História Duas Cores - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 4
Palavras 1.231
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hi voltando com mais um capitulo boa leitura...

Capítulo 3 - Apenas outro babaca


Fanfic / Fanfiction Duas Cores - Capítulo 3 - Apenas outro babaca

O tempo continuava correndo e quanto mais passava mais monótono ficava,no domingo nos vimos na saída da empresa mas dessa vez ele não sorriu apenas fecho o armário e saiu sem ao menos olhar pra trás eu não me importei pois nem eu mesmo sabia o que estava acontecendo comigo por que era tão importante pra min receber um sorriso dele.

- Rony Vou deixar você de escuta hoje.

Disse o supervisor passando por minhas costas e falando o mesmo pra algumas pessoas,ficar de escuta erá ótimo por que você sabia que seu desempenho estava ótimo a ponto dele confiar em deixar alguém que vai entrar na empresa acompanhar seus atendimentos,mas o problema e que eu odiava por que me deixava tenso.

- A esqueci de avisar o pessoa da área técnica vai ter atendimento junto com nos por essa semana deixe uma maquina ao seu lado vaga.

Aquilo foi um enorme motivo pra fazer minha barriga gelar o garoto que agora sabia o nome e da área técnica o nome dele e ate complicado na pronuncia Cayton.

O tempo tinha passado e vi a hora que o pessoal que ia fazer escuta chegou foram sentando em uma cadeira atrás da nossa.

- Rafaela Senta com o rony ele e ótimo.

Disse Daniela a mesma tutora que fez o treinamento comigo.

- Não acredite nela sou horrível.

Disse para a garota que sentou atras de min sorrindo,ela era linda menor que eu magra cabelos curtos ate o ombro tinha um piercing no smile e outro no meio do lábio superior.

- Prazer me chamo rony.

- Sou Rafaela mas pode me chamar de rafa.

Pelo vidro o pessoal do setor técnico chegando e na hora travei,ele estava lindo com uma camiseta social azul,sorria para os amigos dele.

- E...Falta quantos dias pra acabar  o treinamento.

Perguntei pra rafa olhando pra tela.

- Depois de amanha,estou com um pouco de medo.

E já  tinha chegado o pessoal notei que ele ia sentar nas primeiras cadeira mas seus amigos veio para o fundo onde eu estava ele os seguiu.

- Não precisa ter medo não e tão difícil assim como eles fala no treinamento,e se cair no meu setor senta do meu lado que te ajudo.

- Obrigado.

Cayton passou na minhas costa e quando me viu sento na cadeira a meu lado,ligando o computador e virando a cadeira de costas falando com seus amigos.

- Rafaela vou fazer o atendimento veja como funciona.

Ele virou e olho pra min eu fingi que não o vi e olhei pra tela ligando pro próximo cliente.

Fiz o atendimento como sempre rafaela escutava tudo pela escuta nos momento que o cliente se exaltava eu apenas o acalmava e tentava novamente fazer a explicação do motivo de sua fatura estar um valor acima do que era normal,finalizei o atendimento e pronto.

- Viu não e tão difícil.

- Também você fala tão doce e meigo o cliente se acalmo fácil.

- Doce com um Mel.

Disse o amigo loiro de cayton já,o pessoal próximo riu.

- Então rafaela e assim que faz um atendimento,e como disse qualquer duvida vai ser só me chamar.

- ok.

O supervisor geral passou gritando que o servidor geral caiu,o significa que teríamos uma pausa.

- Isso acontece com frequência?

- Duas vezes na semana.

- ótimo,tem quantos anos rony e esta aqui a quanto tempo?

- Vou fazer 19 anos semana que vem,se não me engano amanha faço 6 meses de empresa.

- Nossa jurava que você tinha 16 anos,agora explica por que seu atendimento e bom. Você faz aniversario em julho signo de leão.

- E você qual signo?

- Escorpiana.

- Nossos signos se dão bem junto,parece que vamos se dar bem.

Disse sorrindo cayton virou a cadeira e tirou o red da cabeça.

- Poderiam falar baixo estou fazendo atendimento.

- Desculpa mais o servidor caiu,você consegui continuar em atendimento sem servidor geral ??

- Claro que não.

O garoto estava bravo,ótimo não me importo.

- Entendi.

As meninas do setor dele que estava próximo deu risada rafaela também.

Ele olhou com uma cara seria e então virou a cedeira chamando seu amigo.

- Rafaela pode esperar um minuto vou aproveitar pra ir ao banheiro.

 Ela confirmo com a cabeça levantei e fui ao banheiro,não sabia por que ele estava agindo como um idiota sera que na verdade ele e tão babaca quanto seus amigos. Estava lavando a mão quando olhei ele entrar pela porta com a mesma cara seria quando estávamos la dentro,sequei minha mão e ele continuou parado de braço cruzados atras de min me olhando.

- O que foi?

Perguntei olhando pra ele meu tom suou um pouco serio e alto, o garoto me pego pela camiseta e bateu minhas costas na parede.

- Quem você acha que e para falar assim comigo.

- Me solta.

- Não vou soltar merda nenhum quero escutar um pedido de desculpas.

- Vou contar até 3 para me soltar.

- Você ta pedindo pra apanhar não é.

- 1.

- Achei que você erá uma pessoa legal.

- 2

Disse gritando.

O garoto aproximo sua boca da minha senti sua respiração bater contra minha boca.

- Afinal você não passa de um viadinho babaca.

Antes de ele terminar acertei um soco em sua barriga o fazendo me soltar logo depois o empurrei e subi contra seu corpo segurando seu pescoço.

- Viadinho e você seu desgraçado,você e tão babaca quanto seus dois amigos.

Sua respiração estava pesada e seu rosto vermelho aproximei minha boca de seu ouvido.

- E bom ninguém saber o que aconteceu aqui ou quer perder o emprego? Eu sinceramente não me importo e você?

- Saia de cima de min.

Dei um sorriso e soltei o garoto que se levantou limpo a roupa e saiu do banheiro batendo a porta. Olhei pra min no espelho e lagrimas começaram a correr por meu rosto,nunca fui de briga certamente se Brigássemos iria apanhar com toda certeza,mas não era isso que estava me fazendo chorar. Sequei minhas lagrimas arrumei minha roupa e voltei pra minha mesa ele não estava mais la tinha trocado de lugar com seu amigo de cabelo preto ele estava la sentado com o rosto todo vermelho e a roupa amassada.

- Ei emo.

Pergunto o amigo dele em voz baixa.

- Eu tenho nome e emo e sua mãe.

- Não me importo com seu nome mas aconteceu algo entre você e o cay ele chegou me pediu pra mudar de lugar com ele e ele estava quase chorando de raiva.

Rafaela escutava tudo passando a mão em minhas costa tentando me acalmar.

- Não aconteceu nada apenas ele e assim como você e seu amigo um completo babaca.

O garoto então volto a atenção pra sua tela de computador e novamente lagrimas começaram a descer do meu rosto.

- Fique calmo.

Rafaela tentava me acalmar o que achei legal da  parte dela mal me conhecia e estava ali tentando me acalmar de algo que ela nem imaginava. o resto do dia foi uma merda só não foi pior por que rafaela passou o dia todo de escuta comigo ate mesmo na hora da janta fomos junto,pude conhecer ela melhor e ela me conhecer contei pra ela o que aconteceu no banheiro,ela apenas chamou ele de babaca e mandava eu ficar calmo. 

 


Notas Finais


tretas tretas
ate os próximos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...