História Drunk - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Suho, Xiumin
Tags Exo, Xiuho
Visualizações 196
Palavras 1.098
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo único; a partir de hoje, você é minha puta.


Minseok estava completamente alheio do que estava acontecendo, não sabia o porquê havia saído da tão esperada festa de aniversário de seu pior inimigo, Sehun, e agora estado na frente do apartamento de seu professor de ciências. Sim, os dois eram próximos amigos, amigos coloridos, que apesar de uma diferença um pouco absurda de idade, nove anos, a personalidade pervertida, manhosa e fofa do mais novo combinava perfeitamente com a de Junmyeon, calma e responsável. 

O porteiro que logo viu o Min, não conteve um grande sorriso antes de ter que ligar para Suho, às plenas três da manhã, para pedir permissão com objetivo de entrar, eles eram grandes amigos, talvez porque Minseok fosse um dos melhores amigos do melhor habitante do prédio ou por sua própria personalidade, mesmo sendo um pervertido de primeira, não deixava a gentileza e amor de lado, o que lhe tornava extremamente desejável, em qualquer sentido que queira atribuir. 

"Senhor Jun?"

"Sim, Sungmin? Por favor, seja rápido, eu estou quase desmaiando de sono aqui."

"Oh, eu sinto muito. Mas recebes-te uma visita este horário, Xiumin está aqui e quer te ver, mas ele não me parece muito bem."

"Não o chame assim, só eu posso. Okay, deixe-no entrar, mas ele provavelmente descerá rápido, eu estava no meu quinto sono"

" liberarei-o, boa noite."

O mais velho entre os dois suspirou e abriu o portão, contudo no nível que Minseok estava nem entenderia a ação, ele nem se interessou por ouvir a conversa entre os mais velhos e só entrou porque isso era automático de sua cabeça, assim como o caminho do apartamento de Junmyeon. Até que ele teve uma ideia, mesmo bêbado, ou seja, uma péssima ideia. Quando chegou, foi recebido com um "O que você quer", mas nada respondeu, apenas lhe devolveu um sorrisinho malicioso e jogou-o numa poltrona presente no cômodo da sala, e sentou no colo dele, começando a desabotoar a camisa do pijama que usava o mais velho, sendo que o mesmo precisou de alguns segundos para tomar posse do que estava acontecendo. 

"O que raios você está fazendo?!" Gritou, mesmo que a resposta já fosse óbvia, e novamente não recebeu alguma palavra. 

"Você é tão gostoso, Sr.Kim... Tem noção de quantas noites eu já perdi por sua causa, sonhando com você fodendo minha boquinha e depois acordar suado e duro gemendo por seu nome? Quanto tempo eu esperei para fazer isto?" Disse, se referindo à ver o mais velho sem camisa, e realizando o desejo arrancando-a. Até que por um bafo de Vodka, Junmyeon percebeu o que estava acontecendo. 

"Você está bêbado, Kim Minseok?" Murmurrou, não conseguindo parecer bravo pelo simples fato de que o mais novo começou a rebolar em suas calças, deixando uma pequena ereção presente. 

"Não sei, na verdade. Vai, Sr.Kim, eu sei que quer abusar do meu corpinho. Ou como eu devo te chamar, Daddy?" Ao ouvir essa simples palavra, o tão responsável professor desistiu de manter a pose, afinal, não poderia negar que sentira uma pequena -grande- atração pelo mais novo, e de acabar um namoro recente com Yifan -que já tinha partido para outro- estava à alguns meses na seca. E extra, sua caixas de brinquedos um pouco mais, como podemos dizer, adultos ainda era presente dentro da suíte, que por falar nisso era 'pra onde Junmyeon queria que eles fossem.

"Aish.. Para o quarto, agora, eu irei lhe ensinar um pouco de ciências." Disse e Minseok sorriu malicioso, desobedecendo seu tão novo Daddy, não saindo de cima do outro, e o enfurecendo profundamente. "Você está me contrariando?!" Suspirou, levantando e fazendo com que o mais novo prendesse as pernas em sua cintura, logo o levando, esbarrando em tudo quanto é canto, para o local desejado. Jogou o menor na cama, e murmurou um "você vai se arrepender" antes de buscar os citados anteriormente, seus preciosos brinquedinhos, que na verdade não passavam de vendas extremamente simples, algemas de ferro, um chicote preto, lubrificante e um plug anal de raposa. Já que seu baby foi desobediente, resolveu puni-lo, o pegando de surpresa quando lhe prendeu com as algemas, vendou-lhe com algo que nem se deu trabalho de checar a cor e, após chupar dois de seus longos dedos, enfiou-os dentro da entradinha de Minnie, que gemeu com o toque rápido, mas resmungou percebendo que eles foram tirados rapidamente. "De quatro, agora. " Obedeceu, sentindo o mais velho tirar suas roupas. O que não esperava, era um Plug fodendo sua próstata com força e levar duas chicotadas do mais velho, que resmungou um palavrão percebendo que Minseok estava tão necessitado, que nem se importava com o incômodo. Como eles foram chegar ali, Deus, os dois só poderiam estar loucos. De desejo um pelo outro.

Junmyeon terminou de retirar a roupa dele e também os assessórios de Minseok, que sentou-se sobre a cama olhando com curiosidade o que o outro estava prestes a fazer agora. Chamou-o, e quando recebeu o mesmo em sua frente, abriu minimamente as pernas e ordenou ao mesmo: "chupe", o que logo foi obedecido. Uma onda de prazer tomou o corpo de Suho, que começou a fazer o que tanto desejava, além de muitas coisas sexuais. Foder a garganta do mais novo, que se não tivesse experiência em sentir alguns pênis indo tão abaixo em sua garganta, provavelmente engasgaria ou vomitaria, sendo bem desagradável, mas como esse não é o caso, fazia isso bem, sugando e lambendo as intimidades do outro;

"Muito bom garoto, agora.." De surpresa, foi pego pelo colo e sentado com força no pênis do outro. Gemeu extremamente alto, não esperava por isso. 

"Vai à put.." foi interrompido com um tapa forte em sua bunda e murmurar um sem xingamentos, o que lhe levou a gemer o nome do professor e cavalgar no mesmo, o que ele não sabia, é que Minseok não ficava embriagado por muito tempo, e já estava completamente sóbrio, já esperando a ressaca forte que o atingiria amanhã

"Caralho, você é uma puta Minseok." Disse quando pode o sentir rebolando no seu colo, e quando Junmyeon começou a se mexer também, alterou as posições ficando por cima do menor e o estocando já com uma força que não cabia dentro de si mesmo, ele estava tão exitado, por que não aproveitar? E depois de diversas posições talvez vergonhosas, Suho chegou ao ápice, gozando dentro do mesmo. Logo foi a vez do mais novo, que teve o gozo experimentado pelo outro. "Você é minha puta." afirmou, e se deitou junto do mesmo na cama. 

"Junmyeonnie..." chamou-o com uma voz manhosa,

"Sim?"

"Podemos fazer de novo?"

 

 

 


Notas Finais


eai menkkkk
voltei com uma xiuho pra vcs, espero que gostem amorxs

~Myeonnie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...