1. Spirit Fanfics >
  2. Dreams Drifting (Now United) >
  3. Você é à base do grupo.

História Dreams Drifting (Now United) - Capítulo 160


Escrita por:


Capítulo 160 - Você é à base do grupo.


 

~ Josh.
 


      Foram precisos exatamente 4 meses para meu coração entender que nunca mais iria ver novamente Any Gabrielly, mesmo sabendo que nunca mais iria vê-la, meu coração não a esqueceu, tudo o que eu sentia por ela ficou guardado  em um lugar especial dentro dele. Mas apenas foi preciso de 1 segundo ao ver Any Gabrielly em minha frente para que meus sentimentos, explodissem dentro de mim.
- Josh.... Josh.... – Escuto aquela voz me chamando, mas não consigo nem se quer abrir meus olhos. – Josh... Você esta bem?...
            Passo a mão em meus cabelos e tento abrir lentamente meus olhos, na tentativa de ser apenas um sonho. Mas é em vão, realmente ela estava em minha frente, Any Gabrielly, minha eterna bailarina, como ela pode ter mudado tanto, seus olhos... Não são os mesmos, não existe mais aquele brilho.... Seu cabelo... Como isso é possível? Fico a encarando mergulhado em meus pensamentos.
– Acho melhor eu chamar a Angeles, você está pálido... – Ela diz pegando o telefone, e sem pensar duas vezes seguro seu braço, e no mesmo momento um choque percorre sobre nossos corpos, fazendo soltar seu braço rapidamente.
- Não... Não precisa... – Digo com a voz falha, e ela se ajeita na cadeira assustada.
- Tem certeza, você esta pálido. – Any diz levantando uma de suas sobrancelhas.
- Tenho, estou bem, só foi o... Impacto. – Digo me ajeitando na cadeira e respiro fundo. – Não sabia que... Você estava de volta...
- É quase ninguém sabia. – Any diz com um tom de frieza em sua voz, ela apoia seus braços sobre a cadeira e encara diretamente meus olhos, percebo seus olhos mudarem, mas após alguns segundos ela desvia seu olhar e olha para mesa pegando alguns papeis na mesa. – Bom você sabe por que esta aqui?
- Para uma reunião de rescisão de contrato. – Digo e ela coloca em minha frente duas pastas distintas. – O que é isso? – Pergunto.
- Você tem duas propostas, mas sua decisão poderá afetar a todos. – Any diz fazendo gestos com as mãos.
- Quais são essas duas propostas? – Pergunto, mas essa nossa conversa não estava me agradando, era como se não fosse realmente a Any em minha  frente, a cada palavra sua eu sentia uma pontada em meu peito.
- Essa pasta é a rescisão do contrato, assim como Simon lhe informou que ia pedir a Angeles providenciar, as clausuras estão sem multas e sem complicações, pronto para apenas assinar e acabar com Now United. – Any diz me encarando seriamente. – Essa pasta... – Diz apontando para a outra pasta. – Contêm novas musicas, projetos, shows... Tudo que um grupo precisa para retornar... – Ela termina de dizer e respira fundo. – Se você Josh, escolher a primeira pasta, todas as reuniões com os demais integrantes do grupo serão apenas para a rescisão de contrato... Agora se você escolher a segunda... Farei a mesma proposta para os demais, mas diferente de você, se um deles não aceitar, não afetará no retorno do grupo... Bom à escolha é sua.
- Isso significa que.... – Digo ainda tentando entender. – O grupo Now United está em minhas mãos? – Pergunto e ela assente voltando a encostar-se à cadeira. Eu estava perplexo, como ela volta de repente e ainda joga essa bomba em minhas mãos. Vários pensamentos vem em minha mente, duvidas, medos, angustias. – Mas por que eu? Você me odeia... Não é mais fácil me ver longe do grupo?. – Pergunto um pouco alterado e meus olhos começam a arder, e sinto um nó em minha garganta, Any desvia seu olhar, olhando para as enormes janelas da sala, fecha seus olhos e respira fundo, volta seu olhar para mim, colocando seus braços sobre a mesa.
