1. Spirit Fanfics >
  2. Duas vidas! Um destino! >
  3. Estou em casa!

História Duas vidas! Um destino! - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Bom! Aqui vai o capítulo dois,ainda não vai ser o encontro dos dois,na verdade vai ser uma apresentação da nossa Victória até o momento que ela encontra o Henry, espero que vocês gostem.

Capítulo 2 - Estou em casa!


Narração Victória

⏰⏰⏰⏰⏰⏰⏰

Abro meus olhos com o som do despertador a indicar que está na hora de ir para a escola, acabo levando um susto por esta em um sonho, só não lembro se era bom ou ruim, mas tudo bem , olhando para o teto ainda meio sonolenta com a vista embaçada, tento desligar o despertador, mas não dá muito certo, então deixo ele tocar até esta perfeitamente acordada para fazê-lo. Contudo apesar da sonolência estou muito feliz por esta na minha casa novamente. Bom passei 8 meses fora junto do meu pai para ajudá-lo com a mudança para Chicago depois que ele e minha mãe se separaram, foi algo meio que inesperado por parte de toda a família, já que era 25 anos de casamento que parecia ser feliz, os motivos não foram contados para mim e minhas irmãs, pois alegaram que a gente era muito novas para isso, realmente foi um choque imenso tudo isso,principalmente para minhas irmãs Alice e Jeniffer. Uma com 13 e a outra com 10 anos, muita gente nos pergunta porque tão pouca diferença de idade, nossos pais sempre falaram para a gente que era para não nos sentimos sozinhas, temos uma boa relação de irmãs somos bem grudadas e confesso que nesse tempo eu sentir muita saudades. Eu ter ido para Chicago foi um pedido de mãe. Mesmo isso acontecendo ela me falou que sempre terá muita consideração por nosso pai, até porque diz ela que graças a todo apoio dele ela está aonde chegou hoje como promotora de justiça, eu fiquei feliz por isso,porque mesmo não sabendo o real motivo vi que diferente de muitos conhecidos da família não tinha aquela briga pesada pôs término, o que desgasta bastante as crianças envolvidas, foi difícil porque teria que mudar a escola bem dizer no meio do ano,mas pelo amor que sinto aos dois fiz prontamente.

Bem vamos lá né Vic hora de levantar se não eu vou perder o horário e eu não quero isso já que finalmente vou reve-lo...

Penso, arrumando toda força possível depois de pensar em Henry, nossa relação de amizade vem desde muito pequenos graças ao ciclo de amizade dos nossos pais. Desligo finalmente o despertador e saio da cama,deixo toda arrumada e pego minhas coisas para ir ao banheiro, olho do espelho antes de entra no chuveiro para ver como está meu rosto e cabelo, sorrio. Já no chuveiro tomo um banho daqueles, e saio tremendo se frio, mas seria por uma boa causa, já que seria toda uma produção para ve-lo, bem não me lembro qual motivo, porém desde meus 9 anos que sinto algo por ele, só que nunca tive coragem de dizer, quem sabe agora na mesma escola eu finalmente consiga com o passar do tempo me declarar para ele,saio do não com a toalha enrolada sobre meu corpo com os cabelos soltos sobre meus ombros, e paro em frente a minha cama,aonde meu fardamento já está colocado, penso eu que foi a Alice que o fez quando eu estava no banho, até porque por sorte nossa mãe sempre pega fardamentos a mais para nós, e como eu nunca estudei nessa escola, pois no tempo que ainda eram casados eu estudava perto do escritório aonde meu pai trabalhava como administrador financeiro,eu me sentia meio triste pois das três eu era a única que ficava distante das minhas irmãs e dele. Agora sim finalmente estou feliz, me visto e paro sobre o espelho com a camisa branca de mangá curta e gola com detalhes azuis e uma saia que ia até o joelho azul sem listra diferente das roupas dos meninos. Olho-me no espelho enquanto ajeito meus cabelos, eu e minhas irmãs somos bem parecidas temos nossas peles bem branquinhas, com os cabelos longos pretos, a única diferença além da altura é a cor dos olhos, das três eu sou a única que tem olhos verdes puxando a mãe, as duas tem olhos castanhos,termino de ficar pronta e ponho meus óculos de grau,e abro a porta do quarto indo tomar meu café, quando vejo Jeniffer chamar por mim.

- Vic pode me ajudar a arrumar meu cabelo? A mana está ocupada em algo e mãe está fazendo nosso café e se ajeitando para nos levar para a aula!

Sorrio ao ouvir ela falar,minha caculinha era tão fofa que não tinha como negar seu pedido e prontamente ajeito seu cabelo em um rabo de cavalo que ela sempre amou.

- pronto Jeni!

Ela sorrir ao ver o resultado e me dá um beijo na bochecha, sorrio e a chamo para descer, ela vem comigo e logo mais a frente já na sala vejo nossa irmã mais velha ela me olha e num tom sarcástico diz.

- Hum...Isso tudo é para o Henry? Espero que agora junto dele consiga falar o que sente e não que desperdice seu tempo com bobagem.

Olho para ela e fecho minha expressão para ela, mostrando que estava meio irritada com o comentário dela, ela passar por mim me dando um tapinha nas costas, ela era bem irritante quando queria principalmente se quisesse me atingir de alguma forma.

- Alice! Olha o que tu fala para tua irmã ela acabou de chegar primeiro dia de aula e você ainda diz isso.

Escuto minha mãe dizer de cozinha, ela dá de ombros sorrindo e vai para a cozinha, solto um suspiro tentando aliviar minha irritação, até que jeni me puxa pela mão para ir comer,o que tira minha atenção, comemos bem e logo vamos terminar os últimos preparativos para sair, pegamos nossas mochilas e saímos de casa,mãe nos diz que antes temos que passar na casa de nossa amiga Karol que também iria estudar lá com a gente, ela era uma moça morena parecia em tom de chocolate, seus cabelos cacheados e seus olhos eram da mesma cor um castanho escuro que você dizia que era preto, ela é mais velha do que eu tem 12 anos, nos conhecemos graças ao trabalho da minha mãe, pois seu pai é promotor também, paramos na casa dela e ela vem,diferente da gente não estava com a farda aí, só uma blusa branca para ficar igual a farda e uma saia preta que batia acima do joelho, ela entra no carro bem animada por me ver e que iria estudar comigo.

- Bom dia senhora Williams, olá Alice e Jeni, Vic quanto tempo tava com tanta saudades suas, e sabendo que vamos estudar justas fiquei muito animada.

Diz ela com um sorriso largo eu retribuo o sorriso balançando a cabeça em sinal positivo,sem dizer uma palavra já que estava ansiosa por chegar na escola e ver quem de verdade eu queria, finalmente a gente chega nossa mãe nos dá as orientações e nos despedimos dela dando um beijo juntas como de costume, eu na bochecha esquerda, Alice na direita e Jeni na testa, elas nos dá um abraço e a gente vai junto com Karol as quatro juntas, até que algo ou melhor alguém faz meu coração bater acelerado, conhecia aquela silhueta de costas e logo dou um passo maior do que os das meninas e chamo por ele.

- He!

Digo em um tom feliz que ele pudesse me ouvir claramente vendo ele se virá meu sorriso vai de um canto a outro por ver que mesmo com um tempo que se passou ele não mudou muito,continua o mesmo menino lindo de sempre.


Notas Finais


Bem chegamos ao fim desse capitulo, como disse no começo esse fiz apresentando a Vic, mas a partir dos próximos mesmo sendo narrativo de um para o outro a história será seguida e não repetitiva de cena como essa,um forte abraço a todos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...