História Drogas, bebidas e mais drogas - Capítulo 3


Escrita por:

Visualizações 82
Palavras 787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAAAH ♡

Capítulo 3 - "Meu mundo" (part 2)


Fanfic / Fanfiction Drogas, bebidas e mais drogas - Capítulo 3 - "Meu mundo" (part 2)

P.O.V. YCARO 

acordei com uma puta dor de cabeça, e descidi não levantar, provavelmente meiaum iria subir me trazendo algum tipo de café da manhã, que eu não quero comer...

Depois de alguns minutos deitado na cama olhando pro teto, lembrei da noite anterior....lembrei do celbit...e isso me deixou um pouco triste, um dos meus amigos pretendia me estrupar....também lembrei de saiko....e meu humor melhorou um pouco depois que eu lembrei de suas palavras "eu me preocupo com você"  e isso ja era suficiente pra eu pensar que ele me ama e me iludir de novo, mais mesmo assim estava feliz, ele se procupa comigo....me levanto e vou até a varanda que tem no meu quarto, que da visão a cidade movimentada, senti meu corpo arrepiar com o vento frio, me sentei no chão, encostando minhas costas na grade, torcendo pra ela quebrar e eu cair la em baixo e morrer...era so o que eu queria, mais o medo me impedia de morrer...

Fiquei olhando pro meu quarto estava meio bagunçado, e reciocinei, esse é o único lugar que eu me sinto bem, o único lugar em que eu posso chorar sem vergonha, posso botar tudo pra fora e ninguém pode me machucar enquanto eu estiver aqui....esse é o meu mundo onde tudo que eu quero pode acontecer. Distraído com meus pensamentos percebo que saiko havia me mandado uma mensagem...várias na verdade. Todas perguntando se eu estou bem, mais na última ele mandou algo que me chamou a atenção..."eu fiz algo de errado?"...não você não fez nada, eu que fiz....eu mesmo quem fez eu sofrer por amor....deixei pra responder depois!

P.O.V. GOULART

Acordei de manhã, e não vi meiuam ali, logo escutei barulhos de panelas vindo da cozinha (Obviamente)vesti minha box e fui atrás, vi ele preparando algo para o café, abracei ele por trás  e beijei seu pescoço, o mesmo corou e sorriu.

"Bom dia meu anjo" 

-ele falou sorrindo-

"Bom dia amor"

-abracei ele mais forte-

"Vá se vestir, ycaro pode acordar a qualquer momento"

-obedeci e fui me vestir-

Depois disso, limpei o sofá e fui ver se o Ycaro ja tinha acordado, cheguei no quarto e bati na porta, não obteve resposta, então entrei. Vi o loiro sentado na varanda olhando pro nada, com fones de ouvidos e fumando um cigarro normal, pelo menos não era drogas. Me sentei do lado do mesmo, o que chamou a atenção dele, nunca tive uma conversa verdadeira com ele, tipo...nunca falamos sério um com o outro, essa era a hora perfeita...cutuquei ele e o mesmo tirou um dos fones e desviou sua atenção pra mim..

"Bem....faz tempo que a gente não tem uma conversa de verdade né?.."

-ele olhava atentamente pra mim o que me deixava desconfortável-

"É, mais pra mim é normal...Você é sempre tão calado..."

-ele diz olhando pro seu cigarro e tragando o mesmo- 

"...por que? Por que fuma, bebe e se droga? Isso ajuda em alguma coisa?"

-ele olha pra mim e sorri sem humor-

"Isso, as vezes me faz esquecer da minha dor...e quando o efeito acaba depois de um tempo, acabo lembrando de novo...então continuo...para esquecer"

-seus olhos se enchem de lágrimas-

"Entendo, sabe ycaro...eu também bebia...hoje em dia ainda bebo, mais antes, bebia mais que o normal...para esquecer o meu ex...ai conheci o André...e ele se tornou o amor da minha vida.."

-ele traga seus cigarro novamente-

"Queria ter essa sua sorte...em vez disso a vida so me trás desgraças"

-ele pasa a mão no cabelo-

"Eu não fiquei sentado no quarto esperando ele vir até mim, eu fui atrás...Você devia fazer o mesmo...ir atrás de alguém que goste de você..."

"Eu gosto do saiko....e não quero ir atrás de alguém que eu não gosto..."

"....esse é o seu problema...Você não tenta...ir atrás de outro"

-ele fica em silêncio-

"Vou descer la pra baixo, o André ta fazendo o café, desce la depois..."

-ele sussurra um "okay" e eu vou pra cozinha. Claro que conto tudo para André, ele aconselha aprensentar alguém para ele, eu concordo,ycaro não pode ficar assim pra sempre-

Depois de um tempo ycaro desce para a cozinha, comprimentou eu e André e se sentou do meu lado.

"O café ta pronto"

-disse André forçando um sorriso-

"Não to com fome..."

-ycaro disse encarando a mesa-

"Tem certeza? Você não não comeu nada desde ontem...so bebeu"

-pronunciei-

"Tenho"

P.O.V. ANDRÉ

Ycaro estava bem desanimado então tive uma idéia!

"Que tal uma festa?"

-disse animado-

"Eu acho uma boa"

-gou disse-

"Não to afim de sair de casa"

-ycaro disse desanimado-

"Eu sei, por isso a festa vai ser aqu!"

-disss abrindo um sorriso, gou retribuiu mais ycaro apenas olhou intediado-

"Você quem vai arrumar a casa depois"

-ele disse ainda desanimado-

"EBAAA, VOU LIGAR PRO PESSOAL HOJE A NOITE AS 6, CADA U TRÁS UMA BEBIDA!"

-disse super empolgado com a minha idéia-

Passamos o dia arrumando a casa pra festa, e é claro que eu ia fazer o ycaro ficar com alguém nessa festa! 

HUAHAHAHA




















CA

BO


Notas Finais


Sorry qualquer erro!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...