História Drogas, bebidas e mais drogas - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 47
Palavras 695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vai ter um lemonzin de meialart ta?

Capítulo 2 - "Meu mundo"


Fanfic / Fanfiction Drogas, bebidas e mais drogas - Capítulo 2 - "Meu mundo"

P.O.V.YCARO

Estava no quarto da skii sentado na cama, saiko estava do meu lado me encarando, parecia que estava esperando eu falar algo, mais naquela hora so queria o abraçar e me desculpar por não ter dito a ele sobre minha depressão...

"E então? Não vai me explicar o por que de você ter cortes no braço?"

-ele disse ainda me encarando sério-

"E-eu...não quero falar sobre..."

-disse com a cabeça baixa e ja se formava lágrimas nos meus olhos-

"Ycaro....por favor me fala o que esta acontecendo? Sou seu melhor amigo e vou estar sempre com você. Agora por favor me responda....Você tem depressão?"

(Autora: não não, tenho excesso de felicidade)

"T-tenho"

-disse sorrindo e deixando as lágrimas cairem sobre meu rosto, estava na hora de eu finalmente contar a ele, mais ainda tenho medo...de sofrer por ser rejeitado-

"Quer dizer o motivo?... por favor..."

-ele pega na minha mão e me encara com um olhar preocupado-

"E-eu..."

-fui interrompido pela porta que se abriu brutalmente, dela podia-se ver meiaum e goulart, meiaum corre até mim e me abraça, e faz várias perguntas do tipo "você ta bem?" " o cellbit te machucou?", e eu so conseguia o abraçar e chorar-

"E-eu quero ir pra casa..."

-Disse entre soluços-

"Ah meu anjo, me desculpa, te perdi no meio da multidão, vou te levar pra casa."

-ele pega minha mão e me levanta-

"ESPERA!"

-disse saiko segurando minha mão-

"Eu quero saber o que ta acontecendo com você ycaro, eu me importo com você!"

-ele disse com um tom preocupado, senti lágrimas cairem novamete pelo meu rosto, so queria abraça-lo-

"M-me desculpa..."

-disse indo até ele e o abraçando forte, o mesmo retribuiu-

"E-eu sou um i-idiota...m-me desculpa"

-ele olhava para o meiaum com cara de confuso, até o mesmo me puxar e abraçar-

"Não foi culpa sua meu anjo, todos fazem as coisas sem querer, você não pode evitar se apaixonar....vamos vou cuidar de você"

-ele me leva em direção a porta e fomos em direção a minha casa-

Chegando la, meiaum ficou no quarto comigo, até eu pegar no sono...

P.O.V. ANDRÉ 

Depois que ycaro conseguiu dormir, desci em direção a sala, onde se encontrava Gabriel, ou como eu chamo, Goulart. Estava distraído com seu celular, cheguei por trás do mesmo e abracei seu pescoço e ele sorriu, se virou me beijando, pedindo passagem, cedi imediatamente e ele me pega me deitando no sofá, e me beijando novamente, sábia que era errado fazer isso na casa do ycaro e no momento que ele está mal, mais fazia tempo que eu e Goulart não nos tocavamos, então resolvi aproveitar o momento. Goulart tirou minha blusa, indo em direção ao meu pescoço, chupando e mordendo, fazendo-me gemer baixo. Logo desce para meus mamilos mordiscando um, e com a mão brincava com o outro.

"Sinto sua falta"

-ele disse ainda dando atenção aos meus mamilos-

"Anw.. t-também sinto a sua"

Ele desce até o minha calça tirando a mesma junta a minha box, meu membro pulou pra fora e ele me encarou sorrindo malicioso, logo começou a me masturbar.

"Gosta disso?"

-ele me olhava com malícia-

"Aah~ s-sim"

Ele coloca meu membro na sua boca, fazendo movimentos lentos de "vai e vem".

"Aaah~♡ m-mais rápido"

Ele almentou a velocidade indo cada vez mais rapido, estava ficando louco, não conseguia conter meus gemidos...  até eu me liberar em sua boca...ele engoliu e me olhou malicioso, enquanto tirava a própria roupa, logo se posicionou, e me olhou novamente.

"Certeza que quer fazer isso aqui?"

"E-eu preciso d-de você dentro de mim..."

Logo ele me penetra com força, me fazendo gemer um pouco alto, o mesmo me beija para abafar os gemidos.

"Hmmn~♡"

"Ah... que saudade disso"

Ele se movimentava rápido, trocamos as posições, ele me pôs de quatro e me penetrou com força, me fazendo gemer seu nome.

"AAahh~♡ g-gabriel!"

Estava chegando no meu ápice, e pelo que percebi ele também, senti os spasmos pelo meu corpo, e logo me liberei no sofá, Goulart ainda não havia se liberado, então continuou estocando. Depois de um tempo ele se liberou dentro de mim, gemi ao sentir o líquido quente me preecher.

"Aah~♡"

Ele se retirou de dentro de mim, e soltei um gemido de reprovaçã. Ele se deitou no sofá, me colocando em seu peito e me deu selinho demorado.

"Gostou?"

"S-sim.."

Ele sorriu e me abraçou.

"Te amo meu fofo"

-corei depois do comentário-

"T-também te amo, meu anjo"

Assim adormecemos no sofá, abraçados...














C

A

B

O




Notas Finais


Sorry se tiver erros -w-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...