História E ela é a mais fofa... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Visualizações 9
Palavras 593
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é uma fic de aniversário...

Capítulo 1 - Sempre soube...


Bom, acho que já me conhecem... Me chamo Kim Taehyung..

Mas hoje eu não vim falar de mim, hoje é um dia maravilhoso, o dia em que o amor da minha vida nasceu.. Iza Yumi..

Descreverei ela, com sua beleza exuberante, com sua verdadeira forma. A forma mais perfeita que alguma mulher pode ter. Cheia de curvas robustas, e uma altura quase inexistente, com um sorriso encantador, cabelos longos e ruivos, com uma boca carnuda, olhos grandes. Enfim, com seu charme. Foi assim que ela acabou por me conquistar, ela me parecia tão doce e indefesa, alguém que precisava de imediato ser cuidada. Uma dessas pessoas, que merecem o mundo, porém o mundo, não a merece.
          Eu estava na estação de metrô, no Brasil. Eu e os meninos estávamos de férias, então, decidimos por visitar o Brasil. Mesmo que eu não quisesse, tivemos que alugar um lugar bem afastado e encher de seguranças ao redor. Até que, em uma noite entediante qualquer, os meninos decidiram se "disfarçar" e andar pelos metrôs da cidade de São Paulo, já que tinham nos falado tanto do local.

Curtimos a noite, e acabamos por beber um pouco mais do que, nosso organismo aguentava. Já que nós não somos tão - ainda - habituados a tais bebidas brasileiras. Eu acabei por me perder dos 6, e não sabia quando e nem por onde chegava em casa. Resolvi sentar em um dos bancos, com a cabeça girando e enxergando, alguns vultos.

Alguém parou ao meu lado, temi ser reconhecido. Mas no estado em que eu estava, não poderia fazer muito.

- Taehyung? - Sua voz continha surpresa e confusão. - Você está bem? - Seu coreano era bom.

- E-eu estou só um pouco, zonzo. - Respondi dificultosamente. 

- Precisa de ajuda? Está perdido?

Ah, ela me parecia como um anjo, um dos mais belos anjos. Seus cabelos presos em dois rabos de cavalo, dando-a assim, um ar infantil. Usava uma blusa larga, da cor preta, um óculos vintage, meias 4/8 pretas, e uma saia rosa pastel. Seus pés, tinha um converse branco e carregava uma bolsa. Percebi que sua bolsa, tinha uma foto minha e dos meninos, estampada.

- Oh, você é uma fã? 

- Acho que sim.. - Desviou o olhar.. Tão fofa.

- Poderia me levar para sua casa? - O olhos dela, se arregalaram em um ato de tentar entender, ela me olhou confusa, mas um brilho que não sairia tão cedo da minha mente, pairou sobre tuas iris castanhas. - Eu estou perdido, e já está tarde.

- Você só pode estar brincando. - Falou menando a cabeça em negação.

- Não estou, se o Jin me acha.. Fará picadinho de mim. - Ela segurou a risada. - Você não quer que ele faça picadinho do Oppa, quer?

- Não, Oppa. - Debochou da minha fala. - Venha comigo então.

Tentei me levantar, mas ao que parecia, o efeito estava apenas piorando. Ela percebendo minha situação, mesmo sendo mais baixa - bem mais baixa, baixinha mesmo - do que eu. Me ajudou a levantar. 

Entramos no metrô...

Me lembro poucas coisas, mas sei que esse dia, com certeza foi o melhor da minha vida. Depois disso, mantemos contato constante e hoje, eu não sei o que seria de mim, sem ela. Novamente estou de férias, e vim para o Brasil.

Havia lhe dito, que não conseguiria vir pra cá esse ano, mas foi apenas para surpreende-la. Comprei um ursão de pelúcia, e algumas flores e chocolates. 

Me aguarde meu amor, eu voltei por você.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...