1. Spirit Fanfics >
  2. Duas nem sempre é demais!- (SaiDahMo) >
  3. Aqui você não fica mais!

História Duas nem sempre é demais!- (SaiDahMo) - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Eai galera, esse cap vai ser revisado mas pode ter um errinho ou outro então não liguem ok?

Eu adoro quando vocês comentam nos capítulos, motiva muito a continuar!

Tô com fome ;-----;

Capítulo 27 - Aqui você não fica mais!


{Nayeon on} 

Depois que nós saímos da escola, fui andando até em casa com Jeong, nós estávamos caminhando de mãos dadas e sorrindo bobas uma pra outra. Chegamos na frente da minha casa e convidei a mais nova para entrar, essa que aceitou o pedido e entrou comigo. 

JY- E a sua mãe Nay? - Jeong pergunta quando entramos em casa. 

- Ela vai chegar bem tarde, se eu não me engano ela tinha uma reunião pra ir hoje! - falei e a outra assentiu. - Não sei você mas eu estou morrendo de fome, vou pedir algo pra gente, o que quer? 

JY- Que tal a gente mesmo preparar algo? - Ela sugere me olhando e sorrindo, não consigo conter um sorriso naquele momento e selo nossos lábios em um beijo apaixonado - O que foi Coelha? 

- Eu te amo Jeong... Muito. - a mais nova me abraça e sela nossos lábios novamente 

JY- Eu também te amo Nay... Muito. - sorrimos e fomos andando até a cozinha - O que quer preparar? 

- Não sei, não sou muito boa na cozinha... O que você sabe fazer Jeong? 

JY- Que tal nós fazermos uma pizza caseira, nós duas preparamos! - eu via o brilho no olhar de Jeongyeon ao falar isso, então concordo com a cabeça e sorrio. 

- Certo o que nós vamos precisar? 

JY- Tá aqui na receita kkk, pega alguns tomates e eu te ajudo a cortar! 

- Tá bom! - fui até a geladeira e peguei três tomates, levei as frutas até a ilha que havia na cozinha e peguei a faca pra cortar. - Isso é difícil kkk, eu não estou acostumada a fazer comida, normalmente eu peço fast food ou minha mãe faz... 

JY- Quer ajuda? - Jeongyeon pergunta enquanto olhava o resto da receita no celular. 

- Muito! - então a mais nova se posiciona atrás de mim, pegando minhas mãos e fazendo com que eu cortasse os tomates com a ajuda de suas mãos. Aquilo estava tão romântico, não resisti e tirei suas mãos das minhas logo beijando seus lábios, a maior sorriu entre o beijo e me pegou no colo me colocando sentada na bancada ainda sem quebrar o beijo. 

JY- Você é perfeita Coelha! - ela diz colocando as mãos na minha cintura e eu agarro seu pescoço a puxando para um beijo mais quente dessa vez. Estava tudo ótimo, mas óbvio que algo tinha que atrapalhar. 

Mãe da Nayeon - Que bonito Dona Nayeon! Acho que você mentiu pra mim não é? - Sinto um nó na minha garganta, olho aflita para Jeongyeon que retribui meu olhar. 

NY- N-não é o que você tá pensando mãe! - gaguejo tentando pensar em algo.

Mãe da Nayeon - Ah não? ENTÃO ME EXPLIQUE O QUE ERA ISSO IM NAYEON! JEONGYEON! SAIA! - Jeongyeon fez menção de se afastar mas eu seguro seu pulso, fazendo a mesma me encarar e ver meus olhos lacrimejando. 

- N-não vai Jeong... Fica comigo, por favor! - a mesma assentiu e me abraçou. 

Mãe da Nayeon - EU MANDEI VOCÊ SAIR JEONGYEON! NAYEON! JÁ PRO SEU QUARTO! - Jeongyeon aperta mais o abraço mas eu me separo do gesto de encaro minha mãe, caminhando lentamente na direção da mesma. 

