História Duas Cores - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 3
Palavras 1.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hi mais um
ps:Talvez esteja um pouquinho menor mais logo mais postarei outro um pouquinho maior.
Kissus

Capítulo 4 - Bebida não ajuda


Fanfic / Fanfiction Duas Cores - Capítulo 4 - Bebida não ajuda

Estava complicado pra min encontra ele todos os dias e fazer aquela suave feição de que nada aconteceu e que nada estava acontecendo,tinha vontade de chegar nele e dar um soco no meio da cara dele e ao mesmo tempo queria depois poder o ajudar a limpar o sangue que escoria de seu nariz,hoje em especial estava um pouco mais difícil não sei se e por ele ter dado um sorriso que não sei se foi pra min. Estava caminhando pro refeitório onde tinha varias mesas e l tinha uma maquina de chocolate mas assim que entrei olhei ele sentado em uma mesa jantando minha reação foi...para...olha...vira e volta.

- Espero que não tenha me visto.

Por que estava agindo tão idiota por alguém mais idiota que minhas idiotices?? resolvi entrar e ir ate a maquina de chocolate,mas me arrependi na mesma hora ele estava agora parado ao lado da maquina lavando sua marmita,em passos leves fui ate a maquina coloquei o dinheiro e apertei o numero na maquina,ele estava agora parado atrás de min esperando pra pegar algo na maquina,e adivinha meu chocolate não caiu...

- Ue 

verifiquei no lugar que ficava quando caia e não tinha chocolate alguém.

- te...

Antes que ele falasse algo dei um tapa na maquina.

- Não quero mais.

E sai caminhando em passos longos e lascando o foda-se se tinha acabado de ficar sem meu chocolate.

  O pior de tudo era que justamente hoje o dia não estava passando,meu celular tocou tirei uma pausa pessoal e fui atender minha mãe.

Ligação on

- Rony estamos indo hoje para a casa de sua tia só voltamos segunda.

- Como assim e eu??

- Fica em casa você nunca sai mesmo.

- Onde esta a chave?

- Eita espera.

Escutei meu irmão dizer ao fundo ¨ Você guardo a chave na bolsa¨... ótimo já vi que me fudi.

- Eita rony pior que acabei colocando a chave na bolsa mas você da um jeito ai.

- ok..

- Chau ate segunda.

Ligação off

Ótimo agora estava completamente fudido,até pediria pra dormir na casa da minha prima mas adivinha...ela não veio trabalhar hoje

- O que foi essa cara?

Rafa já estava a um mês trabalhando comigo.

- Meus pais sairão só volta segunda feira e adivinha esqueceram de deixar a chave.

- ótimo!

- Pera não entendi onde isso e ótimo?

perguntei rindo.

- Hoje vai inaugurar a balada eletrônica que tinha te falado e como você não tem pra onde ir vai ir comigo.

- An??

Queria poder dizer não mais seria melhor que voltar pra casa e ficar tentando estourar o cadeado do portão depois quebrar a janela e entrar pra dentro de casa.

- Mas não estou nem vestido pra balada.

- Deixa eu consigo.

- Rafaela agora são 21:00 horas como vai conseguir uma roupa masculina a essas hora.

- Tenho a do meu irmão vai ficar ótima em você.

O tempo começo a passar mais depressa e logo já estava na hora de sairmos.

- Vamos rony?

perguntou rafa da porta

- Vamos.

Sua casa era  a 30 minutos da empresa pegamos apenas um ônibus algumas paradas e já tinha chegado. 

- Seu irmão não vai achar ruim usar roupa dele?

perguntei entrando no apartamento dela era pequeno mais arrumado e bem aconchegante.

- Ele esta viajando só volta 28 de julho.

- Nossa um dia antes do meu aniversario.

- caramba falta tão pouco assim pro seu aniversario já vou logo comprar um presente.

- Não precisa.

- Vamos depois falamos disso escolhe uma roupa ai e vai tomar um banho.

