1. Spirit Fanfics >
  2. Allen Walker: Justice or Evil >
  3. Hello, DxD World!

História Allen Walker: Justice or Evil - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeiramente, me desculpem por reiniciar essa história assim do nada. Mas quando eu li os primeiros capítulos eu fiquei pensando "que merda foi essa que eu fiz, meus Deus!".

Assim, resolvi reescrever tudo. Mas de qualquer maneira, tenham uma boa leitura.

PS: Obviamente, irei mudar várias coisas. Um exemplo: Não terá Arturia e nem Jeanne dessa vez.

Capítulo 1 - Hello, DxD World!


Fanfic / Fanfiction Allen Walker: Justice or Evil - Capítulo 1 - Hello, DxD World!

A luz da lua brilhava majestosamente no meio daquele céu noturno. E debaixo dessa vasta escuridão recheada de estrelas, pessoas caminhavam alegremente pelas ruas, algumas aparentemente bêbadas e outras simplesmente rindo enquanto conversavam sobre coisas do cotidiano.

E em um apartamento vazio, um pouco afastado do centro, de repente, um jovem de cabelos albinos abriu os olhos. As pupilas azuis percorreram por todo o recinto em que se encontrava, mas apenas via um quarto normal.

Tem uma cama - onde o mesmo se encontra atualmente - uma mesa com um computador no canto, uma estante de livros ao lado do computador, um guarda-roupa, uma TV com um vídeo game no meio, com um travesseiro bem grande na frente e uma porta que deve levar para o banheiro, provavelmente.

— Onde estou…? — ele questionou enquanto olhava ao redor. Pondo os seus olhos na janela, percebeu que era noite em… seja lá em que lugar é esse.

[Busca……. Iniciada]

[Busca……. Completa]

[Compatibilidade Perfeita]

[Constituição Física……. Compatível]

[Constituição Espiritual……. Compatível]

[Autorização prévia do Usuário……. Recebida]

[Começando a Instalação do Sistema…]

[Instalação Completa!]

[Começar a Adaptação da Constituição Física e Espiritual…]

[Atribuição das Habilidades… Começar]

[Começar a inserção de dados pertencentes ao Usuário]

[Backup Completo!]

O jovem piscou várias vezes com as estranhas telas flutuantes que apareciam em sua frente. Ele virou a cabeça para o lado, aparentemente confuso.

Isso não parece como aquelas Light Novels onde um protagonista reencarna em outro mundo com um Sistema de RPG…?

[O tutorial está disponível. Deseja começar?]

[Sim] [Não]

Apesar de achar essa situação meio clichê - e confusa também - ele clicou no "Sim".

[Estarei respondendo as suas perguntas. Primeiramente, o que deseja perguntar, Host?]

— …Host… "anfitrião", eh? Bem, vamos começar com algo básico. Me diga onde estamos — pediu o jovem voltando a deitar na cama. Ele não era burro o suficiente para perguntar algo como: "o que é você?"

A resposta para isso era simples demais.

[Você está na cidade de Kuoh, localizada no Japão, no mundo de High School DxD]

— …Entendo, é como naquelas Fanfics que eu gostava de ler. Por quê todos gostam tanto desse mundo? — ele se perguntou suspirando pesadamente.

Bem, as garotas desse anime são bem voluptuosas, um sonho para todo garoto na fase adolescente e com os hormônios à flor da pele.

— De qualquer maneira, você é um Sistema, algo criado para me oferecer suporte, e eu sou o seu "anfitrião", não é? Em todo caso, eu possuo uma janela de status? — ele perguntou.

[Sim. Essa é uma das minhas funções principais. Irei abrí-la neste momento]

[Status]

[Nome: ---- -----]

[Linhagem: Humano]

[Título: Nenhum]

[Nível: 1]

[EXP: 0/500]

____________

[HP: 100/100]

[MP: 500/500]

__________

[STR: 30]

[VIT: 10]

[INT: 50]

[DEX: 30]

[LUK: 100]

_________

[Pontos de Atributos: 0]

[Gold: 0]

— …Sistema, o que aconteceu com o meu nome? — ele indagou, confuso com ao ver aquele espaço em branco.