- Não! Eu não vou mais ser seu brinquedinho mamãe! Eu amo aquela garota e você não precisa aceitar, eu sou livre pra fazer minhas próprias escolhas e eu escolho ficar com a Yoo Jeongyeon, por que eu a amo! - Termino de falar e olho para a mais nova que tinha um sorriso lindo no rosto. Volto a encarar minha mãe que tinha um sorriso sínico estampado na cara.

Mãe da Nayeon - Acho melhor você subir e arrumar suas coisas, você não fica mais nessa casa! Sua aberração! - aquelas palavras não me surpreenderam muito mas me machucaram... Minha própria mãe me rejeitando, subi ao meu quarto e pude ouvir a voz de Jeongyeon.

JY- Você perdeu uma garota incrível e maravilhosa, vai se arrepender um dia! - logo a mais nova sobe as escadas dando de cara comigo. - Calma Coelha, vai ficar tudo bem. Você pode ficar lá em casa o tempo que quiser... Vamos lá, ok? - assenti com a cabeça e abracei a garota a minha frente, essa que retribuiu o gesto e depois nós seguimos em direção ao meu quarto. 

Eu já havia saído de casa e nesse momento eu estava sentada na cama de Jeongyeon enquanto a mesma explicava para a mãe o que havia acontecido para eu poder ficar aqui pelo menos até eu achar um lugar pra ficar. Escuto passos vindo da escada e logo a porta do quarto se abre, revelando a mãe de Jeong ali.

Srª Yoo - Eu sinto muito pelo o que houve Nayeon, Jeongyeon me explicou e você pode ficar aqui o tempo que precisar! Quer um abraço? - assenti e senti a mais velha me abraçar, a Srª Yoo era incrível, sempre gostei muito dela. 

- Obrigada por me deixar ficar aqui Srª Yoo, eu nem sei como agradecer! - falo limpando algumas lágrimas que escorriam pelo meu rosto. 

Srª Yoo - Não tem de agradecer Nay! Não chore, sua mãe vai se arrepender disso ok? - assenti e dei um último abraço nela antes da mesma sair do cômodo em que estávamos. 

JY- Oi meu amor... Quer conversar? - Jeongyeon fala entrando no quarto. 

- Podemos só dormir? Eu não quero falar sobre isso agora... - digo de cabeça baixa tentando evitar contato visual com a mais nova.

JY- Tudo bem meu amor, vem, vamos dormir ? - balancei a cabeça em positivo e ela se deitou ao meu lado, comecei a chorar e logo fui acolhida em seu abraço, apoiei a cabeça no seu peito e continuei a chorar desesperadamente, não queria perder minha mãe, por mais chata que ela fosse ainda era minha mãe.

{Dahyun on} 

Acordo às cinco e meia da manhã com alguém me ligando, levanto a tela do celular e vejo o nome de Nayeon ali. Atendo na maior preguiça e consigo escutar um choro baixinho vindo do outro lado da tela. 

NY- Tofu? V-você pode falar? - Nayeon pergunta, ela estava claramente chorando. 

- Nay! O que aconteceu? Por que está chorando? - pergunto ainda meio sonolenta mas preocupada, Nayeon não é de chorar por qualquer coisa. 

NY- Minha mãe me expulsou de casa... Ela pegou eu e a Jeong no flagra, eu fui rejeitada pela minha própria mãe Dahyun! Quero um abraço teu amanhã tudo bem? - ok, isso realmente me pegou de surpresa. 

- Aonde você tá Nay? Eu vou te abraçar muito amanhã sim Coelha! 

NY- Eu tô na casa da Jeong, vou ficar aqui por um tempo... 

- Eu sinto muito Nay... Volta a dormir, amanhã, quer dizer, hoje nós conversamos na escola ok? Fica bem coelha! 

NY- Obrigada Tofu, te vejo na escola... - Nayeon encerra a chamada, eu coloco meu celular embaixo do travesseiro de novo e volto a dormir.

 

⭐ Continua ⭐



Notas Finais


Eaiiii galera, foi mal ficar sem postar dois dias, eu tive muitas atividades da escola pra terminar! Amanhã tem cap novo!

O que acharam? Hum? Comentem aí!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...