- Josh... Você é à base do grupo, você segura às pontas, cria coreografias, sabe o lugar de cada um... Mesmo que eu te odeie, não posso trazer minha vida pessoal para o lado profissional. – Any diz friamente, e escutar novamente essas palavras que me odeia, saindo de sua boca, fez tudo girar, me lembrando da ultima vez que nos vimos.
- E quem vai levar Now United adiante? – Pergunto ainda com o tom de voz alterado.
- Eu... Eu que vou levar o grupo adiante... Como todos já sabem Now United foi minha idealização, Simon iniciou e eu vou prosseguir... Eu já estava nessa função antes de... Ir. – Any diz determinada, mordo meu lábio inferior, na tentativa de me controlar, não sabia ao certo que eu estava sentido, era tantas perguntas, emoções, sentimentos.
- Ai esta Any... – Digo me levantando, apoiando meus braços sobre a mesa. – VOCÊ ESTAVA PROSSEGUINDO, MAS UMA HORA PARA OUTRA, FUGIU... E QUEM GARANTE QUE SE EU ACEITAR ESSE RETORNO, QUE NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE IRÁ FUGIR, POIS É ISSO QUE VOCÊ SEMPRE FAZ, FOGE... SEM MESMO TENTAR SABER A VERDADE. – Percebo que falei além da conta, não sei de onde essas palavras saíram, olho para Any que me olhava com um olhar mortal, se antes ela passava frieza, agora ela passava o ódio.
- VOCÊ É UM COMPLETO BABACA JOSH... SE EU FUJI É PROBLEMA MEU... SE VOCÊ QUISESSE REALMENTE SER OUVIDO, PENSASSE NISSO ANTES DE FICAR DO LADO DAQUELA MULHER. – Any diz com o tom de voz alterado, vejo sua respiração descontrolar e fechar seus olhos. Respiro fundo passando as mãos sobre meus cabelos. E lembro o que Noah disse antes que eu entrasse na sala “Pense primeiramente no grupo e só depois nos problemas”.
 – DESCULPA... – Digo me sentando novamente na cadeira e percebo que meu tom de voz continua alterado, respiro fundo e a encaro. – Eu não estou pensando direito... Eu pensei que nunca mais ia vê-la... Não estava preparado... Te ver agora na minha frente, me fez cair minha ficha, a Any que eu conhecia não existe mais e eu sei que errei e te peço desculpas... Eu sei que não posso mudar o passado, mas posso mudar o futuro... Sei que nunca mais vou tê-la, e quero que você seja feliz com o Noah. – Dou um sorriso de lado e vejo sua expressão mudar e abrir seus olhos. – Any, eu não estou pedindo para que me perdoe, mas quero que nós sejamos colegas... Colegas de trabalho... E eu aceito retomar com Now United.
- Tudo bem... – Any diz seriamente, mas seu tom de voz esta diferente, sua expressão continua seria, porém percebo um nervosismo.  – Assine esse papel e esta livre... – Ela diz me entregando um papel, pego o mesmo e assino rapidamente. – Obrigada... Marcarei uma reunião com todos que toparem voltar.
- Tá bom... – Digo me levantando, e Any continua com a mesma expressão. – Tchau Any... – Ela me olha seriamente e assente, sem ao menos falar uma palavra, era como se fosse explodir a qualquer momento.
     Saio da sala fechando a porta, e a vontade que eu tinha era de sair correndo daquele lugar, todos os sentimentos, pensamentos estavam todo a vapor dentro de mim, eu precisava me acalmar, antes de tudo que passei com sua partida volte novamente. Caminho rapidamente até chegar à recepção, no mesmo momento que Noah me vê ele para de tocar seu violão e me olha seriamente, ao perceber meu estado, coloca seu violão no sofá e se levanta.
- E ai? – Noah pergunta receoso, pressiono meus lábios, me controlando para não explodir.
- Segui seu conselho... Pensei no grupo... – Digo e ele da um sorriso de lado, o primeiro sorriso de Noah para mim, um sorriso sincero.
- Que bom. – Noah diz e eu assinto.
- Melhor eu ir.... – Digo e sem ao menos deixa-lo responder, saio rumo às escadas, eu queria andar, na tentativa de afastar meus pensamentos o quanto antes, mas sei que isso não irá funcionar, eu sei o que devo fazer. Pego meu celular do meu bolso e mando uma mensagem para única pessoa que sabe me acalmar nessas horas.
 