Suas camisetas eram todas regatas.

- Seu irmão não gosta de camisetas e não senti frio com só regata.

- Ok eu escolho.

Ela então pego uma camiseta branca com um decote que ia ate o meio do peito,uma calça jins com rasgos nas pernas.

- Precisa de cuecas?

dei um sorriso peguei a roupa de suas mão.

- Onde fica o banheiro.

- Porta próximo da do meu quarto.

Tomei um banho rapido e logo que sai rafa entrou pra tomar banho.

 Demoramos bastante ela disse que começaria as 00:00 e já erá 23:50.

- Vamos ?

Ela estava extremamente linda um vestido justo ate as cochas vermelho uma gargantilha dourada com um pequeno pingente no pescoço,salto que a deixava da mesma altura que eu sua maquiagem era em tons chamativos o que deixava lindo s traços de seu rosto.

- Você esta linda.

- Você ficou gostoso.

Rimos e então saímos um amigo dela veio de carro e nos levou a balada as unicas coisa que sabia erá que seu nome e daniel e ele não para de olhar pra min pelo retrovisor.

- Chegamos na hora.

Estava lotada assim que entramos notei que o que tinha de pessoas do lado de fora não era nem metade do que tinha la dentro a musica estava alta de tal forma que confundia ate mesmo meus pensamentos.

- Vamos tomar as shoot de entrada.

Disse rafa me arrastando pela mão até o balcão.

- 3 shot de whisk.

Meu deus whisk,eu fico bêbado ate com cerveja imagina isso.

- Pega 123 e.

Ela e Daniel virou o copo e eu só fiquei olhando.

- Vira logo isso rony.

Falei um deus me ajuda e virei o copo sentindo algo descer queimando tudo minha barriga.

- Bora dançar.

novamente estava ela me puxando para o meio da balada.

- Rafa não sei dançar 

- Nem eu só se meche.

Então comecei a mexer o corpo no começo lentamente e acanhando logo depois fazendo o que todos a minha volta fazia.

- Rony olha quem esta pegando bebida.

Disse rafaela ao meu ouvido devido a musica alta. Olhei e la estava ele de camiseta social rosa apertada calça jins branco junto de seus amigos.

- Meu deus não importa onde eu olhe lá esta ele!!

- Eu acho que ele gosta de você

- Sera que você já bebeu de mais? Certeza que ele e hétero.

- Uhum aksask quer tirar essa duvida?

Olhei pra ele novamente e confirmei pra rafaela que sim.

- Me segue e apenas vamos atuar.

Ela começo a me puxar pela mão na direção do balcão,quanto mais chegava perto mais queria voltar a dançar e fingir que nada tinha acontecido,quando paramos no balcão rafaela parou e colocou meus braços em volta de sua cintura.

- Mas dois shot de whisky.

Disse ela a menina que servia as bebidas os 3 que estava parado a nosso lado fico nos olhando.

- Vai beijar quem hoje rony?

A pergunta de rafaela veio como um soco na barriga sera que ela lembra que falei que sou bv?

- Não sei.

- A e esqueci que você e bv.

espera devo dar um beliscão nela agora ela veio me ajudar ou suar comigo,ate que do nada ela veio e me beijo,eu apenas fiquei parado assustado.

- Pronto agora não e mais bv agora escolhe quem vai beijar.

Escutei claramente a voz de cayton dizer ¨vou ao banheiro...¨e sair andando em meio a multidão minha cabeça girava era meu primeiro beijo e nem foi la aqueles beijão de filme mas mesmo assim foi o primeiro,o que sera que passa na cabeça da louca da rafaele.

- Vou la fora fumar um cigarro.

Disse nervoso.

- Mas você nem fuma.

Apenas sai andando esbarando em todo mundo até parar e sentar em um murinho do lado de fora da balada, e la estava ele beijando uma garota de cabelos loiros linda.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...