[Você deve selecioná-lo por enquanto]

— "Por enquanto", eh? — ele murmurou fechando os olhos. Suspirando preguiçosamente, o albino sentiu o seu corpo relaxar naquela enorme cama de casal, o seu colchão macio conseguiu deixá-lo nas "nuvens", por assim dizer.

— …"Allen", esse será o meu primeiro nome. Já o outro… bem, como não tenho ideia do que colocar, use o "Walker" por enquanto — disse o albino, não ligando muito para esse tópico.

[Sim, Host]

[Status]

[Nome: Allen Walker]

[Linhagem: Humano]

[Título: Nenhum]

[Nível: 1]

[EXP: 0/500]

____________

[HP: 100/100]

[MP: 500/500]

__________

[STR: 30]

[VIT: 10]

[INT: 50]

[DEX: 30]

[LUK: 100]

_________

[Pontos de Atributos: 0]

[Gold: 0]

[Como você poder ver, as alterações forma feitas com sucesso]

— Ótimo. Agora, me dê as informações gerais sobre os "status" — pediu "Allen".

[Sim]

[HP: São os seus pontos de vida, que corresponde à 10x a sua VIT]

[MP: São os seus pontos de mana, que corresponde à 10x o seu INT]

[STR: São as suas habilidades físicas (Força, resistência, longevidade, durabilidade, tempo de cura e habilidades de combate)]

[VIT: É a sua vitalidade (Saúde mental, espiritual, emocional e sexual)]

[INT: É sua inteligência (Capacidade de memorização, capacidade de aprendizado, capacidade de processar informações, dedução, raciocínio)]

[DEX: É a sua destreza (Agilidade, flexibilidade, reflexos, sentidos, velocidade, precisão, flexibilidade e coordenação corporal)]

[LUK: É a sua sorte. Isso melhora todos os aspectos da vida: Trabalho, social, romântico, pessoal, financeiro, escola e basicamente a vida como um todo se tornará mais fácil, mais feliz e se destacará por completo]

— Oh! Isso é incrível. Status são mais do que aparentam, pelo jeito. Mas Sistema, existe algum pacote de iniciante ou algo assim? — Allen indagou, estava começando a ficar empolgado com isso.

[Sim, há um pacote de iniciante em seu inventário. Deseja abri-lo?]

[Sim] [Não]

Imediatamente, Allen clicou no "Sim". Era estranho apertar uma tela que flutuava em sua frente, mas ele vai se acostumar, provavelmente.

[Você adquiriu 3 Habilidades!]

[Você ganhou 100 Pontos de Atributos!]

[Corpo de Jogador]

- Nível: Max.

- Descrição: Garante um corpo que permite ao usuário viver o mundo real como se fosse um jogo.

[Mente de Jogador]

- Nível: Max.

- Descrição: Permite ao usuário pensar lógica e calmamente sobre as situações. Permite um estado de paz mental e imunidade contra efeitos psicológicos.

— Nossa… isso é um ótimo começo — Allen comentou com um pequeno sorriso.

A Mente e o Corpo de Jogador... As duas formam uma ótima base para começar.

— Muito bem... A terceira habilidade é... — Allen ficou chocado quando pôs os seus olhos na terceira tela.

[All Fiction]

- Nível: 01

- Descrição: O usuário possui controle absoluto sobre a realidade. Pode apagar os sentidos de uma pessoa, apagar as memórias, desfazer ou refazer a existência do adversário. Mas caso perca o controle de sua habilidade, pode acabar apagando o mundo inteiro.

— Acho que começar com essa habilidade chega a ser injusto… — ele comentou pondo uma das mãos em sua cabeça enquanto dava um assovio. Dizer que não estava impressionado seria mentira.

Uma habilidade dessas não devia ser dada como "um presente"!

— A propósito, Sistema. Para o que serve esses "Pontos de Atributos"? — Allen indagou, o brilho em seus olhos azuis contradiziam o seu pequeno sorriso.

[São usados para aumentar os seus atributos. Tente usá-los na janela de Status]

— Entendo, entendo. Nesse caso, irei distribuí-los agora — com isso dito, ele distribuiu todos os 100 pontos rapidamente.

