda nem está tão duro - mordi lóbulo da sua orelha 

- vamos para o quarto primeiro, não quero perder a minha virgindade em um corredor 

- Como quiser - me afastei dela e ela foi na frente praticamente correndo. Entramos no quarto nos beijando e logo estávamos nos beijando em cima da cama, ela tirou a minha jaqueta e jogou no chão. - eu gostava daquela jaqueta - RI contra o seu pescoço - ta cheirosa 

- me desculpe pela jaqueta. Eu preciso beber água, estou muito nervosa - me sentei na cama 

- ta tudo bem com você - ela estava tremendo parecia mais nervosa que eu 

- ta sim, eu só preciso de água - ela se levantou e saiu do quarto, me levantei, peguei a jaqueta e joguei no sofá, sai do quarto e fui até a cozinha 

- Ei - Me encostei no balcão e olhei pra ela - ta tudo bem? você ta bem? - ela estava bebendo água - Por favor, me fala a verdade, eu realmente me preocupe com você. Você tem certeza que quer isso? Se não quiser eu posso ir se você quiser, ou podemos simplesmente não fazer e ficar tudo bem, não vai ficar um clima estranho entre nós duas 

- não é isso - ela deixou o copo em cima da mesa - é normal ficar nervosa na primeira vez 

- é a minha primeira vez também, eu também estou nervosa, mas quero que você relaxe 

- eu já não estou tão nervosa 

- você não vai transar com um desconhecido, e sim comigo, que sou sua amiga 


            Pov Narrador 

Depois que Bella ouviu lorena dizendo que elas eram amigas, a mesma ficou triste, porque não queria ser isso, não queria ser só isso. Os sentimentos de Bella por Lorena surgiram e ela não soube quando foi, porque quando reparou ela já estava apaixonada pela sua amiga. Elas eram bem proximas e ainda são, Bella e Lorena esperam que depois de terem a sua primeira vez juntas não fique um clima estranho estre elas, se vai ficar ou não, isso só o tempo dirá. As duas voltaram para o quarto, Agora nesse momento lorena estava atrás de Bella, a mais velha beijava o pescoço da mais nova e Bella já estava em uma situação deplorável. Lorena abaixou a alça do vestido da mais nova e beijou o ombro de Bella, ela estava indo devagar, já estava excitada mas não queria ir rápido demais, não queria assustar Bella. 

- Vire-se, preciso ver seu rosto - A mais nova se virou, lorena abaixou a outra alça do vestido e o mesmo caiu no chão, Lorena à olhou de cima abaixo tendo convicção de que esse foi o corpo mais bonito que ela já viu - Tão linda - ela sorriu - linda demais - beijou os lábios da mais nova bem lentamente aproveitando o máximo daquele beijo. Ela passou os beijos para o pescoço da mais nova - tão cheirosa, você é tão perfeita - as mãos que antes estavam na cintura passou a ficar na bunda de Bella que gemeu com o contato - vamos pra cama - elas foram pra cama, se deitaram uma ao lado da outra e começaram a se beijar, as mãos de Lorena explorava o corpo da mais nova. Bella colocou a mão na barra da blusa de sua amiga e tentou levantar 

- tira - ela pediu, lorena se sentou na cama e tirou a blusa ficando apenas de sutiã - andou malhando? - perguntou com os olhos focados na barriga da mais velha

- não, mas mas faço aula de luta

- é por isso que é tão gostosa 

- pode passar a mão - lorena se deitou na cama, Bella se sentou na cama e passou a mão no abdômen da mais velha bem lentamente - o que achou? - perguntou com um tom provocativo, já que Bella estava passando a mão durante muito tempo 

- sim, muito - ela arranhou lentamente a barriga da mais nova 

- nossa, isso é bom, faz de novo - e ela fez de novo - você é maravilhosa - se sentou na cama - incrível

- você que é - Lorena se levantou e tirou a calça e já dava para ver o volume que tinha ali na sua cueca boxer . Lorena se deitou em cima da mais nova e beijou os lábios dela outra vez e depois dmse deitou ao lado. - posso tirar seu sutiã? - ela perguntou 

- sim - lorena tirou o sutiã de Bella e jogou em qualquer canto do quarto - vai estar tudo bagunçado amanhã - lorena passou a mão no rosto da mais nova e ficou admirando a sua beleza 

- sim, mas depois eu arrumo. Eu prometo - Lorena desceu o olhar e olhou para os seios da mais nova descaradamente e Bella corou - posso passar a mão? - lorena queria fazer tantas coisas, mas tinha medo de ir rápido demais, por isso que ela pede para fazer qualquer coisa que desejar 

- sim - Lorena logo colocou a mão no seio da mais nova e apertou devagar, a mais nova gemeu e lorena também gemeu 

- posso colocar... a boca? - Lorena estava tentando entender o porque de ficar tão nervosa, porque ela não é assim só com a Bella 

- sim - pela também estava com muito tesão, ela queria muito Lorena mais do quaquer outra pessoa 

Lorena começou a chupar o seio de Bella que estava de barriga pra cima, a mais nova fechou os olhos e suspirou e gemeu baixinho, Lorena estava adorando fazer aquilo era tão bom, ela sentia que queria fazer aquilo pelo resto da vida dela. Enquanto chupava um seio a mais velha apertada o outro devagar porque não queria machucar a mais nova. Lorena tirou os lábios dos seios de Bella isso causou um barulho excitante 

- quero fazer outra coisa - disse Lorena 

- o que vai fazer? 

- você vai gostar 


Notas Finais


Iria escrever até o final do hot mas eu vou assistir o EMA não posso perder a Camila vai performar estou muito feliz com isso e ela ta concorrendo a melhor artista pop tomara que ela ganhe, também tem o Ed sheeran que ta concorrendo a melhor artista do ano e o Shawn também, enfim ta incrível eu não posso perder, vai ter a reprise mas não é a mesma emoção que Ao vivo. Até mais ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...