Mensagem On.


- Preciso daquilo agora.
- Mas Josh ainda é de manhã, as pessoas podem te ver.
- Mas eu preciso, eu estou quase explodindo... A Any voltou.
- Droga... Venha rápido, estarei te esperando.
 
Mensgaem Of.
 
 
~Any.
 

“Tenho, estou bem, só foi o... Impacto”

“O grupo Now United está em minhas mãos?”

“Mas por que eu? Você me odeia... Não é mais fácil me ver longe do grupo?”

“E quem vai levar Now United adiante?”

“Ai esta Any... VOCE ESTAVA PROSSEGUINDO, MAS UMA HORA PARA OUTRA, FUGIU... E QUEM GARANTE QUE SE EU ACEITAR ESSE RETORNO, QUE NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE IRÁ FUGIR, POIS É ISSO QUE VOCÊ SEMPRE FAZ, FOGE... SEM MESMO TENTAR SABER A VERDADE.”

- AHHHHHHHHHHHHH........ – Grito jogando um vaso de flor que estava na mesa no chão, sua voz estava martelando em minha cabeça, eu pensei que tudo seria fácil, depois de 4 meses eu estarei bem em ve-lo em minha frente, como na festa, mas hoje estava tudo diferente.

- Calmaaa... Calmaa Any... – Noah entra com tudo na sala e vem correndo me abraçar.  – Ele já foi... O Josh já foi... – Ele diz acariciando meu cabelo.

- Eu não vou ser fraca, eu não vou chorar. – Digo respirando fundo.

- O que aconteceu? Ele te falou algo ruim? . – Noah pergunta preocupado, e eu balanço a cabeça negativamente.

- Não... Ele apenas falou a verdade. – Digo apertando mais o braço de Noah.

- Qual verdade? – Noah pergunta confuso.

- Que sempre fujo, sem ao menos enfrentar meus problemas. – Digo calmamente e Noah, coloca suas mãos em meu rosto fazendo com que eu o encare.

- Any o que você esta fazendo aqui? – Noah pergunta e eu o olho sem entender. – Não estou falando desse momento, aqui, agora, estou falando o por que você esta na empresa?

- Para dar uma nova oportunidade ao grupo. – Digo seriamente e Noah da um sorriso de lado.

- Certo, e o motivo pelo qual nós dois fomos para o Brasil, já foi resolvido? – Noah pergunta e balanço a cabeça negativamente. – E você não acabou de conversar com o Josh? Sendo que ele foi o gatilho para irmos embora?

- Mas é diferente, eu só fiquei frente a frente com Josh, depois de um tempo... Depois de fugir... – Digo e Noah começa a acariciar minhas bochechas com o polegar.

- Any, só eu sei como você mudou, eu vi sua transformação de perto, não estou falando da sua transformação física e sim interna. – Noah diz apontando para meu peito. - Você se sente frágil, mas não enxerga que esta enfrentando os desafios com toda sua força... Prova disso é mesmo odiando ele você deu o poder a ele em decidir o rumo do grupo.

- Mas... Eu não odeio o Josh... Não mais... O que sinto por ele é magoa, ele perdeu minha confiança pessoal, mas a profissional ainda existe. – Digo e Noah assente.

- Esta ai Any... Você enfrentou isso, agiu como uma adulta... E eu sei que essa nova Any Gabrielly não ira mais fugir... – Noah diz sorrindo.

- E quem garante, que na primeira oportunidade eu não vou... Fujir? – Pegunto preocupada.

- Eu garanto meu amor... Eu garanto. – Noah diz e volta me abraçar fortemente.

 

Algumas hora depois...

 

~Taylor.

 

- Lisa eu não acredito que você comeu o bolo sozinha. – Digo fazendo cara de brava.

- Mas meu amor... Eu estava com fome... Desculpa... – Lisa diz me abraçando de lado e dando beijinho em minha bochecha.

- Tudo bem... Mas vou querer uma recompensa. – Digo sorrindo de lado e Lisa começa a rir.

- Pode deixar.... – Ela diz me dando um selinho e no mesmo momento a campainha começa a tocar sem parar.  – Você esta esperando alguém?

- Não... – Digo confusa. –  Eu abro.

      Caminho ate a porta rapidamente, e abro revelando uma cena aterrorizante.

- Josh? . – Digo me afastando e colocando a mão em minha boca, ele estava completamente acabado, sua camisa antes branca, agora estava completamente vermelha de sangue.

- Preciso de ajuda.... 


Notas Finais


Olá gente!!

O que será que aconteceu com Josh?
E a Any? Sera que vai fugir novamente?

Ps: Não sei o que esta acontecendo, mas os capítulos estão desconfigurando, vou tentar nos próximos arrumar... Espero que não estejam um pouco confusos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...