História Duas faces de um só - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Paige, Stiles Stilinski
Tags Sterek
Visualizações 165
Palavras 623
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - 2


Havia um mês que eu tinha o mesmo sonho
Apesar de não conseguir me lembrar de tudo,a parte do qual eu me lembrava era sempre a mesma

Ela chorava de dor no colo do garoto sem rosto,ele também chorava,chorava de desespero,dava pra ver de longe que ele a amava
Eu não podia me mexer,eu apenas olhava aquela cena diante dos meus olhos,por mais que eu tentasse,eu não podia fazer nada,então ela diz aquela frase,a única frase que eu conseguia ouvir da conversar,nada do que o garoto falava eu consegui ouvir

-Depois que eu te disse meu nome....eu acho que eu sabia,eu vi coisas nesta cidade,coisas que ninguém poderia explicar e então tem o jeito que você fala......

E não consigo ouvir mais nada
Então fecho os olhos,sinto uma dor insuportável,abro os olhos e olho pro garoto sem rosto,eu imploro,imploro para ele fazer parar,ele me abraçar e deita minha cabeça no seu ombro,eu seguro seu braço com força,então vem aquela sensação,a sensação da minha espinha sendo quebrada

Acordo assustado
Minha espinha altamente dolorida,não me levanto,eu não seria capaz de fazer isso agora,eu avia descoberto isso ao longo desse mês,espero uns cinco minutos e então consigo me levantar
Caminho lentamente até o banheiro e jogo uma água no rosto,olho pros meu dedos e começo o procedimento

1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 10

Repito o procedimento algumas vezes e respiro fundo,eu estou bem,bom...eu estou bem na medida do possível

Volto pro quarto e dou uma olhada no relógio,perdi a aula,não era a primeira vez que isso acontecia,só fui no colégio 8 vezes nesse último mês,eu agradecia ao Batman por meu pai entender que não estou bem e que preciso de tempo,ele não tenta conversar comigo,isso não faz o estilo dele,ele se esforça para me dar a privacidade que preciso,o que não é difícil já que ele nunca para em casa

Vou até a cozinha é pego o resto de pizza que tem na geladeira,espero ela esquentar,tudo que eu mais quero é uma tarde tranquila,me sento no sofá e boto em um canal qualquer
Enquanto como,reflito sobre o sonho,a sensação que sinto ao lembrar dele é estranha,era como se eu estivesse apaixonado por ele,mesmo não o conhecendo,tipo um amor antes da primeira vista
Ainda estou tentando entender tudo,mas às vezes parece que não vou conseguir,isso é frustrante

Decido dar uma volta no meu bebê (sim,eu chamo meu carro de bebê) pra tentar me distrair,pego a chave e saio de casa ainda de pijama,não é como se eu me importasse,ultimamente eu não estou me importando com muitas coisas

Enquanto dirijo,decido ir na clareira perto da propriedade Hale,aquele lugar tinha se tornado meu esconderijo,meu refujo,meu abrigo
Eu não penso em nada quando eu estou lá,é como se tudo desaparecesse,isso torna a clareira um local perfeito
Tenho certeza que os Hale's não conheciam o local,não me pergunte como eu sei,eu somente sei,é engraçado como a gente pode morar em um lugar a vida toda e mesmo assim não vê-lo de verdade

Assim que chego no começo da propriedade,eu paro o carro em um local escondido entre as árvores,então,começo a anda na floresta em direção a clareira
Às vezes eu gostaria de poder agir como todo mundo,mas não posso mudar quem eu sou,já tentei,mas nunca uso roupas certas nem digo as coisas certas e alguma coisa sempre da errado,só queria ser eu mesmo e ainda assim ter amigos que reparam quando eu vou à escola ou não já que os meus nem mandam uma mensagem pra saber se eu estou bem

Assim que piso na clareira,tudo some,o alívio toma conta de mim,vou até o centro da clareira e me deito,as árvores envolta da clareira bloqueando o sol da a esse lugar um momento perfeito para uma soneca
Fecho meu olhos embarcando em um sono sem sonhos,sem garota misteriosa,sem garoto misterioso,sem dor na espinha,um perfeito descanso



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...