História Duas Chances. - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Kim Mingyu, Lee Jihun "Woozi"
Tags Abuso, Assassino De Aluguel, Drogas, Gyuhoon, Jigyu, Roleta Russa, Seventeen, Suícidio
Visualizações 46
Palavras 497
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Vigésimo - último



 

 - Que jogo, MinGyu?

JiHun tinha os olhos grudados na arma que o maior segurava nas mãos enquanto se sentava no sofá à frente.


- Vamos jogar um jogo, Hyung.- duas cápsulas das cinco foram colocadas no revólver.- Se eu ganhar, eu fico.

JiHun engoliu em seco

- E se você perder?

- Acho que daí você não vai ter que se preocupar comigo.


- MinGyu, o que você tá fazendo?

- Eu quero jogar, hyung. Por favor.

- Você não tem ideia do que você tá fazendo, guri. 

- Tenho sim, hyung! Para de me tratar como uma criança! Eu tenho 3 tiros. Um deles vai me matar. Eu só tenho que atirar duas vezes! 

- Isso é loucura!

- São duas chances!

- É uma sentença de morte!

O silêncio na sala era mortal. A respiração de MinGyu era descompassada, pesada. Ele queria desistir. Queria largar a arma.

Mas ele era muito orgulhoso.

- Se vocês estiver com medo não precisa, Hyung.

Sua voz era afiada quando estendeu a arma para o mais velho . Isso não deveria afetar JiHun, mas afetou. 

Afetou muito. Afetou seu orgulho.

Ele aceitou a arma. Girou o tambor.

Apontou a arma para sua própria cabeça. Viu MinGyu prender o fôlego, seu maxilar se tensionando. 

Fechou os olhos. Ele não planejava morrer assim tão cedo.

Mas ele não tinha planejado nada em sua vida. 

Isso o acalmou. A arma em sua mão parecia pesada como nunca antes.

Ele apertou o gatilho.

🔫

O click cortando o silêncio fez MinGyu soltar o fôlego que nem percebia estar segurando. JiHun relaxou os músculos, apenas para tensioná-los novamente.

Era a vez de MinGyu.

Trêmulo, o maior esticou a mão para JiHun, esperando a arma. JiHun suspirou pesado quando viu MinGyu colocar o cano contra seu queixo.

Uma lágrima solitária desceu por sua bochecha.

Lá fora, ele conseguia ver pela janela, era escuro, um breu. E ele estava triste, desconsolado.

Como se nada que ele fizera até aquele instante tinha qualquer importância.

MinGyu estava chorando

Ele não queria chorar, não mesmo.

Ele não chora. Nunca.

Porque homens de verdade não choram.

Homens de verdade não tinham sentimentos. 

Homens de verdade não voltam com a palavra ou recusam apostas.

Mas MinGyu estava chorando.

E ele também queria chorar. 

Quando o maior apertou o gatilho, o mundo inteiro rodou mais rápido. Ele queria vomitar. Ele viu o sangue nas paredes, as sirenes das ambulâncias, ele conseguia sentir.

Mas quando o click abafado chegou em seus ouvidos, ele só conseguiu chorar.

Levou os joelhos ao peito e chorou, segurando o rosto com as mãos. Seus ombros tremiam e ele não conseguia respirar. Sentiu um toque gentil em seu braço.

- Tudo bem, hyung. Tá tudo bem.

- E-eu não quero c-continuar. Você vai mo-morrer e eu não quero fi-. A frase morreu entre os soluços e ele sentiu o gosto salgado das lágrimas que alcançavam seus lábios m

- Eu não quero ficar sem você.

MinGyu jogou a arma longe, puxando mais velho para um abraço.

- Eu não vou embora.

- Você não vai embora.

O breu lá fora doía. Doía muito.

Mas a escuridão logo antes do nascer do Sol era a mais escura.



Notas Finais


Tchauzinho:( terminou Duas Chances.
Obrigado por lerem e pá.
Tô triste com o final mas isso é comum.
Beijinhos, estrelinhas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...