História Dreams of Tomorrow (Imagine Taehyung) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 14
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura❤

Capítulo 10 - Of course not!


Fanfic / Fanfiction Dreams of Tomorrow (Imagine Taehyung) - Capítulo 10 - Of course not!

Hoseok ainda folheia o grande livro a sua frente, Taehyung parece procurar o que foi a pedido do mais velho entre nós, e eu? Bom, ainda procuro me manter calma diante disso tudo. Vai doer? Como será que vai ser esse ritual? Será que vai ser daqueles típicos em que invocam algum espírito do mal, e ele sim retira essa maldita dor que me atormenta? Não, somente estando em um filme mesmo.

Espero...

~H- S/n, querida, preciso de um fio de cabelo seu, e uma lágrima de um sentimento verdadeiro de Taehyung... -Paralisei ao meio do caminho já que eu andava até o mesmo, e eu e Tae nos prontificamos em olhá-lo na mesma hora.

- S-sério isso? -Pergunto receosa.

~H- Não né linda, onde acha que estamos, em um filme de fantasias? -O mesmo gargalha, o que me dá arrepios pelo fato de ecoar pela enorme sala onde estávamos. -Amo ver a carinha espantada de vocês, super shippo. 

Quase exitei em engolir as últimas salivas que me restavam por conta do último comentário de Hoseok, acredito que iria engasgar com elas, e foi o que aconteceu, pensei em contrariá-lo mas o mesmo é mais rápido que eu.

~H- Taehyung, onde está o frasco em que eu te pedi? Vá mais rápido. -Vejo Tae se aproximar de nós dois com o frasco azul em que Hoseok pediu. -Certo, agora, preciso que vá lá fora e procure um livro chamado... Hum como é mesmo o nome? 

O mais velho posiciona seu indicador em seu queixo parecendo obviamente pensar, ou melhor, se lembrar o nome do livro em que ele queria. 

~H-Ah sim, mas é claro! O nome do livro é Magic Hands. -Vejo Taehyung assentir e logo se vira para sair. -NAO! -Tae se vira um tanto assustado pelo grito de Hoseok. -Sinto muito, o nome certo é Hands Magic. - Taehyung novamente assente acanhado e se vira para sair... -Não faz o mínimo sentido... -Ouço o mais velho cochichar ao meu lado.

- E então, como vai ser esse ritual?

~H- O que achou dele? -Hoseok simplesmente ignora minha pergunta, e com outra que não faço a mínima idéia do que fala.

- Como? Não sei do que está falando.

~H- Ora, não seja boba, sabe que estou falando de Taehyung. -Agora me cai a fixa, Hoseok o manda procurar um livro com o título que não faz o maior sentido na leitura americana, apenas para enrolá-lo o procurando, para apenas me falar ou perguntar sobre Tae. -Vamos! Diga-me o que acha do meu irmão mais novo...

- Irmão? Vocês dois são irmãos?

~H- Não é você que faz as perguntas aqui lindinha, já sei, não quer me responder por que sente algo por ele não é? Mas é claro, não é a primeira vez que isso acontece.

- O QUE? Não, mas é claro que não, eu mal o conheço, pare de dizer bobagens... -Bato meus pés freneticamente ao chão silenciosamente e mexo em meus dedos, Hoseok realmente conseguiu me deixar em uma situação desconfortável. -E... O que quis dizer com "não é a primeira vez que isso acontece"?

~H- Ah minha cara, está tão na cara, você é a única que ainda não percebeu... - Pendo minha cabeça para o lado, claramente indicando que não entendo nada. -Você S/n, você e Taehyung estão destinados a viver juntos... -Minha expressão claramente muda, pois agora estou em um pequeno desespero interno. Como assim? -Por que acha que sente essas dores quando se distancia de Taehyung? Sei que não ocorria isso antes, mas o destino tratou de fazer vocês se conhecerem e por isso não quer que vocês se separem.

- Você está brincando comigo de novo não é? Já estou assustada, satisfeito? Agora pare com essa brincadeira de mal gosto... -Fui grossa demais? -Termine logo esse ritual, pois estou começando a ficar com um pouco de medo de você senhor Hoseok.

~H- Hobi, por favor, me chame de Hobi, Hoseok me deixa muito velho, com "senhor" ainda... Me sinto um defunto. -O mais velho diz gesticulando as mãos pelos ares, e não pude deixar de sorrir com sua indignação.

- Certo Hobi, mas eu ainda não entendi o que quis dizer quando falou que não é a primeira vez que isso acontece.

~H- Ah sim, me esqueci, bom... À não muito tempo, Taehyung conheceu uma garota, e obviamente ela sentia as mesmas dores que você, tratei logo de fazer esse mesmo ritual a pedido de Tae e ela não mais sentia as dores, passando algum tempo, os dois realmente se apaixonaram, fazendo com que os mesmos pensassem que ela sim era o amor da vida dele, mas como tudo não é um mar de rosas, o dever dele era protegê-la de tudo e mais um pouco... Só que nisso, ele vacilou, ela morreu naquela maldita prova, e por causa disso, ele perdeu suas asas, uma forma de mostrar que ele perdeu sua dignidade nisso e claramente ele deixou de ser um anjo.

-Mas... E se eu não me apaixonar por ele?

~H- Realmente não tem como, vocês se conheceram por um acaso, sente as dores que ela sentiu... -É claro, ela deve ser a tal Malia. -Espera! Os sonhos, você sonha com ele, já sonhou com Taehyung? -Assenti minimamente acanhada. -Então pronto, de alguma forma você vai começar a gostar dele, se é que já não gosta, não é?

Louco.

- Pare com isso, que prova é essa? -Hobi despertou uma grande curiosidade em mim com isso tudo.

~H- Realmente acho melhor você não saber agora... Não vai gostar de nada disso.

- Mas por que?

~TH- Hyung! -Nos desviamos da conversa quando ouvimos Tae entrar gritando com um livro em mãos. -Onde estava com a cabeça? Nenhum livro se chama Hands Magic, achei esse com o mesmo nome, só que invertido, acho que esse é o certo. - O mesmo se aproxima depositando o livro em cima da mesa onde Hoseok estava apoiado a pouco tempo, e claro, estava escrito "Magic Hands", onde o mesmo estava um pouco empoeirado e creio que pelo meu ver, as folhas estavam um pouco desgastadas pelo fato de estarem amareladas.

~H- Oh, é mesmo, me desculpe, é exatamente esse, bom trabalho Tae. -Hobi abre o livro menor a sua frente e o folheia. -Depois continuamos isso. -Hoseok se refere a nossa conversa que foi interrompida por Tae, que nos olhava desentendido.

~TH- O que? Não vamos fazer o ritual agora? Não podemos ficar sem fazer, ela pode... 

~H- Ei, eu estava me referindo a outra coisa, não é S/n?

Somente assenti enquanto via Hobi passar seus olhos pelas prateleiras a procura de algo que estava no livro.

~H- Okay, está tudo aqui... Pronta para começarmos S/n? 

NAO!

- Mas é claro... -Ditei receosa...




                                               Continua...








Notas Finais


Opaaaaa, prontos para o ritual? Acredito que sim!
Espero que tenham gostado❤
Até o próximo💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...