[Status]

[Nome: Allen Walker]

[Linhagem: Humano]

[Título: Nenhum]

[Nível: 1]

[EXP: 0/500]

____________

[HP: 500/500]

[MP: 600/600]

__________

[STR: 40]

[VIT: 50]

[INT: 60]

[DEX: 60]

[LUK: 100]

_________

[Pontos de Atributos: 0]

[Gold: 0]

— Certo, um estilo equilibrado é o melhor para mim, no momento — ele disse acenando para si mesmo. Após isso, o albino olhou para a janela. Como está de noite, é melhor dormir e contínuar amanhã.

Com esses pensamentos, Allen fechou os seus olhos e deixou a sua mente ser encoberta pela escuridão.

Para uma noite sem sonhos, como sempre.

.

.

.

Já era pelo menos 7:30 da manhã. O sol da manhã era algo que Allen adorava sentir. E neste exato momento, ele se encontra caminhando pelas ruas, olhando admirado para o cenário à sua volta. Os prédios e a movimentação das pessoas que mal sabiam sobre o próprio mundo em que vivem.

E essas mesmas pessoas não podiam parar de olhar para aquele garoto.

Os seus cabelos brancos como a neve chamavam bastante atenção, e as mulheres não conseguiram evitar de ficarem presas naqueles olhos azuis, apesar do pequeno brilho de curiosidade que reside neles, há uma certa frieza escondida naqueles olhos.

Mas ninguém podia negar uma coisa: ele era um jovem muito bonito.

Ele vestia uma camisa branca que era um pouco colada em seu corpo, que por sinal, era bem moderado: não é musculoso, mas também não é magro. E um casaco negro com capuz atrás da cabeça, o casaco permanece aberto. Ele também usa calças jeans da mesma cor e tênis brancos e há um relógio em seu pulso direito.

Era um visual… sombrio, mas combinava com a sua pele pálida.

Allen, mesmo não demonstrando, estava incomodado com tantos olhares voltados para ele. O albino nunca gostou de chamar atenção, mas parece que o universo sempre dar um jeito disso acontecer.

Mas como ele decidiu ignorar tudo isso, Allen apressou os seus passos e foi para o seu destino.

A incrivelmente famosa, Academia de Kuoh.

O motivo dele ir lá em primeiro lugar, é simplesmente por que as coisas mais interessantes iram acontecer nesse lugar.

Como alguém que possuí conhecimento sobre quase tudo que irá acontecer nesse mundo, é absolutamente necessário que ele entre nessa escola.

Mas quando chegou em uma determinada rua, ele viu vários estudantes andando em direção à uma enorme escola à alguns metros dali.

Pelo o que ele podia observar, os uniformes dos garotos consistem em um blazer preto com detalhes brancos sobre uma camisa branca de mangas compridas com forro vertical, uma fita preta na gola, calça preta combinando e sapatos marrons.

Já o uniforme feminino consiste em uma camisa branca de mangas compridas e botões forrados na vertical, uma fita preta na gola, uma capa de ombro preta e um espartilho correspondente e uma saia magenta com detalhes em branco.

Mesmo não demonstrando, ele estava surpreso pela enorme diferença entre a quantidade de alunos masculinos em relação às alunas do sexo feminino.

Acho que isso é natural, dada que essa era uma escola para garotas...

Com esses pensamentos, ele não percebeu quando havia chegado no portão da escola.

Não importa como você veja isso, essa escola é simplesmente enorme!

Allen não percebeu, mas vários estudantes estavam o encarando. Mas como se fingisse ignorância, o albino simplesmente passou pelo portão principal.

Se ele não está enganado, esta cidade é um território controlado pela Sona Sitri e Rias Gremory. Se elas descobrissem sobre o seu Sistema, com certeza iriam tentar o colocar em alguma nobreza. Ou então, ele será marcado como "possível ameaça".

[Alerta de Quest!]

— Hã? — ele murmurou, levemente surpreso pela mensagem repentina que apareceu em sua frente.

[Olá, DxD World]

- Objetivo: Se matricule na Academia de Kuoh.

- Recompensas: 1000 Gold, 500 EXP e Manual de Habilidade x1.

