1. Spirit Fanfics >
  2. Drowning in Blue - 2 >
  3. Chapter 4 - Família é onde seu coração está

História Drowning in Blue - 2 - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Chapter 4 - Família é onde seu coração está


Sinto meu corpo tremer com o susto e o sangue fugir de meu rosto, meu coração aparenta querer abandonar meu corpo e sair pela boca. Rafael percebe que estou levemente esmorecendo o corpo e me segura firme pela cintura.

- Laura, você ta bem? - Ouço sua voz distante, como se estivesse a 10km de mim.

Não consigo tirar os olhos de meu pai que caminha lentamente em minha direção, como se tivesse receio de completar seu destino e medo do que encontraria. Quando ele me encara sinto uma lágrima escorrer pelo canto de meu olho e vejo que ele também está chorando.

Flashbacks de brigas, discussões e do dia em que fugi de casa voltam a minha memória nesses segundos que parecem horas. Mas não importa mais. Meu pai estava ali. Depois de quase 10 anos sem qualquer tipo de contato vejo ele caminhando em minha direção como se ainda fosse me pegar no colo depois de cair, como se eu ainda fosse apenas a sua menininha.

Ele completa a sua caminhada ficando em minha frente, levemente encosta a mão em meu rosto como uma carícia. Sinto sua mão áspera em mim e caio totalmente no choro, me jogando no seu abraço. Todos aplaudem enquanto ficamos os dois ali, chorando abraçados, constrangidos por ter deixado as nossas briguinhas chegarem tão longe.

Quando nos controlamos ele poe suas mãos ao redor de meu rosto

- Filha, você ta linda! Que orgulho! - Beija minha testa e me solta começando a tatear os bolsos. - Eu trouxe um presente.

Ele tira uma pequena caixinha do bolso e abre. Dentro dela tem um lindo anel com uma pérola em cima, um pouco envelhecido por causa da idade mas ainda assim incrível.

- Era da sua mãe, ela ia querer que você ficasse. - Ao ouvir isso meu coração aperta mais um pouco.

Meu pai se afastou e logo seu lugar foi preenchido pelos meus amigos querendo me parabenizar e entregar os presentes enquanto Nick colocava alguma musica pra tocar.

Cauê me abraçou e girou enquanto me desejava felicidades e que eu casasse logo com Rafael.

Gargalhei quando ouvi isso e ele se afastou. Rafael sussurrou em meu ouvido 

- Seria uma boa idéia... - Viro a cabeça pra o encarar e vejo que ele está serio.

A festa foi muito animada e acabou só as 5 da manhã por que ninguém aguentava mais, seja pela bebedeira ou pelo cansaço. Meu pai se despediu de mim dizendo que precisava voltar pra casa de minha madrasta, me prometeu manter contato.

- O que achou da surpresa? - Rafael me abraçou pela cintura e envolvi meus braços em seu pescoço.

O olhei enquanto nos abraçamos, encarando profundamente aqueles olhos azuis e tendo a certeza de que tínhamos um longo e lindo futuro pela frente. O beijei intensamente, tentando passar nesse beijo tudo o que sentia e ele pareceu entender. Rafael correspondeu o beijo a altura, me fazendo esquecer que estávamos em um salão com algumas pessoas bêbadas.

- Com licença o casalzinho... - Ouvi a voz de Nick atrás de mim - Tá ficando desconfortável já...

Rimos nos separando. Aquele dia estava sendo mais um grande candidato a ser o melhor de minha vida.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...