História E Ela Desabafou... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Morte, Suícidio
Visualizações 10
Palavras 663
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


🖤Leiam🖤

Espero q cada palavra toquem vcs, no fundo do coração...

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction E Ela Desabafou... - Capítulo 1 - Capítulo Único

Olá, me chamo Vick, mas podem me chamar de 'nada'. Sou isso mesmo...

Minha vida sempre teve tudo pra dar merda.

Mudei pros E.U.A e perdi meus amigos.

Minha mãe morreu no meu parto.

Meu pai me odeia.

Sou muito maltratada na escola. 

E todo dia, eu quero morrer...

____________________________________________________________________________________________________________

Eu acordo, faço minhas higienes, me arrumo.

Sempre mangas compridas.

Sempre cores escuras.

Sempre muito 'puxado pra dentro'.

Sempre nada revelador.

Desço as escadas, a casa está vazia.

"Ótimo"-penso.

Saio pelo portão e caminho até a escola.

Só de eu estar na frente dela, minha vida vira um inferno.

Todos-Ei! Estranha!

Eu corro pro banheiro, pega minha melhor amiga, a lâmina.

Faço pequenos cortes no meu braço, e o lavo.

O contato da água com o sangue me faz gritar de dor.

O sinal toca, e vou pra sala.

Na última carteira, lá estou eu.

Não ligo nada pra porra da explicação dos professores.

É assim todos os dias, das 7 ás 11hs20.

Depois disso, vou embora.

Chegando em casa, lá está mais um motivo pra eu morrer.

Pai-Já chegou? Pq não fica lá na escola, com seus amigos, e me livra da sua vidinha patética?

Vick- Pai...-sussurro.

Vou correndo pro meu quarto, meu cantinho.

Me corto, tanto nas pernas quantos nos braços.

E tudo se apaga.

Acordo dps de umas 2 ou 3 horas.

Estou ensaguentada, tomo banho, e vou comer algo.

Felizmente, meu pai não está mais em casa.

"Deve ter ido na casa de um amigo dele..."

Pego uma maçã e resolvo assistir Tv.

Mais e mais notícias de jovens se matando...

"Como ninguém percebe? Ninguém percebe o quanto sofremos, o quanto precisamos de ajuda! Se eu tivesse amigos de verdade, uma mãe, um pai amorosos, nunca me mataria lentamente... Mas esse inferno chamado Vida, não me dá uma chance se quer, uma única, pra provar q eu mereço, e preciso disso..."

Desligo a Tv. 

Meu celular vibra.

Uma mensagem.

____________________________________________________________________________________________________________

???-Olá, se quer saber o porq é tão maltratada pelo mundo venha nesse endereço...

???-Rua ********, na ponte do lago.

Vick- Quem é vc?

???- Logo vai saber.

____________________________________________________________________________________________________________

Fico tipo WTF com a mensagem, mais resolvo ir.

Minha vida não pode piorar.

 

 

 

 

Chegando lá no local indicado, levo uma chuva de uma especie de cola.

E depois, os idiotas da minha escola jogam glitter e essas coisas em mim.

Todos-Vamos alegrar sua vida! -*gargalhadas*

Saio correndo de lá, chego em casa e tomo um banho, visto uma roupa bem incomum de eu usar.

Pego todos os tipos de lâminas q eu tenho, meu diário, e vou pra praia.
__________________________________________________________________________________________________________________

Sento-me no chão da praia, a areia está gelada. 

Ondas batendo contra a costa da praia.

O som tão aconchegante.

Estou chorando.

Pego meu diário e escrevo.

____________________________________________________________________________________________________________

Dia, 17 de Julho de 2018.

Querido diário,

É hj, hj eu me livro de todas as maldades do mundo, das pessoas.

Eu peço desculpas a quem um dia gostou de mim (Muito irônico isso).

Eu só quero dizer...

Desculpas...

Desculpa mãe, por fazer vc morrer.

Desculpa pai, por não ser a filha perfeita.

Desculpa Maria, por ter q me mudar pros E.U.A.

Desculpa professores, por não ser uma boa aluna.

Desculpa mundo, por não ser como vcs queriam...

Talvez, a partir de hj, eu seja apenas uma lembrança, só quero falar q, tudo o que eu fiz, não foi pra chamar a atenção.

Não foi pq sou louca.

Não foi de propósito...

Amanhã, ou hj mesmo, encontrarão meu corpo.

Vão encontrar as marcas da minha vida.

Eu só não quero mais ser um peso...

Adeus,

Vick Moraes

____________________________________________________________________________________________________________

 

Depois disso, eu estava chorando, e muito, como de nunca tivesse chorado.

Eu peguei as lâminas, e fiz cortes, cada vez mais profundos.

Cada vez mais doloridos e sangrentos.

Cada vez mais aliviantes.

Aos poucos, minha visão foi se escurecendo, até q eu não via mais nada...

É essa foi minha vida, minha morte, meu fim...

 

 

 

Não deixem coisas bobas, abalarem vcs...

 


Notas Finais


💜Não queremos q mais pessoas se matem por causa de outras...

Vamos ser a diferença nesse mundo!

Vamos alegras as pessoas mais infelizes!

Salvar as mais necessitadas!

Vamos trazer amor para elas!💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...