1. Spirit Fanfics >
  2. Duas nem sempre é demais!- (SaiDahMo) >
  3. Brincadeiras

História Duas nem sempre é demais!- (SaiDahMo) - Capítulo 26


Escrita por:


Notas do Autor


Eu espero que o GIF funcione kkkk

Postei tarde mesmo, queria terminar de ver hotel del luna hj e amanhã eu tenho que acordar cedo pra ir na fisioterapia pro meu pulso voltar ao normal logo

Esse cap é hot, se não gosta, não leia.

Relevem os erros pls 💜💛

Capítulo 26 - Brincadeiras


Fanfic / Fanfiction Duas nem sempre é demais!- (SaiDahMo) - Capítulo 26 - Brincadeiras

{Sana on} 

Saímos da sala em que estávamos e passamos na entrada da escola onde todas as meninas estavam, menos Jihyo. Achei estanho a que estava mais preocupada com Dahyun não estar ali mas deixei quieto e andei até às garotas. 

NY - Tofu! Você está bem? 

DH - Eu estou bem sim Nay, só estava muito sobrecarregada e acabei desmaiando kk. - Dahyun respondeu, cheguei perto de seu ouvido e cochichei:

- Você não vai falar para as meninas o que realmente aconteceu? - Ela negou com a cabeça e murmurou um "por enquanto não" e eu assenti.

MN- Vamos indo pra casa? Já são seis horas e eu tô com fome! 

MM- A pinguim tá certa, vamos indo, Dah, tem problema você dormir no mesmo quarto que eu e a Sannie? - Dahyun negou com a cabeça, nós sorrimos e Nayeon lançou um olhar malicioso para nós três.

DH- Tá nos olhando assim por que coelha de Chernobyl? 

NY- Tu me respeite Tofu estragado! - o amor que elas tem uma pela outra é diferente.

JY- Alguém viu a Hyo? - só agora me lembrei da Jihyo. Tzuyu deve saber, afinal, elas são namoradas.

- Tzuyu? Você viu ela? - Tzuyu me encara assustada e engole em seco 

TZ- Nós brigamos... Ela disse que ia sair mais cedo e que não queria me ver mais hoje... - Aí aí, eu nem imagino o motivo da briga.

CH- Por que brigaram? - A anã de jardim se manifestou pela primeira vez ali

TZ- Ah foi aquele babaca do Daniel dando em cima da Hyo de novo... Fiquei com ciúmes e nós acabamos brigando.

DH- Amanhã elas já estão na maior melação de novo. Vamos meninas?  - eu e as outras duas japonesas assentimos e fomos andando até em casa. 

MN- Eu não quero ser acordada no meio da noite ouviram? 

- MINARI! PARA! 

MM- É Minari, prometemos fazer bem baixinho pra não te acordar kkkkkk - Momo e Dahyun riem da brincadeira de Momo.

DH- Kkkkkkkk meu deus vocês só pensam nisso? 

- Com uma gostosa que nem você é difícil não pensar kk - disse e vi as bochechas de Dahyun criarem um rubor, tão fofa. 

MN- Chegamos, eu vou tomar banho primeiro e a Momo pode pedir pizza pra nós! 

MM- P-por que eu? Não pode ser a Sana? - Momo tem um trauma de pedir pizza, da última vez ela disse que amava o cara e mandou beijinhos kkk. 

SN- Eu peço a pizza kkk. 

{Dahyun on} 

Nós estávamos no sofá, eu com a cabeça no colo de Mina e com as pernas e o corpo em Sana e Momo. Eu me sentia um bebê ali, estávamos vendo um dorama qualquer e comendo doces que eu não sei de onde a Momo tirou. 

MN- Já são dez horas, amanhã temos aula, vamos dormir! - Mina parece minha mãe as vezes, ela acariciava meu cabelo e eu estava amando aquilo, era muito bom.

SN- Quem não sabe diz que ela é a mais velha! Vamos pro quarto meninas! - eu me levanto do colo das japonesas e deixo um beijo na bochecha de cada uma, sempre fui muito carinhosa e gosto de carinho também. 

MN- Vem Tofu! Vou te emprestar um pijama meu! - Mina pega na minha mão me levando para seu quarto, que era considerávelmente menor que o das outras duas japonesas, já que as outras duas dividiam um quarto e Mina tinha um só pra ela. - Acha que esse fica bom em você? - ela fala estendendo um pijama curto e rosinha claro. 

- Acho que sim, obrigada Mina unnie! - dei mais um beijo em sua bochecha e saí de seu quarto. Cheguei no quarto das outras duas e tive a visão do paraíso, Momo apenas de roupas íntimas e Sana apenas de calcinha. Sorrio com a cena mas vou ao banheiro me trocar. Volto para o quarto e Momo e Sana já estão deitadas em sua cama de casal, sim, elas dormem em uma cama de casal. 