- Caso Falhe: Nenhuma punição específica.

— "Gold… agora que fui notar, isso deve ser a moeda do Sistema. Bem, irei ver mais detalhes sobre isso em outra ocasião" — ele pensou em um suspiro pesado. Allen colocou as mãos no bolso do casaco e foi explorando a escola tranquilamente, ignorando os olhares ao seu redor.

A Quest é bem simples e veio com ótimas recompensas. Ele ficou curioso sobre a habilidade que irá receber.

— Ei, será que é um aluno novo?

— Não sei, mas ele é lindo!

— Verdade! E ele tem cabelo branco, deve ser um estrangeiro.

— Será que ele tem namorada?

Allen suspirou ao ouvir os vários cochichos das alunas que o rodeavam, mas o que realmente lhe incomodava eram os olhares assassinos dos garotos.

— Quem é esse maldito bonitão?!

— Mais um para roubar todas as garotas… que merda!

— Seja lá quem for, espero que ele morra da pior maneira possível!

Que problemáticos.

… … … … … … … … …

… … … … … …

… … …

…Depois de muito procurar pela sala do Conselho Estudantil, Allen agora está de frente para a porta onde a regente desse território se encontra.

Foi um pouco difícil encontrar esse lugar. As garotas dessa Academia parece que nunca conversaram com um garoto e mal conseguiam falar coisa com coisa quando o albino lhes perguntou onde ficava o Conselho Estudantil.

Já os garotos… é melhor nem comentar.

Resumindo tudo, Allen teve que fazer o trabalho sozinho. Bem, não é como se ele não estivesse acostumado a fazer isso, de qualquer maneira.

Deixando esses pensamentos de lado, Allen deu três batidas na porta. Ao ouvir um "entre", o albino pôs a mão na maçaneta e abriu a porta, logo, dando de cara com sete pessoas naquele recinto.

A primeira era uma jovem mulher, de longos cabelos pretos, bem como óculos de armações azuis. Seus olhos eram castanhos, e possuía uma postura, de certa forma, profissional aos olhos do albino.

A segunda pessoa era um garoto de cabelos loiros com olhos azuis. Tanto a sua aparência, quanto a sua estatura eram medianas, mas ele o olhava com certo desdém, algo que quase fez o Allen revirar os olhos.

A terceira pessoa era uma garota de cabelos vermelhos na altura do pescoço. A sua estatura era magra e estava empunhando uma espada japonesa, embainhada obviamente, o que ganhou um olhar meio confuso do albino.

Quem diabos leva uma Katana para a escola?

A quarta pessoa era uma garota de longos cabelos albinos, isso já foi o suficiente para ganhar um olhar de aprovação do Allen. Ela também possuí olhos cinzas e estava lhe dando um sorriso gentil.

A quinta pessoa uma garota de cabelos marrons, longos, e presos em duas traças. Ela possuí uma estatura média e olhos azuis que o olhavam com curiosidade, principalmente em relação ao seu cabelo.

A sexta pessoa era uma garota alta de cabelos azuis curtos e olhos da mesma cor. Ela possuí um rosto sério por alguma razão e além disso, o seu corpo parece à de uma Banchou.

E por último, a sétima pessoa era uma garota de constituição física mediana, sem grandes atrativos. Possuí curtos cabelos negros e olhos púrpuras, que eram fascinantes aos olhos de Allen, também usa óculos de armações pretas.

Todos eles usam o uniforme padrão da Academia. Os olhares avaliativos de alguns deixavam Allen levemente sem graça. Até por que, os olhos penetrantes da Sona pareciam ler até a sua alma.

Brincadeira.

— Veio se matricular nessa escola, senhor? — a doce voz da Presidente do Conselho Estudantil soou em seus ouvidos, o despertando de seus desvaneios.

— …Sim, eu vim aqui para me matricular. E por favor não me chame de "senhor", eu tenho apenas 16 anos, afinal. Meu nome é Allen Walker — disse Allen com um sorriso inocente, fazendo todos deram uma breve risada com esse comportamento.

— Allen Walker… você é um estrangeiro, não é? — a morena de óculos perguntou, se o albino não está enganado, o seu nome é Tsubaki Shinra.

