História .é, ele tem namorada - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~shoto_

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 337
Palavras 479
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


pedoem a formatação lixoo

boa leitura

Capítulo 1 - .e depois eu que saio como o talarica


Nos éramos geniais juntos, como cúmplices. Lembro-me de uma vez quando descemos do ônibus que sempre parava em a uma lojinha de conveniência. Eu estava sem dinheiro e Taehyung com apenas algumas moedas no bolso da calça rasgada.

Ele passou as mãos procurando e os achou, entramos na lojinha e meus olhos brilharam quando encontrei o pacotinho das minhas jujubas preferidas, algumas prateleiras perto dos maços de cigarro. Ignorei quando o Kim atendeu a ligação de sua namorada e corri atrás dos meus doces.

Quando estavamos no caixa o homem disse que iria faltar dinheiro. Então Kim Taehyung começou com seu teatrinho. - Qual é, moço! Meu namorado aqui precisa de açúcar no sangue se não ele passa mal! Sabe o quão isso deve ser ruim? - me puxou para perto de si e colou nossas cinturas. Deixou um aperto forte e dolorido, desnecessário também devo ressaltar. O homem nos encarava estranho, então fiz minha melhor cara de cachorrinho pidão e juntei meus lábios.

- Perdemos nosso ônibus e estamos longe de casa. - eu disse meio cabisbaixo, parte da encenação. Era o que se aprendia pelos anos de amizade com Kim Taehyung; o melhor do clube de teatro. Vista nossa aparente situação o homem cedeu. Pegou o dinheiro com Taehyung e passou as jujubas. Saímos dali rindo baixinho, eu feliz com meus doces e o mais velho com algo que eu não sabia. Talvez sua boa atuação? Sua mão ainda estava agarrada a minha cintura.

Então paramos perto do ponto do ônibus, então ele se aproximou e me beijou; pegou-me pelo queixo e ergueu meu rosto até eu o encarar. Surpreendido pelo beijo repentino acabei por empura-lo bruscamente. Já Taehyung me encarou confuso. - Você tem namorada, Taeh.

- Ela não precisa saber disso, Jeon.

Sorriu cúmplice.

Não éramos cúmplices.

Mas mesmo assim eu deixei que ele coloca-se a mão por entre a minha camisa e puxa-se meus cabelos para trás enquanto mordiscava meus lábios. Eu parecia entregue mas não estava, e nem podia. Mesmo assim eu o prensei contra a parede e o beijei com luxúria enquanto ele gemia, gemia me chamando de amor.

É, ele tem namorada, mas mesmo assim me chama de amor. No dia seguinte eu apanho na escola pelos amigos da namorada dele, ele apenas observa, triste, inexpressivo talvez? Kim Taehyung e um bom ator e ah! como eu sei disso. Porque nos dias seguintes voltamos a nos agarrar atrás daquela lojinha velha de conveniência, enquanto sua namorada deve estar fazendo as unhas, enquanto aquele mesmo vendedor deve estar fazendo seu trabalho. Enquanto ele beija meus machucados e me chama de amor.

E depois eu que saio como o talarica. Porém eu não sou santo é bem, nem quero ser. E depois me chamam de talarica por pegar meu melhor amigo; o mesmo que trai sua namorada. E depois ainda me agridem, só que eles não sabem o significado da palavra.


Notas Finais


me chamar de talarica na puta que pariu meu anjoo
ta
que eu não fiz isso que o jeon fez
mas
af


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...