SN- Vem Tofu! Deita. - Sana fala dando espaço no meio das duas para mim me deitar. Sorrio e deito no meio delas, sendo abraçada pelas mesmas. Viro meu rosto na direção de Momo e selo nossos lábios, logo fazendo o mesmo com Sana. As duas sorriem e se beijam. 

MM- Será que a Minari já foi dormir? - Momo fala acariciando minha barriga, que se arrepiava a cada toque da mais velha. 

SN- Não sei... Mas ela não precisa dormir para nós brincarmos um pouquinho certo? - Sana sorri maliciosa e Momo faz o mesmo. Logo sinto duas mãos adentrarem minha blusa de pijama, me contorço na cama em resposta. As mãos das japonesas chegam aos meus seios, dando leves apertos, eu sinto que posso enlouquecer aqui mesmo. 

MM- Não reprima seus gemidos Hyun, eu gosto de ouvi-los. - Momo sussurra no tom mais sexy que eu já ouvi e sinto minha pele se arrepiar toda.

Sana se senta na cama, logo me pegando e me colocando no seu colo, iniciando um beijo nada calmo. Nossas línguas se chocam uma contra a outra enquanto as mãos de Sana apertam minha cintura. Momo chega por trás de mim, tira meu cabelo pro lado e começa a maltratar meu pescoço, dando mordidinhas, beijos e alguns chupões no local, eu soltava suspiros pesados e alguns gemidos baixos. 

MM- Vem aqui Dah, acho que você não precisa dessa roupa, não é mesmo? - ela fala tirando minha blusa, levantei meus braços para ajudar a mesma. Eu não estava usando sutiã, então foi fácil para Momo abocanhar meu seio direito, gemi alto em surpresa e Sana me colocou em seu colo de costas para a mesma, deixando momo livre para chupar meus seios. Sana desce sua mão pelos meus seios, barriga e finalmente chegando no cós de meu short, a mais velha vai tirando meu short lentamente com a ajuda de Momo. Assim que estou apenas de calcinha na frente das japonesas, Sana toca minha intimidade que já se encontrava encharcada por cima do tecido, eu solto um gemido em resposta e Momo se levanta tirando sua blusa e short, a mais velha se senta no meu colo e começa a rebolar lentamente, apenas me provocando, Sana se levanta e tira todas suas roupas e voltando a se sentar atrás de mim, fazendo seus seios roçarem em minhas costas.

SN- Awnn Dahyun... Você é tão gostosa... - Sana fala ainda roçando seus seios em minhas costas. Momo para o que estava fazendo. 

- P-por que parou? - a japonesa mais velha se levantou se livrando das últimas peças de roupa presentes em seu corpo. Logo fazendo o mesmo comigo, a mais velha puxou minha calcinha e me olhou sorrindo maliciosa.

MM- Eu vou te penetrar e você vai fazer o mesmo comigo, entendeu? - assenti com a cabeça e Momo se sentou na minha frente, me pegando no colo e colocando Sana atrás de si para poderem brincar. Momo penetrou dois dedos na minha entrada fazendo eu soltar um gemido rouco. Sana levou sua mão até a intimidade de Momo e penetrou direto quatro dedos nela, Momo praticamente gritou, levei minha mão até a vagina de Sana a provocando. 

SN- Anda logo com isso Dah... - Sana pediu manhosa, sem mais delongas penetrei dois dedos na mesma. Nossos gemidos de misturavam e isso só deixava o clima mais excitante. Senti minhas pernas tremerem, não ia aguentar por muito tempo. 

-E-eu vou... Eu vou gozar Momo.. - A mais velha aumentou a velocidade dos movimentos e eu fiz o mesmo com Sana que também não aguentaria muito. Um gemido alto sai de minha boca e gozo nos dedos de Momo, Sana não demora muito e faz o mesmo comigo. Momo demora mais um pouco mas logo se desmancha nos dedos da outra japonesa. 

MM- Eu amo vocês! - Momo fala assim que recupera o fôlego. 

- Eu também amo vocês...

SN- Amo muito muito muito -  Sana fala sorrindo, logo me puxando para deitar em seu peito, me deito sobre o peito da maior e Momo faz o mesmo. - Boa noite minhas garotas... 

- Boa noite meninas...

MM- Boa noite meus amores! - e depois disso acabamos dormindo ali, abraçadas, cansadas e felizes por estar na companhia umas das outras. 


 Continua ⭐




Notas Finais


Eu não sirvo pra escrever hot kkk vou dormir agora kk boa noite galerinha 💜

Comentem o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...