— Sim — ele respondeu.

Bem, se ser de outra dimensão conta como ser "estrangeiro", então sim, ele é um "estrangeiro".

— Entendo. Me desculpe por antes, Walker-san — se desculpou Sona.

— Me chamem de Allen mesmo, não estou familiarizado à ser chamado pelo sobrenome — disse Allen.

— Muito bem, Allen-san. O meu nome é Shitori Souna, aluna do 3° ano e Presidente do Conselho Estudantil — a morena de olhos púrpuras se apresentou formalmente.

— Meu nome é Shinra Tsubaki, 3° ano — a garota de óculos se apresentou.

— Eu sou o Saji Genshirou, 3° ano — o loiro se apresentou com um sorriso amigável. Por alguma razão, ele já não possuí mais aquele olhar de desdém, algo que deixou Allen levemente confuso, mas resolveu não questionar.

— Eu sou Megumi Tomoe, também do 3° ano — a garota que segurava uma Katana se apresentou com um sorriso amigável.

— O meu nome é Hasaka Momo, 3° ano — a garota albina se apresentou.

— Nimura Ruruko, 2° ano — a garota que fazia cosplay de Chiquinha se apresentou.

Brincadeira.

— Yura Tsubasa, 3° ano — a azulada de grande estatura se apresentou.

— É um prazer conhecê-los, Senpais — disse Allen com certa ironia em sua voz, esses honoríficos japoneses era algo que o albino não estava acostumado a usar.

— Por favor, espere um momento, Allen-san — Sona abriu uma gaveta em sua mesa e a revirou por um tempo, antes de retirar um folheto e colocá-lo sobre o móvel.

— Como você pode ver, esse é a primeira vez que a escola abre as portas para o público masculino. Por isso, não há tanta rigidez em relação à sua matrícula. Apenas responda esse formulário e nós providenciamos o resto — Sona explicou com um leve sorriso enquanto estendia a mão com uma folha de papel que, pelo o que Allen conseguia ver, havia sete perguntas escritas ali.

Com "providenciar" você quer dizer, "investigar", não é?

Ele sabia o que a morena quis dizer, mas não ligou muito para isso. Digo, o que ela vai poder descobrir sobre ele, sendo que literalmente nasceu ontem.

Dando de ombros, Allen pegou o formulário de sua mão junto de uma caneta que a mesma lhe deu, e usou outra mesa como apoio. Ele achou melhor usar outra mesa em vez daquela em que Sona está. Por alguma razão, as mãos da morena estavam tremendo enquanto ela segurava esse formulário, Allen se pergunta o motivo disso.

Depois de um tempo preenchendo tudo, o albino entregou o formulário nas mãos da Sitri que, com um sorriso forçado, recebeu silenciosamente.

[Você completou a Quest "Olá, Kuoh"!]

[Você ganhou 1000 Gold!]

[Você ganhou 500 EXP!]

[Você subiu de Nível!]

[Você ganhou 15 Pontos de Atributos!]

[Manual de Habilidade x1 foi adquirido!]

[O item foi movido para o Inventário!]

E sem dizer uma única palavra, Allen se virou e saiu da sala, mas todos podiam ver o pequeno sorriso em seu rosto.

Quando confirmaram que aquele albino havia ido embora, todos se permitiram soltar um suspiro de alívio enquanto sentiam as suas perderem a força e acabaram ficando de joelhos.

— F-Finalmente… ele se foi — Saji disse, aparentemente ofegante.

Na verdade, desde que aquele jovem entrou na sala, o ar ficou mais denso. Havia ficado impossível ficar no mesmo local que aquele cara.

— Sona-Kaichou, perdoe o meu preconceito, mas você realmente quer deixar um personagem suspeito como ele ir assim? — Tsubaki indagou se virando para a morena que ainda não havia se recuperado.

— Tsubaki… "aquilo" não estava no nível de ser apenas suspeito. Eu preferia cortar a minha própria garganta a ter que cumprimentar "aquilo" — respondeu Sona com um olhar sério em sua face cansada.

Mas após isso, ela pôs os seus olhos naquele folheto. As suas sobrancelhas se contraíram levemente ao ver as respostas.

