1. Spirit Fanfics >
  2. Dupla de lendas - Beauany >
  3. No olhar

História Dupla de lendas - Beauany - Capítulo 67


Escrita por:


Capítulo 67 - No olhar


Fanfic / Fanfiction Dupla de lendas - Beauany - Capítulo 67 - No olhar

*Quarta*

Any onn:     

A primeira coisa que eu vejo quando entro na sala e Josh sentando no mesmo lugar de ontem, toda vez que vejo ele, morro um pouco mais. Entro na sala evitando contato visual, sem muito sucesso, a alça da minha mochila fica pressa na fechadura da porta, quando vou andar para frente a porta me leva para trás que acabo caindo em cima de um garoto que estava atrás de mim tanto entrar na sala. Tinha certeza que um dia isso ia acontecer, cedo ou tarde.

Com a queda fico uns segundos sem acreditar o que aconteceu, que vergonha, meu Deus que vergonha. A mão do menino que caiu junto comigo esta em minha cintura, provavelmente deve ter tentado impedir que eu caísse, o que não deu muito certo, num e mesmo. 

Desconhecido: Está tudo bem? - Faço que sim com a cabeça

Tento me levantar, porra porque essa mochila tem que tá tão pesada, olho para a porta e vejo só o rosto de Sabina segurando o riso.

Any: Tem como me ajudar ou vai só olhar? - Ela estende a mão e eu a pego e me levanto

Sabina: Posso rir?

Any: Á vontade - Me viro para olhar que e o cúmplice da minha queda e pra poder ajudar a se levantar também.

Any: Me desculpa sério mesmo - Olha só que mundo pequeno, e o Pedro que eu levei pro chão

Pedro S: Nada melhor pra começar o dia com a Any Gabrielly caindo em cima de mim - Sinto meu rosto ficar vermelho, Rio. Estico a minha mão e ele pega

Any: Nossa sério me desculpa, aí que vergonha - Coloca a mão na cara de tanta vergonha, ele me abraça e depois pega a minha mão e me leva para dentro da sala

Me sento no meu legar e ele ao meu lado que não qual era o lugar de Josh, sinto uma pontada no peito ao lembrar de como ele me fazia sentir importante.

Whatsapp onn:         

Sabina: Você o jogou no chão fosse eu jogava ele na cama da próxima

Whatsapp off       

Assim que leio a mensagem de Sabina, rio em tom de ironia, olho para ela do outro lado da sala, não consigo não evitar de olhar pro Josh que está a uma fileira antes.

O sol que sai pela janela está refletindo seus olhos azuis, sua boca rosada e seu cabelo bagunçado, sinto meu coração acelerado, como um simples garoto pode me fazer sentir tantas coisas, amor, ódio, desejo em apenas um segundo. Seu olho azul encontram os meus, no meio de um corredor cheio de alunos, seu olhar e intenso que me deixa com a sensação de estar me afogando, eu devo realmente estar me afogando.

Pedro S: Tem certeza que não se machucou - Ele me faz sair do traze em tão me viro para frente

Any: Oi?

Pedro S: Se machucou com a queda?

Any: Já tive quedas piores - Tipo entregar meu coração para alguém que na verdade queria outra coisa - Estou bem, sem nem um ferimento - Dou um sorriso para não parecer ignorante

Pedro passa seu braço sobre o meu ombro, pelo canto do olho consigo ver Josh ainda me olhando só que com um outro olhar, ele tá com ciúmes? Ele não tem esse direito, a propósito não foi ele que me largou de pois que "conseguiu" o que queria. A professora entra na sala pedido atentaçao de todos e anuncia um trabalho sobre empreendedorismo em dupla. Olho para Sabi e ela olha para mim já combinando de fazermos juntas, mas ele começa a selecionar as duplas por sorte

Professor: Any e Josh - Como eu tenho azar na sorte. Olho para Josh e ele olha para mim, sinto meu rosto ficar vermelho quando vejo vindo em minha direção, me viro para frente evitando contato.

Josh: Acho que ele e meu lugar - Ele fala com um tom sarcástico para Pedro, não preciso ver pra saber que ele tá com o sorriso de deboche no rosto. Pedro se levanta e ele senta.

Mantenho meu olhar focado para a professora em quanto ela da as instruções para fazer o trabalho, pelo canto do olho vejo Josh com a cara fechada, eu também não estou feliz em fazer esse trabalho com ele.

Josh: Como... - Eu dou um pequeno pulo na cadeira de susto quando ele fala comigo, eu realmente não esperava que iria falar algo, já tinha aceitado que eu ia fazer o trabalho todo sozinha, tava até me sentindo feliz em pensar que não irei passar um tempo com ele pra fazer esse trabalho - Não tem aula atarde tanto para mim quanto para você... Quer fazer o trabalho essa tarde?

Any: Pode ser quanto mais rápido começamos melhor

Josh: Na minha casa ou na sua? - Ele continua falando sem olhar para mim

Any: Tanto faz

Josh: Melhor na minha. Prefere quando a aula acabar ir direto para a minha casa ou não?

Any: Quê? - Ele finalmente olha para mim, e eu me perco em seu olhar. Ele diz algumas coisas só que eu não entendo nada o que fala, ainda me sinto perdida em um labirinto, por fim concordo mesmo sem saber o que ele disse - Sim

Josh: E te melhor, porque você não sabe onde eu morro aí eu teria que te buscar em casa - Ignoro o que ele disse e volto a cópia a matéria evitando olhá-lo novamente - Vou avisa minha mãe que você vai almoçar em casa. Tem alergia a alguma comida?

Any: Quê? - Isso tá sendo um pesadelo

Josh: Você não prestou atenção no que eu falei né?!

Any: Desculpa, minha cabeça tá a mil, pode repetir - Olho para ele e já me sinto arrependida, ele me olha como se estivesse apaixonado por mim, como se eu fosse na fase dessa terra a pessoa que ele mais quer, meu coração dói sinto vontade de chorar - Para de olhar pra mim desse jeito - Digo baixo voltando minha concentração para a louça.

Josh: Assim como? - Aí que garoto sínico, tá se afastando de mim por eu ter dado o que ele queria e agora vem banca o que nada tá acontecendo. Eu já odiava esse tipo de pessoa agora eu odeio e o amo mais


Notas Finais


Próximos capítulos Domingo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...