História É apenas amor --- Jikook, Kookmin - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jjk, Kookmin, Lgbt, Pjm, Yaoi
Visualizações 29
Palavras 553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo 01- você é o meu destinatário


Capítulo 01- você é o meu destinatário






Jeon Jungkook





??- eu moço? -ele me levantou do chão- por que você estava dormindo no chão?

- não te interessa! -até eu nem sei o porque que eu estou dormindo no chão

??- desculpa... se eu estou sendo muito intromentido, eu só queria saber pois o senhor está na frente da casa da minha omma

- tá! -peguei a minha mochila e sair da frente da casa do garoto




Park Jiyoung




Oxi! Eu só queria ajudar o moço! Que homem mal educado! Que bosta.


Abrir a porta de casa e entre na casa. Assim que eu entrei vi a minha omma sentando no sofá.




- oi omma -fui até ele- desculpa omma, eu meio que tive que dormir na casa do Chanyoung... desculpa omma -ele apenas sorriu



A minha omma chama Park Jimin. Eu vou explicar como a minha omma é. Ele nasceu sem mexer qualquer membro do corpo, e também não conseguia falar... os meus "avós" não queria um filho "defeituoso" então jogaram a minha omma no primeiro lugar que acharam depois que ele nasceu. Mas por sorte... melhor falando... por azar da minha omma, ele foi achando por um velho. A omma falou que quando ele era criança o velho a ajudou a falar e a mexer os braços... e graça a ele a minha omma consegue vive uma vida quase normal.

Mas tudo que é bom dura pouco. Quando a minha omma teve o seu primeiro cio aos 18 anos, o velho abusou da minha omma, a minha omma queria passar o seu primeiro cio a base de remédio porque ele queria perder a sua pureza com o alfa que ele escolheu para sua vida inteira, mas o velho desgraçado tirou a pureza da minha omma a força.

Aí que o cio da omma passou ele ficou grávido, e adivinha quem é? Isso! De min! Eu nasci da porra daquele velho desgraçado, aquele filha da puta de merda! Eu tenho nojo de min mesmo por ser filho daquele velho estrupador.


Jimin- J-jiyoung... -ele ainda tem algumas dificuldades para falar- o moço?

- ele foi embora omma

Jimin- v-vai atrás dele

- por que?

Jimin- porque o Jimin quer falar com ele, faz isso pro Jimin?

- eu faço -ele me abraçou- agora?

Jimin- sim -ele me soltou do abraço

- okay -sair de casa e fui atrás do moço
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Já é de noite e finalmente achei o coiso, ele tava comendo sla oque.


Jungkook- me solta!

- não! Eu vou te levar para a minha casa pois a minha omma quer falar com você!

Jungkook- tô nem ai!

- por favor -soltei ele- vai por favor... Eu te dou o que você quiser

Jungkook- qualquer coisa? -acenei positivo- vamos
.
.
.
.
.
.
.
.
.
- cheguei omma -puxei o Jungkook pra dentro de casa- se falar alguma merda pra minha omma eu como o seu cu!

Jungkook- vai se ferar!

- só vem aqui -peguei a mão dele e puxei ele no quarto dele- aqui ele omma -joguei ele no quarto e sair





Jeon Jungkook





Assim que eu levantei eu vi um homem deitando na cama.


- oi?

Jimin- o-oi -ele sentou na cama







Que garoto lindo! Porra! Aquele garoto me levou para ver esse garoto.


Jimin- você é o meu destinatário

- que?! Como assim vey?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...