História Dynamite - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa é minha primeira fanfic, espero que gostem.

Boa leitura

Capítulo 1 - The beginning of everything


Pov' Mai

E mais uma vez estávamos perseguindo um suspeito de ter roupado a preciosa pedra do luar do Sr. Schumacher, mas não posso reclamar já que eu e meu irmão ganhamos muito com isso.

Perseguimos aquele cara a horas quanto finalmente ele entrou em beco sem saída:

Mai: Nós entregue a pedra e deixaremos você ir!

Xxx: Eu não estou com a pedra, por favor me deixem ir! 

disse o carinha que estávamos perseguindo desesperado.

Kai (meu irmão): Mai, você tem certeza que esse cara ta com a pedra? Não acho que ele esteja mentindo.

Mai: Na verdade, eu não tenho certeza, mas sinto o cheiro da pedra nele, então ele deve ter pelo menos ter pegado na pedra uma vez.

Kai: Ou seja, ele não deve estar com a pedra, o que quer dizer que ele é inútil, mate-o.

Xxx: EU NÃO ESTOU COM A PEDRA MAS EU SEI ONDE ELA ESTA, POR FAVOR POUPE MINHA VIDA!!! 

Suspirei e ouvi meu irmão dizendo:

Kai: Ótimo, nós leve ate lá

depois de termos andado por mais ou menos meia hora chegamos a uma fabrica abandonada, olhei para o meu irmão e entramos junto com o carinha, assim que entramos nós nos deparamos com uma cena um tanto comum em nossas vidas, uma briga entre gangues, geralmente somos chamados pela policia  para separar, mas hoje é um dia especial, vamos procurar uma pedra estúpida e sem graça em uma briga entre gangues, que divertido, juro que se o velhote do Schumacher não tivesse nos pagado 2 milhões para gente, eu com certeza taria em casa, vendo TV deitada no sofá

mas isso não é estranho? quem pagaria 2 milhões para mercenários para procurarem uma pedrinha estúpida? 

Mai:  Sabe, Kai você não acha estranho terem nópagado 2 milhões para procurarmos  uma pedrinha?

Kai: Talvez, seja por que ela realizá desejos.

Mai: Ta, já entendi e não fala comigo com esse tom de deboche, mas então por que não pegamos a pedra para nós?

Kai: Ela só realiza desejos para pessoas puras. 

Xxx: Desculpa interromper, mas eu já posso ir?

Kai: Não, você ainda não disse onde exatamente esta a pedra!

Xxx: Atras daquela porta, mas vão rápido enquanto meu chefe ta ocupado.

Pov' Kai

Se não me engano aquele era Bob, o rastreador do James, um dos lideres da Wanted e Mai tem uma racha com James então por que ele estava nos ajudando? 

Kai: Você é o Bob não é? 

Bob:Humm?ah s-sim!

Kai: então por que está nos ajudando?

Mai: Quem é Bob?

Kai: Mai, quieta!

Mai: Você não manda em mim!

Kai: Mai, você poderia ficar quieta, por favor?

Agora eu entendi por que Bob era um rastreador, - e não qualquer outra merda, como um daqueles carinhas que gurdam às drogas de James ou qualquer outro trabalho q se faça na mafia. - quando finalmente encerrei aquela "pequena" discussão com Mai, Bob havia sumido,

Então só me resta uma opção ir atrás dele depois.

Mai: Por que você está tão obcecado pelo tal Bob?

Kai: não estou obcecado, mas meus instintos me dizem que aquele cara tem algo especial!

Mai: Como assim, especial?

Kai: Também não sei, mas descobrirmos isso depois. Agora vamos pegar aquela pedra estúpida.

Fui em direção a tal porta e a abri e logo senti Mai atrás de mim, assim que entramos podemos ver a pedra, mas para nossa felicidade, ela estava bem protegida, protegida até bem demais, tenho quase certeza que eles não são puros, ou seja, sem desejos pra eles.


Continua











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...