1. Escreva o seu nome abaixo.

Allen Walker.

2. Qual a sua ocupação atual?

Virar um grande vilão que irá corromper a paz da humanidade.

3. O que você faz atualmente?

Escrevendo nesta página.

4. No passado, quais são os três eventos mais memoráveis que você pode escrever abaixo?

Atingi o nível máximo no continente da magia. 

Fui capaz de jogar durante 204 horas sem dormir.

E morri.

5. O que você pensa sobre os políticos atuais?

Seria melhor se eles fossem importados para a China ou para o Brasil.

6. Em que momento você se deu conta de que era um membro da sociedade?

Depois que eu assisti Planeta dos Macacos.

7. Como você se descreveria em uma única sentença?

EU SOU UM DRAGÃO, RAWRRR~

UAWA! HAHAHA!

Você promete que essas respostas são a verdade e nada mais que a verdade?

Aye, sir!


— ELE ESTÁ BRINCANDO COM A MINHA CARA, POR ACASO?! — Sona gritou, possessa de raiva. Os outros membros se assustaram ao vê-la daquele jeito e acabaram lendo o formulário. Com a exceção de Tsubaki, todos caíram na risada. A Vice-presidente apenas deu uma breve risada contida.

.

.

.

Com o Allen, o mesmo se encontra em frente à porta da sala 1-C do primeiro andar do Prédio principal. Por alguma razão, ele estava nervoso. Mas depois de respirar fundo, deu três batidas na porta. Depois de alguns segundos, uma linda mulher abriu a porta.

Ela possuí uma estatura alta e curvilínea, com óculos e longos cabelos castanhos e espessos. Há um anel de ouro no dedo médio de sua mão esquerda e as suas unhas estão pintadas com esmalte preto. Ela usa um par de brincos de argola, um vestido curto sem mangas, azul e vermelho, com meia-calça preta opaca, mangas de braço preto e botas de salto azul e vermelho como o seu vestido, ela também usa um jaleco branco por cima do vestido. Seus olhos azulados o olhavam de forma avaliativa, mas Allen podia notar uma certa indiferença escondida ali.

Allen quase teve um infarto quando a reconheceu. Não, é impossível não a reconhecer.

Mas… O que uma personagem de Dragon Ball está fazendo no mundo de Highschool DxD?!

— O que está fazendo parado aí? Entre e se apresente para o resto da turma — a doce voz daquela professora despertou o albino de seus pensamentos.

— A-Ah… desculpe — mesmo que ainda estivesse bastante chocado, ele ainda entrou na sala. A primeira coisa que todos os alunos notaram foi o seu cabelo branco e a sua pele pálida, junto daquelas roupas que, com certeza combinavam com ele. Como Allen tinha acabado de entrar nesse colégio, ainda não tinha o uniforme padrão.

Bem, terá que ser assim por enquanto.

— Muito bem, alunos. Assim como a maioria de vocês, esse carinha aqui é um novato. A propósito, eu sou a professora de Física, o meu nome é Mizuki Akira, é um prazer conhecê-lo — a professora se apresentou com um sorriso enquanto colocava as suas mãos nos bolsos daquele jaleco.

— É um prazer conhecê-la, Mizuki-sensei. Bem, eu sou Allen Walker e acabo de me tranferir da Weekly Shounen Jump. Senhoras e Senhores da famosa Academia de Kuoh, eu espero que possamos ser grandes amigos — Allen se apresentou com um sorriso amigável em seu rosto, tão amigável que parecia até falso.

...

...

— Hã? — todos ficaram confusos com essa apresentação.


Notas Finais


Bem, é isso por enquanto. Espero que tenham gostado, deixem os seus favoritos e comentem, se possível.

Aliás, eu deixei como "Harém", mas não sei se realmente farei assim. Acho que irei colocar umas duas ou três mulheres, no máximo.

Com isso, eu fico por aqui. Até a próxima!

Mizuki = Bela Lua.
Akira = Clara e Inteligente.

Mizuki Akira (Também conhecida como Android N°21): https://danbooru.donmai.us/data/__android_21_dragon_ball_and_1_more_drawn_by_kemachiku__6637bb15e2e95090dbae301de48b9907.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...